Home Conflitos em andamento EUA anunciam apoio militar a rebeldes na Síria

EUA anunciam apoio militar a rebeldes na Síria

204
31

Mideast Israel Syria Druse

 

Por Agências internacionais

vinheta-clipping-forte1O governo dos Estados Unidos anunciou ontem ter reunido provas suficientes de que o regime do ditador sírio Bashar al-Assad usou armas químicas contra rebeldes. No ano passado, o presidente Barack Obama advertiu que essa ação equivaleria a Assad ultrapassar a “linha vermelha” que faria os EUA se engajar no conflito de maneira mais ativa.

De acordo com Ben Rhodes, vice-conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, as forças do regime sírio utilizaram gás sarin em “pequena escala” várias vezes contra os opositores, causando de 100 a 150 mortes.

Rhodes disse que os EUA irão aumentar a ajuda à oposição síria, incluindo auxílio com “propósitos militares diretos”. Ele se recusou a dizer se isso incluiria a cessão de armamentos. “Não temos condição de expor uma lista do que exatamente se encaixa na esfera dessa ajuda”, afirmou Rhodes. Segundo o assessor de Obama, o governo ainda “não tomou uma decisão quanto a buscar” estabelecer uma zona de exclusão aérea na Síria.

Os Estados Unidos têm resistido a enviar armas aos rebeldes em parte por receio de que elas possam cair em mãos de grupos islâmicos radicais infiltrados na fragmentada oposição síria. Além disso, há denúncias de excessos e violações dos direitos humanos cometidos pelos rebeldes contra tropas e apoiadores de Assad. Até agora, os americanos estavam mandando equipamentos não letais, como coletes à prova de balas e óculos de visão noturna.

O anúncio de ontem da Casa Branca aconteceu com atraso de semanas em relação a França e Reino Unido, que já haviam declarado terem constatado o uso de armas químicas, e após intensas deliberações entre Obama e sua equipe de assessores de segurança nacional. A pressão, nacional e internacional, para que os EUA aumentassem o seu envolvimento na guerra civil síria é cada vez maior e incluiu até uma crítica do ex-presidente Bill Clinton. “Algumas pessoas dizem “OK, estão vendo o tamanho dessa confusão? Vamos ficar de fora!” Eu acho que isso é um erro enorme”, afirmou o ex-presidente.

Ao ser indagado sobre quais serão os próximos passos dos Estados Unidos, Rhodes afirmou que a Casa Branca irá compartilhar suas informações com o Congresso e países aliados e tomará “decisões dentro do seu próprio cronograma”. As advertências anteriores de Obama a Assad foram amplamente interpretadas como um sinal de que os EUA examinariam as alternativas de ação militar, embora o presidente americano tenha deixado claro que não enviará soldados do país à Síria.

Na semana passada, as tropas leais a Assad recapturaram a cidade de Al-Qusair, considerada estratégica por permitir o controle da estrada que vai da capital Damasco ao Líbano. Com a ajuda de combatentes do Hizbollah, milícia xiita libanesa apoiada pelo Irã, Assad vem retomando o controle de várias áreas que estavam nas mãos dos rebeldes.

A situação na Síria deve ser um dos principais tópicos da cúpula dos países do G-8 (grupo que reúne sete economias ricas mais a Rússia), marcada para a semana que vem, na Irlanda do Norte.

De acordo com cálculos das Nações Unidas divulgados ontem, os mais de dois anos de conflito já causaram a morte de pelo menos 93 mil pessoas.

FONTE: Valor Econômico via Resenha do Exército

Subscribe
Notify of
guest
31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
eduardo.pereira1
eduardo.pereira1
7 anos atrás

Quando os Vespoes começarem a ferruar os tanques e a artilharia do Assad com suas bombas inteligentes ae as Rafalestes verão o poder do que vem por ai pra voar e defender nossos ceus.
Tomara que o Tio Sam acabe com esta covardia do ditador assado pra que o povo possa voltar aos seus lares (ou ao que sobrou) ao menos pra reconstruir tendo paz,segurança e esperança de uma vida melhor. E que se lasquem os Russos babacas que estam sendo coniventes com esta chacina.

