quinta-feira, outubro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Igla dos rebeldes sírios atingindo um helicóptero

Destaques

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=eHqC-A1BVn8&w=560&h=315]

 

O vídeo acima mostra um rebelde sírio disparando um míssil Igla contra um helicóptero das forças de Assad. Um dos problemas que os rebeldes estão encontrando com seus mísseis Igla é conseguir baterias. Cada bateria só dura um engajamento e são poucas disponíveis. A solução encontrada foi conectar fios elétricos até outro tipo de bateria com a mesma voltagem.

- Advertisement -

7 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Drcockroach
Drcockroach
8 anos atrás

Parece que as contra medidas funcionaram, o heli continua voando mas o video acaba em seguida p/ dizer com certeza.

A proposito, os EUA nao irao enviar nenhum equipamento anti-aereo aos “rebeldes” por medo que caiam nas maos da Al Qaeda, no maximo irao enviar material anti-tank.

[]s!

virgilio
virgilio
8 anos atrás

Se o piloto sobreviveu ele deveria ter contra-atacado.

Bosco Jr
Bosco Jr
8 anos atrás

Havia uma série de linhas de força entre o míssil e o helicóptero e por pouco o míssil não as atinge.

Almeida
Almeida
8 anos atrás

Acho que esse escapou, hein?

Será que nossos Igla são assim “tão bons”?

Colombelli
Colombelli
8 anos atrás

O lote de 250 misseis por último comprado não é da versão mais moderna do Igla. O próximo, que provavelmente virá com o Pantsyr, sim.

Mas é fato que os misseis portáteis não tem um disparo impressionante mesmo. Parece algo bem furreca. O importante é derrubar ou ao menos dar um susto na aeronave. Com certeza ali nas proximidades helicópteros não andam mais. Cumpriu a finalidade.

Bosco Jr
Bosco Jr
8 anos atrás

O uso de fios elétricos pode até energizar o míssil mas não o abastece do fluído refrigerador. Não sei se funciona. Quando a fonte de alimentação (BCU) formada por uma bateria térmica e por um fluído de refrigeração é conectado à unidade de lançamento e após a ativação da mesma o operador tem menos de 1 minuto para lançar o míssil. Se ele perder o alvo ou desistir de lançar o míssil após ter ativado a fonte de alimentação, já era, só outra fonte. Almeida, O Igla tem uma ogiva de 1 kg sendo 350 g de material explosivo. Só… Read more »

Últimas Notícias

Forças Armadas da Ucrânia usam drone turco Bayraktar TB2 em Donbass

As Forças Armadas da Ucrânia usaram drones de ataque de média altitude Bayraktar TB2 em Donbass. Os drones de ataque...
- Advertisement -
- Advertisement -