domingo, agosto 1, 2021

Saab RBS 70NG

Brasil perdoa quase US$ 900 milhões em dívidas de países africanos

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

dilma-africa

vinheta-clipping-forte1O governo brasileiro anunciou que vai cancelar ou renegociar cerca de US$ 900 milhões em dívidas de países africanos, em uma tentativa de estreitar as relações econômicas com o continente.

Entre os 12 países beneficiados estão o Congo-Brazzaville, que tem a maior dívida com o Brasil – cerca de US$ 350 milhões, Tanzânia (US$ 237 milhões) e Zâmbia (US$113 milhões).

As transações econômicas entre Brasil e África quintuplicaram na última década, chegando a mais de 26 bilhões no ano passado.

O anúncio foi feito durante a visita da presidente Dilma Rousseff à África – a terceira em três meses – para participar, na Etiópia, do encontro da União Africana para celebrar os 50 anos da instituição.

Além dos três países já citados, também serão beneficiados Senegal, Costa do Marfim, República Democrática do Congo, Gabão, República da Guiné, Mauritânia, São Tomé e Príncipe, Sudão e Guiné Bissau.

“O sentido dessa negociação é o seguinte: se eu não conseguir estabelecer negociação, eu não consigo ter relações com eles, tanto do ponto de vista de investimento, de financiar empresas brasileiras nos países africanos e também relações comerciais que envolvam maior valor agregado”, disse Dilma. “Então o sentido é uma mão dupla: beneficia o país africano e beneficia o Brasil.”

Estratégia

De acordo com o porta-voz de Dilma, Thomas Traumann, quase todas as negociações envolvem cancelamento das dívidas. O restante, segundo, ele envolve menores taxas e prazos mais longos de pagamentos. “Manter relações especiais com a África é estratégico para a política externa do Brasil”, disse. Ele afirmou ainda que praticamente o total das dívidas foi acumulado nos anos 70 e já havia passado por outras renegociações.

O Brasil vem expandindo suas relações econômicas com a África, que é rica em recursos naturais, na chamado coperação Sul-Sul. As negociações entre Brasil e países africanos subiram de U$ 5 bilhões em 2000 para US$ 26,5 bilhões no ano passado.

Na África, empresas brasileiras investem pesado em setores como o petrolífero e o de mineração e em grandes obras de infraestrutura. O Brasil também abriu 19 novas embaixadas na África na última década.

Problemas

No entanto, a sede do Brasil por recursos naturais também é alvo de críticas, especialmente no que diz respeito à atuação de empresas nacionais no continente.

Em artigo sobre a relação Brasil-África publicado em janeiro, o instituto Think Africa Press diz que a crescente ação de empresas brasileiras no continente pode sujar a “marca” do país na região. “Agentes privados com agendas distintas estão se tornando cada vez mais visíveis, e há um risco de que isso prejudique o projeto político do Brasil de se retratar como um parceiro que sempre prioriza o benefício mútuo num espírito de cooperação e igualdade”, diz o texto.

Um dos principais exemplos ocorreu no mês passado, quando centenas de manifestantes em Moçambique bloquearam o acesso a uma mina de carvão da Vale. O grupo era formado por trabalhadores que diziam não ter recebido toda a indenização que haviam acordado com a empresa após serem realojados com o início das operações da mina

A Human Rights Watch, ONG que defende os direitos humanos, afirma que eles foram realojados para terras áridas, onde não conseguem produzir, e por isso vêm sofrendo com falta de alimentos. A Vale e o governo de Moçambique prometeram melhoria para os trabalhadores.

A empresa também enfrenta resistência na Guiné, onde obteve licença para explorar uma reserva de minério de ferro. Em julho, moradores ocuparam um acampamento da empresa, acusando-a de descumprir acordo para a contratação de funcionários de etnias locais. Seis manifestantes foram mortos por soldados do governo em ação que, segundo políticos locais, contou com o respaldo da empresa.

