Home Defesa Antiaérea Apresentando o sistema S-400 de defesa antiaérea

Apresentando o sistema S-400 de defesa antiaérea

185
42

42
Deixe um comentário

avatar
42 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
21 Comment authors
PatriotaRecruta ZeroEduardoAdler MedradoRicardo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rodrigo Rauta
Visitante
Rodrigo Rauta

Ja que foi cogitada a aquisição do sistema THOR, será que tem alguma chnce de um sistemas desses ou o S-300 vir parar aqui??? e outra coisa, a quantas andas essa historia do THOR, ou era so boato?

Abraços!

Edgar
Visitante
Edgar

Sobre a lenda de que esses sistemas seriam capazes de detectar os caças furtivos americanos antes que eles os detectem é concreta? Qual o tipo de onda ou sistema de radares/sensores teriam de serem utilizados para conseguir esta proeza? Seria algo de novo na física dos radares?

Rui
Visitante
Rui

O equipamento realmente é foda, mas quem quer privilegiar a engenharia nacional deveria investir na modernização do sistema Astros, afinal quem não gosta de ver a Usiminas produzindo aço especial para que 3.000 Guaranis patrulhem nossa Amazonia?

Rui
Visitante
Rui

No que se refere à Defesa do território, a lei do Abate representou um grande marco. Mas ainda acredito que um bom sistema de defesa antiaérea seja uma opção mais barata e eficiente.

Vinicius Kober
Visitante
Vinicius Kober

Rui em 20 fev, 2010 às 15:06

Sim um missil de S-300/400 é bem mais barato que meia dúzia de tiros .50 dos Super Tucanos contra vôos do narcotráfico…

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

E lá tem “engenharia nacional” p/ prover as ffaa c/ um sistema antiaéreo dessa classe???
Além do que o Astros é uma sistema de artilharia de saturação terra-terra, que anda meio capenga frente a concorrência, até no seu próprio ambiente.

brazilwolfpack
Visitante
brazilwolfpack

Realmente o S-300 esta comprovado como um dos melhores sistemas anti-aereos em existencia. Se fosse a Turquia,Arabia Saudita,ou algum desses outros paises,eu sim acreditaria nesse boato da compra de algumas unidades. So que infelizmente,no caso do Brasil,o pais aonde nada passa de boatos,acho quase impossivel a sua aquisicao. Olhem por exemplo o que aconteceu no caso do FX-2. Ja vamos para duas decadas de malabarismos e palhacadas,e ainda nem se quer conseguimos tomar uma decisao na escolha do numero ridiculo de 36 unidades. Enquanto isso,a India compra 126. No caso do Exercito,por anos ouvi o boato que estavam negociando a… Read more »

Zétobias
Visitante
Zétobias

Qual é o valor de um sistema completo S-400?
Já foi fornecido para algum país? Qual?
Grato pelas respostas

GustavoB
Visitante
GustavoB

Rui, o que tem a ver Guarani com defesa AA?
O que tem a ver lei do abate com defesa AA? Você não estaria supondo usar um sistema desses para derrubar aviãozinho de traficante né?

Quem sabe “modernizamos” um Astros e ele vira um S-400?

Bosco
Visitante
Bosco

O Brasil não precisa de um sistema desses nem de outro equivalente ocidental. Basicamente esse sistema é anti-balístico e em nosso TO não existem mísseis balísticos táticos e de curto e médio alcance. Mesmo o S-300 é desnecessário para nós. Não temos recursos, não temos inimigos, não temos necessidade de tal sistema a curto, médio e longo prazo. Não há nada na geopolítica local que faça esse sistema imprescindível para a defesa Nacional dentro de um tempo previsível. E mísseis têm “prazo de validade”. Não podemos nos dar ao luxo de gastar com o que não é prioritário. Já o… Read more »

Rui
Visitante
Rui

Mauricio, em termos de engenharia, acredito que todo projeto pode ser melhorado e atualizado. Não sei se o sistema Astros é tão capenga assim para a realidade brasileira. Mas o fato é que não há como discordar das idéias do Bosco. Gustavo, acho que um Guarani com uma boa metralhadora, como o antigo Urutu, poderia intimidar um monomotor de forma mais barata do que um A29, apenas isso.

