segunda-feira, agosto 2, 2021

Saab RBS 70NG

CS condena teste nuclear da Coreia do Norte

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou nesta segunda-feira (25) a violação de suas resoluções com o teste nuclear realizado pela Coreia do Norte, informou o embaixador da Rússia na ONU, Vitaly Tchourkine, que preside o organismo.

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse que a comunidade internacional deve empreender ações contra a Coreia do Norte, no dia em que o regime norte-coreano anunciou seu segundo teste nuclear em quatro anos.

Obama, em pronunciamento lido na Casa Branca, disse que a atitude do regime de Pyongyang foi “irresponsável” e uma “violação do direito internacional”.

O anúncio da Coreia do Norte sobre o teste gerou uma onda de protestos pelo mundo. Até mesmo a China, tradicional aliada norte-coreano, expressou sua “firme oposição” ao teste nuclear subterrâneo. Pequim pediu à Coreia do Norte que “não envenene” a situação regional.

Pyongyang confirmou ter realizado “com sucesso” seu segundo teste nuclear, segundo a agência estatal norte-coreana “KCNA”. O país comunista também informou que a explosão foi ainda mais forte – em poder e tecnologia – que a realizada em 2006.

O governo norte-coreano afirmou que o teste foi “seguro”, sem vazamento de material radioativo.

“Como tinham solicitado nossos cientistas e técnicos, nossa república levou a cabo com sucesso outro teste nuclear subterrâneo neste 25 de maio, como parte das medidas para fortalecer o poder nuclear em defesa própria”, disse a KCNA, sem fornecer detalhes sobre a região afetada pela prova.

Baek Seung Joo, especialista do Instituto de Análise de Defesa Coreano de Seul, afirmou à France Presse que a potência desta explosão é comparável a das bombas que caíram sobre Hiroshima e Nagasaki em 1945.

O ensaio ocorreu a menos de 2 quilômetros do local do primeiro teste norte-coreano, em outubro de 2006, segundo a Comissão Preparatória da Organização para a Proibição de Testes Nucleares.

Naquela ocasião, um teste semelhante desencadeou uma série de sanções internacionais ao país.

A Coreia do Sul também confirmou que o país vizinho disparou mísseis de curto alcance (131 km), informação não confimada pelo governo norte-coreano. Em março, o país já havia provocado temor ao testar mísseis de longo alcance .

O premiê japonês, Taro Aso, disse que o teste “viola claramente” as resoluções do Conselho de Segurança (CS) da ONU, entre elas a aprovada após o primeiro teste atômico de 2006. Aso disse que Japão, Coreia do Sul e Estados Unidos buscarão dar uma resposta coordenada ao ato.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, se declarou na Dinamarca “profundamente preocupado” com o anúncio e afirmou que acompanha a situação de perto.

Terremoto

Logo após o teste nuclear norte-coreano, sismógrafos de Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos e Rússia registraram ao menos um grande tremor de terra, que não causou vítimas nem provocou danos.

A Agência Meteorológica do Japão detectou ondas sísmicas procedentes da Coreia do Norte, pouco depois do teste, segundo um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores.

A Agência sísmica da Coreia do Sul registrou um tremor de 4,5 graus de magnitude na escala Richter, poucos antes das 10h (22h de Brasília de domingo, 24). O porta-voz da Casa Presidencial sul-coreana, Lee Dong-Kwan, disse que às 9h54 seu governo detectou um “terremoto artificial” perto de Poongkye-Ri, na província Norte de Hamkyong.

O Instituto Geológico dos EUA confirmou que um terremoto de magnitude 4,7 sacudiu a Coreia do Norte, a 375 km a nordeste de Pyongyang, às 9h54 (21h54 de Brasília), a 10 km sob a superfície terrestre.

A estação sismológica Yuzhno-Sajalinsk, no extremo oriental da Rússia, registrou um terremoto de 4,7 graus às 11h54, a uma profundidade de 10 km, no território norte-coreano, devido “aparentemente” a uma explosão.

