domingo, outubro 24, 2021

Saab RBS 70NG

Alencar defende que Brasil tenha armas nucleares

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Presidente em exercício diz que isso serviria como ‘fator de dissuasão’ e para ‘dar mais respeitabilidade’

Tânia Monteiro

Em uma declaração polêmica, o presidente em exercício José Alencar defendeu nesta quinta-feira que o Brasil tenha armas nucleares como importante “fator de dissuasão” e para “dar mais respeitabilidade” ao País. “A arma nuclear utilizada como instrumento dissuasório é de grande importância para um país que tem 15 mil quilômetros de fronteiras a oeste e tem um mar territorial e, agora, esse mar do pré-sal de 4 milhões de quilômetros quadrados de área”, declarou Alencar.

Na conversa com jornalistas, em seu gabinete, em Brasília, Alencar, ao ressaltar a necessidade de o Brasil ter meios para proteger seu patrimônio, citou o caso do Paquistão, que, segundo o vice, embora seja um país pobre, tem assento em vários organismos internacionais, justamente por ter a bomba atômica. “Eles sentam à mesa porque eles têm arma nuclear. É vantagem? É, até do ponto de vista de dissuasão é. É importante”, observou.

Na opinião do presidente em exercício, “nós, brasileiros, às vezes somos muito tranquilos. Nós dominamos a tecnologia da energia nuclear, mas ninguém aqui tem uma iniciativa para avançar nisso. Temos que avançar nisso aí”. Em seguida, Alencar passou a pregar também a necessidade de aumento do orçamento das Forças Armadas e da vinculação deste orçamento ao PIB. “Precisa ter uma percentualidade do PIB entre 3% e 5%, que daria muita força para o sistema de defesa, que precisa de cuidado e está abandonado há muito tempo”, comentou Alencar, que já foi ministro da Defesa.

O presidente em exercício disse que este avanço nas pesquisas tem de ser para fins pacíficos, mas o fato de ter o artefato, “reforça” o poder do país. “Não estou dizendo que o Brasil vai fazer isso ou não e nem quero dizer se quero ou se não quero. Estou fazendo uma análise como brasileiro. Se nós estivéssemos nessas condições, imagina o que seria o Brasil? A respeitabilidade do país cresceria muito. Tem aquela frase `a força é o direito e a justiça é o poder do mais forte'”, emendou.

As declarações de José Alencar foram dadas no mesmo dia que o Conselho de Segurança (CS) das Nações Unidas aprovou uma resolução com o fim de conter a disseminação das armas nucleares no mundo. O Conselho, com cinco membros permanentes e dez rotativos, passou a medida por unanimidade. O Brasil reivindica um assento no Conselho. Anteontem, Lula se reuniu por mais de uma hora, com o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, e fez uma enfática defesa do colega iraniano, apoiando, inclusive, o direito de Teerã enriquecer urânio, material das bombas nucleares.

Questionado se esta declaração de defesa de armas nucleares não precisaria de mudanças na Constituição, Alencar lembrou que somos signatários do Tratado de Não proliferação de Armadas nucleares, mas, em seguida, emendou: “eu acho que isso é tudo negociado, é tudo conversado”.

Alencar retornou de São Paulo na noite de quarta-feira, depois de mais uma sessão de quimioterapia. Na semana que vem, Alencar reassume a presidência, com a ida de Lula para a Europa.

FONTE: Estadão

FOTO (Dia do Soldado, em 2007): Agência Brasil

- Advertisement -

59 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
59 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo
Rodrigo
12 anos atrás

Virei fã!!

J Curitiba
J Curitiba
12 anos atrás

Estamos bem, hein?

Enquanto um idiota faz apologia a bomba outro idiota namora o presidente do Irã.

Challenger
Challenger
12 anos atrás

Armas Nucleares são instrumentos covardes, isso não trará respeitabilidade pra nós, Forças Armada bem equipadas, isso sim impõe respeito.