Braziliano
Visitante
Braziliano

(…) Não precisamos … Não temos dinheiro … Nossa geopolitica local (…) e por aí vai a ladainha!!!

Para quem não aprendeu ainda:
NÃO ESCOLHEMOS OS NOSSOS INIMIGOS. ELES É QUE NOS ESCOLHEM!!

Meus Deus!

Já basta o mal que o socialista fabiano FHC nos fez com suas teorias mundialistas.

Essa mentalidade terceiro-mundista nunca vai acabar?

Baschera
Visitante
Baschera

Rui,

O sistema Astros II é um sistema missilístico terra-terra de saturação de área.
O S-400 é um moderno sistema AA “all-aspect”.
Os russos dizem que derruba até sombra. No entanto, o sistema mais “antigo”, o S-300 é que é ofertado para exportação.
Por enquanto, os S-400 serão somente para o exército russo.

Por falar em Urutu, esperem matéria com novidades em breve aqui no Forte.

Sds.

Baschera
Visitante
Baschera

Bosco em 20 fev, 2010 às 17:05

Bosco, e os mísseis terra-terra russos que o Chavez comprou (ou diz que comprou)Smerch ou Iskander na rússia ??

Sds.

Baschera
Visitante
Baschera

Para quem esqueceu…. maiores informações sobre os sitemas russos S-300 e S-400 russos, veja no Aereo. O link está abaixo:

http://www.aereo.jor.br/2008/09/18/s-300s-400-o-patriot-russo/

Sds.

Baschera
Visitante
Baschera

Zétobias em 20 fev, 2010 às 16:25

Não sei dados sobre o preço dos sitemas Almaz / Antey S-400.

Sobre os S-300, depende muito do modelo do sistema e da versão, se S-300V PMU (sobre lagartas)versão PAC-1 ou PAC-2 ou se for o S-300P ou a versão S-300 PMU-1 ou PMU-2 que tem radares diferentes, etc…

Mais ou menos, seu custo gira em torno de Us$ 200 milhões cada bateria.

Sds.

Rui
Visitante
Rui

Gustavo, um traficante com boa carga em um monomotor interceptado lança a carga no solo para fugir do flagrante e foge pela selva após o pouso forçado.

Uma viatura anfíbia parecida com um Urutu ou Guarani na selva auxiliando nessa interceptação e na patrulha dificulta muito o trafego e o trafico. É que eu quis dizer.

Bosco
Visitante
Bosco

A minha mentalidade terceiro mundista só vai acabar no dia que o povo, nossos governantes e nosso Estado, evoluírem. Enquanto tivermos níveis de corrupção, de qualidade de vida, de distribuição de renda e de ineficiência do poder público compatível com um país do terceiro mundo eu irei considerar o Brasil como um país do terceiro mundo independente de sermos a décima, oitava, terceira ou primeira economia do mundo. Na verdade esse tal de PIB me interessa muito pouco e não me impressiona nada. Prefiro me ater a outros indicadores para posicionar o Brasil na minha escala de valores independente de… Read more »

RL
Visitante
RL

Poderiamos investir pesado na modernizacão do Sistemas Astros de modo a opera-los até mesmo com o missíl TM – Matador com alcance de 300Km. Seria um ótimo material de oferta aos Russos para que em troca pudessemos receber sistemas SS-300. Parceria estratégica além da aquisição dos Mi-35 poderia ser feita desta forma com os sistemas Terra-Terra Avibrás pelos SS-300 AA russos. Ainda sim, poderiamos adquirir mais unidades do Mi-35 para reforçar essa parceria com a criação dentro da Helibrás de um setor de engenharia e tecnologia que proveria manutenção aos Mi-35. Após 36 FX-II, ainda poderiamos colocar em Brasilia um… Read more »

GustavoB
Visitante
GustavoB

Blindado na interceptação de aeronaves?