Vader
7 anos atrás

Sinceramente, depois que vi um “rebelde” comendo o coração de um soldado sírio, não sei o que é pior, se o Assado e os canalhas russos ou se a Al Qaeda. Torço para que os EUA façam a coisa certa e só entreguem armas para grupos laicos. E que a democracia, ou ao menos o que os árabes entendem por isso, seja instaurada naquele belo país. Mas ou pessimista: acho que, morto ou foragido o marionete de russo Assad, virá coisa pior por aí. Uma coisa é certa: vai sobrar bem pouca coisa da Síria ao término dos conflitos. Essa… Read more »

Vader
7 anos atrás

Ops, onde está “sob”, leia-se “sobre”.

Rafael M. F.
Rafael M. F.
7 anos atrás

Vader disse:
14 de junho de 2013 às 16:43

“Torço para que os EUA façam a coisa certa e só entreguem armas para grupos laicos.”

Mesmo que o poder seja entregue a grupos laicos, duvido que consigam unir o país, pois estarão com extremistas de um lado e assadistas do outro.

Pobre Síria. Se retroceder 50 anos será sorte. Retrocederá à era medieval…

Marcos
Marcos
7 anos atrás

Tá!
Obama vai dar apoio militar aos rebeldes. Esses, em tese, vão derrubar o Assad e assumir o poder. E depois os EUA vão declarar guerra aos rebeldes?

Marcos
Marcos
7 anos atrás

off topic

Da nova hierarquia dentro das FFAA:

I – Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas;
II – SECRETÁRIO GERAL;
III – Comandante da Escola Superior de Guerra;
IV – Chefe do Gabinete do Ministro de Estado da Defesa;
V – Consultor Jurídico; e
VI – Chefe da Assessoria Especial de Planejamento.

virgilio
virgilio
7 anos atrás

O que acontece na minha opinião é que o EUA apoiam os Sunitas e os Xiitas são apoiados pelo o Ira.

A 2 parte dessa guerra vai ser o seguinte ou os EUA que formataram essa guerra ganham de uma vez ou se preparem para uma guerra religiosa das brabas, entre Xiitas e sunitas o que vai atrapalhar os planos do verdadeiro pais(que não digo o nome) que controla os EUA de destruí o Ira ou não?

Podendo até realmente levar o mundo a guerra nuclear.

Rafael M. F.
Rafael M. F.
7 anos atrás

Como dizia o Coronel Fábio Barbosa, do filme “Tropa de Elite”:

– Vai dar m#$&@! Vai dar m#$&@! Tô dizendo que vai dar m#$&@ porque vai dar m#$&@!

Vader
7 anos atrás

A verdade é que até o momento os EUA não tem apoiado lado algum nesse embate. E tampouco “formataram” essa guerra: isso não tem sustentação alguma nos fatos. Senão não estariam intervindo apenas agora, passados dois anos de guerra civil. Sem falar que achar que os combatentes “rebeldes” sunitas da Al Qaeda estariam lutando pró-USA é mais do que esquerdofrênico: é doença mental mesmo… Quanto à ridícula insinuação de que Israel controla os EUA, eu sinceramente não entendo esses antiamericanos: uma hora, é Israel que é uma “marionete” dos EUA. Outra hora, é Israel quem controla os EUA. Ou seja:… Read more »

akhorus
akhorus
7 anos atrás

A Rússia apenas ajudou a garantir que o estado Sírio não sofresse intervenção estrangeira. Essa atitude de culpar a Rússia é uma mera desculpa para o fato que os ocidentais não quiseram reconhecer desde o início o conflito na Síria é sectário, e múltiplo. Ninguém lá quer democracia, eles querem se matar. As forças Sírias já eram bem equipadas antes do veto russo, e de qualquer forma, os USA não teriam intervindo mesmo que a Rússia de abstivesse. Sua atitude de culpar a Rússia mais uma vez é fruto de sua visao ideologica americanofila anti russa. Isso é desculpa que… Read more »

akhorus
akhorus
7 anos atrás

Nojentos são os USA e seus americanofilos escrotos que os defendem.

