sábado, fevereiro 27, 2021

Saab RBS 70NG

Operação Ágata 7 é encerrada nas fronteiras de todo o país após 19 dias

Destaques

Uma Força Terrestre à altura dos desafios atuais

General de Exército José Luiz Dias Freitas A dinâmica das relações internacionais e das interações sociais, neste primeiro quartil do...

Tropa paraquedista retorna ao Brasil após exercício nos EUA

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 22 de fevereiro, foi realizada no Campo do 26º Batalhão de Infantaria...

Rússia e Arábia Saudita assinam acordo para implantação de fábrica de fuzis Kalashnikov

A Rússia assinou um acordo com a Arábia Saudita para implementar a primeira fase de produção conjunta de fuzis...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

cigarrosmaripa1As Forças Armadas encerraram nesta quarta-feira (5) a Operação Ágata 7 em todo o país. As ações conjuntas de reforço na fiscalização nos mais de 16,8 mil quilômetros de fronteira seca comandadas pelo Exército em parceria com órgãos de segurança e fiscais foram deflagradas no dia 18 de maio. A partir de agora, o monitoramento ficará novamente a cargo da Operação Sentinela, da Polícia Federal.

No Paraná, durante os 19 dias em que a fiscalização foi intensificada, os militares e as polícias fizeram mais de 32,6 mil abordagens de veículos. Nos ônibus, caminhões, automóveis e motocicletas foram apreendidos, entre outros, 6.339 caixas de cigarros contrabandeados, 6.320 cobertores e peças de roupas, 18.533 produtos eletrônicos e itens de informática, 4.041 comprimidos, 61 pneus e 8.264 metros de explosivos em cordel.

Além das mercadorias que entraram ilegalmente no país, foram tirados de circulação ainda dois quilos de cocaína, 89,8 kg de maconha, 1,25 kg de haxixe, 100 gramas de crack, 1.450 ampolas de anabolizantes, 24 armas, 11 réplicas e 10 cartuchos de munição. O comando não informou o número de suspeitos detidos durante as ações.

Na região de Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai e a Argentina, a operação que contou com o auxílio de veículos aéreos não tripulados (vants) da Força Aérea Brasileira (FAB) e da Polícia Federal e a participação de cerca de três mil militares. As ações foram concentradas na praça de pedágio da BR-277 em São Miguel do Iguaçu, na Ponte Internacional da Amizade e estradas rurais usadas pelas quadrilhas para desviar as fiscalizações.

FONTE: G1

- Advertisement -

3 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Santana Denis
Santana Denis
7 anos atrás

O Brasil sabe o que fazer, onde fazer e como fazer para diminuir a entrade de drogas armas e contrabando no país, o que falta é vontade política para tornar essas operações permanente. Achei os números de aprienções baixo, essa é a questão os traficantes também sabem que a operação esta acontecendo.

Celso
Celso
7 anos atrás

Quer dizer entao conforme anuncio oficial q a partir de amanha ta tudo liberado ??????kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk me tira o tubo……

Melo
Melo
7 anos atrás

KKKKk…brincadeira esses números…agora vai ver quantos milhões que saíram dos nossos bolsos pra essa operação , que país é esse…Acho que temos muitas outras coisas pra se preocupar do que vigiar um País tão grande assim…

- Advertisement -

Guerras Modernas

Armênia, Azerbaijão e Rússia fecham um acordo para acabar com o conflito de Nagorno-Karabakh

YEREVAN/BAKU (ARMENIA/AZERBAIJÃO) — Armênia, Azerbaijão e Rússia disseram que assinaram um acordo para encerrar o conflito militar na região...
- Advertisement -
- Advertisement -