segunda-feira, novembro 28, 2022

Saab RBS 70NG

Islamitas matam embaixador americano na Líbia

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

As mortes de quatro cidadãos americanos na embaixada foram condenadas por Obama; o governo líbio pediu desculpas

 

O embaixador dos Estados Unidos na Líbia, Christopher Stevens, e outros três funcionários americanos morreram em um ataque contra o consulado do país em Benghazi, executado na terça-feira à noite por homens armados que protestavam contra um filme americano de teor anti-islâmico.

As mortes, no 11º aniversário dos ataques de 11 de setembro de 2001, foram condenadas pelo presidente Barack Obama.

“Eu condeno com firmeza o ultrajante ataque a nosso consultado em Benghazi, que tirou as vidas de quatro americanos, incluindo o embaixador Chris Stevens”, afirma Obama em um comunicado divulgado pela Casa Branca.

“Neste momento, o povo americano tem as famílias daqueles que perdemos em seus pensamentos e orações”, completa.

“Eles exemplificaram o compromisso dos Estados Unidos com a liberdade, justiça e parceria com nações e povos ao redor do planeta, em forte contraste com aqueles que insensivelmente tiraram suas vidas”.

“Eu ordenei a minha administração que forneça todos os recursos necessários para apoiar a segurança de nossos funcionários da Líbia, e para aumentar a segurança de nossos postos diplomáticos em todo o planeta”, destaca Obama.

O governo da Líbia pediu desculpas aos Estados Unidos pelas mortes.

“Apresentamos nossas desculpas aos Estados Unidos, ao povo americano e ao mundo inteiro pelo que aconteceu”, afirmou em Trípoli Mohamed al-Megaryef, presidente do Congresso Geral Nacional (CGN), principal autoridade política da Líbia.

“Estamos ao lado do governo americano em relação aos assassinos”, disse Megaryef, que classificou o ataque de “covarde”.

O ataque aconteceu na véspera da eleição do chefe de Governo do CGN, que terá como missão criar um exército e uma polícia profissionais.

O vice-premeir líbio, Mustafah Abu Shagur denunciou “atos barbárie”.

FONTE: Exame

- Advertisement -

4 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
10 anos atrás

Pra quem não sabe esse embaixador foi um dos artífices da “primavera árabe” na Líbia. E essa foi a paga que recebeu dos radicais muçulmanos em troca de seus préstimos.

Com essa gente não tem conversa. Bem feito pro Obama.

Uitinã
Uitinã
10 anos atrás

Isso era visto tanto na Líbia, Egito, o que mantinha essa corja nas rédeas curtas eram os governos autoritários de Muammar al-Gaddafi e Hosni Mubarak, e agora tentam o mesmo na Síria mais uma vez os governos ocidentais deram um tiro no próprio pé, essa e a real consequência da aclamada primavera árabe. Agora tentam o mesmo na síria que com alguma sorte não vão conseguir, a Paz no oriente médio depende unica e exclusivamente da Paz com Israel, e isso só e possível se os países vizinhos se manterem estáveis a digo mais se isso não acontecer, tem o… Read more »

Black Hawk
Black Hawk
10 anos atrás

muito bem feito obama idiota!!
seu trouxa!!
derrubou o kadafi e recebeu isso de pagamento!!
na libia de kadafi nao tinha tantas divisoes religiosas assim,agora o pais ta um faroeste,nao tem exercito pleno e sim varias milicias que controlam pedaços do territorio…
a libia ta pior que na epoca do kadafi…
e eles querem transformar a siria numa nova libia…
tem hora que americano nao faz coisa com coisa…

Drcockroach
Drcockroach
10 anos atrás

Na Libia, durante a revolta, nunca houveram carros-bombas matando centenas de civis ou suicidas usando coletes com bombas p/ matar oficiais; ambos acontecimentos comuns (mais de um ano) na Siria, tipico do Al-Qaeda. Os islamicos foram amplamente derrotados nas recentes eleicoes Libias (ao contario do Egito, e Tunisia, mas com manipulacoes). O ataque, planejado ao Embaixador, foi seguido de protestos locais contra ao ataque: parece claro que a maioria da populacao se envergonhou do acontecido. Mas sabemos, os islamicos radicais sao bullies, e farao novamente, e novamente, e… O Egito eh um pais com 80 milhoes de pessoas, na grande… Read more »

Últimas Notícias

Novo enviado da Rússia à China promete combater ‘hegemonia unipolar’

Embaixador Igor Morgulov diz ao chanceler chinês que a amizade entre os países pode 'superar...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -