Home Noticiário Nacional Ministério da Defesa é o mais afetado pelo contingenciamento da verba de...

Ministério da Defesa é o mais afetado pelo contingenciamento da verba de custeio

201
51

Viviane Monteiro

vinheta-clipping-forteO contingenciamento no Orçamento deste ano atingiu R$ 11,16 bilhões da verba de custeio, o equivalente a 51,1% dos R$ 21,8 bilhões anunciados. Já nos investimentos, o corte foi de R$ 10,3 bilhões, correspondentes a 48,2% do total, segundo o Ministério do Planejamento, com base no decreto 7.094, publicado na semana passada. Apesar do corte nos investimentos, a verba destinada ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foi preservada.

Conforme os anexos do decreto, o orçamento dos investimentos para este ano foi limitado em R$ 43,19 bilhões, ante os R$ 61,15 bilhões previstos inicialmente, o que representa bloqueio de R$ 17,9 bilhões.

O contingenciamento será menor porém, quando forem computados os créditos especiais previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que, segundo o Ministério, ainda não estão incluídos nos dados do anexo. Distribuídos entre os orçamentos de investimento e de custeio, esses créditos especiais aprovados totalizam R$ 10 bilhões.

Apesar de praticamente todos os Ministérios terem sido atingidos pelo contingenciamento, o Ministério da Defesa foi o mais afetado pelo bloqueio de verbas. O orçamento inicial, que era de R$ 15,9 bilhões, foi limitado em R$ 10 bilhões. O Ministério informou não poder fornecer detalhes sobre os cortes, por não ter analisado o decreto de contingenciamento. No ano passado, o Ministério da Defesa foi um dos órgãos que mais perderam verbas na distribuição de recursos no início do ano.

Caso semelhante acontece com o Ministério do Turismo, onde o corte atingiu R$ 3,56 bilhões do orçamento para este ano. A verba inicial, que era de R$ 4,2 bilhões, caiu para R$ 623,6 milhões. Segundo o anexo do decreto, o bloqueio de verba do Ministério das Cidades também foi expressivo, de R$ 2,87 bilhões, o que limitou o orçamento a R$ 11,925 bilhões.

No Ministério da Educação, o orçamento deste ano foi limitado a R$ 21,1 bilhões – a verba inicial era de de R$ 22,2 bilhões. Os recursos previstos para o Ministério da Saúde também não escaparam do corte, ainda que em menor proporção. Foram limitados a pouco menos de R$ 53,1 bilhões, ante R$ 54 bilhões previstos originalmente.

FONTE: Valor Econômico, via Notimp

NOTA DO BLOG: o título original da matéria do Valor Econômico era “Corte no Orçamento atinge 51% da verba de custeio”, referindo-se ao total do orçamento. Trocamos pelo que está agora no alto da matéria para ressaltar, a partir do conteúdo original, o que é mais importante para o campo de discussão da Trilogia Blog.

NOTA 2 – Após a análise dos comentários já realizados até as 18h30 desta segunda-feira, sugerimos que os leitores interessados em comentar a respeito dos reflexos do contingenciamento, para programas da Força Aérea Brasileira e da Marinha do Brasil, fazerem esses comentários nos tópicos similares a este que estão nos outros dois blogs da trilogia. Deixe este espaço para os comentar sobre os reflexos para as Forças Terrestres e para a Defesa de maneira geral.

Subscribe
Notify of
guest
51 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Para quem ainda acredita em Rafales vai mais esta:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u716273.shtml

Só em junho uma decisão.

marola
10 anos atrás

envestir em defesa não da voto!! fins social,carnaval, e futebol e caridade com os outros paises e cesta basica sim isto q da voto e bastante,e isto q nem começarão contruir nada para copa e nem para olimpiada..se preparem pessoal da defesa para receberem novas sucatas é o que vai restar para o brasil. graças aos nobres eticos politicos que temos de representante no congresso

luiz-sp
luiz-sp
10 anos atrás

caros colegas,

já não era a tempo , de sair tais noticias será que o plano de reaparelhamento das três forças vai ter tanto vigor assim , como será daqui para frente ainda vamos sofrer com a nossa sucata indo ainda mais para o fim da linha, não sei não mas fico com receio pois as forças estão passando por dificuldades a décadas e quando “nós” os políticos levarão a sério no soberania .

luiz-sp
luiz-sp
10 anos atrás

marola disse:
5 de abril de 2010 às 11:56

concordo plenamente, olha só africa do sul , contigenciou tudo nas três forças se não me engano algumas aeri]onaves vão ficar em terra groundadas por falta de recursos , a marinha 23 dias de operação no mar dos 365 dias do anos que dirá o exercito , oque estará por vir com olímpiadas e copa do mundo .