A empresa nega qualquer participação no ocorrido na Guiné e diz buscar melhorar as condições de moradia das famílias deslocadas por sua operação em Moçambique.

Já em Angola, quem enfrenta problemas é outra companhia nacional, a construtora Odebrecht. Ativistas a criticam por manter negócios com políticos locais. A empresa nega ilegalidades.

FONTE: Terra/BBC Brasil

- Advertisement -

95 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
95 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
8 anos atrás

Leia-se: Brasil doa quase US$ 900 milhões aos países africanos.

Marcos
Marcos
8 anos atrás

Manter o título do artigo ou alterar para o que postei acima dá no mesmo: é dinheiro que vai para o ralo.

Marcos
Marcos
8 anos atrás

Agora, se eu fosse um político corrupto e tivesse poder de perdoar dívidas, eu iria lá num desses países que nos devem e proporia o seguinte:

– Cupadi, xiguinti… tú mi deve ai uns US$ 300 milhão. Tú mi dá US$ 100 milhão, eu perdoo os 300 qui tú vi devi, te devolvo xinquentinha. Tú fica com metadinha i eu com otra metadinha e todo mundo fica felix.

Claudio Dönitz
Claudio Dönitz
8 anos atrás

Não iria receber mesmo. Agora é só não dar mais crédito.
Se o governo fosse bem esperto(não no mal sentido) poderia negociar o acesso da Vale na Zâmbia que tem grandes reservas de cobre talvez como compensação.

Colombelli
Colombelli
8 anos atrás

Marcos, não gosto desta gente que esta no poder (principalmente aquele a cujo nome não pronúncio e que se beneficiou de ilícitos e enriqueceu a si e a seus filhos durante o governo) tanto ou mais do que vc. Estão destruindo o Real, e vivendo de mídia. O estrago do anterior e desta ai vai demorar décadas para ser corrigido.Quem esta atento, esta vendo isso. Mas exatamente por isso, por minha completa aversão a eles, por meu legítimo asco, creio que minha opinião neste caso paradoxalmente é isenta. Em um contexto onde morrem pessoas na fila do SUS, a educação… Read more »

Rogério
Rogério
8 anos atrás

Daqui a alguns anos o titulo da matéria será:

‘Brasil perdoa divida de Cuba”

Brasil país de tolos, infelizmente, mas é

[]s

Observador
8 anos atrás

Da Tanzânia e da Zâmbia eu não sei, mas o presidente do Congo-BRazzaville já está há 16 anos como presidente daquele país, sendo que já tinha ficado outros 13 anos no poder, entre 1979 e 1992 Para piorar, ele assumiu o atual, vamos chamar de “mandato”, através de um golde , ao melhor estilo dos tiranos africanos. Do dinheiro que o Brasil emprestou, lógico, muito foi para o bolso DELE. O PT perdoa dívidas da escória do mundo. Nem que vivêssemos no país mais rico do Mundo isto faria sentido. Se o Brasil tivesse uma democracia de verdade, isto resultaria… Read more »

Cimirro
Cimirro
8 anos atrás

________PRESIDENTE !

EDITADO

Cimirro
Cimirro
8 anos atrás

Se esses comunas tivessem o minimo de visão patriótica,
perdoariam sim, mas as dívidas de agricultores (verdadeiros, não marginais invasores) brasileiros que sao vitimas do clima e da voracidade dos bancos brasileiros.

Luiz Carnauba
Luiz Carnauba
8 anos atrás

Marcos disse tudo!

Perdão uma ova, começou a formação de CAIXA DOIS para as eleições de 2014 !!!

Eu era feliz e não sabia…

Glaison
Glaison
8 anos atrás

Aliviou nas dívidas para aumentar a ação das grandes mineradoras e talvez Petrobrás na extração de recursos, matéria prima naquelas localidades. O estado perde, mas as empresas (brasileiras) que lá estão agindo ganham muito. É uma troca. Assim como a Copa, que toda a população é contra (eu particularmente, desde que o Brasil foi anunciado como sede, nunca vi, absolutamente ninguém, gostar da idéia), mas o governo segue em diante, usando recursos dos impostos beneficiando determinadas empresas, que estão lucrando absurdamente com isso. A população fica ainda mais na miséria, financiando com impostos os ganhos das grandes empresas associadas ao… Read more »

Fred
Fred
8 anos atrás

Concordo Glaison. Esse governo do PT está claramente à serviço da burguesia nacional. Esse perdão da dívida abre espaço na África para as mineradoras brasileiras e outros tipos de empresas.

Sempre acompanho os comentários aqui, nunca posto nada. É perceptível que a maioria dos debatedores ainda está seguindo maniqueísmos baseados em concepções da guerra fria. PT não é de esquerda mais desde quando aliou-se “à Deus e o diabo” pelo poder e pela governabilidade. É, ainda que em menor proporção em relação ao PSDB, um governo com princípios neoliberais. Totalmente pró capitalista e burguesia, notoriamente a burguesia financeira e especulativa.

sub-urbano
sub-urbano
8 anos atrás

O engraçado da Africa é que os países lusófonos de lá são os que menos crescem. Quando se compara o crescimento da Guiné (francófona) com a Guiné-Bissau (lusófona) se vê a diferença. Com Angola a mesma coisa se comparada com a Namíbia ou Africa do Sul. Se comparar Moçambique com Etiópia, a mesma coisa, a etiópia cresce, moçambique não.

Parece que todo país lusófono tem o mesmo problema que o Brasil, muita burocracia e muita incompetência, fora o velho espírito de “viver de renda”.

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
8 anos atrás

Perdoar dívidas, fazer doações de material bélico, financiar porto e outras obras em Cuba, rodovias na Bolívia e metrô em Caracas vêm ocorrendo desde os tempos de Lula. Nenhum país jamais fez algo parecido para o Brasil. Esse governo petista parece não enxergar as mazelas do nosso país, trocou uma dívida externa barata por uma dívida interna que já passa de US$ 1 trilhão com juros mais caros. Nossa economia se sustenta artificialmente por meio de incentivos ao consumo, o PIB é minúsculo, a inflação não dá sinais de que vai cair, enquanto isso a educação, a saúde e os… Read more »

REQUENA
REQUENA
8 anos atrás

A dívida dos pequenos agricultores do nordeste, que perderam toda a safra e o rebanho, ninguém perdoa…

Carlos Peçanha
Carlos Peçanha
8 anos atrás

Vamos ser líderes da África? Que grande feito…

Daniel
Daniel
8 anos atrás

É o tipo de comentário esperado de pessoas que vêem o seu pro pio umbigo como o centro do mundo.
ainda bem que os cães ladram mas a caravana passa.

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
8 anos atrás

Daniel, é o umbigo dessas pessoas que pagam a conta do almoço que não é grátis…

Daniel
Daniel
8 anos atrás

Todos pagamos nossas contas!. O fato de pagarmos impostos não nos faz especiais, eles são a coisa mais “democrática”que o ser humano inventou incide sobre todos os cidadães de uma nação.
Perdoando a divida desses povos talvez estejamos garantindo o almoço de alguma família africana, se isso não ter valor algum aos ilustres comentaristas então não há mais nada a ser dito.

Marcos
Marcos
8 anos atrás

Daqui alguns ano, quando, sei lá, um Congo da vida tentar mandar um grupo de astronautas para Marte em um foguete desenvolvido por eles próprios e a coisa der errado, muito provavelmente vão acusar uns certos brancos imperialistas do outro lado do Oceano. Jornalistas mostrarão os tais imperialistas próximos da base dias antes do lançamento. Blá, blá, blá….

Mafel
Mafel
8 anos atrás

“A dívida dos pequenos agricultores do nordeste, que perderam toda a safra e o rebanho, ninguém perdoa…”
Bem lembrado Requena.
Em quanto isso o gado; ops! q dizer povo cego pelo bolsa esmola.

