Home Entrevista Lula chega a Israel em meio a crise

Lula chega a Israel em meio a crise

81
17

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está em Jerusalém na primeira ida oficial de um chefe de Estado do Brasil a Israel e aos territórios palestinos. Com a Cisjordânia em clima tenso, Lula verá o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e o presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas.

vinheta-clipping-forteJERUSALÉM – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou domingo a Jerusalém para aprimeira visita oficial de um chefe de Estado brasileiro a Israel e territórios palestinos. O programa oficial da visita começa segunda-feira, com um encontro entre Lula e seu colega israelense, Shimon Peres. O líder brasileiro, que viaja com 80 empresários, se reúne mais tarde com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e visita ainda a líder da oposição, Tzipi Livni.

Lulasegue terça-feira para a Cisjordânia, onde se reunirá com o presidenteda Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmud Abbas, e com o primeiro-ministro palestino, Salam Fayad. A agenda prevê, inclusive, que Lula pernoite em Belém sem retornar a Jerusalém, antes de seguir para Ramallah, naquarta-feira, um gesto considerado de elevado peso simbólico.

A última etapa da viagem será uma visita à Jordânia. Na capital, Amã, Lula se reunirá com o rei Abdullah II, onde discutirá o papel que o Brasil pode desempenhar nas negociações de paz e analisar a tensa situação internacional criada pelo polêmico programa nuclear iraniano.

Crise

A visita de Lula ocorre em meio a uma crise entre Israel e EstadosUnidos, seu maior aliado, após o anúncio, durante a visita do vice-presidente americano, Joe Biden, na semana passada, de que o governo israelense autorizou a construção de mais 1.600 casas em Jerusalém oriental, setor majoritariamente árabe da cidade santa, anexado em 1967 pelo Estado hebraico. O Brasil fez coro à condenação internacional contra a decisão. Em maio, Lula visita o Irã.

A viagem de Lula ao Oriente Médio representa o mais importante esforço feito até agora pelo governo para tentar situar o Brasil como interlocutor para as negociações entre israelenses e palestinos.

O Brasil vem mobilizando uma forte ofensiva diplomática para tentar ser inserido com o interlocutor nesta questão, com vistas a fortalecer sua posição como aspirante a um cargo permanente no Conselho de Segurançada ONU, mas,para isso, é preciso haver uma reforma na organização.

OBrasil ocupa atualmente um assento não-permanente rotativo no Conselhode Segurança, órgão máximo de decisão das Nações Unidas.

FONTE: Jornal do Brasil

17
Deixe um comentário

avatar
17 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
DefourtEscafandristaCOMANDANTE MELKBernardo R.Thomas Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Raul
Visitante

Imagine como deve estar o Fernando Henrique vendo toda a atenção que o mundo dá ao Lula. Deve estar se contorcendo de inveja, já que foi um presidente aquém do ridículo.

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

A diplomacia da República Bolivariana do Brasil oscila entre o ridículo, o inconveniente, o irrelevante e o danoso para a imagem da nação. Nesse caso de Israel X Palestinos, em particular, ela novamente conseguirá atingir, como no caso de Honduras, os quatro píncaros da inutilidade: É ridícula, pois continua sendo o “rotweiller sem dentes” de sempre; É inconveniente, pois vem à luz no exato instante em que as relações estão congeladas pelo anúncio de um novo assentamento judaico em Jerusalém Oriental (nesse particular Lula se supera: ele vai a Cuba quando morre de fome dissidente; vai a Israel quando ameaça… Read more »

Leonardo Crestani
Visitante
Leonardo Crestani

Amigos, pra quem aspira uma vaga permanete no conselho de seguranca da ONU, o Brasil esta fazendo o dever de casa, esta botando a cara pra bater no mundo inteiro, na questao do orinte medio, honduras e malvinas, esta reequipando nossas forcas armadas (mesmo que seja de forma pequena e lenta), mas esta se mexendo, coisa que varios presidentes nao fizeram. Como todos ja sabem, voce colhe o que planta, eu acho que o Brasil nao colhera nada a curto e medio prazo, pois o Brasil é ainda um pais com pouca espressao, mas a semente foi plantada, a longo… Read more »

Capixaba
Visitante
Capixaba

Felipe Cps, por favor, seja menos partidário em suas declarações… é um saco ter que ler as mesmas criticas a Lula e ao PT em todos os seus posts.
Todos ja sabemos que vc odeia incondicionalmente o Lula e o PT, não precisa repetir… vc é muito inteligente e fala muita coisa bacana que vem a agregar conhecimento a nós, pena que sempre mistura prtidarismo nos comentários.

Diogo
Visitante
Diogo

Felipe, A pior forma de terrorismo é o institucionalizado. lembre-se que Israel promove verdadeiras barbariedades juntos ao povos arabes. Talves você nunca tenha visitado um campo de concentraçãao palestino. Eu já. Talves você nunca tenha visto o muro que separa a “ralé palestina” dos escolhidos de deus. Eu já. Talves você nmunca tenha conversadom com um sobrevivente das torturas impostas pelo Hagana ou pela gangue Stern. Eu já. Defender o terrorismo institucionalizado Israelense é a mesma coisa que defender o nazi-socialismo. O sentimento ético envolvido é o mesmo. Não fale o que você não conhece. Ler é uma coisa. Estar… Read more »

Galileu
Visitante
Galileu

Só ficarei feliz quando Israel comprar mais uma briga e não ter o EUA pra socorrer como sempre fez nos conflitos aí quero ver…..

Israel parece aquele gordinho de óculos que provoca todo mundo, e quando tá preste a levar um surra corre pedindo ajuda pro primo fortão

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

Diogo em 15 mar, 2010 às 14:06: Caro Diogo, apenas pra constar, conheço pessoalmente uma pessoa de origem árabe que inclusive já pegou em armas contra Israel (e mais uma penca de gente) na Guerra do Líbano (80). Sabe o que ele diz? “Israel tudo fdp; Síria tudo fdp; Hizbollah tudo fdp; Fatah tudo fdp; Hamas tudo fdp; Num tem nenhum santo lá e todos os lados estão errados; Graças a Deus eu vivo no Brasil”. No mais, me recuso a discutir quem é o “menos pior” num conflito que remonta a eras. Isso não existe: no mundo real, de… Read more »

OTV
Visitante
OTV

Sinceramente: eu não to nem aí pra vaga permanente no CS da ONU. O que os governates destes pais (pouco importa de que partido)deveria garantir era comida permanente mas mesas brasileitras. Um sistema de saúde pública permanentemente 100%.
Esta negócio de ficar tentando ser sócio de clube, creça, se desenvolva, que vão trazer a cadeira permanente aqui.

Thomas
Visitante

Galileu em 15 mar, 2010 às 14:21

‘Só ficarei feliz quando Israel comprar mais uma briga e não ter o EUA pra socorrer como sempre fez nos conflitos aí quero ver…..

Israel parece aquele gordinho de óculos que provoca todo mundo, e quando tá preste a levar um surra corre pedindo ajuda pro primo fortão’

nao entendi ?

Israel com 7 milhoes de habitantes, enfrentando o mundo Arabe com, sei la, 150 milhoes de habitantes – sempre vencendo as suas Guerras, esta esperando o que ?

OTV
Visitante
OTV

ERRATA: ONDE TEM CREÇA, LEIA-SE CRESÇA.

Bernardo R.
Visitante
Member
Bernardo R.

Eu sou mais um que discursa contra o Brasil meter o bedelho one não é chamado, muito menos desejado….. Alguém realmente acha que o Brasil vai fazer alguma diferença nesse assunto?? Me irrita muito essa pretensões antecipadas de ganhar cadeira no CS…. acima de tudo por ser essa ONU, uma instituição falida desde que abriu as portas, é mais uma Liga das Nações, reconheço, mais efetiva, porém fadada ao fracasso!!!! Eu sempre achei uma instituição ambígua, onde estão frente à frente os maiores inimigos desde o pós-guerra, sempre vetam a decisão do outro…. Adiantou a posição da ONU contra a… Read more »

COMANDANTE MELK
Visitante
COMANDANTE MELK

Senhores, parvoices ditas e aceitas como sensatas são um perigo. Portanto ouçamos então quem está mais familiarizado ao tema em questão(Israel x Oriente Medio), vamos lá. Analistas nos Estados Unidos consultados pela BBC Brasil dizem: “É positivo que o presidente brasileiro esteja fazendo essa viagem, mostra que o mundo não está completamente indiferente”, afirma o especialista em Oriente Médio Thomas Lippman, do Council on Foreign Relations, em Washington. “Mas nem o Brasil nem qualquer outro país do mundo está pronto para obter algum avanço no processo de paz no Oriente Médio”, diz Lippman. “O processo de paz é um embuste,… Read more »

OTV
Visitante
OTV

Da mesma forma que desconfio de folhetins contra o governo, também sou disciplo de São Tomé quando as boas notícia sobre a atuação do governo vem do próprio governo.
Mas enfim, que isto seja verdade.
Não concordo com a política externa do Lula, mas já que esta fazendo, que faça direito.
Grato
OTV.

OTV
Visitante
OTV

DISCÍPULO

Escafandrista
Visitante
Escafandrista

Essa história de processo de paz é papo-furado. Israel não quer a paz. Israel já deu sinais mais do que claros de que não vai abrir mão da Cisjordãnia. Mantém esse negócio de processo de paz em aberto para ir levando o resto do mundo em banho-maria enquanto avança sobre os territórios ocupados. Enquanto a comunidade internacional tenta ressucitar um plano de paz em estado avançado de putrefação, Israel vai paulatinamente ampliando sua dominação nos territórios ocupados, através dos assentamentos. A paz não convém a Israel, enquanto não anexar todos os territórios que considera seus. Os palestinos por sua vez… Read more »

Defourt
Visitante
Defourt

Tudo que sobe desce…

O ministro de Israel não compareceu ao encontro com o Presidente Brasileiro, quebrando o protocolo internacional. E deixando claro que a visita não fora agendada ou bem recebida (?).

E nós não podemos censurá-lo pois está “dentro” de sua casa e recebe quem quer ou quando quer assim como também temos o direito de proceder do mesmo modo em nossas casas…

Vejamos agora os próximos capítulos da nova novela “DIREITO DE IR E VIR” que a diplomacia e o executivo brasileiro está a escrever.

Confesso estar ansioso.

Saudações.

Defourt
Visitante
Defourt

Onde escrevi “está” leia-se estão.

obrigado.