Vader
Vader
10 anos atrás

Rodrigo disse: 5 de abril de 2010 às 11:23

Off-Topic do FX2:

” Em maio ou princípio de junho, o presidente Lula poderá então tomar uma decisão a respeito. ”

Sds.

Darkman
Darkman
10 anos atrás

Depois querem levar a sério as compras para as nossas Forças.
Vai ficar complicado assim resolver os problemas das nossas Forças.

Abs

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Apesar da pirotecnia deste Governo, o tratamento de fome dado as FA´s dos Governos anteriores continua.

Não se iludam com bravatas.

Alecsander
Alecsander
10 anos atrás

Mais também vocês não podem se esquecer que 75% do orçamento militar e destinado ao pagamento de aposentadorias e pensões, e isso foi formulado no tempo em que não existia ministério da defesa, onde os próprios militares elaboraram esta distribuição.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

E até isto ser resolvido vão continuar com esta desculpa ? O GF sabe, você sabe, eu sei e as FFAA sabem!

Como querem anunciar aos quatro ventos investimentos altíssimos e depois cortar a verba que faz as FFAA funcionarem ?

Se a intenção do GF fosse séria e legítima teriam começado esta reforma no começo do mandatao e justamente por aí e não no final e “gastando” bilhões de reais.

moises
10 anos atrás

Para que perder tempo com a end se o governo _____para a segurança do próprio país(Brasil), sendo que cada vez mais estamos ficando mais ricos tanto economicamente guanto em recursos naturais, sendo assim os governantes deveriam investir mais nas fa ao invés de cortar verbas. Será que só irão abrir os olhos para isso quando algum país bem armado militarmente tentar tomar a força nossas riguezas. Se isso acontecer? Nossas fa irão combater com que? Aviões,helicopteros, navios, carros de combate dos anos setenta, comtra algum país que possui caças de quinta geração, navios com radares tridimencionais e que lançam misseis… Read more »

Vader
Vader
10 anos atrás

Até mesmo para os apoiadores confessos desse governo hipócrita e bravateiro isso é uma vergonha. E toda aquela fanfarronice de END, PEAMB, FX2, “Braço Forte” cai por terra diante da falta de organização e de um projeto efetivo de defesa nacional. Isso é o partido governante: bravatas, fanfarras, propaganda, festa e muita coisa “pra inglês ver”. Na prática entretanto, a realidade continua sendo cruel com as FA e com o país. Sempre lembrando que esse foi o governo que, antes e depois do mensalão, teve maioria absoluta no Congresso em seus dois mandatos, e amplo apoio popular para que fizesse… Read more »

Galileu
Galileu
10 anos atrás

Como eu posso levar a sério um país que não sabe de onde virá a grana para compra de míseras 36 aeronaves, segundo o próprio ministro.

Ahhh, mas o funfo (caixa 2) para campanha da dilma escopeta eles sabem, foi criado um caixa 2 em furnas.

Enquanto vemos países que tem um PIB lá embaixo, vivem do turismo e tem mais de 40 su30.

Enfim na terra da banana NADA muda.

vplemes
10 anos atrás

E ainda existem aqueles que juram de pés juntos que vai ter dinheiro para operar as jacas francesas. Se hoje os M-2000 já voam menos do que deveriam por causa do alto valor de suas horas de vôo, imagine como vai ser com as jacas! A FAB, tão criticada pelos defensores dos comedores de lesmas, já sabia que se quizesse fazer voar seus novos caças, estes teriam que ter uma hora de vôo mais em conta. Não é por outro motivo que o preferido do CA era o SH, dos três ele é o que tinha o menor valor de… Read more »

Leandro Requena
Leandro Requena
10 anos atrás

Como diria o “ídolo” dos garis…

ISSO É UMA VERGONHA!

Marcos
Marcos
10 anos atrás

E ainda vamos de Rafale, o que mais pode dar de errado?

Ricardo
Ricardo
10 anos atrás

É por isto que a FAB esta certa, ela quer o Gripen por que sabe tem consciência que a questão orçamentária é vital. Não são as bravatas e promessas de TT irrestritas, é a grana, dinheiro, bufunfa, l’argent que decide. Se adquirirmos o Rafale vamos ser uma força aérea sempre groundeada, no chão, voando nos dias comemorativos e nada mais. Caramba isto é tão claro que eu não acredito que os Rafaletes não percebam está realidade. O Rafale é inviável como vetor de combate para o Brasil e para a grande maioria das forças aéreas do mundo, ele não tem… Read more »

Gaspar
Gaspar
10 anos atrás

Cadê os defensores históricos e ferrenhos do Rafale agora, não tem nenhum. Sumiram todos quando a realidade caiu sob suas cabeças, não é o que o presidente quer e o que o dinheiro pode comprar. Eu somente posso comprar Gol, como é que eu vou comprar um Mercedes. Se não existe dinheiro pra comprar e manter o Rafale, pombas, deixem de frescuras. Lula e assina com a SAAB logo, deixa a Carla Bruni para lá e vamos ver o Gripen com as cores da FAB.

Nailton
Nailton
10 anos atrás

Esse é o nosso presidente. Só os fanaticos acreditam nesse governo.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Eu ainda aguardo a charla Governista dos fóruns e blogs vir defender o Governo deste corte ou uma justificativa aceitável.

Bernardo R.
Bernardo R.
10 anos atrás

Eu também!!!

E ainda vão escrever tão bonitinho, quase me convencem toda vez que leio……

rsrs

gerson carvalho
gerson carvalho
10 anos atrás

Caros amigos,

Nosso amado presidente prefere fazer campanha para a ex-guerrilheira e jogar todo o dinheiro no PAC2 para render uns votos. O problema é que o outro candidato tb é uma M… e ai ficamos na M… também.

Vader
Vader
10 anos atrás

Rodrigo e Bernardo: essa cambada agora tem até endereço fixo, no lago Paranoá em Brasília…

Bernardo R.
Bernardo R.
10 anos atrás

Confesso que não analisei o tal decreto 7.094, ele divulga outro destino pra verba? ou apenas anuncia o corte??

Talvez seja usada para pintar as casa no lago paranoá de vermelho!! haha

Agora sério, alguém sabe?

Marcelo Ostra
Marcelo Ostra
10 anos atrás

(Nota dos Editores – MO): Gentileza direcionar os comentários sobre o corte de verbas para as forças terrestres no blog Forte. Gripen, Rafales e FAB é no aéreo ….

MO

vplemes
10 anos atrás

Ostra, vocês bloquearam comentarios no aereo, e sobrou aqui. Desbloqueia lá que o assunto é interessante.

Marcelo Ostra
Marcelo Ostra
10 anos atrás

Vplemes

Sim, pois o assunto a ser considerado (neste caso) é referente ao que afeta diretamente nas forças terrestres (EB e CFN), caso contrario ficará so Rafale praca, Rafale pra lá

La, no momento não foi aberto mesmo, era uma chamada para este aqui

Abs
MO

Fábio Mayer
Fábio Mayer
10 anos atrás

O Brasil só vai dar algum valor para defesa nacional quando for atacado por alguém….

Vitor
Vitor
10 anos atrás

Olha a pá de cal no plano de defesa nacional. Pelo menos eles nao cortaram muito a Educaçao e Saúde. Antigamente estes dois seriam decaptados. Quem sabe no futuro com um pouco mais de educaçao a proxima geraçao de congressista sejam melhores que os atuais.

Nick
Nick
10 anos atrás

Sugiro deixar esse tópico fixo por uma semana. Para que todos leiam e entendam os fatos.

[]’s

marcos adriano
marcos adriano
10 anos atrás

é uma piada!!!!cortar orçamento da defesa!!!!chega de corte !!!!deveria ser proibida po lei de defesa nacional!!!parem de brincar com defesa do brasil é assunto serio!!!nao deve ser tratado dessa forma!!!!cade responsabilidade para á defesa que nos projeta do desenvolvimento nacional!!!tem um projeto que esta tramitando para se proibir cortes, faltas deputados votar!!!defesa nao é gasto é investimento!!!!

Baschera
Baschera
10 anos atrás

Galileu, gostei do novo apelido da candidata : dilma escopeta ….. hahahahahahahahaha……

É isto aí…… parece açougue, só sabem cortar….. mas a mamadeira de juros pagos anualmente pela dívida pública continua bem docinha….

Agora, sério : Podem esquecer para este ano e o próximo, o P3-Br e o AMX-M (A1-M). Foram para a geladeira. Ou será açougue ??

Sds.

Vader
Vader
10 anos atrás

Bascha: “subiram no telhado”, ahahahaha…

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

E as 5milhões de viaturas blindadas para o EB ?

Era o bolsa blindado…

Ele foi pro saco também ?