Os USA sao hipocritas, racistas, desumanos, intolerantes, autoritarios, cínicos, manipuladores e chantagistas.

O que vc e outros querem é que todos, desde eu aqui no blog até o governo russo, sigamos as ordens e opiniões de vc aqui e de washington, isso nao vai acontecer.

Eu falo o que quero.

E Moscou faz o que quer.

E , so de proposito vader : BOA SORTE AO ASSAD !!

akhorus
akhorus
7 anos atrás

PS: quando digo americanofilos escrotos, por favor não é ninguem aqui do blog, mas sim aqueles caras da Síria que comem corações humanos e clamam pelos USA ( e Turquia). Faltou o sirios.

mas se alguem gosta deles… 🙂

MSG
MSG
7 anos atrás

O texto cita uma possível imposição de zona de exclusão aérea na Síria. Como seria isso? Os EUA se envolveriam diretamente? Há vôos regulares russos a Damasco?

A tempereratura esta esquentando…

Control
Control
7 anos atrás

Senhores A Síria, o Iraque e os demais países do oriente médio que foram domínio turco por mais de quatrocentos anos, não são nações no sentido lato do termo. Foram definidos arbitrariamente, pelos países que ganharam a Primeira Guerra Mundial e assumiram o controle da região como mandatários da Liga das Nações (Grã Bretanha e França). Quando eles se retiraram, após a IIGM, deixaram países formados por uma colcha de retalhos de povos, etnias e seitas religiosas. Inicialmente monarquias (exceto o Líbano), que logo foram derrubadas por grupos políticos que estabeleceram ditaduras, estes países permaneceram com certa coesão enquanto as… Read more »

virgilio
virgilio
7 anos atrás

Uaaaoooooo o mundo é feito de doente mental…enfim não entendo esse bando de Zumbis Americanizados, esse infelizes inventaram a primavera Árabe ajudam com armas a muito tempo e agora ficam se fazendo de pobrezinhos só “agora depois de 2 anos estamos ajudado os coitadinhos (terrorista) na Síria fala serio cara muita Zumbificação(doença mesmo) mental, vocês Americanizados para mim não passam de um Bando de Zumbis e outra Israel é os EUA ou EUA é Israel é tudo a mesma M@#$%¨¨&*. Ps: Odeio Infelizes Americanizados e doentes comunista. Que os EUA e Comunista vão é para o inferno. E viva a… Read more »

Flávio Vilaça
Flávio Vilaça
7 anos atrás

virgilio disse:
15 de junho de 2013 às 0:52

“Odeio Infelizes Americanizados e doentes comunista.
Que os EUA e Comunista vão é para o inferno.
E viva a Russia.”

“doente comunista… e viva a Russia”???

Confesso que essa eu não entendi

Flávio Vilaça
Flávio Vilaça
7 anos atrás

Independente de quem ganhar na Síria, vai dar mer… Os caras não querem paz ou democracia, querem se matar. Os radicais religiosos por la são assim. só tenho pena das crianças.

Mas enfim a hora do final ta chegando. Vamos ver qual lado tem peito pra ir em frente. Em caso de intervenção americana, será inevitável um embate com russos em algum momento.

Drcockroach
Drcockroach
7 anos atrás

Enviar armas serah mais um erro da administracao do Obama, com apoio de alguns war mongers republicanos, diga-se de passagem. Ajuda tb a distrair dos escandalos internos. Quem teve uma visao correta a dois anos atras foi o proprio embaixador americano na Siria, que dizia que a oposicao na deveria pegar em armas e devia-se evitar a ampliacao do conflito militar com participacao externa; mas por algum motivo nao escutaram o que ele dizia, seja dentro ou fora da Siria. Mas mesmo antes que a Russia (e China) desse apoio ao regime, milhares de jihadistas (Chechenia, Iraque, Libia, Arabia Saudita…)… Read more »

virgilio
virgilio
7 anos atrás

Flávio Vilaça Antes de tudo gostaria de pedi desculpas aos colegas do blog é que me senti agredido não se pode falar nada contra a politica bélica dos EUA ou de Israel sem ter contenda infelizmente. Deixa eu explicar o que eu quero dizer é o seguinte se a favor ou simpatizante da Russia não que dizer que a pessoa é comunista ou esquerdopata?, esquerdista que tem esquerdofrenia?, antiamericanalhada? etc como o zumbi americanizado me chamou. Bom voltando ao tópico acredito que assim que o FSA retoma Aleppo a guerra vai estar totalmente ganha por Assad e eles só farão… Read more »

