Home História Uma trincheira no quintal de casa

Uma trincheira no quintal de casa

1161
0

Professor de história aposentado reproduz no quintal de casa a difícil vida nas trincheiras da I Guerra Mundial

 

Cerca de arame farpado, sacos de areia e lama, esta trincheira de 20 metros dificilmente se distingue daquelas onde soldados britânicos lutaram na I Guerra Mundial quase um século atrás.

Esta grande escavação foi minuciosamente recriada por um professor de história aposentado no quintal de sua casa em Surrey, e o dedicado homem de 55 anos de idade até mesmo permaneceu ali por 24 horas vivendo como se fosse um soldado, juntamente com um time de voluntários como parte dos esforços para recriar a vida dos soldados naquela época.

Andrew Robertshaw e seus 30 ajudantes passaram um mês retirando 200 toneladas de terra para construir a trincheira de três cômodos (cozinha, cômodo da infantaria e alojamento para oficiais) que, segundo ele, ensinará as pessoas sobre as horrorosas condições de vida que as tropas britânicas enfrentaram na “grande guerra”.

Robertshaw – que atuou como consultor militar no filme dirigido por Steven Spielberg, “War Horse” [Cavalo de Guerra no Brasil] – e um punhado de voluntários vistiram-se com réplicas de uniformes e armas da época durante o “confinamento” na trincheira. “Meu avô lutou na guerra e foi ferido três vezes”, conta o historiador, que também dirige o Museu “Royal Logistics Corps”, em Deepcut, Surrey.

” Eu quero mostrar para as pessoas que a guerra era sobre sobrevivência e não apenas sobre morte. Quando os soldados não estavam lutando, eram nesses lugares que eles viviam”.

A trincheira pôde ser acompanhada pelos vizinhos, mas segundo Robertshaw ele não recebeu reclamações deles durante a “obra” e até mesmo alguns serviram chá para as “tropas” durante a noite em que eles passaram lá.

“Mas Steven Andrews, vizinho de Robertshaw, pediu que as simulações com tiros não acontecessem quando seus cavalos estivessem soltos. “Nós podemos ouvir os tiros a partir de casa, ele utiliza armas reais da guerra, mas isso não é frequente e nós não ligamos”, disse Andrews.

Baseado na sua experiência, Robertshaw deverá lançar no próximo ano um livro chamado “24 Hours In Battle”.

FONTE: DailyMail (tradução e adaptação Forças Terrestres)

FOTOS: DailyMail e Robertshaw

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of