quarta-feira, agosto 4, 2021

Saab RBS 70NG

Lança-granadas automático QLB-06

Destaques

A arma acima é o lança-granadas automático QLB-06 fabricado pela empresa chinesa Poly Technologies. A QLB-06 pesa 9,1kg vazio e tem alcance de até 1 km contra alvos de área ou 600 metros contra alvo de ponto. O carregador pode levar 4 ou 6 tiros. O QLB-06 é usado a nível de grupo de combate ou pelotão podendo ser usado contra tropas e blindados. A munição de 35mm pesa 250g com raio letal de 10 metros. A munição anti-carro pode penetrar 80-mm de blindagem RHA.

- Advertisement -

8 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

OFF TOPIC…

…mas nem tanto:

Na falta de um tópico mais apropriado, vai aqui memsmo, afinal tb é chinês!!!

O veículo 8 X 8 ZBL-09 e seus derivados:

(http://china-defense.blogspot.com.br/2012/04/zbl09-assault-gun.html)

(http://china-defense.blogspot.com.br/2012/04/photo-of-day-other-recently-surfaced.html)

Um país que prototipa, qndo precisa, tem.
Vê se aprende, Brasil!!!

Bosco Jr
Bosco Jr
9 anos atrás

Interessante essa arma que não tem similar no ocidente.
Por estas bandas não há nenhum lançador de granadas de alta velocidade de uso individual.
A exceção fica por conta da XM-109 de 25mm (25 x 59 mm) que ainda, que eu saiba, não está em uso operacional embora tenha concluído seu desenvolvimento.

Vader
9 anos atrás

Glaison Santos e Leonardo Borges (FB):

A peça da arma a que vcs se referem chama-se quebra-chamas e não existe para diminuir recuo algum, mas sim para dispersar os gases e a luz do disparo de forma a denunciar o mínimo possível a posição do atirador para um eventual observador.

A Imbel é uma estatal e pertence ao Brasil.

Bosco Jr
Bosco Jr
9 anos atrás

Vader, No caso específico você está certo e o dispositivo tem função apenas de quebra-chamas, mas o Leonardo também não está de todo errado. Como você sabe, existem dispositivos semelhantes a um quebra chamas e que inclusive tem também a função deste mas que servem para compensar o recuo, reduzindo-o ou estabilizando melhor a arma após um disparo, são os “freios de boca” ou “compensadores de recuo” (muzzle-brake), que são usados em canhões e até mesmo em armas de mão (pistolas, SM, fuzis, etc). Um “quebra-chamas” não funciona como um “freio de boca”, mas um freio de boca faz seu… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr
9 anos atrás

Mesmo um simples quebra chamas pode ajudar um pouco na redução ou compensação do recuo tendo em vista que seus orifícios dispersam os gases lateralmente, reduzindo a energia responsável pelo recuo, além do próprio dispositivo acrescentar uma “massa” a mais na boca da arma.
Mas claro que como o quebra-chamas não foi desenvolvido com essa função específica, sua ajuda é mínima e para todos os efeitos práticos, inexistente.

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Helder Marques, do Facebook:

O vídeo é bonitinho, mas não tem nada de concepção nacional, brasileira, nele.
São somente um monte de imagens de produtos concebidos por empresas estrangeiras, o blindado da IVECO, a torreta da Elbit, uma outra torre da CMI; que é uma empresa da Bélgica.
O único produto apresentado que poderia ser chamado de nacional, a torreta Remax, nem sabemos se terá futuro, pois a Ares foi vendida a Elbit.
Melhor sorte, da próxima vez.

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Thiago, do Facebook:

Prototipação é inerente a pesquisa e quem a desenvolve tem alguma capacidade de faze-lo.
Então se Ctex, Dcta, Embraer ou Imbel e Engepron, de acordo c/ suas necessidades e/ou interesses, esses atores do mercado tem condição técnica e econômica de prototipar.

Vader
9 anos atrás

joseboscojr disse:
12 de abril de 2012 às 12:30

Grande Bosco, de fato havia me esquecido da função de estabilização de tiro. Lembrei depois que já tinha escrito.

Abraço.

Últimas Notícias

Assessor de segurança nacional dos EUA viaja ao Brasil

Esta semana, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, viajará para o Brasil e Argentina, acompanhado...
- Advertisement -
- Advertisement -