segunda-feira, agosto 15, 2022

Saab RBS 70NG

Conheça a Operação Fronteira Sul I

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

A Operação Fronteira Sul I é uma grande operação do Comando Militar do Sul (CMS) destinada a explorar as estratégias da Presença e da Dissuasão na faixa de fronteira da Região Sul do Brasil, e conta com a participação de forças da Marinha do Brasil (MB), do Exército Brasileiro (EB), da Força Aérea Brasileira (FAB), de Órgãos de Segurança Pública (OSP) e de Órgãos de Fiscalização federais e estaduais, sendo desenvolvida, simultaneamente, nos Estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná, entre os municípios de Chuí-RS e de Guaíra-PR, no mês de junho de 2009.

Amparada nas Leis Complementares Nr 097, de 09 de junho de 1999, e Nr 117, de 02 de setembro de 2004, visa ao adestramento militar por meio de atividades permanentes de planejamento e execução relacionadas com atividades operacionais, logísticas, de inteligência, de comunicação social, de assuntos civis e gerenciamento de pessoal. Busca a atuação combinada, realizando ações militares que englobam o aprestamento das forças a serem empregadas, o deslocamento das tropas de seus quartéis de origem até a faixa de fronteira, a concentração nas zonas de ação planejadas, a realização de ações de patrulhamento aéreo, terrestre e fluvial, de tiros de artilharia, de metralhadoras leves e pesadas, de canhões navais e de blindados, de foguetes de helicópteros e de aviões, de ações cívico-sociais (ACISO) e comunitárias, de ocupação de postos de bloqueio em rodovias e estradas, e de controle do tráfego marítimo, terrestre e aéreo, dentre outras ações.

Além disso, em conjunto com o adestramento das tropas em operações convencionais, por intermédio de ações operacionais em áreas públicas, adequadas à natureza das operações, e em áreas privadas cedidas para esse fim, as atividades militares permitem a realização de medidas preventivas e repressivas com repercussão direta no combate aos delitos transfronteiriços e ambientais. Nesse quadro, as atividades são executadas contando com a cooperação dos órgãos de segurança pública e de fiscalização federais e estaduais com interesses afins.

Participantes:
Exército Brasileiro – CMS e tropas do módulo estratégico
Marinha do Brasil – 5º DN
Força Aérea Brasileira – 5º COMAR
Órgãos de Segurança Pública e de Fiscalização Federal (IBAMA, SRF, DPF, PRF, ABIN)
Órgãos de Segurança Pública dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná

FONTE: EB

- Advertisement -

3 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
13 anos atrás

[…] Brasileiro, a Força Aérea Brasileira e demais órgãos públicos Federais e Estaduais, da Operação Fronteira Sul I, empregando efetivos e meios do Comando do 5º Distrito Naval na realização da Patrulha Naval, […]

Da guerra
Da guerra
13 anos atrás

Porque a operação não é amparada no Decreto Nº 6.592, 02 Out 08 e na Lei Nº 11.631, de 27 Dez 07?

alexandre rocha
12 anos atrás

os fracos nucam temtataram,os fracos ficaram para tras so os fortes comseguiram. selvaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

Últimas Notícias

Exército da China reprimirá tentativas de separar Taiwan do continente – Ministério da Defesa

O governo chinês afirmou repetidamente que a viagem de Pelosi a Taipei nos dias 2 e 3 de agosto...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -