Home Forças Armadas Brasil aumenta em 34% investimentos militares entre 2011 e 2012

Brasil aumenta em 34% investimentos militares entre 2011 e 2012

159
4

Guarani - foto Nunão - Forças Terrestres

Luis Kawaguti

Da BBC Brasil, em São Paulo

 

vinheta-clipping-forte1O Brasil aumentou em 34% em temos absolutos (sem descontar a inflação) o seu investimento militar entre 2011 e 2012, de acordo com informações do Ministério da Defesa. Boa parte dinheiro foi destinado a programas considerados estratégicos, como o desenvolvimento de submarinos e a modernização de aviões de caça.

A pasta informou que esse tipo de gasto foi de R$ 6,5 bilhão, há dois anos, para R$ 8,7 bilhões, no ano passado.

Os investimentos fazem parte de um orçamento geral que chegou a R$ 66,3 bilhões em 2012. Ele inclui também o pagamento de militares da ativa e da reserva, pensões, pagamento de dívidas, manutenção de estruturas, entre outros.

Grande parte da verba investida foi destinada para os programas de desenvolvimento de submarinos da Marinha, de construção de blindados Guarani, de transporte de pessoal para o Exército, e de desenvolvimento do do avião de transporte KC-390, que ainda não está pronto.

Os recursos também foram usados na modernização de aviões de caça, de sistemas de artilharia antiaérea e na recuperação de equipamentos deteriorados, entre outros projetos.

Queda em ranking

De acordo com um ranking da Sipri (Instituto Internacional de Estudos da Paz de Estocolmo), o Brasil está entre os 15 países que mais gastam com defesa no mundo.

Entretanto, o país caiu no ranking da 10º posição em 2011 para a 11º em 2012. Nas três primeiras posições estão Estados Unidos, China e Rússia.

O instituto afirmou que os gastos brasileiros no setor de defesa subiram de R$ 61,7 bilhões em 2011 para R$ 64,7 bilhões no ano passado.

Com base nisso, estimou que, embora o crescimento brasileiro absoluto tenha sido de quase 5%, após o desconto da inflação, o crescimento real teria sido de – 0,5%, segundo Carina Solmirano, uma das autoras da pesquisa.

Porém, o Ministério da Defesa afirmou que o Sipri não levou em conta verbas adicionais recebidas pela pasta, que elevaram seu orçamento para R$ 66,3 bilhões em 2012.

Com a verba adicional, o crescimento se tornou positivo, mas continua indicando uma tendência de estabilidade.

Além disso, o governo destaca que as verbas para investimento militar estão em crescimento no país. Desde 2004, os investimentos cresceram 480% em termos absolutos – de R$ 1,5 bilhão em 2004 para R$ 8,7 bilhões em 2012.

FONTE: BBC Brasil via Resenha do Exército

4
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
joao.filhoVaderaldoghisolfi Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
aldoghisolfi
Visitante
Member
aldoghisolfi

Tantos bilhões para um leigo como eu ficar pensando nas vantagens e necessidades de um nuke, do patrocínio de um avião para a iniciativa privada e muitos transportes. Será que estou pensando tudo errado, ou realmente haveria a possibilidade de melhorar o rendimento destas verbas?

joao.filho
Visitante
Member
joao.filho

So uma pergunta: Que porcentagem destes R$ 8,7 bilhões são pagamentos de folha, incluindo pensões perpetuas? So assim poderemos saber o numero real.

Vader
Membro
Trusted Member

85% folha de pagamento de ativos e inativos.

Sobra 1 bi para investimentos.

joao.filho
Visitante
Member
joao.filho

Meu Deus, o que e isso??? Juro que pensei que era o contrario, a coisa e muito pior do que eu imaginava.