terça-feira, setembro 21, 2021

Saab RBS 70NG

Soldado-Cidadão vai qualificar mais de 16 mil jovens em 2011

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Brasília, 28/07/2011 – Quando 2011 chegar ao fim, cerca de 16.500 jovens que prestam o Serviço Militar Obrigatório estarão aptos a enfrentar o mercado de trabalho em igualdade de condições com aqueles que não tiveram uma passagem da vida no quartel.

A projeção é feita pela Subchefia de Mobilização (SUBMOB) do Ministério da Defesa, órgão responsável por coordenar o Projeto Soldado Cidadão. Criado em 2004, o projeto visa investir na formação profissional do jovem, para que ele saia da corporação capacitado a realizar atividades mais integradas ao cotidiano civil. O Soldado Cidadão alcança 134 municípios de todo o país.

Somente na última quarta-feira (26), 91 diplomas foram entregues a alunos que passaram pela Escola Técnica da Ceilândia, cidade-satélite do Distrito Federal. Segundo o DEPMOB, a expectativa é de mais de 60% dos jovens que passam por essa experiência estejam empregados quando concluírem o serviço militar.

A qualificação oferecida pelo Soldado Cidadão se dá em diversas áreas. Há desde cursos em serviços gerais (eletricistas, pedreiros, marceneiros, pintores) até áreas mais específicas, como aprovisionamento (cozinheiros, padeiros, garçons), transportes (mecânicos, motoristas, pintura automotiva), saúde (auxiliares de laboratório e de farmácia) e informática (montagem e manutenção de redes, webdesigner).

A ação envolve organizações militares e entidades civis de ensino profissionalizante pertencentes ao Sistema “S”: SENAI, SENAC, SENAT e SENAR. Os militares realizam os cursos em dois meses, no horário do expediente. A qualificação é destinada, principalmente, a jovens carentes ou em situação de risco social.

Segundo o almirante Marcos Silva Rodrigues, que participa da coordenação do projeto, o Soldado Cidadão provou ser uma maneira eficiente de abrir novas oportunidades de vida para quem já deu baixa do serviço militar. “Quando se oferece um curso desses a um jovem que teve sua primeira experiência profissional nas Forças Armadas, abre-se o horizonte para que ele tenha um futuro melhor”, garante.

Somente em 2010, o Projeto formou 14.800 jovens. No mesmo ano, o Ministério da Defesa instituiu o “Prêmio Melhor Gestão do Projeto Soldado-Cidadão”, com a finalidade de incentivar e divulgar boas práticas de gestão no Projeto.

Anualmente, cerca de 1,6 milhão de jovens do sexo masculino atinge a faixa etária destinada à prestação do Serviço Militar Obrigatório. Desse total, cerca de 90 mil ingressam nas Forças Armadas.

FONTE: Ministério da Defesa

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Grupo de Artilharia Antiaérea realiza exercício de tiro real

Praia Grande (SP) – O 2º Grupo de Artilharia Antiaérea participou, no período de 13 a 17 de setembro,...
- Advertisement -
- Advertisement -