domingo, dezembro 5, 2021

Saab RBS 70NG

De 2003 a 2010, Governo Lula investiu apenas 1,54% do PIB em Defesa

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Perfil dos Gastos Públicos da União

De janeiro de 2003 até abril de 2010, o governo Lula obteve uma receita total de 27,92% do PIB (correntes e de capitais), tendo aplicado 31,95% do PIB (correntes e de capitais) como segue: 9,43% (Serviço da Dívida); 5,38% (Transferências para Estados e Municípios); 6,69% (Previdência Social – INSS); 4,83% (Gastos com Pessoal da União); 1,79% (Saúde); 1,54% (Defesa); 1,34% (Educação); e 0,95% com as demais atividades da União, gerando déficit fiscal nominal de 4,03% do PIB.

De janeiro de 2003 até abril de 2010, apenas com Serviço da Dívida – R$ 1.702,5 bilhões (9,43% do PIB); Transferências Constitucionais e Voluntárias para Estados e Municípios – R$ 970,5 bilhões (5,38% do PIB); Previdência INSS – R$ 1.206,8 bilhões com 23,6 milhões de beneficiários (6,69% do PIB) e Custo Total com Pessoal da União – Civis e Militares – Ativos, Aposentados e Pensionistas – R$ 872,0 bilhões com 2.124.177 de beneficiários (4,83% do PIB) totalizando R$ 4.751,8 bilhões (26,33% do PIB), comprometeram-se 94,30% das Receitas Totais (Correntes e de Capitais) no período, no valor de R$5.039,5 bilhões (27,92% do PIB).

Resultado Fiscal Nominal da União

De janeiro de 2003 até abril de 2010 houve aumento das despesas totais (correntes e de capitais) de 2,24% do PIB em relação ao ano de 2002. Aumento real em relação ao PIB de 7,54%. Apesar do aumento global das despesas, devido ao aumento do número de Ministérios, houve redução real de algumas despesas importantes, tais como: Saúde (–3,24%); Defesa (-13,97%).

De janeiro de 2003 até abril de 2010 houve redução das receitas totais (correntes e de capitais) de 1,60% do PIB em relação ao ano de 2002. Redução real em relação ao PIB de 5,42%.

De janeiro de 2003 até abril de 2010 a União gerou um déficit fiscal nominal de R$ 727,8 bilhões (4,03% do PIB).

A dotação orçamentária prevista das despesas da União para o exercício de 2010 é de R$ 1.358,2 bilhões, tendo sido empenhado até abril de 2010 o montante de R$ 628,6 bilhões e liquidado R$ 335,6 bilhões, não considerando renegociação de dívidas de R$ 188,0 bilhões até abril de 2010.

FONTE: http://www.ricardobergamini.com.br

- Advertisement -

78 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
78 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edcreek
Edcreek
11 anos atrás

Olá,

Para usar o termo “apenas” seria interessante verificar quanto os governos anteriores gastaram do PIB nas FAA, tenho a impressão que no fim houve uma aumento, do gasto geral.

Mas é apenas impressão, se alguem possuir os numeros para confirmar?

Abraços,

Alberto
Alberto
11 anos atrás

Fiz a mesma pergunta no contexto de outro post sobre o Jobim: Nao adiantar dizer que foi “apenas” (isso é tendencioso) e sim comparar com administracoes anteriores.

Paulo
Paulo
11 anos atrás

Analisando a análise: Serviço da dívida – dinheiro para banqueiros e investidores internacionais. Transferência para estados e municípios – dinheiro para obras, funcionalismo e corrupção. Previdência social – dinheiro para os golpes que diariamente são aplicados no INSS, fora o pagamento de pensões e aposentadorias vergonhosas. Gastos com pessoal da União – dinheiro para pagar inclusive os milhares de assessores que o governo nomeou, com os maiores salários. Se fosse uma corrida, num pelotão intermediário, mas bem lá atrás, aparecem saúde, defesa e educação, perdendo terreno. Mais lá no fim, bem na rabeira, o restante, inclusive infraestrutura. Por esta e… Read more »

lucas
lucas
11 anos atrás

E como o amigo ai de cima disse,se ele gasto so isso!!! então os presidentes anteriores não gastaram praticamente nada!!!

Mais jájá vai ter comentarios aki no blog dizendo que o Lula e ladrão que o Serra tem que ganhar que e culpa do PT em outras babaquises!!!

Para e penese e os outros governos fizeram mais do que ele fez????

Realmente gostaria dos numeros pra fazer uma comparação.