Ameaça

O regime comunista norte-coreano tinha ameaçado, no dia 29 de abril, levar a cabo um teste nuclear depois que o Conselho de Segurança da ONU condenou seu lançamento de um foguete de longo alcance no dia 5 de abril.

Estados Unidos, China, Japão, Rússia e Coreia do Sul iniciaram em 2003 negociações com a Coreia do Norte para tentar persuadir o regime comunista de Pyongyang a abandonar o programa nuclear, em troca de uma ajuda no setor energético.

Em 2007 as partes assinaram um acordo, segundo o qual Pyongyang desmantelaria as instalações nucleares, mas o mesmo nunca foi concretizado.

Atualmente as conversações estão bloqueadas, suspensas por Pyongyang.

FONTE: G1

- Advertisement -

44 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
44 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ara
Ara
12 anos atrás

Esse Pyongyang, mesmo debilitado fisicamente, continua a fazer merlim.

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Quero saber é o que o falido e desprestigiado CS da ONU vai fazer agora (e o molusco ainda quer porque quer uma cadeira naquela caatinga)?

Impor mais sanções econômicas? Não dá, a Coréia do Norte já é um país praticamente isolado do resto do mundo (“praticamente” porque a China ainda lhes vende alguma coisa).

Vai atacar cirurgicamente? Eles vão retaliar na Coréia do Sul ou no Japão… Fora que a China poderia não “gostar”…

Sinceramente, sorte que moramos longe de lá…

Mineiro
Mineiro
12 anos atrás

Acredito que uma coalizão formada por Japão e Coreia do Sul deveria invadir a Coreia do Norte para acabar logo com a palhaçada. Os EUA ficariam de fora, dando somente logistica, pora não se envolverem, diretamente, em mais um conflito complicado.
A melhor defesa é o ataque.

Jonas Rafael
Jonas Rafael
12 anos atrás

Se os EUA invadiram o Iraque por “possibilidade” de haver armas de destruição em massa já não deveriam ter invadido a Coréia pela CERTEZA de possuí-las? Alguém sabe soletrar hipocrisia aí?

Jonas Rafael
Jonas Rafael
12 anos atrás

E não venham me dizer que falta culhão ao Obama porque o primeiro teste ocorreu ainda em governo Bush…

VirtualXI
VirtualXI
12 anos atrás

O fato de a Coréia do Norte, sendo comunista, possuir armas nucleares e, pelo fato maior de com isso manter Japão e Coréia do Sul com o c… na mão, fica a impressão da talvez verdade de ter um dedo da China nesta história toda. Afinal, todos sabemos que o Japão e a Coréia do Sul são pontos estratégicos dos EUA na Ásia, e não agrada em nada a China. Então, uma coréia do norte nuclear agrada a China, muito mais que desagrada. E afinal, não tem poder nem para pensar em peitar o gigante asiático, que hoje está mais… Read more »

Sopa
Sopa
12 anos atrás

Os EUA e a ONU, não tem peito para encarar os grandes, só batem em cachorro morto, principalmente os EUA… VIETNÃ, SUDÃO, SOMÁLIA, PANAMÁ,,IRAQUE, AFEGANISTÃO..Etc….., e a América do Sul até agora não tem que se meter nisso, essa guerra não é nossa, o nosso problema tá aqui bem perto de nos, quando conseguirmos ser respeitados aqui ai sim podemos pensar lá fora !

Sds.

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

VirtualXI:

Não entendi! O que que a América do Sul tem a ver com a Coréia do Norte, Japão, China, etc?

Zero Uno
Zero Uno
12 anos atrás

Estes sim terão armas de destruição em massa. Motivos não faltam agora para um ataque e ocupação do país para não permitir o uso dessas armas – argumentos esses usados contra o Iraque e mais tarde confirmados como falso pretexto para a Guerra contra este país.

Raphael Barros
Raphael Barros
12 anos atrás

Pelo o Pyongyang tem peito para encarar e proteger o seu país e suas riquezas como à magnesita que a Coreia do Norte tem à metada das reservas mundiais. Eu apoio à Coreia do Norte pelo menos mísseis eles não vão atacar o Japão como um certo país que não vou citar nomes fez na segunda guerra.

O Brasil como é terra de corrupto e covarde deixa os Estados Unidos e União Europeia fuder com a gente.

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Ai ai ai, Raphael Barros e suas… barreiradas…

Dalton
Dalton
12 anos atrás

Amigos, Que interesse os EUA teriam em invadir a Coreia do Norte? A maior ameaça que o Ditador de lá representa é para a populaçao da propria Coreia do Norte. Ele que fique com suas armas de destruiçao em massa…se usa-las, seja contra a Coreia do Sul ou Japao, sofrerá uma retaliaçao sem precedentes. Isto se a China nao der um chega para lá antes, pois os chineses nao tem nada a ganhar com uma Coreia do Norte nuclear. O Iraque era outra estoria. Este sim era realmente nocivo aos EUA, independente de ter armas de destruiçao em massa, ou… Read more »

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Raphael Barros, desculpe amigo, mas o Pyongyang não está protegendo a Coréia do Norte e nem tão pouco o seu povo, os coreanos. Ao contrário. Este maluco (embora eu ache que de maluco ele não tem nada) não está nem aí para o povo coreano, especialmente o do norte da Corea do Norte, que já foi abandonado faz tempo. Ditadores (de Geisel e Pinochet a Pyongyang, eu os considero todos a mesma coisa e gente da mesma laia, no que se refere a falta de legitimidade política e moral) não se preocupam com coisas como: povo, população, direitos civis etc.… Read more »

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Daltons e amigos, já leram esta entrevista com o professor Bluth que saiu no UOL? A questão, mesmo para os EUA não é tão simples…de certo modo, a Coreia do Norte representa sim uma grande ameaça aos EUA, ao território dos EUA (Hawai), até mais que representava o Iraque…o que não quer dizer que seja simples uma ação militar na Córeia ou que seja viável ou mesmo necessária… bem, não vou falar nada, acho melhor eu “colar” aqui mais um trecho da entrevista: “UOL Notícias – O que podemos esperar daqui para frente? Bluth – O que eu acho que… Read more »

Mineiro
Mineiro
12 anos atrás

Concordo com o professor citado pelo Honet. É como no jogo de pôquer, há o blefe por parte da coreia do norte, eles acham que o Japão e a Coreia do Sul não vão pagar pra ver. Mais se pagarem? Esse é o perigo. Acho que o Norte está arriscando demais. Pode nãos ser a real intenção do norte atacar o Japão, mais que eles têm ódio dos japoneses pelos crimes de guerra, eles têm. E pelo outro lado o Japão sabe desse ódio. Será que o Japão se arriscará a sofrer outro ataque nuclear, mesmo que seja remota essa… Read more »

Dalton
Dalton
12 anos atrás

Hornet,

há boatos que o Alaska oriental já seria alcançado…por misseis, mas sem ogiva atomica, parece que os norte-coreanos ainda irao levar algum tempo para desenvolver esta tecnologia.

Torço para que as conversaçoes retomem.

abraços

Daltons??…acho que vc estava pensando nos irmaos Dalton nao é?
triste fim tiveram.

Marine
Marine
12 anos atrás

Hornet,

Vc esta absolutamente certo, isso tudo e a forma da CN barganhar por comida, energia e ajuda/extorcao financeira da comunidade internacional, e sua forma do regime se manter no poder as custos do sofrimento do seu povo.

Com relacao a misseis a preocupacao aqui nao e isso ainda ja que e da opiniao da comunidade da inteligencia que essa capacidade ainda nao e madura, a preocupacao hoje e a transferencia de tal tecnologia a outros regimes e organizacoes aos que estiverem dispostos a pagar seu preco i.e uma Al-Qaeda ou Iran.