Marlon
Marlon
12 anos atrás

– Como o próprio Alencar disse, somos signatários de tratados internacionais que nos impedem de termos armas nucleares. – Entendo o discurso da dissuasão, mas não cumprir com esses tratados não é nada inteligente, perderíamos a credibilidade (mesmo sabendo que vários países descumprem com acordos internacionais, não podemos basear nossa política externa baseado em péssimos exemplos, como a Coréia do Norte ou o Irã). – Além disso, nenhum outro país na AL tem o desejo de construir artefatos nucleares (pelo menos não até aonde eu saiba!). – Acredito que uma AL livre de armas nucleares seja mais segura do que… Read more »

Fearless
Fearless
12 anos atrás

Boa Presidente! 🙂
Esses países europeus podem exigir que outros nao tenham armas quando eles mesmos estao protegidos por uma cortina de armas nucleares. Países como o Brasil que não estão alinhados com ninguém ficam à mercê das decisões desses que querem liderar o mundo. Pensai vos grande Brasil!

Andre Luiz
Andre Luiz
12 anos atrás

Armas nucleares ao carissimas de se manter, é perda de tempo

KeplerK
KeplerK
12 anos atrás

Sou contra a posse de armas nucleares, acho que ganhamos mais em não tê-las EM TEMPOS DE PAZ, mas sou totalmente a favor de dominarmos plenamente cada etapa de sua fabricação e de possuirmos meios para isso (insumos, equipamentos, instalações, pessoal etc.).

O famoso ditado continua valendo: “Seguro morreu de velho.”

Laio
Laio
12 anos atrás

Para os colegas que devendam que o brasil não tenha a bomba atomica e sim forças armadas bem equipadas, só dou um belo exemplo. Japão X EUA. O exercito do Japão era muito bem preparado e o que adiantou ?
Se renderam logo depois de um ataque nuclear…

ARC
ARC
12 anos atrás

Para ser respeitado primeiro é necessário que as Forças Armadas do sejam bem equipadas e SEM SOFRER CONTINGENCIAMENTO DE RECURSOS senhores políticos. Ter armas nucleares enquanto o exército trabalha em meio período para economizar e não tem reserva de munição vai ser motivo de piada.

Noel
Noel
12 anos atrás

J Curitiba, vc disse que o Vice-Presidente é idiota. Você realmente acha que um homem com o currículo empresarial dele, com a garra e a disposição de enfrentar uma doença terrível, que é o cancer, já tendo feito N cirurgias, e continua trabalhando sem folga, sendo que a maioria das pessoas sucumbem nessas condições, e falo isso pois perdi dos parentes com essa maldita doença. Você crê, sinceramente, que esse homem é um idiota? Discordar da opinião dele, tudo bem, pois muitos também pensam que não precisamos de artefatos nucleares; ou seja direito de qualquer cidadão. Agora IDIOTA, particularmente o… Read more »

Igor
Igor
12 anos atrás

No fundo ele tem razão e os países que dominam são hipócritas. Agora com relação a falta de respeito é que o mais tem aqui, principalmente com o Presidente da República.

Samuel
Samuel
12 anos atrás

Vivemos num mundo tão hipócrita que a verdade dita da forma mais simples as vezes escandaliza.

André Castro
André Castro
12 anos atrás

Não seria má idéia isso se nos estivéssemos na década de 60, hoje isso daria uma dor de cabeça gigante , além disso como nos iríamos lançar, via teco-teco, cegonha , balão de São João ou asa delta. Defendo que que nossas forças armadas estejam bem equipadas como equipamentos modernos , quantos caças daria para comprar ou melhor desenvolver gerando emprego, novas tecnologias com o dinheiro gasto na bomba atômica, acho que é uma area muito restrita que se gastaria muito bilhões, que podem ser investidos em pesquisa na area espacial, semi condutores e também na nuclear civil etc.. por… Read more »

Lucas Urbanski
Lucas Urbanski
12 anos atrás

Caro amigo André Castro,
Caso o amigo ainda não soube da notícia o Brasil esta contruindo em ARAMAR, onde a marinha desenvolve o reator nuclear para seu submarino, um super-reator para suprir toda a demanda de isótopos radioativos do Brasil e ainda exportar grande parte.
Já no caso da bomba, acredito que seria uma boa ter algumas no arsenal, mais seria um pretexto para nossos queridos colegas Bolivarianos querer uma para eles, para não ficarem “desarmados”.

Para os interessados no Super Reator que parece que iniciara sua contrução em meados de 2010 segue o link abaixo:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u574275.shtml

Abraço.

