terça-feira, outubro 19, 2021

Saab RBS 70NG

A história não perdoa os ingênuos

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br
  1. Chamberlain, primeiro-ministro da Grã-Bretanha, depois de encontro com Hitler na Alemanha, no outono de 1938, volta a Londres e, ainda na pista do aeroporto, dava uma coletiva, falando do sucesso de seu encontro com Hitler pela paz. Um ano depois (setembro), a Alemanha invadia a Polônia e iniciava a segunda guerra mundial. E uns meses depois ocupava Bélgica, Holanda, França…, e iniciava o bombardeio em Londres.
  2. Em fevereiro de 1939, uma pesquisa na Grã-Bretanha dizia que só 28% achavam que a política de Chamberlain traria a paz. Em julho, 85% queriam uma aliança para combater Hitler e 76% que se devia declarar guerra se invadisse a Polônia. Os jornais Times, Daily Mail e Daily Express apoiaram a política de “apaziguamento” de Chamberlain.


FONTE: Ex-Blog do Cesar Maia

- Advertisement -

23 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
23 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
The_mal_voltou
The_mal_voltou
12 anos atrás

Hugo chávez está cada dia que passa se aprecendo com Hitler…
E lula parece um chamberlain da vida.

R. Delilian
R. Delilian
12 anos atrás

Discordo pelanemante de vc “The mal”, o hitler tinha toda uma estrutura que permitia ganhar de meio mundo na época, por isso que ele se aventurou a tanto. Agora o Hugo Chavez se reforçar mais suas armas, vai apenas conseguir algumas vitórias isoladas, pois no final das contas sua guerra contra o mundo ou a ameria latina não passara de semanas. E o lula meu caro… Está sendo politico, enquanto está mostrando sorrisos ao mundo, está apenas afiando as garras do Brasil…. Enquanto uns falam demais e fazem um carnaval por meia duzia de coisas q compram, ele fica na… Read more »

Marino
Marino
12 anos atrás

Concordo com vc R. Delilian.

alessandro
alessandro
12 anos atrás

R. Delilian Com todo respeito ao seu comentário pois estamos aqui para debater ideias, mas dizer que o “momento militar brasileiro é histórico” me parece exagerado. Pois os cortes e contigenciamentos continuam a todo vapor, basta dizer que o recem criado “prosub” já esta ameaçado por uma corte de 400 milhões, corte este feito pela própia base do governo. Em 8 anos de governo lula nossas forças armadas continuam na penúria principalmente o exercito que está trabalhando a “meio expediente” pra poder ficar “aberto” estas compras que estão sendo prometidas ainda não saíram do papel e é preciso ver se,… Read more »

Anton 9
Anton 9
12 anos atrás

HEHE um ótimo mensageiro por sinal. A mensagem chegou intacta, inviolada e inocente: { … ele me disse que intenciona vir metade do percurso.. .. deseja poupar um velho de outra longa jornada}. Creio que ele não detalharia para a imprensa se tivesse entendido a mensagem.

Wolfpack
Wolfpack
12 anos atrás

O Fanfarrão e o Prelúdio de uma das mais sangrentas Guerras que o Mundo já viu. Já saiu perdendo quando chama o Sr Hitler de Herr Hitler. O moral vai lá embaixo e a clac toda em volta ri e bate palmas… Estava perdido, mas um outro que a história deu várias chances inclusive depois de Galípoli vai assumir e mudar o curso da história.
Abs

Jonas Rafael
Jonas Rafael
12 anos atrás

Comparar o Chavez com o Hitler é piada. A Venezuela não tem nem de perto a capacidade da Alemanha que era uma potência tecnológica e na fabricação e desenvolvimento de equipamentos militares. Ninguém “conquista” outros países só comprando armamento. O fornecedor corta e acabou sua farra. Hoje em dia ninguém mais pode se dar ao luxo de começar uma guerra sem ter sofrer sanções. Só os poucos que tem indústria militar própria podem se aventurar. Nem precisa ser uma grande potência, como a Coréia do Norte mostra. Mas a Venezuela só faz compra de prateleira. O Chavez é muito mais… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

Wolfpack, como assim uma das mais sangrentas? 🙂
nada se compara a WWII! nada chega perto! em cifras “sanguinárias” foram 5/2 anos que ceifaram mais de 80 milhões de “cabeças”, (números contabilizados são menores mas os prováveis são incalculáveis, precisamente falando)! direta e indiretamente, a fome que assolou a Russia, China e Africa, foi consequência desta guerra! para se comparar, a guerra do Vietnã ceifou 1,2 milhão em 8 anos…

Abraço amigo!

muscimol
muscimol
12 anos atrás

quem parece que quer meter medo e o Brasil:

http://aeiou.visao.pt/brasil-presidente-em-exercicio-defende-desenvolvimentos-de-armas-nucleares=f530629

estarao a ficar muito senhores da guerra ai pelo sul??!!