Flávio Vilaça
Flávio Vilaça
7 anos atrás

virgilio disse: 15 de junho de 2013 às 9:24 Primeiramente, bom dia meu caro. ———————————————————- “Odeio Infelizes Americanizados e doentes comunista. Que os EUA e Comunista vão é para o inferno. E viva a Russia.” “doente comunista… e viva a Russia”??? Confesso que essa eu não entendi ———————————————————- Pode me mostrar, no comentário onde fiz, o lugar em que eu lhe chamei de “comunista ou esquerdopata?, esquerdista que tem esquerdofrenia?, antiamericanalhada?.” Apenas disse que realmente NÃO ENTENDI o fato de ter dito “doente comunista” e em seguida ter dito “viva a Russia”. Não entender algo, não significa te xingar, ok?… Read more »

Flávio Vilaça
Flávio Vilaça
7 anos atrás

virgilio disse:
15 de junho de 2013 às 9:24

E sobre ser a favor ou simpatizante da Russia, eu não lhe critico por isso, e nem poderia. SOMOS DEMOCRACIA. Eu sou BRASILEIRO e libertário. Amo meu país acima de todos, apesar dos problemas. Adoro uma coca cola, viajar de 737, usar a internet, uma bermuda jeans, adoro uma vodka e um black label, uso um hyundai e acho a Sharapova uma gata.

Como não tenho raiva ou ódio de país nenhum, aproveito todas as benesses que o “qualquer país do mundo civilizado produzir”, sem hipocrisia.

virgilio
virgilio
7 anos atrás

Flávio Vilaça

Eu não disse que foi você que me xingou? e não foi voce que chamei de Zumbi Americanizado e sim o Vader.

E tentei demostra ao colega que ser simpatizante da Russia não é sinônimo de ser Comunista como Vader disse.

Se voce concorda com Vader é problema seu?

‘Uma pessoa sem o mínimo de coerência como você, deve voltar ao banco da escola e estudar um pouco política e história”.

Acho que isso ai você deve estar esta falando de si mesmo só pode!!!.

Enfim segue seu caminho que sigo o meu.

Fuiiii..

ivanildotavares
ivanildotavares
7 anos atrás

Lamentável os comentários ofensivos de alguns comentaristas aqui. Excelentes alguns comentários, especialmente o do amigo Control, às 0h 37min de hoje, que faz uma análise histórica da região desde o fim da dominação turca, passando pelo domínio inglês e/ou francês e alguns desdobramentos políticos pós IIWW, resultado no que a hoje assistimos. Gostei quando o Control usa a palavra “rescaldo”. É isso mesmo, a colcha de retalhos um dia se rasga e dificilmente termina bem. Gostei muito deste comentário, Control. Também destaco o comment do Dr Barata, às 6h 02min de hoje, mostrando que o ódio é o combustível comum… Read more »

Colombelli
Colombelli
7 anos atrás

Um passo muito errado dos EUA. Se os rebledes vencerem não tardarão a se voltar contra os próprios norte-americanos, como ocorreu com o Talibã. Aquela gente não tem jeito, eles se odeiam e gostam de se matar, e depois que um lado vencer, voltarão as baterias contra os povos ocidentais e o “grande satã”, como els dizem. Se hoje aceitaram a ajuda dos EUA é por pura conveniência. Ao fim, se os rebeldes vencerem ou se Assad ficar,os EUA terão os dois lados como inimigos. A solução é deixar se matarem até o ultimo homem e assitir de camarote sem… Read more »

virgilio
virgilio
7 anos atrás

“Hipocrisia é uma droga mesmo, o cara usa tudo que é americano(net, coca cola, jeans, carro, avião) e ainda vem aqui arrotar vodka como se os americanos fossem culpados de tudo de ruim, e ainda fala em nome de Deus, sendo que odeia os judeus(mas usa a religião e cultura dos caras). Santa ignorância.”