Manock
11 anos atrás

Orçamento de defesa de alguns países no ano de 2009, segundo o SIPRI: (em mi de dólares – % PIB em 2008) Brasil 27,124 – 1.5 Rússia 61,000 – 3,5; India 36,600 – 2,6 Argentina 2,608 – 0,8 Espanha 19,409 – 1,2 Suécia 6,135 – 1,3 Estamos mais ou menos entre a Espanha e a Índia, no quesito gasto, um pouco abaixo da metade do gasto Russo e quase 5 vezes a frente da Suécia. Será que nossas forças têm 5 vezes mais capacidade que as da Suécia? Teríamos a metade da capacidade dos russos? Estaríamos a frente dos espanhóis… Read more »

Antonio M
Antonio M
11 anos atrás

Que eu me lembre, esse percentual sempre foi o mesmo porém, não creio que seja esse o pior do problema e sim, como é gasto esse dinheiro mesmo porque, obviamente, se aumentamos nosso PIB o dinheiro para essa finalidade aumenta mesmo sendo o mesmo percentual. Parece que nesse percentual estão os gastos com salários e pensões que consomem sua maior parte. E o pior: esse tipo de gasto (como em saneamento básico, educação básica, infraestrura em geral) não reverte em ganhos políticos. Para ser mais claro, não reverte em votos !! Infelizmente investir em “produtos”, “caixinhas” elaborados por marketeiros especializados… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
11 anos atrás

“Edcreek disse:
25 de outubro de 2010 às 10:38
Olá,

Para usar o termo “apenas” seria interessante verificar quanto os governos anteriores gastaram do PIB nas FAA, tenho a impressão que no fim houve uma aumento, do gasto geral.

Mas é apenas impressão, se alguem possuir os numeros para confirmar?

Abraços,”

Resposta: Redução de 13,97% com os gastos de defesa. Esta na matéria.

Parem de se contentar com “premios de consolação”.

Nunca antes na historia desse Pais as FA´s foram tão desmoralizadas… e o jogo só começou.

Abraços

Imperador
“Atento a tudo… faz tempo.”

Milan
Milan
11 anos atrás

A rolagem da dívida está destruindo o herário público. E nenhum candidato toca no assunto.

Lamentável

Paulo
Paulo
11 anos atrás

Alguém saberia dizer aqui se os gastos com pessoal da ativa e da reserva, em outros países, são embutidos no orçamento da Defesa, como no Brasil?

Cristiano GR
Cristiano GR
11 anos atrás

Espero que o pessoal que se interessa pelos assuntos da defesa pense nisso na hora de eleger o próximo governante.

Cristiano GR
Cristiano GR
11 anos atrás

Nota 10 ao comentário do Ricardo Bigliazzi.

José Bonifácio
José Bonifácio
11 anos atrás

Bobajens, a fonte dessa informação provém de um Blog pró-Serra, com dados e interpretações ao gosto da turma do PSDB. Os fatos comprovam facilmente o contrário, vide contratos e programas em execução como o PROSUB (maior contrato já assinado pelo Brasil na área de defesa), KC-390 e VB Guarani isso sem falar das compras já executadas como as do C-105, SH60, CH60, Leo 1A5, NaPa 500, etc. Isso sem falar na peregrinação dos empresários da indústria de defesa a Brasília nos últios anos. Além do mais, 1,54% de um PIB superior a um trilhão de dólares não é nada desprezível,… Read more »

Edcreek
Edcreek
11 anos atrás

Olá,

Essa alegada redução de 13% me parece vaga, precisa ser maior exclarecida, o valor do PIB aumentou nesse anos, seria sobre o valor nominal do PIB ou sobre o valor que entrou nas FAA?

Seria necessario numeros mais explicativos para se comprar….

Abraços,

Manock
11 anos atrás

Paulo, abaixo a definição de gasto militar do SIPRI: Although the lack of sufficiently detailed data makes it difficult to apply a common definition of military expenditure on a worldwide basis, SIPRI has adopted a definition as a guideline. Where possible, SIPRI military expenditure data include all current and capital expenditure on: (a) the armed forces, including peacekeeping forces; (b) defence ministries and other government agencies engaged in defence projects; (c) paramilitary forces, when judged to be trained and equipped for military operations; and (d) military space activities. Such expenditures should include: (a) military and civil personnel, including retirement pensions… Read more »

Alberto
Alberto
11 anos atrás

Nao ha comparacao nenhuma com outro governo naquela materia. O que esta no texto é uma comparacao da evolucao do PIB com as despesas do periodo. Nao distorca os dados para justificar essa polarizacao ridicula e miope da politica brasileira. Bicho! Isso parece ate Macartismo! Um odio irracional e injustificado. Corrupcao existe no governo do PSDB e no do PT. So nao ve quem nao quer…