Space Jockey
Space Jockey
8 anos atrás

Taí, mais uma pérola da guerrilheira…
Quero ver é como vamos desarmar um mecanismo que, garante toda eleiçao, o voto de 40 milhoes de miseráveis analfabetos funcionais para esses ratos que estao no comando.

Jeca Tatu
Jeca Tatu
8 anos atrás

Porcos no poder….Não alimente os porcos….

Renato
Renato
8 anos atrás

Engraçado… Embora eu tenha entrado aqui, já esperando encontrar o que encontrei até agora, tive uma grata surpresa com a leitura do comentário do Colombelli (25 de maio de 2013 às 23:57). Nosso amigo trouxe à baila aspectos interessantes da nossa suposta geo-estratégia e do mapa de influências global. Ok, nada de absurdamente novo, mas… faça-se justiça, pois foi ele quem levantou a bola. Agora é saber se desse encontro, na África, vai sair um empurrãozinho para entrarmos no Congo, porque aí sim “that s**** got serious”. O Brasil assumiria a liderança da MONUSCO e, de quebra, defenderíamos os nossos… Read more »

Bosco
Bosco
8 anos atrás

Daniel,
Esse perdão não coloca um grão de arroz no prato de nenhum faminto africano.

Bosco
Bosco
8 anos atrás

Engraçado que muitos acham natural que tenhamos acesso às riquezas minerais de alguns países mas tremem de medo da cobiça alheia no pré-sal e na Amazônia.

Lucas
Lucas
8 anos atrás

Se fosse os norte americanos ou chineses, Franceses, Ingleses em troca da divida pediria uma base la ou talvez a exploração de minas de diamantes, ja o ultra mega rico Brasil perdoa a divida crendo piamente em amizades verdadeira dos africanos, e crendo que estão passando uma boa imagem, ou são muito inocentes ou muito burros. Hj no mundo ninguém da ponto sem NÓ, so o desgoverno do Brasil. Não sou partidário desse ou daquele, apenas defendo os interesses do Brasil.

Diego Képler
Diego Képler
8 anos atrás

Isso é por vários motivos mas o maior é o fato de nós termos comprado a África quando a África elegeu um brasileiro para a OMC agora a presidente está apenas pagando.

Alguém pode me responder se tem como avaliar o quanto a presidente tem de dinheiro? Temos que ficar de olho vivo!

Lucas
Lucas
8 anos atrás

Ninguem perdoa dívida hoje em dia, tudo é feito por interesses reais e não fictício como este, e se os africanos resolverem não ceder as preções brasileiras para facilitar os negócios do empresariado brasileiro ? Afinal foi um perdão e perdão é dado perdão é de graça. Não tem contrapartida, só o este governo de sacripantas acredita que fazendo isto estão saindo em vantagens, é mas uma grana jogada fora.

Diego Képler
Diego Képler
8 anos atrás

Internacionalize o que?

Diego Képler
Diego Képler
8 anos atrás

O culpado de tudo é eu mas é você também. E espalhar a internacionalização da Amazônia não vai garantir que ela seja preservada, mas nunca! Antes acreditava-se que a Amazônia era o pulmão do mundo, mas não é, a maioria do O² vem das algas, por isso não se tem tanto interesse brasileiro em preservar. E outra Europeus e norte-americanos “comeram” as florestas deles porque nós não podemos usá-la para nosso desenvolvimento?!? Os países internacionais que você defende que fique com ela, compra matéria prima da Amazônia! Eles são um dos principais culpados pelo desmatamento. A amazônia é nossa! E… Read more »

Nelson Lima
Nelson Lima
8 anos atrás

É óbvio que não é perdão,de fato, nenhum.Finalmente, sacaram isto!

Diego Képler
Diego Képler
8 anos atrás

Jeca Tatu, Eu não dou A Amazônia por pensar que internacionais vão fazer melhor uso dela, prefiro que ela fique conosco e ter ao menos a chance de acreditar que algum dia alguém sensato vai usá-la para o desenvolvimento, educação aos filhos da nação. Jeca pessoas más existem em todos os lugares e podem até ser maioria, mas também existem as boas e as “inocentes” manipuladas, e isso existe aqui.

