terça-feira, agosto 3, 2021

Saab RBS 70NG

Canção do Expedicionário

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Executada pela Banda do CAvEx (Comando de Aviação do Exército), durante as comemorações pelos 21 anos de recriação da Aviação do Exército (AvEx).

Abaixo, segue a letra:

Você sabe de onde eu venho ?
Venho do morro, do Engenho,
Das selvas, dos cafezais,
Da boa terra do coco,
Da choupana onde um é pouco,
Dois é bom, três é demais,
Venho das praias sedosas,
Das montanhas alterosas,
Dos pampas, do seringal,
Das margens crespas dos rios,
Dos verdes mares bravios
Da minha terra natal.

Por mais terras que eu percorra,
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá;
Sem que leve por divisa
Esse “V” que simboliza
A vitória que virá:
Nossa vitória final,
Que é a mira do meu fuzil,
A ração do meu bornal,
A água do meu cantil,
As asas do meu ideal,
A glória do meu Brasil.

Eu venho da minha terra,
Da casa branca da serra
E do luar do meu sertão;
Venho da minha Maria
Cujo nome principia
Na palma da minha mão,
Braços mornos de Moema,
Lábios de mel de Iracema
Estendidos para mim.
Ó minha terra querida
Da Senhora Aparecida
E do Senhor do Bonfim!

Refrão

Você sabe de onde eu venho ?
E de uma Pátria que eu tenho
No bôjo do meu violão;
Que de viver em meu peito
Foi até tomando jeito
De um enorme coração.
Deixei lá atrás meu terreno,
Meu limão, meu limoeiro,
Meu pé de jacaranda,
Minha casa pequenina
Lá no alto da colina,
Onde canta o sabiá.

Refrão

Venho do além desse monte
Que ainda azula o horizonte,
Onde o nosso amor nasceu;
Do rancho que tinha ao lado
Um coqueiro que, coitado,
De saudade já morreu.
Venho do verde mais belo,
Do mais dourado amarelo,
Do azul mais cheio de luz,
Cheio de estrelas prateadas
Que se ajoelham deslumbradas,
Fazendo o sinal da Cruz !

Refrão

- Advertisement -

26 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
26 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Curitiba
João Curitiba
12 anos atrás

Muito apropriado pelo Dia do Expedicionário que foi comemorado terça feira e pelo Dia da Vitória, que será celebrado amanhã.

Ten. Rocha
Ten. Rocha
12 anos atrás

BRASIL ACIMA DE TUDO!

Antonio
Antonio
12 anos atrás

É incrível … mais de 25 anos depois de ter ouvido essa canção pela primeira vez eu ainda me arrepio (literalmente) toda vez que eu a ouço.

Só mesmo os brasileiros para fazerem um hino militar que tem até um certo ar romântico e poético e que não fale só em selvageria e sanguinolência como é comum em outros países.

RODRIGO
RODRIGO
12 anos atrás

Infelizmente,a grande maioria da populaçao nem sequer sabe o que foi a FEB e muito menos conhece o hino…..!

Guina
Guina
12 anos atrás

È a mais linda canção das forças armadas.
Fico como o Antonio aripiado qndo à ouço

Robson
Robson
12 anos atrás

Arrepio? Ñão é só contigo.
Eu não consigo cantar até o final sem que me emocione…

Rodrigo Botelho Campos
Rodrigo Botelho Campos
12 anos atrás

Prezados(as),

o ato sendo realizado dentro do hangar provocou um efeito surpreendente.

O hino tem uma letra muito brasileira, singela e idealista. É muito bonito.

Vamos adiante!

Rodrigo Botelho Campos

Igo
Igo
12 anos atrás

A canção mais linda das FA´s. A letra é linda!

Noel
Noel
12 anos atrás

Hino não, CANÇÃO, desculpem-me.

Noel
Noel
12 anos atrás

Hino que deveria ser mais executado pelas demais Forças, pois muitos militares não sabem canta-lo completamente.