Italo
Italo
11 anos atrás

Infelizmente ainda temos que agradecer por isto ser mais do que na era FHC

Fox Bravo
Fox Bravo
11 anos atrás

o atual GF não gastou mais com defesa, porque fala muito e pouca ação, porque dinheiro tem. Nestes não estão contabilizados os R$10 bilhões do FX2, o reaparelhamento da MB, aquisições de novos navios patrulha oceânica e novas fragatas, cadê os sistemas de defesa antiaérea que estavam acertando com a Russia. Na verdade não gastou porque não teve competência, desembaraço com política internacional e atitude,porque para as Forças Armadas é para ontem. Agora não podia deixar de comentar, que um país que quer ser potência mundial e vaga no conselho de segurança da ONU, gaste tão pouco com saúde e… Read more »

Paulo
Paulo
11 anos atrás

Manock

Como eles mesmo dizem, não é 100% garantido, mas se a maioria adotar parte disto, então podemos concluir que estamos gastando muito mal nossos recursos de defesa.
Onde estaria o furo, pois nas FAs há pouca margem para corrupção e desvio de verbas?

Abraços

DrCockroach
DrCockroach
11 anos atrás

Maravilha de materia.

Os numeros, os “teimosos” numeros, sempre dao uma base melhor p/ discussao.

[]s!

P.S.: visitando o site da materia, tive o prazer de ver artigos do Eugenio Gudin (sempre um classico) e do Roberto Campos, o qual , um pouco antes dele falecer, fui apresentado por um amigo em comum.

Manock
11 anos atrás

Paulo, o furo principal está no fato de gastarmos mais de 80% do orçamento com a folha de pagamento dos da ativa e fora da ativa, segundo um estudo da UFRJ. A definição do gasto se dá em forma de lei, logo modificar a legislação requer vontade dos dirigentes da Força que influenciam diretamente o legislativo. Pelo visto não há interesse na mudança da legislação, portanto, continuaremos com esta aberração administrativa (gasto de +80% com folha) e quanto mais dinheiro colocarmos na força mais bolsos estarão cheios em detrimento da capacidade. Pagamos muito a poucos e pouco a muitos e… Read more »

Bruno
Bruno
11 anos atrás

E tem gente que acha que o Brasil gasta demais com Defesa.Ai ai…

Curvo
Curvo
11 anos atrás

Caro Edcreek disse: 25 de outubro de 2010 às 11:03 A situação sócio-econômica do Brasil e do mundo hoje é outra, principalmente no que tange ao Brasil, o governo FHC pôs as contas em ordem, e fez o que pode, hoje com a herança (maldita de acordo com o PT e bendita de acordo com o Brasil) recebida pouco ou nada foi feito, pois os Subs (começou o processo em 2010) e nada recebemos ainda e pouco foi pago, Hélis comoeçou em 2009 e muito pouco foi feito e pago muuuuito, FX estamos em direção ao 2º que este governo… Read more »

Fox Bravo
Fox Bravo
11 anos atrás

Galante disse:
25 de outubro de 2010 às 11:27

Galante, bem lembrado, isso também e um fato que precisa ser revisto, precisa-se com urgência uma reforma estrutural e orçamentário neste sentido. Fazendo financiamento externo estamos enriquecendo eles duas vezes com a compra de material e pagamento de juros.
Abs.

Fox Bravo
Fox Bravo
11 anos atrás

Galante disse:
25 de outubro de 2010 às 12:00

Kkkk, rsrs, o que é pior ainda ficamos eternamente fidelizados a eles.

Chico AMX
Chico AMX
11 anos atrás

Galante, sugiro ao blog colocar um post sobre este desparate de se gastar tanto com soldos/pensão e sobrar tão pouco do orçamento, de se tentar descobrir de quem é a culpa de nossas FAs estarem tão inchadas em efetivo, da falta de profissionalização… etc.. etc… quando isso irá acabar!? como tenho dito, tem muito índio, muito… mas muito mesmo, cacique, e não tem flecha nem para 1/5 disso!… algo está muito errado! e só quem pode resolver isso são os militares e suas pressões sobre o populismo! que não é de hoje, diga-se de passagem! mas parece que para os… Read more »

Paulo
Paulo
11 anos atrás

Segundo o SIPRI, citado pelo Manock, os orçamentos de defesa dos diversos países englobam os gastos com aposentadorias e benefícios sociais. Tradução do Google: “Embora a falta de dados suficientemente detalhados torna difícil a aplicação de uma definição comum das despesas militares em uma base mundial, SIPRI adoptou uma definição como uma diretriz. Sempre que possível, dados relativos às despesas SIPRI militares incluem todas as despesas correntes e de capital em: (a) das Forças Armadas, incluindo as forças de manutenção da paz, (b) ministérios da Defesa e outras agências governamentais envolvidas em projetos de defesa, (c) as forças paramilitares, quando… Read more »