Não se deve jogar a toalha diante da dificuldade espalhe a nacionalização da Amazônia para que ela seja nossa porque como você mesmo disse internacionalizada ela já é!

carlso
8 anos atrás

caríssimo jeca tatu achei muito boa sua explanação, mas devo descordar de sua opinião a respeito dos responsáveis, no seguinte ponto, quando você renega que a mídia faz mal ao povo esquece que os veículos de comunicação são a maior fonte de poder, nos dias de hoje, pelo obvio motivo de quem controla o que os outros podem pensar, já controla sessenta por cento de tudo, porém você esta certo quando diz sobre a culpa individual de cada cidadão, se todos nós principalmente quem teve acesso a maior escolaridade, reproduzisse uma mensagem de mudança para os demais e evitassem cometer… Read more »

Diego Képler
Diego Képler
8 anos atrás

Eu disse Nelson não é perdão ninguém dá dinheiro! Muito menos os petralhas, o ‘perdão’ na verdade é pagamento por ter votado num brasileiro na OMC. Com o brasileiro na OMC podemos ganhar mais que 900 milhões de dólares. De certo tenho que admitir que se o perdão foi nesse sentido a presidente pode entrar na história, jogada de mestre da diplomacia.

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
8 anos atrás

Daniel, você é uma pessoa de espírito elevado, é justa sua preocupação com o almoço de famílias africanas, mas aqui, no nosso país, pessoas estão comendo ratazanas no Piauí, pessoas morrem na fila de hospitais sem atendimento, e por aí vai a lista que é bem longa de tantas carências que nosso povo tem. País rico é país sem governantes canalhas.

Marcos
Marcos
8 anos atrás

Por quê muitos preferem investir nos EUA do que no Brasil?

Por conta da segurança jurídica.

Se a PetroBó levou uma rasteira na Bolívia, imaginem a rasteira que levará na África.

IRES MARIA
8 anos atrás

DILMA PERDOA DIVIDAS DE PAÍSES AFRICANOS, MAS NÃO TEM DINHEIRO PARA O FX2 !!! INCRÍVEL !!!

Espaçonauta
Espaçonauta
8 anos atrás

___________ para presidente!

EDITADO: COMENTÁRIO DE CUNHO POLÍTICO-PARTIDÁRIO

Kofi Annan
Kofi Annan
8 anos atrás

O que esperar do PT? Esse país não é sério.

—-

Senti uma mega repulsa ao ler o que esse Jeca Tatu escreveu. Tanto pelo conteúdo, como pela forma, uso demasiado de reticências e repetição de palavras.

Jean
Jean
8 anos atrás

Não concordando com o método de expor a opinião do nosso amigo Jeca Tatu mas…

Fato é que muitas das regiões amazônicas não são de fácil acesso para brasileiros como o são por estrangeiros!!!

Falo isso porque gosto de pescar e certas regiões amazônicas, se tentar entrar leva tiro, flecha ou o que for… mas gringos tem livre acesso e isso já acontece faz anos e anos!!!

Vamos voltar ao tópico!!!

Lucas
Lucas
8 anos atrás

O governo petista é cínico e incoerente. Há dois dias atrás, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que a redução da dívida dos estados não está em negociação. Disse, claramente: “o governo não está negociando a redução da dívida dos estados. Não está em negociação.”
No entanto, pra perdoar a dívida destes países africanos o governo tem dinheiro !
Enfim, alguém está ganhando com isso…
Enfim, o grande lobista dos estados africanos se chama Luiz Inácio Lula da Silva. Dá para imaginar o quanto isto significa em “business” para o ex-presidente?

Jeca Tatu
Jeca Tatu
8 anos atrás

“Marcos disse: 26 de maio de 2013 às 18:06 Por quê muitos preferem investir nos EUA do que no Brasil? Por conta da segurança jurídica. Se a PetroBó levou uma rasteira na Bolívia, imaginem a rasteira que levará na África.” Senhor Marcos….É isso ai mesmo….Povo que não se respeita e se valoriza acontece isso mesmo….Não tem como não acontecer…..Povo que não se respeita e se valoriza acontece isso….Tem refinaria tomada a força de pais vizinho….Leva bala de traficante ajudado/protegido por marinha de pais vizinho todo dia….Tem programa/projeto espacial, industrial, tecnologico, cientifico e militar sabotado, esculhambado e embargado toda a vida….Tem… Read more »

Jeca Tatu
Jeca Tatu
8 anos atrás

“Jean disse: 26 de maio de 2013 às 19:31 Não concordando com o método de expor a opinião do nosso amigo Jeca Tatu mas… Fato é que muitas das regiões amazônicas não são de fácil acesso para brasileiros como o são por estrangeiros!!! Falo isso porque gosto de pescar e certas regiões amazônicas, se tentar entrar leva tiro, flecha ou o que for… mas gringos tem livre acesso e isso já acontece faz anos e anos!!!” Nobre Senhor Jean…. O povo carente deste pais, as minorias e os índios daqui encontra-se completamente atirados e largados a desgraça…..Como é que pode… Read more »

josé henrique mendes
josé henrique mendes
8 anos atrás

Para aumentar os salários dos funcionários aposentados e as pensionistas nunca há dinheiro e falta dinheiro também para equipar as nossas FORÇAS ARMADAS,mas para dar não falta e a nossa CAMARADA DILMA distribui a vontade.Abraços do MENDES.

Jean
Jean
8 anos atrás

Caro Jeca Tatu, Detesto a tal política, seja a de cá ou a de lá, esquerda, direita ou centro… isso pouco importa!!! A muito que o povo brasileiro é deixado de lado e os interesses partidários são mais importantes… mesmo em votações importantes, quem mais é levado a sério é o partido tal em detrimento dos interesses de tal partido… e o povo fica esquecido!!! O Brasil é dos brasileiros… a citação que coloquei é que é vedado o direito de ir e vir em território nacional por um cidadão brasileiro, por outro cidadão, dito brasileiro(índio) em detrimento de um… Read more »

Jean
Jean
8 anos atrás

Corrigindo:

“me desculpe se você é índio”

Me desculpe se você pertencer a alguma tribo indígena ou etnia…

Antonio
Antonio
8 anos atrás

Não faz muita diferença. No final não iriam pagar nada mesmo. Talvez assim pelo menos o Brasil ganhe um pouquinho mais de simpatia lá por aquelas bandas.

Jeca Tatu
Jeca Tatu
8 anos atrás

“Jean disse: 26 de maio de 2013 às 21:57” Senhor Jean….Como um antigo ditado diz: “Quem cuida tem” Senhor Jean…O que acontece quando alguém deixa alguma coisa de valor qualquer atirada em um local publico e não presta atenção/cuida dela?!….. Ela PERDE Senhor Jean….É isso que acontece….Quem se valoriza e se respeita TEM….Quem se da ao respeito TEM…Quem valoriza e respeita suas coisas…A propria raça, A propria cultura, A propria etnia, A propria historia, A propria identidade, Ao proprio talento, Aos seus icones e grandes nomes, A sua propria terra, Proprios costumes, Proprios valores e principios, As proprias conquistas, As… Read more »

Marcelo Alvez
Marcelo Alvez
8 anos atrás

O Barão do Rio Branco está se revirando no caixão… décadas de tradição e equilíbrio diplomático jogados no lixo por Marco Aurelio Garcia, Amorim e Patriota, todos a serviço da “causa”. Mas o que esperar de um país onde de 4 em 4 anos a “festa da democracia” incensa um imperador que faz o que lhe da na telha, sem freios institucionais e equilibrio real entre os poderes? “César” pode desde exigir explicação de Brigadeiro por “seu” avião não desviar de turbulências, até “perdoar” dívidas do Estado Brasileiro (Estado que não é dos brasileiros mas na verdade é privatizado aos… Read more »

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -