Home Conflitos em andamento Abatido líder das frentes 35 e 37 das FARC

Abatido líder das frentes 35 e 37 das FARC

88
3

 

Em uma operação conjunta, coordenada pelo Comando de Operações Especiais Conjuntas e Investigação Técnica da Procuradoria Geral da República, o membro das FAEC, Efrayn Gonzalez Ruiz, conhecido como ‘Pateñame “ou” George”, foi morto Ele era o líder das frentes 35 e 37 desta organização terrorista.

A operação militar ocorreu nas proximidades de Saturno município de Puerto Claver cidade de El Bagre, nordeste de Antioquia, graças a um trabalho intenso e detalhado da inteligência naval e militar que permitiu fazer um preciso ataque aéreo com aeronaves da Força Aérea Colombiana, Aviação do Exército e unidades das Forças Especiais da Marinha, o que levou à neutralização do terrorista que tinha a incumbência de retomar o Montes de María e Mojana Sucreña.

‘Pateñame’ destacou-se pela manipulação explosivos improvisados que mataram ou mutilaram centenas de soldados, fuzileiros navais e policiais. São atribuídos a ele crimes de rebelião, terrorismo, seqüestro, extorsão e tráfico de entorpecentes.

As autoridades judiciais ainda estão identificando os terroristas neutralizados nesta operação. Com os terroristas foram apreendidos oito fuzis e um revólver.

FONTE: Força Aérea Colombiana

NOTA DO EDITOR: o informativo oficial da FAC não menciona os modelos de aeronaves utilizados, mas é bastante provável que o Super Tucano esteve envolvido na operação.

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Daglian
Daglian
8 anos atrás

Parabéns à Força Aérea Colombiana e às demais forças armadas da Colômbia!

Optimus
Optimus
8 anos atrás

Luto no Itamaraty… Será q os países “bolivarianos” terão bandeiras a meio mastro?!

Giordani
Giordani
8 anos atrás

Já perceberam que depois que os tais computadores das farcs caíram em mãos do governo colombiano/EUA, o louco do chaves anda com as barbas de molho? Ah, e a possibilidade de que não seja re-re-re-re-reeleito é bem real…

Se o Sea Harrier foi a Muerte Negra para os argentinos, o que será o Super Tucano para os guerrilheiros?