Já ouvi esta história, o ex-governador Germano Rigotto também promteteu aqui no RS: um posto de saúde por quilômetro.

São 7 mil Km de fronteira seca, não esqueçamos.

Vassili
Visitante
Vassili

Rui,

Neste caso específico (monomotor fazendo pouso forçado), um helicóptero se sairia muito melhor. Os helis de ataque tem uma velocidade de cruzeiro superior aos costumeiros teco-teco dos traficantes. Esse heli deve estar capacitado á carregar um grupo de combate de 8 soldados.

No caso, o Mi-35 Hind-M da FAB cai como uma luva; mesmo eu sendo contra o uso deste tipo de aeronave em um conflito de média/alta intensidade.

abraços.

Bosco
Visitante
Bosco

RL,
a Rússia é pródiga em sistemas de foguetes de saturação e não precisaria de nossos ASTROS, e isso desde as Katyushas.
Eles possuem bons sistemas, adequados as suas necessidades e acho que o ASTROS, a despeito de ser um excelente sistema de armas, não agregaria nada aos russos.
Um abraço.
Pare de sonhar com russos e comece a sonhar com a Maria Sharapova. rsrsrs..

Galileu
Visitante
Galileu

Baschera….e essa história da aquisição do tor m2 pelo EB, é verdade mesmo? se for diz pra nos “em que pé está”.

abraço

quanto ao s300/400, e´sonho pessoal, as forças do brasil são preconceituosas quanto armamento russo.
mas ficaria feliz se comprassem uns 4 tor (afinal estamos no espetáculo do crescimento)

ezeca
Visitante
ezeca

-sugestão-
poderimos fazer um link
comparando as quadro plataformas
que estão na disputa no blog
preço
perfomace
peso
mobilidade
capacidade de detecção de alvos
e alvos as baterias.

ezeca
Visitante
ezeca

o que vcs acham?

Vassili
Visitante
Vassili

Baschera,

Que o Chávez alardeia aos 4 cantos a possível compra do sistema Smerch, eu lembro claramente…….. e considero possível essa compra, pois o Smerch nada mais é que um sistema de artilharia de foguetes por saturação de área, tipo nosso endeusado Astors, ou o MLRS ianque.

Quanto ao míssil Iskander, eu duvido muito da veracidade dessas notícias.

* tentei especificar o Smerch pq alguns leitores podem não saber qual tipo de equipamento é.

Abraços.

Vassili
Visitante
Vassili

Astors não………….

Astros.

abraços.

Bosco
Visitante
Bosco

A doutrina russa parece preferir sistemas de mísseis independentes, com grande mobilidade tática (e reduzida mobilidade estratégica) e com grande proteção blindada. Seus sistemas em geral parecem privilegiar a defesa de forças de manobra, ou seja, a proteção de exércitos em movimentação. O sistemas antiáereos desenvolvidos no Ocidente são mais dispersos, redundantes, com menos ênfase na proteção blindada, com menor mobilidade tática mas com boa mobilidade estratégica e mais aptos a defesa de alvos fixos de alto valor. Claro que existem exceções, mas esse parece ser o quadro geral. Uma das razões dessa diferença deve ser o conceito de “superioridade… Read more »

Vassili
Visitante
Vassili

Bosco,

Mesmo eu não querendo falar qual modelo de estratégia é mais adequado para o Brasil, vc não acha que o Tor, por ter todo o sistema incluído em um único veículo, fica mais suscetível à danos mais severos pelo inimigo??????????? ou seja, o radar diretor de tiro do sistema Tor sendo detectado, imediatamente coloca toda a tripulação em perigo.

Diferente de sistemas onde o radar fica separado do veículo lançador.

abraços.

Baschera
Visitante
Baschera

Bosco em 20 fev, 2010 às 18:32
Vassili em 20 fev, 2010 às 18:48

Vcs tem razão, o “cumpanhero” Chavez também fala demais. Na verdade munca se confirmaram tais aquisições.

Galileu em 20 fev, 2010 às 18:46

Vai saber…. aqui se fala, fala, a imprensa escreve, nós alardeamos e discutimos… e nada. O que sei é que estavam analizando propostas, dentro dos preceitos do programa “Braço-Forte” e da END. Opinião minha…… vai demorar !!

Sds.

Bosco
Visitante
Bosco

Complementando. Até que ponto é interessante ter mísseis de médio alcance combinados dessa maneira, como no sistema TOR? Todos os ovos em uma cesta e ficamos a mercê de um tiro de sorte colocar todo um sistema fora de ação. Não seria mais interessante se tivéssemos um radar de vigilância mais a retaguarda servido a vários lançadores/diretores de tiro? A doutrina do exército russo prevê o avanço rápido das tropas com o uso de armas combinadas a la blitzkrieg e para eles é interessante esse tipo de independência, mesmo porque eles têm em quantidade, mas seria conveniente para nós que… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Vassili,
“transmimento de pensação”.rsrsrs.
Respondi o que penso sem ler a pergunta.rsrs
Um abraço meu amigo.

WAR
Visitante
WAR

Pô, Guarani derrubando teco-tecos na Amazônia é dose. Parceiro Rui, visite nossa terra e descubra que carros de combate por aqui só em Roraima e dentro das cidades. O resto, é água e mato. Logo, aqui imperam os infantes de selva com sua parafernália de armas específicas (mísseis igla ou similares bastam), barcos em profusão, helicópteros à beça e, claro, caças modernos de defesa aérea. E um Sivam incrementado (e convenientemente armado e defendido) dariam conta do recado. Abraço!

Ricardo
Visitante
Ricardo

Sobre o preço dos S-400, gira em torno de 800 a 1 bilhão de dólares cada bateria quem vem com caminhão, radar, carros de apoios, etc. Só existem 3 operando na Rússia devido ao seu preço astronomico, mas até 2025 espera- se ter 36 regimentos.

Zétobias
Visitante
Zétobias

O Ricardo nos informa que cada sistema S-400 custa a bagatela de 1 Bilhão de dólares! E que a Rússia só tem 3 sistemas operando, esperando ter 36 em 2025.
Gostaria de lembrar aos colegas comentadores, que a “mãe Rússia” , possui 11 FUSOS HORÁRIOS! Dá prá ter a idéia do tamanho?
Será que 36 baterias cobririam quanto?
Qual é mesmo a autonomia dos B2????
sds a todos

GustavoB
Visitante
GustavoB

Mas Zétobias, não precisa um sistema de 1 bi de USD pra proteger a tundra da Sibéria, não? Também é o caso do “um posto de saúde por quilômetro”..

Adler Medrado
Visitante

Os russos tão aprendendo a fazer propaganda. Olha só…

Eduardo
Visitante
Eduardo

Os Israelenses devem estar com muito medo mesmo… com um sistemas desses, ficara muito dificil um eventual “ataque preventivo” contra a nação soberana do Irã.
Com certeza assistiremos novamente, o “missil entortando a asa do avião”.

Rui
Visitante
Rui

Vassili, é claro que helicópteros são muito melhores, concordo com vc. O problema é que como são caros poderiam ser utilizado para tarefas mais nobres, como suprimento e integração das unidades militares e da sociedade. Até achei muito boa a possibilidade de padronizarem os meios rotativos para as três forças nessa última negociação do governo pois isso reduz muito os custos de operação e treinamento da tropa, o que significa maior possibilidade de aparelhamento e atuação conjunta. abs.

Recruta Zero
Visitante
Recruta Zero

1 Bilhão de Dólares pelo S-400 tá barato!

O Brasil tem mais de 10 Trilhões de Dólares em riquezas para proteger.

Rui
Visitante
Rui

War, a idéia é melhorar essa situação. Até onde sei esse veículo que foi encomendado pelo governo, o Guarani, é anfíbio. Abraço.

Patriota
Visitante
Patriota

é o sistema antiaereo dos meus sonhos !