Semper Fi!

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Dalton,

ops! perdão pelo “s” a mais…acontece nas melhores famílias…hehehehe

abração

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Marine,

é o velho “joguinho” dos ditadores, ditador é tudo igual, só muda o endereço…hehehe

mas esses caras são perigosos (porque são irracionais) e geralmente acabam criando uma confusão dos diabos…

abração

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Hornet apenas um adendo: eles não perigosos porque são irracionais. Ao contrário, esses caras adoram um joguinho, são é racionais ao extremo.

Eles são perigoso porque são sociopatas (assim entendidos como incapazes de sentir a dor do outro membro do corpo social, in casu, todo o resto da população de seu miserável país).

Enfim, é doença mesmo. E com gente doente não se discute: é paulada na cabeça, “sossega leão” e camisa de força.

Abs.

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Felipe,

tá certo. Eu concordo.

Mas o que quis dizer por irracionais foi no sentido de não medir consequências…

do tipo: se for pra matar milhões pra conseguir o que eu quero, então eu mato e não estou nem aí…

Foi neste sentido.

abração

Marine
Marine
12 anos atrás

Hornet,

E isso mesmo.

Felipe Cps,

Minha resposta que vc queria ver esta la na decisao tatica.

abs.

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Xiii…pelo visto vai virar rotina agora…a Coréia do Norte lançou outro míssil hoje (terça feira, no Brasil): “SEUL (AFP) – – A Coreia do Norte testou mais um míssil, o sexto em três dias, revelou nesta quarta-feira a agência de notícias sul-coreana Yonhap. Pyongyang lançou um míssil de curto alcance no Mar Amarelo, informou a Yonhap, citando uma fonte governamental não identificada. “As autoridades dos serviços de Inteligência estão acompanhando de perto a situação”, revelou a fonte, citada pela agência sul-coreana. Na segunda-feira, a Coreia do Norte desafiou o mundo com um teste nuclear subterrâneo e o disparo de três… Read more »

Marine
Marine
12 anos atrás

E Hornet ja nao tenho mais o que comentar sobre esse regime…Outro barril de polvora!

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Marine, pois é…é como eu disse pra vc em off hoje de tarde…essa região do planeta tem tudo pra se transformar em outro OM…torcemos pra que não seja assim… Mas pelo andar da carruagem… por enquanto acho que o tal de Pyongyang está apenas querendo testar o novo governo dos EUA e testar também a paciência da Coréia do Sul e do Japão, como disse o prof. que eu citei acima…mas vai saber o que se passa na cabeça desses figuras, né? De qualquer modo ele está numa posição de desafio total…está desafiando a comunidade internacional na cara dura (até… Read more »

Zorann
12 anos atrás

Todos estão esquecendo que ate hoje a Guerra Da Coréia não terminou. Sóexiste um cessar fogo desde o fim das hostilidades. Ontem, segundo a CNN, a Coréia do Norte testou 4 mísseis de curto alcance. Eles estão em busca do ‘passaporte’ para sua segurança. Um país como este armado com armas nucleares, teria que ser engolido por todos e poderia causar uma nova corrida armamentista no sudeste asiático, incluindo aí principalmente, Japão e Coréia do Sul. O povo japonês anda ultimamente muito preocupado com as ações da Coréia do Norte e pressiona o governo para mudanças na costituição. Existe inclusive,… Read more »

Zorann
12 anos atrás

Eu acredito que isto não vai ficar somente na ameaça. Acredito sim que estamos sentados num barril de pólvora e existe grande possibilidade de um conflito no local. Uma guerra entre os envolvidos, poderia se alastrar por toda a Ásia. Outros países na região poderiam se aproveitar da tensão existente para criar novas frentes. Tensões regionais poderiam ser incrementadas se aproveitando do desafio lançado pela Coréia do Norte. Paquistão e India, Irã e Israel, ex republicas soviéticas e a propria Rússia. Estamos hoje num mundo onde não existe mais a polarização leste-oeste, e estes conflitos latentes, poderiam renascer com mais… Read more »