Vader
Vader
10 anos atrás

Bolsa-Blindado? MWAHAHAHAHAHA!!! 🙂

Gerson Victorio
Gerson Victorio
10 anos atrás

Oh loco Rodrigo!!…você se supera a cada dia…se não for pedir muito, vê se desliga o “besteirômetro”.

Carla Bruni Sarkozy
Carla Bruni Sarkozy
10 anos atrás

Gente! mas o Rafale é bunitinho.

Meu “narigudo” disse que ia ajudar o anão de jardim a bancar essa coisinha fofa.

Não temos culpa de “o Brasil não ser um país sério”!!!

Bruno Rocha
Bruno Rocha
10 anos atrás

É lamentável essa situação. Até que ponto chegamos de mais uma “falácia” desse governo.
Só quero ver se realmenre vão ter dinheiro para comprar mesmo esse Rafale. Pois, do jeito que se encontra nossa política, é mais provável que o Brasil “dê o cano” na França do que ela em nós. Nós é que vamos passar por metirosos.
Ainda bem que não torçi para nenhum dos outros concorretes, pois para mim já era esperado coisa arecida com o que ocorreu com o primeiro. Agora, teremos que comprar qualque porcaria de prateleira.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Gerson, vê se liga o seu “realidademômetro”….

Nick
Nick
10 anos atrás

Importante notar que não cortaram 1 centavo do PAC(plataforma de campanha de Dilma) e demonstrou a prioridade do Ministério da Defesa em relação ao Governo Federal.

[]’s

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Vader, você é o FelipeCPS ?

Felipe Cps
Felipe Cps
10 anos atrás

Num espalha Rodrigo, rsrsrs 🙂

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Já que estamos no fórum do EB, sabendo que o EB assim como a FAB não escuta o canto da seria do GF…

Vocês não acham que fica até aceitável esta insistência do EB em manter um projeto nacional de fuzil e dentro da IMBEL onde pode manter um controle total de custos e produção ?

luiz_sp
luiz_sp
10 anos atrás

caros colegas , até parece que não sabiamos que isso iria acontecer o governo está gastando horrores contratando ainda mais “como sempre” , até ontem tinham mais de 200 mil vagas para concursos federais entre outros será que ele esta preoucupados com defesa , que as forças se virem e dê seus pulos pois se depender desse governo a casa já caiu, pois os contratos bilionarios que forão fechados pode ser para trazer a ala dos militares para votos Dilma , pois se não quando entrar outro partido eles já jogaram para o ar que pode voltar a penumbra ………..

Bernardo R.
Bernardo R.
10 anos atrás

Bolsa-Blindado? MWAHAHAHAHAHA!!!

[2]

Vou adotar o termo bolsa-…… pra tudo agora também!!!

uahuahuahuahuha

Vader
Vader
10 anos atrás

Eu acho Rodrigo. O EB confia nos políticos tanto quanto a FAB. Nesse sentido, é melhor ter um fuzil velho (mas que atira e mata), mas em quantidade, do que se fiar num FX-EB e ficar a ver navios eternamente, sem armas.

Só acho que a IMBEL deveria ser privatizada, ou pelo menos passar a ser uma empresa de economia mista. Precisa-se de um choque de gestão e investimentos por lá e sendo uma estatal jamais se conseguirá isso.

Abs.

X-nobe
X-nobe
10 anos atrás

Hahahahahahahaha Tem os Petistas e anti-americanos que ficam indignados com esses noticias dadas pelo blog, tem os anti-petistas e vassalos dos americanos que também ficam indignados com essas noticias, e claro cada um a suas maneiras e por seus próprios motivos e razões diferentes. Eu particularmente to me divertindo mais do que em sites de humor, como Charges.com, Animatunes, TV Canibal e etc hehehehehe. Teve um episodio ocorrido na década de 1930 em que um radialista narrando uma fabula de ficção “A Guerra dos Mundos” de H.G Wells, tocou o terror nos radio espectadores, cerca de 1 milhão de pessoas… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Realmente a IMBEL merece ser privatizada.

Eu desisti do IPSC justamente por ter que ficar dependente da IMBEL para receber uma arma horrível, cara e em prazos inaceitáveis e pelo excesso de burocracia do EB.

Felicio
Felicio
10 anos atrás

Não esquentem a cabeça pessoal! Nós militares só teremos respeito e valor quando toda nossa riqueza nacional, nossas águas, terras, metais e etc…estiverem sendo tomadas por um País alheio e mais armados que o nosso, enquanto isso não acontecer temos um inimigo interno que são nossos políticos corruptos!