Fernando Cabral
Fernando Cabral
12 anos atrás

Certamente todos aqui já ouviram o ditado que exisem países que perdem a guerra se preparando para ela, penso que o caso da Venezuela se encaixa perfeitamente dentro do brocardo, pois a vitória em uma guerra não é conquistada apenas pelos armamentos que um país possui, outros fatores como população e capacidade industrial também são relevantes e nesses quesitos poucos superam o Brasil no mundo e ninguém na América Latina, o chapolin não seria tão maluco de nos desafiar, ele seria massacrado e sabe bem disso. A Venezuela não consegue alimentar a própria população com a produção que tem, não… Read more »

Colt
12 anos atrás

Este post me fez lembrar de um livro interessante que está à venda. Aí vão o nome do livro e a sinopse. Livro MENTES PERIGOSAS Quando pensamos em psicopatia, logo nos vem à mente um sujeito com cara de mau, truculento, de aparência descuidada, pinta de assassino e desvios comportamentais tão óbvios que poderíamos reconhecê-lo sem pestanejar. Isso é um grande equívoco! Para os desavisados, reconhecê-los não é uma tarefa tão fácil quanto se imagina. Os psicopatas enganam e representam muitíssimo bem. “Mentes Perigosas” discorre sobre pessoas frias, manipuladoras, transgressoras de regras sociais, sem consciência e desprovidas de sentimento de… Read more »

Andre Luiz
Andre Luiz
12 anos atrás

Como dizem ” O maluco do Hiler ficou ainda mais perigoso depois que começou a negociar com marginais”

O acordo espúrio de Munich ( Firmado quase um ano antes do pacto nazi-sovietico), condenou o estado da Tchecoslováquia e seus milhões de habitantes ao julgo nazista.

Como eu sempre digo, nao existem mocinhos e bandidos e sim os “menos ruims”

Cap Eduardo
Cap Eduardo
12 anos atrás

Pessoal,comparar Hitler com Uribe ou com Chaves é absurdo. Um plano para matar 6 milhões de alemães imediatamente após a Segunda Guerra Mundial. foi revelado pelo jornal Observer em Londres. Os pormenores do plano, que aparentemente ganhou a aprovação e o apoio de Chaim Weizmann, primeiro presidente de Israel e tio do atual presidente Ezer Weizman, foram revelados por Joseph Harmatz, natural da Lituânia, agora com 73 anos. A História Mundial contém episódios, principalmente que compreendem a pré-modernidade, em que os judeus haviam sido acusados de envenenar alimentos, contágio de abastecimento de água e tantas outras perversidades; por essas e… Read more »

Conde Edmundo Dantas
Conde Edmundo Dantas
12 anos atrás

A história é muito cruel com Chamberlain. Basta fazer uma pergunta: qual alternativa tinha Chamberlain? Ele tentou contornar diplomaticamente um confronto militar no qual era evidente que a Inglaterra e aliados estavam em flagrante desvantagem. Se tivesse conseguido seu intento, os mesmo que lhe criticaram, e ainda criticam, teriam lhe aclamado como um dos mais inteligentes estadistas da história. Cada um com seu destino. Reproduzo aqui o que postei no Blog Poder Aéreo: Percebo em todos os sites de defesa que acompanho a preocupação com o aumento do poderio militar de nossos vizinhos sul americanos, notadamente a Venezuela. Minhas preocupações… Read more »

konner
konner
12 anos atrás

Sobre o Pacto de Munique entre a Grã-Bretanha e a Alemanha. Discurso de Neville Chamberlain de 30 de Setembro de 1938. ” Esta manhã, tive uma conversa com o chanceler alemão Herr Hitler. E aqui está o papel que tem o seu nome, bem como o meu. Alguns de vós talvez já tenham ouvido aquilo que ele contém mas gostaria de o ler para vós. — ‘Nós, o chanceler e Führer alemão e o primeiro-ministro britânico, tivemos uma nova reunião hoje, e concordamos em reconhecer que a questão das relações anglo-alemãs é de primordial importância para os dois países e… Read more »

tomas
tomas
12 anos atrás

Passados 70 anos, desde que a maior catástrofe que se abateu sobre a humanidade, aparentemente muitas das lições da História não foram assimiladas e os mesmos erros continuam a ser recorrentes e por sua vez deixando claro uma miopia histórica e muitas vezes conveniete de muitos governantes. O curioso é que fazendo-se uma análise da História, quando rememoramos que a Polônia foi atacada pela Alemanha em 1 de Setembro de 1939, é que os alemães fizeram o primeiro ataque e deram o primeiro tiro sem que tenham feito qualquer tipo de declaração de guerra à Polônia. Os seguidores de Hitler… Read more »

claudio alfonso
claudio alfonso
12 anos atrás

1. Uribe = hitler
2. Os ingleses não foram tão bestas assim, queriam fazer um acordo com hitler que possibilitasse que ele desviasse a sua intenção de expansão rumo a URSS, e dessa forma a Inglaterra esperva que ambos se destruissem. Entretanto hitler ainda não estava pronto para um confronto no front leste. Quem não foi besta foi Hitler em cair no papo-furado dos ingleses.

The_mal_voltou
The_mal_voltou
12 anos atrás

Quervo ver o que dirão, ou melhor, farão, aqueles que dizem que AL é um lugar com estabilidade quando o circo pegar fogo.

Marco Aurélio
Marco Aurélio
12 anos atrás

Senhores, Comparar o fala-asneira do Hugo Chaves com Hitler é Dantesco. A alemanha de Hitler,tinha um gravíssimo problema com os judeus que destruiam a economia alemã e todas as tentativas(pacotes econômicos) de estabilizá-la;os própios judeus ao redor do mundo declararam boicote comercial contra a alemanha. Hitler odiava os judeus com um fervor tão forte, tão poderoso,que o levou a fazer a 2ª guerra, para exterminar Judeus em toda parte do mundo; ele descreveu o “problema” com os judeus , em seu livro principal, Mein Keimpf(Minha Luta): 1. Parasitas Traiçoeiros e Astutos, pg 150, 305 2. Uma doença que infecciona o… Read more »

Hardy Har Har
Hardy Har Har
12 anos atrás

“A história não perdoa os ingênuos.” Pode ser. Agora, mostre-me uma única pessoa de boa índole que não seja ingênua em certa medida. “A história não perdoa os ingênuos.” Não, pois de fato mente para eles o tempo todo. Querem entender a história da Segunda Guerra? Esperem o final do período de hegemonia de seus vencedores. Antes disso não existe história, só existe propaganda. Se bem que alguns americanos são, como diria, americanos de fato, isto é, amantes da verdade e do conhecimento e inimigos da opinião manufaturada para consumo: http://www.humanevents.com/article.php?id=26606 Estarei em missão e fora de alcance por alguns… Read more »

Adolfo
Adolfo
11 anos atrás

Quem quiser saber um pouco a respeito do período imediatamente anterior à eclosão da SGM, é obrigatório ver essa palestra do general alemão Gerd Schultze-Rhonhof:

Parte 1: http://www.youtube.com/watch?v=ZrdeGpU0qPs

São 6 partes no total. Imperdível!!!

J. Claro
J. Claro
11 anos atrás

Com toda certeza, nenhum dos nossos vizinhos sulamericanos são páreos pro Brasil. Vejo muitos compatriotas menosprezarem a nossa capacidade militar e superestimar a capacidade da Venezuela. Prá mim, está tudo muito claro e estou de pleno acordo com aqueles que vêem o Brasil com um poderio militar, que ainda não é o adequado, mas que se tudo ocorrer como manda a END , em pouco tempo o nosso país chegará a um nível bastante capaz na sua capacidade de responder adequadamente a qualquer questão relacionada a sua Defesa. Só precisamos que esses famigerados cortes no orçamento das nossas FFAA párem… Read more »

JORGE TERRA NACER
JORGE TERRA NACER
10 anos atrás

HUGO CHAVEZ ESTA IGUALZINHO A HITLER E O LULA CADA DIA MAIS INGENUO OU SE FAZENDO E INGENUO, NÃO CONSEGUI DECIFRAR O CODIGO.

Últimas Notícias

Colin Powell, líder militar e primeiro secretário de Estado negro dos EUA, morre após complicações da Covid-19

(CNN) – Colin Powell, o primeiro secretário de estado negro dos EUA cuja liderança em várias administrações republicanas ajudou...
- Advertisement -
- Advertisement -