sexta-feira, dezembro 3, 2021

Saab RBS 70NG

Novos blindados vão modernizar indústria bélica russa

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Os exércitos dos países mais desenvolvidos do mundo, inclusive a Rússia, vêm reduzindo suas frotas de tanques de guerra, substituindo-os por veículos blindados sobre rodas.

Nos últimos dois anos, engenheiros e projetistas da Voênno-Promichlennai Kompânia (Empresa de Equipamentos Militares) criaram três máquinas do gênero.

A pedido da revista Expert, o diretor-geral da companhia, Dmítri Gálkin, falou sobre novos projetos, potencial de exportação e concorrência com os principais fabricantes mundiais.

Expert: Sua empresa pode construir um veículo blindado que esteja em plena conformidade com os mais rigorosos padrões da MRAP – Mine Resistant Ambush Protected (Blindado Resistente a Minas e Ciladas, em tradução livre)?

Dmítri Gálkin: Hoje, talvez somos a única empresa da Rússia a possuir um conjunto completo de conhecimentos tecnológicos no domínio de veículos blindados leves sobre rodas. Temos parceria com muitas empresas na Rússia e no exterior, sobretudo europeias e israelenses, por meio de contratos para o desenvolvimento conjunto de componentes, sistemas e subsistemas de veículos blindados, fora os contratos para entrega de produtos prontos.

Os militares precisam de um material de guerra moderno de classe mundial. Mas não devemos nos limitar a uma simples compra de veículos prontos do Ocidente. Isso não aumentará nosso potencial defensivo nem nos ajudará a desenvolver nossa indústria bélica. Portanto, optamos por trabalhar em conjunto com os estrangeiros, para adquirir tecnologias e conhecimentos de engenharia, bem como desenvolver nossa produção.

Acreditamos que essa forma de cooperação é mais eficaz. Essa opinião não é só minha, mas de todos os profissionais da indústria de guerra nacional, e é apoiada pelo governo.

Expert: Vocês já têm algum veículo pronto?

D.G.: Sim, o Medved (urso, em português), que não possui similares na Rússia. Ele foi fabricado a pedido do Ministério do Interior e é capaz de resistir à explosão de uma mina anticarro. Também tem proteção contra balas B-32 de espingarda SVD.

No futuro, planejamos dotá-lo de proteção contra as balas perfurantes de metralhadora de 12,7 mm e de outras armas de fogo de grosso calibre. Esse novo veículo estará completamente de acordo com os padrões MRAP. Mas o Medved é um carro de outra categoria, é mais pesado que o Tiger, possuindo em seu interior 11 metros cúbicos de espaço, suficiente para alojar um grupo de combate ou um posto de comando ou um terminal de comunicações e assim por diante.

Com tudo isso, o Medved, contrariamente ao veículo blindado de transporte de pessoal (VBTP), pode andar nas estradas comuns destinadas ao trânsito rodoviário.

Expert: Quais são as expectativas de vendas para essa máquina?

D.G.: Acho que a proporção entre as vendas externas e internas desse veículo será de 50 para 50. Nossos principais clientes serão o Cazaquistão, Azerbaijão e Uzbequistão. Esses países têm dinheiro e já compram nossos veículos em quantidades maiores do que as estruturas de segurança e defesa russas. Teremos, sem dúvida, clientes na África e no Oriente Médio. A América Latina também tem mostrado ultimamente grande interesse por nossos produtos.

Expert: A empresa também está desenvolvendo novos projetos para veículos de guerra?

D.G.: Estamos realizando trabalhos de pesquisa e desenvolvimento no âmbito do projeto Bumerangue para o Ministério da Defesa. Mas não posso divulgar as especificações técnicas da nova plataforma. Posso dizer apenas que servirá de base para a construção de veículos de combate e apoio completamente novos que terão a mesma fórmula de rodas do VBTP antigo, ou seja, 8×8.

Nossa ideia é fazer com que todos os veículos, sejam de combate, de apoio de fogo ou técnico, reconhecimento ou apoio logístico etc, utilizem uma mesma plataforma.

Posso dizer que o novo veículo irá substituir todos os VBTP e os veículos blindados que utilizam sua plataforma, inclusive os VBTP-80 e VBTP-82. Os dois primeiros veículos novos devem estar prontos já em 2013.
[youtube http://www.youtube.com/watch?v=jWY7xVCqc-w]

FONTE: Gazeta Russa

VIDEO: Worldwide Defense

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Alltec apresenta suas inovações tecnológicas na 6ª Mostra BID Brasil

Alltec desenvolveu uma blindagem adicional do Guarani, veículo para transporte de tropas, do Exército Brasileiro A Alltec, empresa de Pesquisa...
- Advertisement -
- Advertisement -