segunda-feira, setembro 27, 2021

Saab RBS 70NG

A equação energética global ingressa no reino da abundância

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

vinheta-clipping-forte1(Jorge Castro – Clarín, 26) 1. A produção de energia cresce mais depressa do que a demanda a partir dessa década, e um terço desse crescimento corresponde aos EUA.  A produção norte-americana de petróleo bruto subiu em 800 mil barris por dia em 2012 e a oferta petroleira aumentou 50% desde 2008. É o maior aumento em um ano de sua história desde que se têm registros (1854).

2. Mais de quatro quintos desta alta é por conta do gás de xisto.   Metade do aumento global de petróleo virá dos EUA e Canadá durante os próximos 10 anos, mais do que a Arábia Saudita. O mesmo se aplica para o gás.  A demanda global de gás alcançará 5,1 bilhões de metros cúbicos (bcm) em 2035 (hoje é de 1,8 bcm), a participação do gás na energia passará de 21% para 25% e subiria para 40% em meados do século.

3. O boom do gás de xisto nos EUA modificou a equação energética global, que sai do mundo da escassez, no qual tem estado submergido historicamente, e ingressa no reino da abundância. Nessa transição, o Oriente Médio perde a sua natureza de região estratégica central e sua importância geopolítica é reduzida qualitativamente.

4. A América do Norte adianta a tendência global. Os preços da gasolina nos EUA são atualmente um terço dos europeus e 25% dos asiáticos, e o preço do barril do petróleo no Canadá caiu em 2012 para 50 dólares o barril, metade do Brent (petróleo cru) (cotado a 104/110 dólares no mesmo período).

FONTE: Ex-Blog do Cesar Maia

- Advertisement -

5 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
8 anos atrás

Ha, ha, ha…

E tem gente que acha que os Imperialistas do Norte virão com toda a sua força militar para tomar o Pré Sal.

paulofvj
paulofvj
8 anos atrás

E o pré sal vai continuar enterrado.
Sonho de riqueza para o país do “futuro”.

Vader
8 anos atrás

E a Petrossauro “investindo” um quarto de trilhão de dólares até 2017, conforme a propaganda oficial…

Taí, o que sempre falei: a oferta de energia aumentando o pré-sal se tornará INVIÁVEL financeiramente.

O que estão fazendo com o Brasil é um CRIME! Estão SAQUEANDO o Brasil para investir numa energia CARÍSSIMA, que não vai dar o retorno esperado.

Petrobrás: privatização JÁ!

Observador
Observador
8 anos atrás

Eu já tinha colocado a situação do gás de xisto americano anteriormente. Isto vai – na verdade está – mudando a balança de poder no mundo. Enquanto isto, no Brasil… Primeiro o PT quebrou o Pró-alcool, subsidiando a gasolina. Agora, ao influenciar as decisões da Petrobrás em onde investir, passando as decisões de técnicas à políticas, vão acabar destruindo a Petrobrás. No primeiro leilão da ANP depois de cinco anos de paralisação por burrice ideológica (mais uma c*gada do PT), deixaram as petroleiras estrangeiras arrematarem as áreas de exploração fáceis e baratas, para que a Petrobrás possa reservar seus recursos… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr
8 anos atrás

Isso sem falar que no máximo até 2040 já deve ter usinas de fusão comerciais operando, além do uso em larga escala do hidrogênio e dos veículos elétricos.
Acaba que petróleo vai servir só pra indústria de materiais plásticos e ainda assim há uma série de substitutos artificiais renováveis à vista.

Últimas Notícias

Paraquedistas russos começam exercícios em grande escala na Crimeia

SIMFEROPOL, 27 de setembro. /TASS/. Os exercícios em grande escala de um assalto aéreo com um regimento de artilharia...
- Advertisement -
- Advertisement -