Home Noticiário Internacional Colômbia alerta que vai repelir ‘intervencionismo’ de Chávez

Colômbia alerta que vai repelir ‘intervencionismo’ de Chávez

83
0

A Colômbia advertiu nesta segunda-feira que repelirá a política “intervencionista” e “expansionista” do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, depois de ele ter intensificado suas críticas a um acordo militar da Colômbia com os Estados Unidos que desatou uma crise diplomática entre os dois países vizinhos.

O embaixador da Colômbia na Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Alfonso Hoyos, disse que o governo do presidente Alvaro Uribe recorrerá a esse órgão para denunciar as constantes agressões de Chávez e sua intervenção em assuntos internos.

“O governo nacional repelirá todas as ações do projeto expansionista na Colômbia ratificado publicamente pelo presidente Hugo Chávez. De nenhuma maneira se pode tolerar que os colombianos de bem sejam insultados,” disse um comunicado lido por Hoyos.

Chávez pediu no domingo que sua ministra da Informação, Blanca Eckhout, faça “tudo o que for necessário” para que suas reivindicações sejam difundidas na Colômbia.

O presidente venezuelano propôs recorrer a aliados na Colômbia, que disse serem muitos, para transmitir suas mensagens.

“A burguesia colombiana não quer que esta minha palavra chegue ao povo, tem medo de que a palavra de Chávez seja ouvida pelo povo da Colômbia,” afirmou Chávez, que admitiu ter simpatias pelo Polo Democrático Alternativo, um dos principais partidos de oposição a Uribe.

Chávez também ordenou a investigação nas empresas colombianas na Venezuela para detectar possíveis vínculos com o narcotráfico.

As relações entre Colômbia e Venezuela voltaram a ficar turbulentas depois da decisão de Uribe de firmar um acordo com os EUA que permite aos militares norte-americanos o uso de pelo menos sete bases colombianas no combate ao narcotráfico e ao terrorismo.

Chávez garante que as bases constituem uma ameaça para seu país e seu projeto político de implementação do socialismo, enquanto Uribe nega que essas instalações possam sr usadas para ataque a vizinhos ou desenvolvimento de projetos intervencionistas.

Chávez tem como aliado nessas rejeição o presidente da Bolívia, Evo Morales, que recentemente chamou Uribe de “traidor” por permitir a presença de militares norte-americanos em seu território e na América Latina.

A questão das bases será abordada pelos presidentes sul-americanos na sexta-feira, em uma cúpula da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), em Bariloche, na Argentina.

FONTE: Reuters

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
germa
germa
11 anos atrás

eu gosto do chaves e do seu madruga 😛

sober a UNASUL, ela não é uma aliança militar clássica como a NATO(OTAN) na verdade essa união é uma espécie de balaio de gato,onde todos os dramas foram expostos na mesma opera, desde finaciamentos até estudos sobre sobre defesa e associação das industrias bélicas da região.

é como se fosse a EU tupiniquim onde o brasil detém 80% do PIB me nº absolutos, mas não tem 80% do poderio militar.

enfim, não gosto da condução do URIBE tanto quanto não gosto do CHAVEZ.

RJ
RJ
11 anos atrás

Tá até parecendo as tardes do SBT. Sempre aparecendo um episódio do Chaves. E é sempre o mesmo pastelão, a mesma palhaçada…

old school
old school
11 anos atrás

É companheiros, mas depois dessa aliança de Colombia e Norte-Americanos o filme está apenas começando e Chavez, apesar da imagem que a nossa midia golpista passa aos desenformados, é o unico que vejo com peito de encarar o imperialismo americano, ai o Brasil vai ter que sair de cima do muro e mostrar sua cara e parar de acender vela pro diabo e pro santo

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Soldier: a

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Soldier: a UNASUL nunca vai discutir nada que o Palhaço de Caracas faz, porque é um órgão dos “cumpanheiro” do Foro de São Paulo.

Como eu já disse, é uma sorte que iniciativas como a tal UNASUL e o tal Conselho de Defesa Sul-Americano estão fadadas ao mais retumbante e miserável fracasso. Senão, já imaginou o Brasil tendo de ir à guerra junto com a Venezuela do Bufão, contra a Colômbia e os EUA?

Sds.

Jonas Rafael
Jonas Rafael
11 anos atrás

Não eram três bases, agora são sete? Tem muita informação desencontrada por aí…

Flavio
Flavio
11 anos atrás

queria ver o Chávez parar de falar e invadir a Colômbia

Quero ver este babaca levar porrada dos americanos para aprender a ficar quietinho no ligar dele.

Mas, apesar de toda loucura, ele não é louco pra fazer isso. Infelizmente

Flavio
Flavio
11 anos atrás

ops, lugar dele…

Soldier
Soldier
11 anos atrás

Esse Chaves não tem jeito mesmo. Interfere descaradamente em assuntos internos de outros países.

A UNASUL deveria debater a respeito disso. Será que ele não sabe que Álvaro Uribe tem grande aprovação do povo Colombiano? Acho que esta informação a sua Min.da Informação não passou para ele?

Tipos como esses são um perigo para a paz na AL.

jose greff
jose greff
11 anos atrás

“Colômbia advertiu nesta segunda-feira que repelirá a política “intervencionista”
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

A Colômbia já está sob INTERVENÇÃO americana e nem sabe.RSRS…

RdoCosta
RdoCosta
11 anos atrás

Vcs são uns alarmistas… estas bases serão apenas para ajudar nossos irmãos colombianos contra os antigos socios no narcotrafico do pai do presidente Uribe. E por falar neste grande presidente, graças que o mesmo conseguiu mais um mandato (será o terceiro) coisa que seria um disparate conforme nossos amigos na grande imprensa cuidaram de fazer em boa hora a cabeça da naçãose o presidente do Brasil tambem se candidatasse a um terceiro mandato. Lá na colombia é democracia, no Brasil é ditadura, está moncomunado com o maluco do Chavez. Estas bases meus amigos, futuramente, permitirão aos nobre e democraticos americanos,… Read more »

LBacelar
LBacelar
11 anos atrás

RdoCosta,

Não somos alarmistas não, hoje em dia a maior parte dos carregamentos de drogas que entram nos EUA tem saído do México, e não da Colombia, sendo assim essas bases serão intervencionista sim. E outra coisa, não confuda democracia com governo fantoche, oq vc lÊ e ve na tv sobre Afeganistão e Iraque está muito deturpado, e agora a Colombia será a próxima. Existem dezenas de fantoches pró EUA nos governos mundo a fora desde a II Guerra

Caipira
Caipira
11 anos atrás

O Chavez e sua tropa são um bando de palhaços, muito perigosos, mas ainda assim palhaços, usam como Fidel usou, o fantasma de um “inimigo externo” (EUA) para se perpetuar no poder em benefício próprio e condenar suas nações ao atraso…Mas o Uribe não é muito melhor não pelo que tenho lido tem planos de continuar no poder indo contra a Constituição colombiana…A fragilidade das instituições políticas Sul-Americanas é impressionante…Eu só sei de uma coisa, essa tropa de vagabundos que se intitulam “bolívaríanos” e seus simpatizantes vão acabar de afundar de vez seus países…

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
11 anos atrás

Compatriotas brasileiros. Tenho poucas palavras pra voz dizer:

– PREPAREM-SE PARA A GUERRA! ELA ESTÁ MUITO PROXIMA E IRÁ ENGOLIR QUASE TODA A AMÉRICA DO SUL.

Carlos Eduardo Góes

RdoCosta
RdoCosta
11 anos atrás

Meu caro LBarcelar… o que tentei mostrar foi que, apesar dos arrobos ufanistas o Chavez não está errado ao gritar contra estas bases. Ele sabe o que está falando, afinal os EUA estiveram por tras do golpe que quase o tirou do poder. Eu não sei com que base alguns chamam de vagabundos, povos que tentam encontrar uma nova via de poder, saindo likteralmente da cartilha de poder americana que tanto tem levado povos a miséria. Na visão destes, todos aqueles que lutam por uma nação melhor, são vagabundos. Historicamente, não temos nenhum exemplo na america do sul de receita… Read more »

RdoCosta
RdoCosta
11 anos atrás

Meu caro Caipira… talvez o amigo ache que o exemplo dos Gortari no México, que eram exaltados pelos EUA sejam um exemplo edificante. Tão edificante que fugiram do Mexico com as burras entupidas de dinheiro. O Mexico vizinho, que aderiu a ALCA (que querem nos empurrar), tem bolsões de miséria jamais vistos, em inumeros estados mexicanos principalmente em Oaxaca e Chiapas a miséria na população de origem india é inominavel.

julio
julio
11 anos atrás

Não entendo tanta gritaria por causa das bases americanas na Colombia. Porque criticar a Colombia. Ora, há mais de 20 anos ouço dizer que os americanos tem projetos e planos para ocupar a Amazonia. O que fizemos nesses anos? nos armamos? temos um planejamento de ocupação racional e exploração da Amazonia? que plano plurianual é realizado por esse governo? ou o anterior? Criticam a Colombia, mas, ela faz o que acha ser melhor para o país e olha que tem o Fanfarrão ditador do Chaves ao lado, que critica os americanos mas, vende petroleo para eles. Os americanos, com certeza… Read more »

Alecsander
Alecsander
11 anos atrás

O grande problema ai é que é tudo um grande jogo de interesses, e as mentiras correm dos dois lados que querem impor sua verdade. Vamos pegar alguns exemplos para discutir. Começando por nossa historia, os defensores do regime militar no Brasil alegam que a ditadura foi importante para evitar que o país fosse conquistado por comunistas, e porque a democracia em um país como o nosso só serve para apoiar ao interesse de elites e corruptos. Pois bem a durante o começo dos anos 70, aconteceu o maior desmantelamento da maior revolta armada para socializar o Brasil no Norte… Read more »

Harry
Harry
11 anos atrás

Caro jose greff, Uribe sempre quis isso, a intervenção. Só não haverá intervenção Russa na Venezuela, porque eles os russos, não tem condições de sustentar. Venezuela e Colombia querem ser Médias potencias ou já agem como tal. Venezuela usa por enquanto o poder ideologico e dolares. Colombia usa o poder das Armas que comparativamente ao Brasil não amedronta, mas EUA a turbina quando coloca lá 7bases. Virou um protetorado. Venezuela esta e vai continuar a retalhar economicamente Colombia, assim que o petroleo subir de preço vai comprar armas russas. Quem sabe se o governo Brasileiro tivesse ajudado a Colombia e… Read more »

brazilwolfpack
brazilwolfpack
11 anos atrás

A Colombia,para variar,continua abrindo as pernas para os Estados Unidos.

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Ai ai ai, que preguiça que dá de responder a certos comentários… se for contar o monte de asneiras vai faltar números… xá pra lá… prefiro ir tomar injeção na testa…

Spectre
Spectre
11 anos atrás

URIBE sobre a UNASUL: “Muitos vieram e nos deram tapinhas nas costas, mas só os EUA realmente não ajudaram” Olha, quase 1/3 da Colômbia já esteve sob dominação das FARC, hoje elas diminuíram drasticamente de tamanho e força…. Alguém aqui acredita que a Colômbia conseguiria fazer isso sozinha? Jamais! Alguém resolveu ajudar, e eles aceitaram a ajuda… – Os EUA são bonzinhos? Não… Apenas fizeram isso pq as drogas eram um problema pra eles tb! – Os EUA após gastar bilhões, ganhar prestigio no governo colombiano vão do nada abandonar uma posição estratégica? Lógico que não! Um Brasil, realmente potência… Read more »