URUTAU
URUTAU
12 anos atrás

Caros senhores Compartilho totalmente com as idéias do amigo KeplerK creio não ser necessario que possuamos um artefato nuclear mas basta sim ser de conhecimento internacional que tenhamos o pleno dominio do conhecimento de como faze-lo assim como sermos possuidores de instalações aptas a faze-lo alias instalações essas muito bem defendidas por um eficientissimo sistema de defesa antiaereo como inclusive devo ressalvar por inumeras e inumeras vezes ja defini como o nosso calcanhar de Aquiles e tambem como ponto essencial primordial deste nosso reaparelhamento das FFAAS precisamos urgente muito mais do que subnuc caças blindados fragatas hellis ou outro qualquer… Read more »

kirsanoff
kirsanoff
12 anos atrás

detalhe q ninguem citou a parte do discurso dele q fala em empregar de 3 a 5 % do pib as forças armadas

essa no meu ver foi a melhor parte

abraços

A-Bomb
A-Bomb
12 anos atrás

Infelismente é preciso telas sim.
Elas são a única coisa que dão poder de dissuatorio contra grandes potências.

Dos 4 grandes emergentes apenas o Brasil não possui.

Bonito é os Estados Unidos e Rússia falarem em controle de armas atomicas.
Que moral eles tem para isso?

O que não pode ficar é “eu tenho mas voce não pode ter”.
Eu elimina de vez (quase impossivel) ou todos tem o direito de telas tambem.

VirtualXI
VirtualXI
12 anos atrás

É isso aí Zé. Sou seu fã.

Se tivéssemos armas nucleares, de campo de batalha, ninguém viria aqui se meter com a gente. Fora que conseguiríamos mandar os Argentinos para o Inferno com o apertar de um botão.

Jorge
Jorge
12 anos atrás

Falou demais o vice-presidente do nefasto II. Isso é assunto intra-muros. Além do que os marxistas travestidos de quilombolas, não confundir com os sitiantes e chacareiros vizinhos do C.L.A., vão permitir a continuidade do programa espacial? Porque para ter bomba nuclear precisa de um vetor para lança-la. E para isso é preciso desenvolver a industria espacial. Contingenciamento de verbas das FF.AA. Lembram-se? Depois dessa, mais o livro do cientista do IME, mais a aeronave hipersonica do CTA, mais o SubNuc, mais as centrífugas. Turma! Nem o Obama convence o Congresso dos EUA a liberar tecnologia para o Brasil. Bye, bye… Read more »

André Castro
André Castro
12 anos atrás

VirtualXI para que gastar bomba atômica com Argentinos seria desperdício, ultima mente eles estão usando pipa com bombinha de festa junina como defesa aérea.

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Será que ainda não as temos? E será que não temos capacidade de construí-las num prazo relativamente curto? Amigos, essa capacidade de construção já temos desde a década de 80, e nossos vizinhos e a comunidade internacional sabem disso. Por isso que foi e é difícil a relação da Agência Internacional de Energia Nuclear com a Marinha do Brasil, por conta de nossas centrífugas no centro de ARAMAR. Apenas não as fizemos porque há vedação constitucional ao tema, além de renúncia expressa via TNP. A recente pesquisa do IME que foi publicada num livro mostra que a capacidade técnica de… Read more »

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

VirtualXI:

Rsrsrs, a gente não precisa de artefato nuclear para acabar com argentinos. Pra isso, basta arrombar a barragem de Itaipú, que Buenos Aires é varrida por uma onda de 20 metros. E acredite, eles sabem disso.

Sds.

João Curitiba
João Curitiba
12 anos atrás

Este assunto está vindo muito à tona ultimamente. Precisamos ter as condições técnicas de fazer a bomba, assim como mísseis de longo alcance. Mas não fazê-las. Ficar apenas como advertência.
O que dará respeitabilidade ao Brasil, antes de mais nada, além de FAs bem equipadas, é claro, é um IDH de primeiro mundo. O exemplo do Paquistão, citado pelo vice-presidente, deve ser bem analisado. Se aquele país participa de discussões importantes, participa mais como penetra, ao contrário de um Canadá, por exemplo, que participa sempre como convidado especial.
Precisamos escolher bem o nosso caminho….

Abraços

V de Vingança
V de Vingança
12 anos atrás

Marlon. Como você pode ser ingênuo o suficiente para pressupor que a América Latina está livre de armas nucleares. Pense um pouquinho: Quem é o vizinho do México? Quem domina a Guiana Francesa? Quem domina as Falklands? Quem tem dezenas de submarinos nucleares que poderiam facilmente chegar até aqui?

Com relação aos meios para lançar a bomba brasileira, não serve o famoso VLS? Isso claro se acabarem as sabotagens. Além dos Rafale é claro.

Sds V.

Marino
Marino
12 anos atrás

Caro Felipe Cps.
Para que voce se atualize, antes da construção da usina de Salto ArgentinaxParaguai, de fato no caso de ruptura da barragem de Itaipu, isso ocorreria, hoje, isso é passado.

Flavio
Flavio
12 anos atrás

Concordo com o vice- presidente. Realmente, temos por OBRIGAÇÃO ter FA’s bem equipadas, treinadas. Mas, do que adianta tudo isso se, na hora H, alguém fala: Oh, só vou dar um aviso…vou mandar todo mundo pro saco apertando um botão! O que os nossos 1000 Rafales vão fazer? O que nossas baterias anti aereas vão fazer?? O que os nossos 100 porta-aviões vão fazer?? NADA. No máxima, vão explodir a bomba sobre nossas próprias cabeças. Concordo que temos INÚMERAS prioridades, como a renovação e atualização das FA’s, mas acho que deveriamos sim manter ao menos umas 10 bombinhas, e claro,… Read more »

Bayron
Bayron
12 anos atrás

Concordo com o Flavio… é só apertar o botão que vai tudo isso para o saco rsrsrs.

renato
renato
12 anos atrás

Gente..pensa bem no que esse senhor falou !!!! Sem condições de se levar a serio. Perfeito o comentario incial do J. Curitiba…..infelizmente são esses homens que dirigem a nação.

Musashi
Musashi
12 anos atrás

Segue abaixo, o link de uma apresentação de 2006 do Fermilab, US.

http://www.scribd.com/doc/19315861/Nuclear-Weapons-in-world

DaGuerra
DaGuerra
12 anos atrás

A convivência com petralhas e os problemas de saúde devem estar subindo à cabeça do nosso CORAJOSO vice. A não ser que esteja sendo enganosamente utilizado para corroborar mais uma tramóia bolivariana que permita governos como o de CHAVEZ armarem-se com artefatos nucleares via IRAN.Com isto, finalmente os internacionalistas conseguiriam anular o gigantismo Brasileiro diante das republiquetas bananeiras, instituindo verdadeiramente a URSSAL.

Luciano
Luciano
12 anos atrás

Apesar de não concordar com ele tenho que admitir que o vice-presidente foi corajoso em sua declaração. Infelizmente as pessoas só são sinceras quando estão proximas da morte, ele diz a verdade quando fala que as armas nucleares são o melhor instrumento de dissuasão no mundo atual. Não gosto de armas nucleares, mas não pode ser ignorado que há muito tempo temos a tecnologia e os meios de produzi-las. Mas peço aso colegas que comentem também a parte que ele fala sobre orçamento fixo para as FFAAs.

Harry
Harry
12 anos atrás

Pensei que só Lula acreditava que o mundo é paz e amor. Ta certo o Vice. Sabe o que fala. Quer apenas que façamos uma reflexão. Ele sabe que a solução não é tão simplista assim. Enquanto isso Lula para ter uma cadeira no conselho de segurança nós torna dependentes da tecnológicos por quantas décadas? e do mercado mundial abre mão para os franceses. Por essas é que sou Suécia/SAAB Como diz Obama, não esperem que EUA faça tudo. Não esperem que eles concordem com esses bolivarianos. Lula demonstrou apoio incondicional a Zelaya, agora, quer ajuda!!!! Afinal na hora do… Read more »

Jonas Rafael
Jonas Rafael
12 anos atrás

Por mais que ache que eu ache que o Brasil merecia ter esse poder, também acho que hoje em dia seria uma dor de cabeça diplomática muito grande. Se nós as tivéssemos seria comente pra contrapor os EUA, mas eles não são nossos inimigos. pelo menos por enquanto…

trackback
12 anos atrás

Alencar defende que Brasil tenha armas nucleares…

Em uma declaração polêmica, o presidente em exercício José Alencar defendeu nesta quinta-feira que o Brasil tenha armas nucleares como importante “fator de dissuasão” e para “dar mais respeitabilidade” ao País. “A arma nuclear utilizad…

