domingo, fevereiro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Ministério da Defesa prepara plano de contingência para resgatar brasileiros de Honduras em caso de necessidade

Destaques

Uma Força Terrestre à altura dos desafios atuais

General de Exército José Luiz Dias Freitas A dinâmica das relações internacionais e das interações sociais, neste primeiro quartil do...

Tropa paraquedista retorna ao Brasil após exercício nos EUA

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 22 de fevereiro, foi realizada no Campo do 26º Batalhão de Infantaria...

Rússia e Arábia Saudita assinam acordo para implantação de fábrica de fuzis Kalashnikov

A Rússia assinou um acordo com a Arábia Saudita para implementar a primeira fase de produção conjunta de fuzis...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O Estado Maior de Defesa do Brasil recebeu ordem para preparar um plano de contingência para o caso de a crise em Honduras recrudescer. Se houver necessidade de resgatar brasileiros que estejam em solo hondurenho, uma operação logística já está sendo montada.

O governo não vai divulgar detalhes desse plano de contingência, mas a ordem já foi dada no Ministério da Defesa. Aeronaves, pessoal e recursos terão de ficar à disposição para agir de maneira rápida e eficiente em algum momento que seja necessário.

A preparação desse plano é quase uma rotina em situações de crise como a atual. Não significa que o Brasil pense em usar força ou tenha alguma intenção de agir em território hondurenho. Trata-se apenas de uma precaução e de um sinal de que não há perspectivas claras sobre um desfecho pacífico no curto prazo.

Por ironia, o plano de contingência do Estado Maior das Forças Armadas está sendo montado no exato momento em que uma missão de deputados se prepara para embarcar para Tegucigalpa, capital de Honduras. Cinco congressistas embarcam amanhã (30.set.2009) em um avião da FAB com destino a San Salvador, capital de El Salvador, já que aeronaves brasileiras não podem no momento pousar em Honduras –o Brasil não reconhece o governo daquele país. A partir de San Salvador, os deputados pretendem tomar um voo comercial para Tegucigalpa.

Fazem parte dessa comissão de deputados Raul Jungmann (PPS-PE), Maurício Rands (PT-PE), Cláudio Cajado (DEM-BA), Ivan Valente (PSOL-SP) e Bruno Araújo (PSDB-PE). Um sexto deputado nomeado é Marcondes Gadelha (PSB-PB), mas ele não poderá viajar. Deve eventualmente ser indicada para o seu lugar a deputada Janete Pietá (PT-SP).

FONTE: UOL

- Advertisement -

51 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
51 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Adan Santana
Adan Santana
11 anos atrás

Nossa vejo que o Governo Brasileiro, é um grande apreciador deste sites, poder naval, poder aereo e poder terrestre depois que colocaram um simulado, so assim para o Brasil se manifestar

The_mal_voltou
The_mal_voltou
11 anos atrás

Resta saber, quem fará isso?
Fuz nav,PQD ou Para-sar

Flavio
Flavio
11 anos atrás

A “Potência” vai mostrar a que veio ou vai ser humilhada????

Quero ver agora se vão ter culhão.

ADROALDO
11 anos atrás

SÓ QUERIA SABER O QUE QUE ESSES DEPUTADOS IRÃO FAZER LÁ. SÓ SE FOR TURISMO, POIS NÃO CABE A ELES TENTAR RESOLVER ISSO. ELES QUE FIQUEM AQUI E FAÇAM ANDAR OS PROJETOS QUE ESTÃO PARADOS NO CONGRESSO.
ISSO É ASSUNTO DE GOVERNO E ITAMARATY, ALÉM DE OUTROS ORGANISMOS INTERNACIONAIS.
QUANTO AO PLANO DE CONTINGÊNCIA, É SEMPRE BOM TER UM. MAS PENSEI QUEE ELES JÁ TINHAM…

RoninSnkShit
RoninSnkShit
11 anos atrás

FAB, MB e EB, leiam os posts lá hein!?
Olha que tem muita coisa que presta hein!?

😀 😀 😀

Diego cristian
Diego cristian
11 anos atrás

sou novo aqui no blog mas quero dizer uma coisa
paranbaricuricuticula .
não ,não é isso é voce quer de gromaica ,tamão ou limerindo ?

belfiglio
belfiglio
11 anos atrás

Um video que mostra o que o povo pensa e os professores mal preparados ensinam nas escolas

http://www.youtube.com/watch?v=1Dmbpwb-tsY

O triste e que nao existe planejamento, os militares fazem o que da para fazer com as sucatas que tem em maos.

Espero que nao aconteça o tal resgate e que nao passemos vergonha e que vidas sejam perdidas inutilmente

Aqui sim bons videos ( 1 de 6 ), serios e respeitosos com os nossos combatentes na 2ª Guerra
http://www.youtube.com/watch?v=SB0HChHtUp0

E este tipo de ensino que deveriam dar nas escolas.

Marino
Marino
11 anos atrás

Ao menos os hondurenhos tiveram acesso aos blogs, hoje providenciaram a colocação de obstáculos de concreto nos acessos à Embaixada do Brasil em Tegucigalpa.

Rodrigo Cordeiro
Rodrigo Cordeiro
11 anos atrás

Visitas de Hoje no Blog:

> Nelson Jobim (40 visitas)
> Roberto Micheletti (38 visitas)
> Rodrigo Cordeiro (30 visitas hehe)

Braziliano
Braziliano
11 anos atrás

Não é mais fácil e barato explodir o Zelaya?

Óbvio que dá-se um jeito de juntar ao Zelaya, o Chavez, Morales, MAG, Amorim, Lula e mais uns cumpanheros que por acá permeiam.

Só não pode ter pena do diabo lá no inferno. Afinal ele que aguente as suas crias.

Lucas Urbanski
Lucas Urbanski
11 anos atrás

Pessoal, sei que nossas Forças Armadas não são atualmente tão poderoas, mais se não conseguir fazer uma infiltração noturna e resgatar meia dúzia de reféns de um país que seu pib é grotescamente risonho para o do Brasil, seria uma vergonha ver nossas forças não conseguissem realizar este tipo de missão.
É claro que temos mais meios os f-5 modernizados dão conta do recado tranquilo, os 6 hércules, mesmo estando 1 modernizado, não significa que os outros não estão em condições de voo,e também é claro que temos Forças Especiais dento de EB mais do que preparados pra isto.
Abraços.

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Braziliano em 29 set, 2009 às 21:48:

“Não é mais fácil e barato explodir o Zelaya?”

Porque a gente não manda um “X-Buchada-de-Bode” pra ele??? Aí que aquela cambada vai ver o que são “gases” na embaixada, rsrsrs 🙂

Abs.

Bronco1
Bronco1
11 anos atrás

Pessoal, O pedido feito ao Estado Maior pode não ter a ver com uma ação militar deliberada como muitos aqui supõe. Pode ser apenas resultado de uma abertura de negociações por detrás dos panos em que se permitirá o pouso de um avião brasileiro no principal aeroporto hondurenho, havendo, ao mesmo tempo, a liberação e escolta dos brasileiros presentes na embaixada. Uma saída pacífica e muito natural para todo este entrevero. Zelaya que se exploda Aliás, ele que quis passar por cima da constituição de seu país; e os atuais golpistas que o derrubaram, dando o troco numa moeda muito… Read more »

rodrigo avelar
rodrigo avelar
11 anos atrás

ainda acho que o Brasil só tem a perder se mandar militares pra LA…

Bandeira
11 anos atrás

Felipe, gostei da idéia, e uma coca cola morma p/fermentar tudo

Luís Aurélio
Luís Aurélio
11 anos atrás

Também não acredito numa invasão à Embaixada do Brasil em Honduras. Pois para isto o Micheleti, teria que ter o O.K. do Barack “O Bambi”

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Lucas Urbanski em 29 set, 2009 às 21:56: Meu caro, o problema não é ter tropa, os problemas são de ordem operacional: 1. Pra quê? Vale a pena deslocar pessoal pra resgatar 5 diplomatas que, de qualquer maneira, tem imunidade diplomática e não podem ser presos, a não ser por crimes comuns? Também não podem ser retidos. Só o que pode ser feito é expulsá-los, o que resolveria o problema. 2. Vale a pena colocar em risco 30 militares para resgatar 5 diplomatas? E, admitindo que sim, será que não corre-se o risco destes 30 militares unirem-se aos 5 diplomatas… Read more »

Alexandre L
Alexandre L
11 anos atrás

Pô, esse p@#$as desses políticos só querem aparecer. Tomara quem levem na cabeça para deixarem ser bestas!

Lucas Urbanski
Lucas Urbanski
11 anos atrás

Calma, calma caro amigo Felipe Cps, Apenas quiz utilizar o que foi dito no post anterior que citava meios para uma operação para meu comentário neste post,não sou especialista militar muito menos militar,apenas gosto do tema e tento conheçer o máximo possível, apenas acho que qualquer tipo de invasão e danos físicos a algum diplomata brasileiro, deverá sim ocorrer sérias retaliações, pois deu a entender que para você 5 diplomatas não são importantes,e que para um governo que já anunciou que num prazo de 10 dias ira tirar o status diplomátio da embaixada brasileira e transforma-la em um prédio privado,… Read more »

The Captain
The Captain
11 anos atrás

Com um pouco mais de azar, os parlamentares enviados vão acabar dentro da embaixada, neste caso complicando tremendamente mais a situação já desgastante e crítica.

CMG Omicron
CMG Omicron
11 anos atrás

Certamente o post anterior deste blog será publicado no diário oficial do dia 30/09 e alguns membros do blog convocados como consultores a uma de nossas Forças…

Lucas Calabrio
Lucas Calabrio
11 anos atrás

“Não precisa fazer a bomba. Basta mostrar que sabe” segundo o físico Dalton Ellery Girão Barroso. O simples fato de tal declaração pois em em polvorosa a embaixada norte-americana, e claro deixou o Irã de olho comprido nesse conhecimento. Conhecimento é poder, e dissuasão.
sds

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

RdoCosta em 30 set, 2009 às 7:54: “Não existem missões impossiveis para exercitos. Se ordem para determinada missão for dada é dever do militar tentar coloca-la em pratica, mesmo a custo de sua própria vida. Se me lembro, o militar ao entrar nas forças, faz o seu juramento e não diz que fará somente missões que ele acha que é possivel. Se não for asim, que pegue o seu boné e vá pra casa!!” Cara, é lógico que a missão dada será cumprida, a discussão não é esta. A discussão é se vale a pena enviar tal missão, porque é… Read more »

Cássio
Cássio
11 anos atrás

Tomara que esses deputados vão e fiquem por lá mesmo.

Sandro
Sandro
11 anos atrás

Caros amigos, fugindo do assunto mas falando em bombas nucleares. Todos sabem que os EUA bem como a o orgão que fiscaliza as emições nucleares e feita por satelite isso é se qualquer nação enrriquecer uranio assima dos padrões o satelite delata. Agora partindo do seguinte principio que o nucleo da bomba e apenas um dos componentes, acho que o Brasil poderia desenvolver em segredo um projeto de ogivas nucleares, fabricar varias delas, com a seguinte resalva, faltando apenas o nucleo, isto é em caso de nescessidade so teremos de nos preocupar com o nucleo, ja que as demais partes… Read more »

Sandro
Sandro
11 anos atrás

Desculpem os erros de portugues hoje assassinei o aurélio rsrsrs, a pressa e foda hahahah

RdoCosta
RdoCosta
11 anos atrás

Não existem missões impossiveis para exercitos. Se ordem para determinada missão for dada é dever do militar tentar coloca-la em pratica, mesmo a custo de sua própria vida. Se me lembro, o militar ao entrar nas forças, faz o seu juramento e não diz que fará somente missões que ele acha que é possivel.
Se não for asim, que pegue o seu boné e vá pra casa!!

Ricardo
11 anos atrás

LOL

Tem gente que de vez enquando viaja um pouco, falar em F5/Amx ou qualquer outro plane num ToT como Honduras… Não tem nossão da logistica para uma operação como esta… AGORA que faz falta o A-12 e seu contingente… Este sim seria mais viavel… Mas fazer o que. Agora é rezar para não sair bosta e termos que envolver a ONU nisto.