J roberto
J roberto
12 anos atrás

Por incrível que pareça,canto essa canção até hoje,as vezes estou andando e cantando esse refrão como se estivesse marchando, “Por mais terra que eu percorra;não permita Deus que eu morra;sem que volta para lá…”,é a parte que gosto mais.Lembro-me quando fazíamos marchas ou estava em ordem unida e cantava essa canção no ano de 1986 quando fui cabo servindo em Caçapava SP.

Jc
Jc
12 anos atrás

Po…isso me lembrou dos dias de 23 BI.

angelo
angelo
12 anos atrás

Em 1983, cantava esse hino na minha Cia de Infantaria. Hoje, meu filho na mesma unidade, canta e reverencia os feitos daqueles heróis.

Marcelo Tadeu
Marcelo Tadeu
12 anos atrás

Pessoal, estou assistindo à cerimônia di Dia da Vitória aqui no Monumento aos Mortos da Segunda Guerra, no Aterro do Flamengo, RJ. Como trabalho no 34º Andar, os F-5M passam pertinho, não dá nem pra fotografar. 4 T-27 da Esquadrilha da Fumaça fazem revoluções no céu. Tá bonito!!!

Fábio Mayer
12 anos atrás

Essa canção me arrepia inteiro e traz lágrimas aos olhos, pois lembro daqueles bravos brasileiros que foram à Europa mal treinados e equipados, para lutar pela mesma democracia que não tinham aqui, na ditadura Vargas.

E uma vez lá, honraram o país doando seu sangue e muitas de suas vidas pela causa, obtendo vitórias históricas que até hoje dignificam as forças armadas brasileiras.

Fábio Mayer
12 anos atrás

Ouvi certa feita, que esta letra e canção (com algumas alterações) era para ser o Hino Nacional Brasileiro, o que, no último momento, foi impedido pelo Marechal Deodoro… será apenas mito?

Zero Uno
Zero Uno
12 anos atrás

Emocionante. Se mal consiguia cantar a Canção do Soldado, essa então…

Dalton
Dalton
12 anos atrás

Fabio,

com certeza é um mito, pois a cançao foi escrita decadas depois do Mal deodoro estar morto.

abraços

Thiago Sala
Thiago Sala
12 anos atrás

Nada mais bonito!!!

Brasil!!!

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
12 anos atrás

Muito bonito esse hino, porem o hino Soldados da Liberdade arrepia mais ainda. O CFN caprichou no hino deles.

abraços.

Meia-dúzia
Meia-dúzia
12 anos atrás

Não sei se todos sabem, mas a letra foi escrita pelo poeta campineiro Guilherme de Almeida, que participou ativamente da Revolução Constitucionalista de 32.

As primeiras estrofes da Canção estão escritas em letras “garrafais” na principal área de um dos maiores centros comerciais da América Latina, o Shopping Parque Dom Pedro, em Campinas.

Zero Uno
Zero Uno
12 anos atrás

Legal!!!

Muitos INFANTES por aqui.

Abraços a todos.

pacau
pacau
12 anos atrás

È a mais linda canção das forças armadas.cantava esse hino na minha Cia de Infantaria

Letícia
Letícia
12 anos atrás

Bom, eu nunca fui soldado e provavelmente não serei, mas meu avó sempre foi apaixonado com essa canção e desde pequena eu a conheço.
Também a considero uma das mais belas, pois demostra todo carinho e devoção à nossa pátria.
E é realmente uma pena ela não ser tão conhecida.

Celso
Celso
12 anos atrás

Estive em Poços de Caldas no último final de semana e assisti à Sinfonia das Águas, um maravilhoso espetáculo musical que mescla o erudito ao popular, o histórico ao atemporal…Num dos números, a orquestra sinfônica daquela cidade, juntamente com o Tiro de Guerra e alguns expedicionários, executam e cantam essa canção maravilhosa. É de arrepiar…de chorar. Lembro com saudosa memória de minha mãe, que de origem humilde e iletrada, adorava cantar essa canção, sabia-a de cor e com que orgulho a entoava!…Com o mesmo orgulho que hoje, rememoro alguns versos…não permita Deus que eu morra sem que volte para lá…

brambila
brambila
11 anos atrás

esta canção nos faz voltar ao passado onde nossos honrado soldado lutaram

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -