Home Estratégia Gates confirma que deixará comando da Defesa em 2011

Gates confirma que deixará comando da Defesa em 2011

64
4

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, confirmou os planos para deixar o cargo no próximo ano, dizendo que antes disso ele pretende garantir que a retirada das tropas norte-americanas do Afeganistão siga seu curso.

“Eu acho que até o próximo ano estarei numa posição onde saberei se a estratégia está funcionando no Afeganistão”, disse Gates, em entrevista à revista Foreign Policy. “Nós teremos completado o reforço (de tropas). Nós teremos avaliado isso em dezembro e parece que em algum momento em 2011 existirá a oportunidade lógica para transferir (o cargo).” Gates afirmou que seria um erro para ele esperar até 2012, que será ano de eleições presidenciais nos EUA.

Apesar de Gates dizer que pretende garantir o começo da retirada das tropas dos EUA do Afeganistão em 2011, o comandante norte-americano e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Afeganistão, David Petraeus, admitiu, em entrevista levada ontem ao ar pela rede de televisão NBC, que o início da retirada dos militares norte-americanos do país, programada para julho de 2011, pode ser postergado. Segundo o general, os progressos no Afeganistão tiveram início há pouco e é necessário tempo para se enraizarem. As informações são da Dow Jones.

FONTE: Agência Estado

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
@MauroVS
@MauroVS
9 anos atrás

Ficou esclarecido.
O General Mc Crystal tinha razão.
A administração Obama não entende as operações militares, o abacaxi burocrático ficou para o General Petraeus, tendo que bater em retirada descascando a fruta.
A questão está em sair em julho de 2011, por causa das eleições e ter que voltar em 2012.

Marine
9 anos atrás

Mauro,

E isso mesmo! A timeline de retirada em Julho de 2011 nao tem nada ha ver com objetivos militares ou em prol do Afeganistao. Esta tudo relacionado com a eleicao, uma timeline artificial com o unico objetivo de ajudar um partido principalmente com sua base e que se dane o povo afegao e os soldados americanos!

Democracy at its best….

Ja o General McChrystal, acabou de aceitar uma posicao sendo professor de pos-graduacao na universidade de Yale.

RaMbOoBr
RaMbOoBr
9 anos atrás

Realmente,essa decisão do Obama de sair do AFG ”rapidinho” é puramente eleitoreira,vai ser um banho de sangue cabuloso depois da retirada completa.

Tio
Tio
9 anos atrás

O Obama não vai ganhar a reeleição, ele é o maior traidor que a América já teve e o povo está começando a se dar conta disto.