thanos
thanos
12 anos atrás

A tecnologia pra fazer a bomba já temos. Mas pra quê? Sem vetores do tipo ICBM esse poder de dissuação não serviria pra nada, a não ser comprar encrenca com os grandes.E mesme assi, em quantidade considerável. Que tamanho de arsenal seria preciso para sermos respeitados? Simceridade, não acho que valha a pena. E dentro do cenário sul-americano, não temos vizinho q nos ameaçe a esse ponto. Devemos ser respeitados e não temidos. precisamos de FA bem equipadas e treinadas, condizentes com que o Brasil merece. Isso dá respeito e respaldo. Sou mais os 5% do PIB para o orçamneto… Read more »

gerson
gerson
12 anos atrás

Caros amigos,

Não se enganem o Brasil já tem a bomba! essa situação com o físicop e as declarações do Sr. Vice-Presidente já são parte do jogo para ir mostrando devegarinhoooo! pra não assustar.
E a conversa do Presidente Lula com o Presidente do Irã dando apoio ao mesmo na questão nuclear! precisa desenhar o que vem por ai? ou já da para terem uma idéia?

Henrique
Henrique
12 anos atrás

A análise do Vice-Presidente é perfeita dentro da visão global de equilibrio de forças. Hoje só é realmente respeitado (militarmente) pelos países ricos (OTAN) quem tem poder de fogo para se defender, e isso inclui armas nucleares. Um exemplo disso é o fato do Brasil ficar “mendigando” há anos uma cadeira no conselho de segurança da ONU… se tivesse poder de fogo já estaria lá. Agora… para se ter armas nucleares é preciso ter forças armadas profissionais, bem treinadas, bem equipadas, bem municiadas e com instalações que façam jus à responsabilidade de guardar e manutenir este tipo de equipamento pois… Read more »

COMANDANTE MELK
COMANDANTE MELK
12 anos atrás

Senhor Laio em 25 set, 2009 às 10:16,

simples e objetivo o comentário do colega, é por aí mesmo. Eu creio que essa discussão do Brasil “possuir´´ artefacto nuclear, se dará em um determinado momento, em que de fato, o país se veja na eminência de não mais existir como o conhecemos hoje…

Só espero que desta forma, não seja tarde demais…

Grato.

Wolfpack
Wolfpack
12 anos atrás

Porque devemos ser exceção? Dos BRICs somente o Brasil não possui artefato nuclear? Porque devemos ser o diferente? Concordo com o Presidente José Alencar, se o Paquistão, como a Índia, Israel, França, Inglaterra, China e os dois Grandes podem, qual a razão do Brasil ser o único bonzinho da história. O que ganhamos em termos de tecnologia, investimento, abertura de mercado aos nossos produtos assinando o Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares? O que as Super Potências e porque são chamadas assim até hoje fazem para mudar este quadro? Alguém aqui acredita que a Inglaterra é uma Super Potência?… Read more »

KeplerK
KeplerK
12 anos atrás

Sei que é politicamente incorreto, impopular, inadequado, inconstitucional etc., mas no fundo no fundo o que o Alencar falou é a mais pura verdade. O sapo que temos que engolir é o seguinte: quem tem a bomba tem voz e poder.

Luciano
Luciano
12 anos atrás

Essa discursão não é nova, já em 2003 o então ministro da Ciencia e Tecnologia Roberto Amaral defendia a conquista dessa tecnologia e reclamava da estagnação que ela sofreu no governo FHC, em 2007 o Gen. José Benedito de Barros Moreira defendeu que o Brasil tivesse a bomba, e agora o fisico do IME Dalton Ellery Girão Barroso provou que é perfeitamente possível ao Brasil construí-la ( até mesmo a H). Com certeza a declaração do vice-presidente não é a última do tipo, a verdade é que muitos estratégistas pensam em usar o fator pró-bomba na nova END, já que… Read more »

Lex
Lex
12 anos atrás

IDIOTTA???HIPOCRITA????
Srs,aconselho qe vcs leiam esse texto novamente + desse vez com atenção!!! Nosso Presidente falou alguma inverdade??? Falou alguma sandice??? Com todo respeito a vcs + qem ta sendo HICRITA E IDIOTA são vcs! E o melhor disso tudo foi sobre os 3% a 5% do PIB pras forças armadas!!! 5% é muita grana rapaziada!!! Viva Jose Alencar!!!

