domingo, setembro 19, 2021

Saab RBS 70NG

Vigiando a retaguarda: câmeras termais de ré para blindados do U.S. Army

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A BAE Systems recebeu contrato para equipar tanques M-1 Abrams e veículos de combate Stryker com sistema Check-6, incorporado às caixas de lanternas traseiras

Nesta quinta-feira, dia 19 de fevereiro, a BAE Systems anunciou que recebeu um contrato de 45 milhões de dólares da General Dynamics para produzir sistemas de câmeras termais para dois blindados do Exército dos EUA (U.S. Army), o veículo de combate Stryker e o tanque M-1 Abrams. O sistema, denominado Check-6, é derivado dos visores termais da companhia, e incorpora uma câmera infravermelha instalada na própria caixa que abriga as lanternas traseiras dos blindados, de maneira a permintir visão noturna, diurna e em quaisquer condições de tempo.

Segundo a empresa, trata-se de uma solução de baixo custo para aumentar a segurança das guarnições dos veículos, reduzindo a exposição aos perigos externos e aumentando a consciência situacional do que está à retaguarda. O fato de ser integrado às caixas de lanternas traseiras torna denecessário qualquer soldagem ou corte para a instalação, permitindo que o sistema seja integrado com facilidade aos mais de 300.000 veículos existentes ou planejados para o Exército dos EUA. As entregas deverão ser iniciadas em Abril, num total previsto de 12.000 sistemas em uma década.

Fonte e foto do alto: BAE Systems

Foto de baixo: linha de veículos blindados Stryker, em que se vê a parte traseira e posição das lanternas – U.S. Army

- Advertisement -

10 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
José "Petrovich" da Silva
José "Petrovich" da Silva
12 anos atrás

O Sitema TTS do M-60 é para vigilancia e aquisicao passiva de alvos em campo de batalha, já o sistema mostrado no post é para prover uma vigilancia a curta distancia, em quase 360º contra “gafanhotos” que por um acaso queiram atacar a viatura em cenarios de MOUT, Operacoes Militares em Area Urbana.

A melhor vigilancia do “C” do “CC” é a infantaria acompanhando.

Wilson Johann
Wilson Johann
12 anos atrás

Trezentos mil veículos? Caramba!
Não seriam três mil ou 30 mil?
Até porque são apenas 12.000 sistemas em uma década. Isso cobre apenas 4% do total necessário. E, pelo que sei, o US Army não reune essa quantidade de de veículos nem somando M-1, Stryker e demais viaturas blindadas de transporte de tropas.

Abraços!

Nunão
Nunão
12 anos atrás

Wilson, o número é da BAE Systems, mais para mostrar o que PODE ser feito do que o que VAI ser feito…

“Integrated in the existing vehicle taillight with no drilling or welding, the Check-6™ system can easily be installed on more than 300,000 current and planned U.S. Army vehicles.”

Creio que as 12.000 que planeja-se produzir serão para veículos blindados (os dois citados na matéria), mas a BAE vê como mercado potencial um total de 300.000 veículos em geral do US Army, sem referir-se a blindados especificamente

Wilson Johann
Wilson Johann
12 anos atrás

Positivo e operante. Valeu Nunão!

Um abraço!

DaGuerra
DaGuerra
12 anos atrás

Dispositivos parecido equipam os M 60 A3 TTS,
tornando-os mais discretos em ralação ao Leo I A I. O Leo I A 5 possui cãmeras termais passivas como o M-60?

Marine
Marine
12 anos atrás

JSilva,

Pois e ne Ze, os russos em Grozny que o digam…

Semper Fi!

José "Petrovich" da Silva
José "Petrovich" da Silva
12 anos atrás

Marine,

Corre lá pro BlogNaval que o negocio do Parnaíba esta bom….

Marine
Marine
12 anos atrás

Fui….hehe

Flamenguista
Flamenguista
12 anos atrás

Marine.
O USMC utilizam os Striker? Acho um dos mais belos VCIs do mundo, mas parece que, por aí, além da capacidade de transportar tropas, ele tem a função de “caça-tanques”, é isso??

Abraços.

Marine
Marine
12 anos atrás

Flamenguista,

O USMC utiliza o primo mais velho do Stryker. Os LAVs e eles sao usados principalmente para reconhecimento. Ambos os veiculos sao baseados nos Piranhas que o CFN tambem possui.

Semper Fi!

Últimas Notícias

Saab recebe pedidos de Carl-Gustaf M4 e munições

A Saab recebeu pedidos para o rifle sem recuo Carl-Gustaf® M4 com munição incluída. O valor do pedido combinado...
- Advertisement -
- Advertisement -