João Curitiba
João Curitiba
12 anos atrás

Cavalheiros Primeiramente gostaria de dizer que Pyongyang é a capital da Coréia do Norte e que o ditador de plantão chama-se Kim Jong-Il, que sucedeu o pai Kim Il-Sung, que morreu em 1994. E segundamente (boa essa) está todo mundo preocupado com a opinião da China. O que ela fará em caso de um ataque à CN. Eu vejo diferente. Quem deve estar preocupado com a situação é a China. Como ela tem 1 bi e 300 mi de bocas pra alimentar e que precisa importar quase tudo para mover sua indústria, não interessa a ela se envolver em confusão.… Read more »

Raphael Barros
Raphael Barros
12 anos atrás

Quem esta provocando essa guerra são os Estados Unidos eu vou repetir o interesse deles é nas jazidas de magnesita que à Coreia do Norte tem à metade. Dalton Depois do Pearl Harbor os americanos bombardearam pequim com seus B-25 arrasaram à cidade e fora as outras batalhas no pacífico até aí tudo bem eu sou à favor mais as 2 bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki foi um ato covarde para provocar os outros países principalmente à Rússia. O Japão já tinha se rendido e nas cidades a maioria das populações eram de mulheres, crianças e idosos pois os… Read more »

Raphael Barros
Raphael Barros
12 anos atrás

Esqueci uma coisa as bombas atômicas da Coreia do Norte são de 20Kt as mesmas de Hiroshima e Nagasaki. 550Kt são as ogivas russas e americanas só que são transportadas em 6 à 10 unidades por ICBMs com 10.000Km de alcance. Agora Porque eles podem ter essas armas e à Coreia do Norte, Irã e até mesmo Brasil não podem ter? Sabem porque para ser mais fácil de dominar quando os recursos minerais e a água estiverem acabando como que esta acontecendo agora. Coreia do norte – 50% da magnesita no mundo Irã – 2° maior reserva de petróleo do… Read more »

João Curitiba
João Curitiba
12 anos atrás

Caro Raphael Barros

A Líbia não faz mais parte do eixo do mal. Hoje o país está afinado com o mundo ocidental e seu presidente vitalício Muamar Kadafi está usando os recursos do petróleo para modernizar o país. Está construindo várias cidades e modernizando outras e ligando as principais localidades com trem de alta velocidade.
Quanto ao Brasil, somos a maior reserva do mundo de um monte de coisas, não apenas de água. E esta magnesita, pode apostar, temos aos montes na Amazônia.

Abraços

andre de poa
andre de poa
12 anos atrás

Nossa a precisão destes sismógrafos é hilária, epicentro em 10km de profundidade é uma lenda. Com a palavra os engenheiros de minas, mas a gente sabe que um duto de 100mts de profudidade tem suas dificuldades, 1000 mts então tem que botar muito dinheiro no projeto agora 10000 mts pegou pesado. Lembrem que a petrobras está gastando algo em torno de 60 milhões de dolares para perfurar e manter um duto de pequeno diametro (centimetros) a 7000 mts. Imagina criar algo que fosse a 10km e largo o suficiente para passar eqptos,sensores, materiais e a bomba propriamente dita que no… Read more »

Marine
Marine
12 anos atrás

Raphael,

Como vc descobriu nossos planos??! Eu como membro da Guarda Imperial/Imperialista Americana estava planejando a invasao de todos esses paises e regios, em especial a Amazonia…

Agora vou ter que mudar todos os detalhes por sua causa! Como pode um leitor do blog atrapalhar nossos planos ora bolas!!

Hehehehe….

João Curitiba
João Curitiba
12 anos atrás

Que profundidade tinha aquele poço na Serra do Cachimbo?

andre de poa: um duto em águas profundas é muito mais caro do que um duto em terra firme.