Nossa quanta nojeira escrita…nem vou responder essa m@#$%

Pobreza de espirito e dose.

Drcockroach
Drcockroach
7 anos atrás

Prezado Guppy, Obrigado pela mencao ao meu comentario. Tb subscrevo sua opiniao de que as ofensas deveriam terminar aqui no Blog, para beneficio de todos, mas infelizmente continuam. Talvez eu possa exemplificar sobre refugiados. Ha poucas semanas conversei com uma siria que agora tem a familia dividida. Felizmente p/ ela eles ainda tem recursos, mas a situacao eh dificil. O irmao, estudante de medicina, teve que sair de Aleppo e agora estah em Damascus, outra parte da familia estah na Turquia p/ onde ela irah tentar uma nova vida se for aceita. No mais, exceto pelo dinheiro, perderam praticamente tudo… Read more »

Requena
Requena
7 anos atrás

Parabéns Control pelo seu comentário. Foi o mais preciso de todos. A meu ver o Oriente Médio não tem solução a curto prazo. Infelizmente essa é a única verdade.

Rivalidades seculares permaneceram guardadas, mas não foram esquecidas. Estavam em uma espécie de “stand by” coletivo, esperando uma oportunidade para ressurgir com força. E quando ela vem a tona, se transforma no que vemos na Síria hoje em dia.

Uma guerra com caráter medieval, aonde o objetivo dos dois lados não é conquistar o poder e sim exterminar o adversário da face da terra.

Que Deus abençoe o povo sírio…

ivanildotavares
ivanildotavares
7 anos atrás

Dr Barata, Interessante comentário também este da sua conversa com uma síria. Lamentável mesmo a situação dela e de sua família tendo que ficar dividida. Mas como o senhor mesmo observou, não é a pior das situações por possuirem recursos. Mais lamentável ainda o drama imposto às crianças por ambos os lados em confronto conforme registros. E, sem dúvida, o melhor que se pode fazer é assistir os refugiados que são em grande quantidade, tendem a aumentar e os países que o abrigam não vão poder, sozinhos, continuar dando assistência que já é bastante precária na maioria dos acampamentos conforme… Read more »

Drcockroach
Drcockroach
7 anos atrás

Prezado Guppy, Acredito que Israel tem uma visao bem pragmatica do conflito. Todos sabemos que Israel jah atacou duas vezes o que supostamente seriam carregamentos da Siria (ou usando o corredor da Siria) p/ o hezbollah, aliada do governo. Mas semana passada, em Golan, Israel cooperou justamente com o exercito da Siria. O governo Sirio tem dado pouca importancia as colinas de Golan, embora tenham havido combates lah. Os residentes da regiao aparentemente apoiam o regime, mas as colinas jah cairam nas maos dos rebeldes algumas vezes. Semana passada o exercito da Siria pediu permissao de Israel p/ entrar com… Read more »

ivanildotavares
ivanildotavares
7 anos atrás

Obrigado, Drcockroach. O senhor realmente está muito mais informado do que eu. Eu tinha uma preocupação diferente em relação ao comportamento de Israel diante dos acontecimentos na vizinha Síria. Mas pelos seus esclarecimentos eu fico até mais tranquilo já que há um diálogo entre Israel e o governo sírio. Ainda assim tudo pode acontecer já que são muitas facções e interesses diversos. Muito obrigado mesmo pelos sxeus esclarecimentos.

Abraços

Vader
7 anos atrás

Repito: se o Assad tivesse renunciado ou caído no começo das manifestações, havia uma chance de a Síria se transformar numa democracia.

Ele não caiu porque tinha o apoio interno e externo, com armas, dinheiro e prestígio, dos russos.

A coisa agora está tão radicalizada que é impossível que a democracia vença. Morto Assad, algum warlord extremista irá assumir o poder.

Os povos árabes sabem de quem é a culpa. E saberão cobrar o sangue que os russos derramaram.