terça-feira, agosto 3, 2021

Saab RBS 70NG

Departamento de Educação e Cultura do Exército assina protocolo de intenções com a Unicamp

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

No mês de maio, uma comitiva da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) esteve na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) e na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), onde assinou, com o Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx), um protocolo de intenções para a cooperação técnica e intercâmbio acadêmico e educacional entre as Instituições.

Na EsPCEx, o Reitor Fernando Ferreira Costa foi recebido pelo Comandante da Escola, Coronel Fabio Benvenutti Castro, e, juntamente com demais membros da comitiva, embarcou em uma aeronave militar para a cidade de Resende (RJ). O deslocamento contou com o apoio de um helicóptero Cougar, do 2º Batalhão de Aviação do Exército, localizado em Taubaté (SP).

Em Resende (RJ), a comitiva da Unicamp percorreu as instalações da AMAN, assistiu a uma formatura e acompanhou instruções práticas ministradas aos Cadetes pela Seção de Instrução Especial, como o Estágio de Vida na Selva e Técnicas Aeromóveis.

O Reitor da Unicamp assinou o protocolo com o Chefe do DECEx, General-de-Exército Rui Monarca da Silveira, e elogiou o trabalho realizado na Academia Militar. Ele ressaltou a importância deste intercâmbio para o Exército e para a Universidade, não apenas no campo da pesquisa, como também na formação de novos recursos humanos. Segundo o General Rui, essa troca de conhecimentos permitirá um maior aperfeiçoamento na formação dos militares, aproveitando a excelência e o renome da Unicamp, e fará com que a Universidade conheça mais o trabalho da Força Terrestre e tenha um campo de estudos ainda mais abrangente para pesquisadores de diversas áreas.

A assinatura deste protocolo de intenções vai ao encontro da modernização prevista pelo DECEx no atual sistema de Ensino Superior Militar. Entre outras mudanças, a formação do oficial combatente passará de quatro para cinco anos, fazendo com que a Escola Preparatória de Cadetes do Exército, localizada em Campinas (SP), passe a ser o primeiro ano da Academia Militar em Resende (RJ), ampliando, assim, a formação dos novos oficiais.

Fonte: Exército Brasileiro

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Assessor de segurança nacional dos EUA viaja ao Brasil

Esta semana, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, viajará para o Brasil e Argentina, acompanhado...
- Advertisement -
- Advertisement -