[ ]´s

RdoCosta
RdoCosta
11 anos atrás

O que nos estarrece é o grau de desobediencia aos preceitos constitucionais que impera em alguns. O presidente é o comandante das forças armadas e suas ordem devem ser acatadas gostem ou não e suas ordem devem ser acatadas, doem a quem doer. É assim nos regimes democraticos. No post anterior onde é feito uma simulação do que seria um hipotético resgate em honduras, o Cristovão disse: # Cristóvão em 29 set, 2009 às 13:52 Senhores do site, lamento informar mas nós oficiais militares da ECEME nos recusaríamos a acatar qualquer iniciativa de combate vinda de Brasilia. Cabe lembrar que… Read more »

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Sandro em 30 set, 2009 às 7:43: “acho que o Brasil poderia desenvolver em segredo um projeto de ogivas nucleares, fabricar varias delas, com a seguinte resalva, faltando apenas o nucleo” Não é tão simples assim construir um artefato nuclear, porque o núcleo de um artefato atômico (Bomba A – a H segue o mesmo princípio, posto que esta precisa de uma daquela para fundir o átomo de hidrogênio) não é a única parte composta de material radioativo: a “espoleta” também é do mesmo material. Ambas as partes (núcleo e espoleta), além dos sensores e do disparador (de explosivo comum)… Read more »

Jonas Rafael
Jonas Rafael
11 anos atrás

Calma, isso é apenas um plano de contingência para resgatar civis de uma possível área de conflito, como foi feito no Líbano por exemplo. Ninguém vai sair atirando em Tegucigalpa…

Nauta
Nauta
11 anos atrás

Utópico, vazio e sem fundamentação diplomática.
E mais, sugiro que sejam evitados comentários sobre nossas necessidades… O contexto é atual e, por isso, deve-se administrar com o que se tem, não com o que se quer. Restrição material é uma realidade para muitos países, inclusive para Honduras e seu PIB, que não consta nem entre os 100 primeiros.
E, por fim, enfatizo um comentário realizado: “E Manuel Zelaia?”. E deixo um questionamento: “E o que acontece depois que pousarmos aqui com os reféns?”

Harry
Harry
11 anos atrás

Caros

O bom é que essa viagem dessa comissão não tivesse volta, fosse só de ida.

Não irão ajudar só atrapalhar, é capaz do Ivan Valente se junta ao Zelaya.

Será que os deputados do DEM e PSDB que são advogados vão advogar a favor dos direitos do Bolivariano, He, He, He,

Abs

Nailton
Nailton
11 anos atrás

Agora sugiro que o Cristovão ligue para o Presidente do Brasil e diga que não vai acatar a ordem. Até parece que esse cara ainda vive na ditadura e não respeita ao menos a instituição da presidência da república. Essa funcionário publico deveria receber uma punição imediata e afastado do ECEME, pois recebe salário dos nossos impostos e fala uma coisa dessas.
Não é uma questão política e sim de honra e deixar claro que o Brasil não se acovarda.
Os USA apoiaram a governo de fato e agora fica fazendo o Brasil pousar de bobo nessa historia.

Nailton
Nailton
11 anos atrás

Vejam essa reportagem que saiu hoje no G1 com um catedratico americano sobre esse assunto. Isso é ridicularmente constrangedor para os USA. Ter apoiado o presidente deposto de Honduras e ter dado abrigo a ele em sua Embaixada, fez com que o Brasil assumisse uma posição de destaque no confronto de Manuel Zelaya com o governo interino hondurenho. “Um papel admirável”, avaliou o linguista e teórico Noam Chomsky, em entrevista exclusiva ao G1, por telefone. O professor do Massachusetts Institute of Technology (MIT) criticou a “fraca” ação norte-americana na crise da América Central. Honduras passa por um conflito diplomático e… Read more »

Harry
Harry
11 anos atrás

Caro RdoCosta em

No post onde esta este infeliz comentário parece que pasou depercebido me parece que só não do Super Hornert que fez contraditório a altura do que parece ser uma apologia a sublevação.

“Defendemos os interesses do Brasil mas jamais os devaneios de um presidente.”

Sr. foi o Brasil que elegeu este presidente, a lógica diz que então defender os interreses do Brasil é se comportar a altura de um soldado que jura pela Constutuição e Bandeira.

Abs

Harry
Harry
11 anos atrás

digo:passou

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

RdoCosta em 30 set, 2009 às 7:54:

Ah lógico, refiro-me ao plano do Blog de invasão da Embaixada Brasileira, rsrs. É óbvio que pode muito bem ser que os brasileiros recebam autorização do Governo de Honduras para sair do país, pois o Excelentíssimo Senhor Presidente da República de Honduras Roberto Michelletti é um homem sensato e não um ditador bolivariano qualquer.

Sds.

Lex
Lex
11 anos atrás

O Sr.Harry em 30 set, 2009 às 10:01 Com todo respeito, o Sr. ficou com preguiça de se interar devidamente sobre o assunto qe o Sr. RdoCosta colocou aqui, e fez um comentario infeliz… Pegou o bonde andando e escreveu besteira.

Lex
Lex
11 anos atrás

Sr. Felipe Cps em 30 set, 2009 às 10:45
Excelentíssimo Senhor Presidente da República de Honduras Roberto Michelletti é um homem sensato e não um ditador bolivariano qualquer!!!!
O Sr. so pode estar de brincadeira com essa afirmação!!! Ou não??!?!
rsrs…

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Não Lex, não estou brincando. E acho mesmo é que o Exmo. Sr. Presidente Michelletti nem sequer queria assumir este cargo, quando o Congresso Nacional Hondurenho o empossou, após a deposição do golpista Zé Laia.

Saudações.

Mauro R. Silva
Mauro R. Silva
11 anos atrás

Me parece que um plano para tirar brasileiros de Honduras ja deveria estar pronto desde as primeiras ameacas do governo golpista, realmente eu acho que os militares nao esperaram a ordem do ministerio da defesa e ja haviam pensado nisso antes do Jobim comprar o manual de o que fazer nessas horas. Outra coisa, como nossos deputados gostam de aparecer na midia, que bom se encontassem algo util para eles fazerem em Hondura e nao voltassem mais.

Lex
Lex
11 anos atrás

Saudações amigo Felipe Cps.
Desculpe pela falta de educação amigo!

Harry
Harry
11 anos atrás

Caro Sr Lex Preguiça? Não li. Li não só o post do Sr. RdoCosta como fui atras e li o post do Sr. Cristóvão que segue infelismente na integra. Como fiz uma leitura rápida de 245 comentários. 1. Cristóvão em 29 set, 2009 às 13:52 Senhores do site, lamento informar mas nós oficiais militares da ECEME nos recusaríamos a acatar qualquer iniciativa de combate vinda de Brasilia. Cabe lembrar que nenhum contigente se desloca sem a nossa iniciativa em concordância com o CML. Defendemos os interesses do Brasil mas jamais os devaneios de um presidente. EB, braço forte mão amiga… Read more »

ESAO
ESAO
11 anos atrás

RdoCosta e outros inconformados,

não há nada que se diga ou pense, que o CML não saiba.

A mesmíssima opinião contrária a iniciativa governamental em Honduras ganhou eco na AMAN, nos institutos tecnológicos, nas escolas, inclusive na casa de quem vos fala, a EsAO.

Att.

DaGuerra
DaGuerra
11 anos atrás

Só haverá retirada de nacionais, como no Líbano recentemente, nenhuma semelhança com a “vitória em Entebe”. Será mais uma humilhante derrota pois o desgoverno petista fez de tudo para deflagrar a guerra civil em Honduras. Pobres centro-americanos, assim como nós, estão nas garras de lula, chavez e castro

Christiano
Christiano
11 anos atrás

Só falta o governo ir lá e “resgatar” o “Zé Laia”,e trazer pro Brasil pra aumentar o bando de PeTralhas.

Harry
Harry
11 anos atrás

Caro

ESAO de conhecimento ou não os fatos falam por si.

DaGuerra “o governo faz tudo para deflagrar a guerra civil em Honduras”.

Na pratica não é o que esta acontecendo, já foi deixado claro pelo governo que é um caso diplomatico e que será resolvido atraves de negociações, inclusive negociação agora intermediada pela ONU.

O que o blog fez foi uma simulação salutar que demonstra o despreparo em que nos encontramos. Que espero no final do ano tenhamos algo de concreto para FAB, é faltando ainda o exercito.

Abs

Cristiano espero que esse trapalhão fique por lá

BObama
BObama
11 anos atrás

Holy Shit…

Harry
Harry
11 anos atrás

Caro Bobama, faltou palavras, papel?

- Advertisement -

Guerras Modernas

Armênia, Azerbaijão e Rússia fecham um acordo para acabar com o conflito de Nagorno-Karabakh

YEREVAN/BAKU (ARMENIA/AZERBAIJÃO) — Armênia, Azerbaijão e Rússia disseram que assinaram um acordo para encerrar o conflito militar na região...
- Advertisement -
- Advertisement -