Zorann
12 anos atrás

Eu acredito que desta vez a cobra vai fumar. As noticias são cada vez piores e estamos a beira de um novo conflito armado que pode tomar proporções enormes

Hornet
Hornet
12 anos atrás

João-Curitiba,

muito bem esclarecido…é que meu coreano anda meio defasado…hehehe

mas vc tem toda a razão, o nome do cidadão é Kim Jong-Il. E eu particularmente sempre faço confusão com esses nomes.

abração meu caro

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Caras, esse tal Raphael Barros é um cômico, não vale nem a pena responder…

Dalton
Dalton
12 anos atrás

Rafael, tudo bem…vamos “bater” nos EUA, mas vamos “bater” nos outros tambem! Vc citou que os EUA apos Pearl Harbor, atacaram Pequim com B25? Acho que vc quis dizer , Toquio com B29s nao? Bom, as B29s só começaram a atacar o Japao em 1944, os dois anos anteriores foram muito dificeis. Quanto as bombas atomicas, existem duas visoes, e é interessante lembrar que os planos de rendiçao japoneses foram sabotados pela URSS, que tinha interesse em entrar na guerra do Pacifico e assim conquistar legitimamente territorio ocupado pelos japoneses. Muitos defendem a ideia de que os EUA deveriam ficar… Read more »

Marine
Marine
12 anos atrás

Dalton,

Nao perca seu tempo amigo, esse cara ja tem a lobotima ideologica feita, nao sabe nada de historia e nao consegue analisar nada com imparcialidade fora vomitar o que ouve no hospicio…

Abracos!

Dalton
Dalton
12 anos atrás

Pois é, Marine…

mas a culpa é toda do Hornet! Eu fico aqui tentando escrever tao bonito quanto ele…mas sempre esqueço que os meus neuronios já estao fracos e nao sao renovaveis.

sds

jack_the_ripper
jack_the_ripper
12 anos atrás

Bomba sobre o Japao : necesaria e merecida. Acabou com a guerra, salvou muitas vidas e economizou muito sofrimento; vingou os crimes cometidos na China. Vi um campo de concentracao japones em Harbim, bem como as cruendades que fizeram por la. Algo mudou ? Talvez. Porem dada a xenofobia e a baixa taxa de casamentos interraciais, basta um politico populista ra renascer o TERROR japones. Coreias… Estive la tambem. A Coreia do sul nao quer a reunificacao e nem a guerra. O motivo : GRANA. Ambas as hipoteses destruiriam a qualidade de vida deles. Melhor que a finlandesa. A Coreia… Read more »

vanessa
vanessa
12 anos atrás

queria saber qual era a situaçao social da coreia do sul e coreia do norte
obrigado

Roberto CR
Roberto CR
12 anos atrás

Bem vinda vanessa Isto aqui estava precisando da participação de um nome feminino mesmo. Se você fala na condição da população dos países, a Coréia do Sul possui economia capitalista, analfabetismo praticamente zero, alta expectativa de vida (+75 anos), economia bastante forte refletida em boa renda per capita (mais de US$ 8 mil), e é pró ocidente; a Coréia do Norte é um país com economia controlada pelo governo (fechada), economia deficiente e com graves problemas para prover bem estar a população. Porém, é um dos países que mais investem em armas tecnologicamente avançadas no mundo, em detrimento do bem… Read more »

Heitor Vasco Fernandes
10 anos atrás

É incrivel em pleno séc XXI, assistir-se ao desrespeito pela Coreia do Norte das várias resoluçoes do CS da ONU. Também lamento constatar tanta hipocrisia do lado dos EUA, pois, da mesma forma que invadiram o Iraque embarcando nos discursos inéditos de Saddam Hussein, hoje mais que provada a existencia de armas nucleares ou bombas atómicas, entao o preço nao é igual? EUA temem a Coreia do Norte? Pois é, parece que a Coreia do Norte nao vai ter o mesmo tratamento! É uma potencia militar temida. Mas, por outro lado, a Coreia do Norte, está promovendo a sua imagem… Read more »

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -