Home Cavalaria Exército Argentino avalia viatura Guarani

Exército Argentino avalia viatura Guarani

630
6

Santo Tomé (Argentina) – No dia 1º de novembro, o Exército Brasileiro cedeu uma Viatura Blindada de Transporte de Pessoal-Média sobre Rodas Guarani (VBTP-MR Guarani), pelo período de quarenta dias, para avaliação pelo Exército Argentino, que demonstrou interesse em adquirir catorze viaturas para mobiliar a Força de Paz “Cruz del Sur” .

O empréstimo do Guarani foi acompanhado pelo Adido do Exército Brasileiro na Argentina, Coronel Danilo Cezar Aguiar de Souza, e pelo Comandante do 2º Regimento de Cavalaria Mecanizada, Coronel Francisco Wellington de Lima.

FONTE: Exército Brasileiro

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
wwolf22
wwolf22
7 anos atrás

Se for vender aos hemanos, que eles paguem adiantado pelas viaturas…
a viatura que foi “emprestada” para teste, foi devolvida inteira ??? Nao esta faltando nenhuma peca ou equipamento ?!?!?!

rsbacchi
rsbacchi
7 anos atrás

wwolf22 – o Guarani foi entregue dia 1 Novembro, ao exército argentino para avaliação no periodo de 40 dias.
,
Ou seja, ele deverá ser devolvido depois de 10 Dezembro!!!

Sua pergunta se ela foi devolvida inteira e se não está faltando alguma peça, digamos: é um pouco prematura!!!

Não ha prevenção contra os argentinos de sua parte, para justificar sua pergunta?

Bacchi

wwolf22
wwolf22
7 anos atrás

foi mais uma piadinha com os hermanos pelo momento deles, pois os mesmos estao com duas embarcacoes retidas por falta de pagamento…
mas ainda acho que o Guarani voltara apenas com 4 pneus…
PAGAMENTO ADIANTADO !!!!!!!!!!

hamadjr
hamadjr
7 anos atrás

Como dizia aquele famoso manézinho, uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa, as embarcações retidas são objeto de demanda juducial, da época da paridade dolar=peso, onde não tem acordo quanto ao valor ser pago após o deságios ao credores feito pelo falecido, fora isto todos os demais contratos dos ermanos estão em dia, talvez seria o caso de os argentinos pedirem um memorial descritivo antes de levar o carro para depois não dizer que o motor era de opala quando na vdd era de fusca.

giltiger
giltiger
7 anos atrás

Uma manobra de política regional e promoção comercial NECESSÁRIA mas de altíssimo risco para o Brasil…

Requena
Requena
7 anos atrás

A promoção comercial é necessária.

Argentina, Chile, Uruguai e até Peru e Colômbia são clientes em potencial.

O difícil vai ser receber algum $$$$ dos hermanos. Até o Vasco tá melhor de grana do que eles… 🙂