Alberto
Alberto
11 anos atrás

Cade os numeros comparativos? Desculpem mas ate o momento so vi colocacoes politizadas sobre o assunto e nada conclusivo. Vamos ser mais pragmaticos por favor…

alexsandro
alexsandro
11 anos atrás

Vergonha… 80% com pensão e salarios???? Imagina com os aumentos de pessoal recentemente ocorridos que devem ocorrer nos próximos anos??? supondo que o brasil gastasse dinheiro em equipamentos, o gasto de pessoal aumentaria mais ainda… ou seja não adianta nada investir enquanto não sanar este problema de pessoal. Me pergunto se nenhum municipio pode gastar mais que 70%com pessoal( me corrijam se eu estiver errado) pq as forças armadas podem??? Uma lei de responsabilidade fiscal nas forças armadas poderia ser um começo, uma lei contra os abusos nas pensões( se é que ocorrem). Temos que fazer o Dever de casa,… Read more »

Marine
Marine(@marine)
11 anos atrás

Alexsandro,

O problema nao e que sejam 80% de gastos com pessoal apenas. O problema e que esse numero refere-se ao aposentados tambem!

Ou seja, os militares aposentados recebem seus beneficios do orcamento da Defesa ao inves do orcamento da Previdencia!

Essa e a reforma que precisa ser efetuada urgentemente. Eu particularmente sou da opinioa que enquanto isso nao for feito nao mudara nada nas FAs brasileiras e seu atual estado.

Sds!

Manock
11 anos atrás

Em 2009 o Brasil gastou 27,124 milhões de dólares (1.5% PIB) com defesa. O Canadá gastou 20,564 (1,3 % do PIB). O Brasil manteve soldados no Haiti e o Canadá manteve tropas no Afeganistão.

O problema é realmente dinheiro?

Manock

sergio
sergio
11 anos atrás

Simples, redução de mais do que 13% em relação ao governo anterior, que não investia quase nada. O resto é trucagem do “cara”. E o pior é que enrola um monte de gente, lamentável!!!!

Andersson
Andersson
11 anos atrás

Realmente o ”LULA” gastou mais com gasolina e munições pois as três forças continuam sucateadas, por favor não votem em nenhum dos dois nem DILMA nem SERRA meu voto não irá para nenhum!

Andersson
11 anos atrás

Lamentável!

Fox Bravo
Fox Bravo
11 anos atrás

Não podemos cometer injustiça aqui, esta despesa de 80% do orçamento militar em pessoal, não é que nossos soldados são bem pagos não pelo contrario, a grande parte digamos a maior parte dela é gasto com pagamentos, pensões e aposentarias para o alto escalão militar, os de varias estrelas. Há algum tempo atrás vi uma reportagem justamente falando disso, e que dizia que os altos oficiais de nossas forças armadas são mais remunerados que outros de grandes potências como EUA e França e além disso que possui-mos o maior número de oficiais por soldado que comparados a estas nações.Por exemplo,… Read more »

Nick
Nick
11 anos atrás

Desses 80% que se gasta com pessoal, os inativos, pensionistas e aposentados deveriam ir para a Previdência. Ou seja de 1,5% do PIB destinados à DEFESA, apenas 20% = (0,03% do PIB) vão de FATO para o Custeio das Operações e Investimentos.

0,03% do PIB. E isso quando não há contigenciamentos.

Isso é BRASIL. E ainda querem uma cadeira no CS da ONU.

[]’s

Galileu
Galileu
11 anos atrás

É esse problema é que nem a reforma política, a 300 anos que se fala, mas nunca vira nada…..

Problemas das forças são financeiros internos!

Turboalfa
Turboalfa
11 anos atrás

Que bobagem é essa de ter de fazer comparação com governos anteriores? Esse tipo de comparação inadequada leva ao seguinte raciocínio: “se o governo Lula é incompetente, mas os governos anteriores foram mais incompetentes ainda, então está tudo bem e o governo Lula está de parabéns.” Isso é um absurdo! Esse tipo de raciocínio parece campanha eleitoral, que é lamentável, pois se deveria se ater apenas aos fatos aqui expostos. Incompetências de governos anteriores não justificam a incompetência do governo Lula. O fato de o governo Lula ser menos incompetente, não o faz competente. Comparações com outros paises, da forma… Read more »

Zorann
Zorann
11 anos atrás

O problema é o seguinte: Boa parte dos nossos gastos militares são com militares aposentados. Este orçamento inclui todas as despesas militares incluindo com os aposentados, que são pagos com este orçamento. Paulo disse: 25 de outubro de 2010 às 10:45 O problemas que você citou são muito sérios, mas não são da maneira que você comentou. Os juros são necessários para manter a inflação sobre controle, reduzir o consumo para os níveis que nossa industria pode manter. Para reduzirmos estes juros reformas econômicas precisam ser feitas de forma urgente: – Redução dos gastos em todo o governo, visando reduzir… Read more »

Paulo Cezar
11 anos atrás

A diminuição percentual dos gastos com defesa em relação ao PIB expressa muito mais o aumento do PIB no periodo que diminuição das verbas.

Em verdade levando-se em conta valores absolutos o orçamento da defesa aumentou.

O grande problema do orçamento da defesa é a previdência dos militares , altamente deficitária. Não fosse isso teriamos um orçamento muito maior.

Paulo Cezar
11 anos atrás

A verdade dobre o governo FHC : Carta de Theotonio Dos Santos a FHC seg, 25/10/2010 – 15:42 Por Carlos Américo Chaves Nogueira Carta Aberta a Fernado Henrique Cardoso Theotonio dos Santos Meu caro Fernando, Vejo-me na obrigação de responder a carta aberta que você dirigiu ao Lula, em nome de uma velha polêmica que você e o José Serra iniciaram em 1978 contra o Rui Mauro Marini, eu, André Gunder Frank e Vânia Bambirra, rompendo com um esforço teórico comum que iniciamos no Chile na segunda metade dos nos 1960. A discussão agora não é entre os cientistas sociais… Read more »

Humberto
Humberto
11 anos atrás

Vendo friamente a coisa.. Bom, assumindo que o dado do Galante esteja certo (não estou duvidando, somente enfatizando) que 80% seja gasto em salário, aposentadoria e pensão: 1-) Como grande parte do orçamento da União é “amarrado” via leis (por exemplo é obrigatório investir n% em saúde, educação etc etc), então em tese, não deve ter havido uma grande redução ou aumento, mesmo se comparado com o governo anterior; 2-) Como estes 80% são obrigação do Estado, o que foi contingenciado são o resto do 20%, dai dá para ver a dificuldade de tocar as coisas; 3-) Dá para se… Read more »

Athos
Athos
11 anos atrás

Duvido muito que a base naval tenha entrado nesta conta.

Celso Sugiura
Celso Sugiura
11 anos atrás

Off topic, mas necessario.
O nosso querido molusco se gaba de ter zerado a divida externa(inclusive com a “propaganda”, de que emprestara dinheiro ao FMI).
O que aconteceu, é que ele trocou a divida externa pela interna. è só acompanharem os respectivos numeros em qualquer site de economia.
Resumo: hoje pagamos juros de 10% a.a., enquanto que no passado pagavamos entre 2 e 3% a.a.
Não havera dinheiro para nenhum reaparelhamento.
concordo com os comentarios anteriores. Muito discurso e pouca ação.

Alberto
Alberto
11 anos atrás

Turfo, Quer dizer que comparar é tolice? Uma bobagem? Por que? Existe um bom motivo, alem dos obviamente partidarios e macartistas que o sr demostra em seu comentario? Desde quando eu me declarei simpatizante do grupo politico A ou B em meus posts? Faca um busca de meus comentarios e veja que a unica coisa que quero saber é: Qual administracao, efetivamente, investiu na area de defesa? Volto a repetir…vamos parar de tecer comentarios de cunho ideologico e ser pragmaticos: Vamos comparar administracoes e ver quem efetivamente investiu mais…..O texto deste post é tendencioso e certos blogueiros estao o interpretando… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Marine e Nick,

o que precisamos não é varrer a sujeira para baixo do tapete e sim parar de sujar tanto! rsrsrs

Profissionalizar e diminuir as FAs é o caminho!

Abraço aos 2 amigos!

MVMB
MVMB
11 anos atrás

Faltou dizer que mais de 70% é destinado a pagamento de pessoal e cerca de 23% para o custeio do existente.
Sobram 7% (de 1,54%)para investimentos – isso dá cerca de 0,1078 % do PIB.

Em breve seremos uma potência………..

Últimas Notícias

23° Esquadrão de Cavalaria de Selva recebe instrução sobre simulador da Viatura Blindada Guarani

Tucuruí (PA) – Entre os dias 23 e 24 de novembro, o 23° Esquadrão de Cavalaria de Selva (23...
- Advertisement -
- Advertisement -