Lex
Lex
12 anos atrás

Faço minhas as palavras do Noel em 25 set, 2009 às 1:10!

Wolfpack
Wolfpack
12 anos atrás

No FX2 eu disse, mais importante que a escolha do vetor e a forma que este deveria ser anunciado.
Na caso de um artefato nuclear, mais impportante que tê-lo, é ter algum dia a coragem de utilizá-lo com a terrível conseqüência de ser também alvo de um devastador ataque nuclear. Isso foi até hoje o impedimento dos Estados Unidos não terem utilizado este recurso na Córeia, no Vietnan, e a URSS não tê-lo colocado em uso contra o Afeganistão e o derretimento dos seus Estados Unificados.
O Brasil teria a coragem de fazer uso de um artefato nuclear?
Abs

Anonymous
Anonymous
12 anos atrás

De serta forma ta certo, pois armamento nuclear da moral! Ou seja seria bom outros paises dariam mais “bola” a opniao do Brasil, por outro lado seria ruim pois quem finaciaria os custos? o exercito? a marinha? pois eles nao tem dinheiro pra manter nem seu pequeno arsenal quanto mais uma bomba atomica ou uma bomba de hidrogenio!
enquanto o governo nao liberar mais verba nao da serto nois mau mantemos o A-12 quanto mais uma bomba desse porte!!!

Wolfpack
Wolfpack
12 anos atrás

Nada mais danoso do que a desinformação dos meios de comunicação. A quem Janio de Freitas pensa estar servindo defendendo que o Brasil seja o bonzinho da história? Porque somente o Brasil dos BRICs assinou o Tratado de não proliferação de armas atômicas? A quem se presta isso? Quem no defenderá de uma investida aos nossos recursos de água, minerais, óleo, e a toda sorte de recursos genéticos e biológicos presentes na Amazônia? O SuperMan, só pode. Brincadeira… =============================================== São Paulo, domingo, 27 de setembro de 2009 Texto Anterior | Próximo Texto | Índice JANIO DE FREITAS O compromisso geral… Read more »

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Perfeito o comentário do Jânio de Freitas, obrigado Wolfpack.

J.Henrique
J.Henrique
12 anos atrás

Bem! A verdade é, que sou completamente contra qualquer meio intimidatório q estimule a violência! Mas um país com as dimensões como o nosso, precisa, sem dúvida, se proteger contra possíveis e, quem sabe, futuras agressões externas. Realmente, um determinado país possuir a tecnologia com aptidão de desenvolver uma Bomba atômica, lhe dar mais respeito e capacidade de responder uma possível invasão a altura do agressor, inibindo portanto, a continuidade da agressão. Prova disso é: Pq os poderosos americanos não invadem países como a Coréia do norte e o Irã? Pq invadiram países tão debilitados como Iraque e Afeganistão que… Read more »

Akiles
Akiles
12 anos atrás

Sabem q a Potencia da bomba nuclear equivale a milhares de megatons TNT e q seu calor emite cerca de 10 000x o calor do Sol,SO o EUA e a Russia tem armas nucleares suficiente para dezimar 3 planetas terras(ou -)mais isso nao eh nada a pior bomba q se pode pensar é a bomba H cujo poder COLOSSAL equivale a 500x + forte q o nuclear!!, mas duvido q o Brasil tenha armas nucleares.

J.Henrique
J.Henrique
12 anos atrás

Olá amigo Akiles! Como estudante estrategista da área de Informação só fazendo uma ressalva ao seu argumento: Na verdade não apenas 3 ou menos e, sim, só o poderio bélico nuclear russo tem a capacidade aniquiladora de destruir a uma dimensão territorial equivalente a 8 planetas terras juntos e, quase ao mesmo tempo. Isto é, sem contar com a maior arma de guerra do mundo – EUA e, de alguns outros países europeus e asiáticos que detém tecnologia nuclear afins bélicos. Quanto ao afirmar que o Brasil não possui até o presente momento armas nucleares, até concordo com você. Mas,… Read more »

Últimas Notícias

Recife (PE) sediará a nova Escola de Formação de Sargentos do Exército

O CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO INFORMA: Na 339ª Reunião do Alto Comando do Exército, realizada de 18 a...
- Advertisement -
- Advertisement -