sexta-feira, julho 30, 2021

Saab RBS 70NG

Formalizado fim da Guerra do Chaco

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

evo_e_lugo

Os presidentes do Paraguai, Fernando Lugo, e da Bolívia, Evo Morales, viajaram ontem para Buenos Aires para formalizar o acordo que põe fim, de forma pacífica, a uma disputa territorial iniciada há 74 anos, durante a Guerra do Chaco, que matou mais de 100 mil bolivianos e paraguaios, entre 1932 e 1935.

O documento foi assinado no Palácio San Martín, sede da chancelaria argentina, pelos ministros das Relações Exteriores da Argentina, da Bolívia e do Paraguai.

Para a noite, estava programada uma nova solenidade na qual a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, entregaria o texto do acordo a Evo e Lugo.

O documento foi elaborado pela Comissão Mista Demarcadora de Limites, presidida pelo governo argentino, com a participação de Brasil, Chile, Peru, Uruguai e Estados Unidos.

Os esforços para resolver as divergências territoriais entre a Bolívia e o Paraguai tiveram início em 1938, com a criação de um Tratado de Paz, Amizade e Limites, que já previa a criação da comissão que ontem entregou seu parecer, concluído em 2007.

ORIGEM

A Guerra do Chaco foi provocada pela disputa entre bolivianos e paraguaios pela região chamada de Cacho Boreal, rica em hidrocarbonetos.

Na época, o governo boliviano também ambicionava ter acesso ao Rio Paraguai, na bacia do Rio da Prata, enquanto os paraguaios tentavam conquistar uma saída para o Oceano Pacífico. A assinatura do tratado que pôs fim ao conflito, ainda em 1938, deu ao Paraguai uma área 120 mil km², no norte do país.

monumento_guerra do chaco
Monumento em homenagem aos herois do ar da Guerra do Chaco

FONTE: EFE E AFP
FOTOS: Daylife (superior) e panoramio (inverior)

- Advertisement -

9 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lecen
Lecen
12 anos atrás

Briga de dois carecas por um pente, isso sim…

João Curitiba
João Curitiba
12 anos atrás

O gesto é simbólico, mas é bom para mostrar ao mundo que na AL queremos a paz.

Mabill
Mabill
12 anos atrás

Da minha parte quero que voltem a se matar e levem junto o Chapolin !

FERNANDO
FERNANDO
12 anos atrás

HEHEHEHEHEHEH
GUERRINHA SEM SENTIDO.

lvs1303
lvs1303
12 anos atrás

Da minha parte quero que voltem a se matar e levem junto o Chapolin !(2)… um cocalero e um bispo safado…. ITAIPU e nossa.

Marcelo Tadeu
Marcelo Tadeu
12 anos atrás

Bem que podiam formalizar o fim da Guerra da Coréia, não é não? O cessar-fogo já dura 56 anos!!!

João Curitiba
João Curitiba
12 anos atrás

Caro Marcelo Tadeu
A tua idéia é excelente e se dependesse da Coréia do Sul, isto já teria acontecido. Estariam até unificadas. Mas sem este conflito, como o ditador de plantão justificaria um exército de mais de um milhão de homens e o povo passando fome?

Mário Meirelles
Mário Meirelles
12 anos atrás

Me desculpem a piada: mas até o Paraguai ganha da Bolívia !!! A Bolívia já perdeu território para o Chile, Brasil e Paraguai !!!
Daqui a pouco o país se divide e desaparece!!! (Briancadeirinha).

trackback
12 anos atrás

[…] surgimento de diversos modelos similares, distribuídos principalmente entre forças policiais. A Guerras do Chaco foi o primeiro conflito no qual o uso militar de submetralhadoras mostrou-se viável e fez a […]

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -