terça-feira, julho 27, 2021

Saab RBS 70NG

Pesquisadores veem ressurgimento da direita

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

vinheta-clipping-forte1Por Adauri Antunes | Para o Valor, de Águas de Lindoia (SP)

C0251-baA direita saiu do armário e hoje não hesita mais em expor suas ideias. Desde as tendências que apoiam os militares até as que defendem autoritarismos, como o nazismo, estão assumindo suas posições. Esta foi a principal tese defendida ontem na mesa-redonda “Direita Volver? O ressurgimento do conservadorismo político no Brasil contemporâneo”, realizada no 37º Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais (Anpocs).

“Hoje se perdeu a vergonha de ser conservador, de se assumir como de direita. Muito mais gente assume a defesa de um regime militar, do autoritarismo, do nazismo”, disse o professor Adriano Codato, da Universidade Federal do Paraná (UFPR). As manifestações de junho levaram o professor João Feres Júnior, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) a concluir que “a direita saiu do armário”.

Codato analisou o perfil de cerca de 7 mil parlamentares que passaram pela Câmara dos Deputados entre 1945 e 2010, tendo como base a origem partidária, e constatou que não houve uma “mudança espetacular” no perfil dos representantes da direita. Segundo ele, ao perfil característico do ruralista agregaram-se comunicadores e pastores, como o deputado Marco Feliciano (PSC-SP).

“Entraram os pastores, os comunicadores e outras figuras de mais visibilidade, mas o perfil majoritário da direita parlamentar continua sendo o do empresário. Antes era predominantemente o fazendeiro, hoje já há também o empresário urbano. O Brasil se modernizou, a direita se modernizou”, explicou Codato que considera de direita, em sua pesquisa, 13 dos atuais partidos políticos, entre os quais DEM, PFL, PP, PTB, PL e PSC.

Outro participante da mesa-redonda no encontro da Anpocs, o professor Cláudio Couto, da Fundação Getulio Vargas (FGV) em São Paulo, fez uma análise que mostrou a “guinada à direta” do PSDB a partir de 1988. De acordo com o seu estudo, em sucessivas disputas com o PT, nas quais tentava se firmar eleitoralmente, o partido dos tucanos não conseguiu implementar em São Paulo políticas que o fizessem se diferenciar de administrações anteriores, de direita, dando continuidade a programas como “Rota na rua”.

Ainda este mês, segundo Cláudio Couto, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), deu mais uma demonstração da “direitização” do partido, no programa eleitoral tucano. “Aécio ataca o Estado, que considera paternalista, e defende a livre iniciativa como forma do Estado avançar”, disse o pesquisador.

Logo depois da mesa-redonda, Couto, Codato, Feres Jr. e ainda o professor Fernando de Barros Filgueiras, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), falaram sobre as possibilidades eleitorais da direita na eleição presidencial do próximo ano, que avaliam ser representada por PSDB, PSD e PSB. “Talvez a estratégia seja pulverizar os votos no primeiro turno para, em um eventual segundo turno, fazer um blocão”, sugeriu o pesquisador da UFMG.

Os quatro participantes da mesa-redonda do encontro da Anpocs comentaram ainda os possíveis enquadramentos ideológicos dos movimentos que estão surgindo a partir das manifestações de junho. “Há uma aproximação entre os extremos, tanto à direita quanto à esquerda, que é a intolerância com o outro. A ultra-direita e a extrema-esquerda se encontram no anarco-fascismo”, observou Cláudio Couto. “Apanhar dos fascistas ou dos antifascistas dói do mesmo jeito”, disse Codato.

FONTE: Valor Econômico via Resenha do Exército

- Advertisement -

33 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
33 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wagner
Wagner
7 anos atrás

Ou seja, minha tese está sendo confirmada. O problema é que nossa Direita não é patriotica e nem inteligente na aplicação de um capitalismo industrial : ela é meramente apoiadora da especulação, avessa a ideias industrializantes e é subordinada aos interesses de Washington. Capitalismo industrial deve ser feito de maneira inteligente. Nossa Direita ainda está crente no consenso de Washington, regras econômicas que mesmo os norte americanos abandonaram a muito tempo. E nossas forças armadas não entendem coisa alguma do tema, apenas acham que ser de Direita é perseguir os esquerdistas. O capitalismo pode ser maravilhoso, contanto que seja bem… Read more »

Colombelli
Colombelli
7 anos atrás

PSDB direita? estão loucos? Direita era pra ser o PP que se vendeu para a base vendida, quer dizer, “aliada”.

Marcos
Marcos
7 anos atrás

Para contrapor esse lixo ai, coloco o excelente artigo de Rodrigo Constantino, com título “A esquerda adora uma direita caricata. Ou: Debatendo com um espantalho” Segue: Alguns pensam que direita e esquerda são conceitos ultrapassados. Normalmente, são de esquerda. Não creio que tais conceitos estejam obsoletos. Apenas acho que merecem qualificação e mais cuidado, pois rótulos, se servem para simplificar nossa compreensão, também podem servir para confundir. No Brasil, a situação é ainda pior. O que é ser de direita aqui? Defender o regime militar? Os coronéis nordestinos? Os evangélicos fanáticos? Detestar pobres? Aparentemente, essa é a visão de muita… Read more »

Daglian
Daglian
7 anos atrás

Não consegui continuar a ler depois de “defendem o nazismo”.

Fernanda
Fernanda
Reply to  Daglian
2 anos atrás

Exatamente.

Renato Oliveira
Renato Oliveira
7 anos atrás

Prezado Daglian, leia o artigo postado pelo marcos acima, é bem melhor que o do valor econômico (minúsculas intencionais).

Grande Marcos, grande artigo. Pena que a Direita anda meio sumida em banânia e outros lugares, enquanto a direita e a esquerda andam às mil maravilhas…

Sniper
Sniper
7 anos atrás

Depois de conseguir a proeza intelectual de associar nazismo, militarismo e autoritarismo ao pensamento de Direita, o brilhante autor do texto ainda conseguiu enxergar as siglas partidárias mencionadas como representantes da Direita Política… Se tivesse apenas chutado, teria mais chances de obter algum índice de acerto para livrar esse ponto de corte vexatório!

pedro oliveira
pedro oliveira
7 anos atrás

Marcos – Excelente artigo!

F - 5
F - 5
7 anos atrás

O término do texto fala uma coisa bem interessante: os opostos acabam convergindo: “Há uma aproximação entre os extremos, tanto à direita quanto à esquerda, que é a intolerância com o outro. A ultra-direita e a extrema-esquerda se encontram no anarco-fascismo”, observou Cláudio Couto. “Apanhar dos fascistas ou dos antifascistas dói do mesmo jeito”, disse Codato.” Concordo plenamente com essa afirmação. Para o bem da pluralidade e do regime democrático, é importante termos as duas formas de pensamento fortes. Uma oposição atuante, seja de esquerda ou de direita, equilibra o jogo do poder e garante uma democracia mais transparente. Sempre… Read more »

Marine
7 anos atrás

Marcos,

Excelente texto o qual citou!

Ja o artigo sem vergonha acima mostra bem sua tendencia com ao dizer que “deixou-se de ter vergonha de se dizer de direita”. Como se for de direita deveria ser algo vergonhoso.

Tenha do! Artigos desses nao servem nem como papel higienico, com medo de tanta asneira dar doenca naquele lugar….

ricardo_recife
ricardo_recife
7 anos atrás

Para estes pesquisadores das universidades públicas brasileiras todos os usuários, apreciadores, comentadores dos sites Poder Áereo, Poder Terrestre e Poder Naval são de extrema direita. A razão: discutem defesa.

PSDB e PSB como direita é uma das maiores burrices que já li nos últimos tempos.

Abs,

Ricardo

André
André
7 anos atrás

Lixo de pensamento desses “estudiosos”!

Observador
Observador
7 anos atrás

Que lixo de texto. Me admira um Jornal intitulado “Valor Econômico”, dar espaço para uma bobagem bolivariana desta. Alguém devia dizer para este desinformado do Adriano Cotado que o nome original do partido nazista alemão era “Deutsche Arbeiterpartei”. Traduzindo literalmente: “PARTIDO DOS TRABALHADORES ALEMÃO”. Depois, por imposição de Hitler, o partido adotou a famigerada sigla “NSDAP – Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei”. Traduzo novamente de forma literal, para não restar dúvida sobre o que significa: “PARTIDO DOS TRABALHADORES ALEMÃO NACIONAL SOCIALISTA”. Mas ficou mesmo conhecido como “Nationalsozialist” ou NAZI. Todo partidinho socialista começa assim, com as bandeiras sociais, a favor dos trabalhadores.… Read more »

Drcockroach
Drcockroach
7 anos atrás

O texto eh realmente uma porcaria, mas p/ ser sincero assim como a maioria dos textos do Rodrigo Constantino (nao o citado acima) e do Reinaldo Azevedo; tao manipuladores como o Paulo Henrique Amorim, mas do outro lado. Nos EUA estah mais clara a diferenca entre neocons e libertarians. Os libertarians defendem um governo de tamanho minimo e economia de mercado, mas igualmente sao radicalmente a favor das liberdades individuais. Nos EUA em varios temas uma ala dos Republicanos (libertarians) se unem aos mais a “esquerda” dos democratas em diversas votacoes. Do outro lado existem os neocon republicanos votando junto… Read more »

anderson
anderson
7 anos atrás

Esquerda ou Direita.
Nada mais do que a designação da mão que nos rouba.

Antonio M
Antonio M
7 anos atrás

O artigo dos “nobres” acadêmicos resume a tal caricatura que é “esquerda = boazinha X direita = malvadinha”. Tão tendencioso que colocar como direita PSDB, PSD e PSB sem levar em conta que apesar do teatro, são aliados governistas em várias cidades do país; Os canalhas nem mesmo se preocupam em “traduzir” o siginifica a sigla do partido nazista! O problema é que o poder desgasta e corrompe e quem está no poder sofre isso e portanto, ocorre o tal “revesamento” e no Brasil a classe política na verdade é um enorme “centrão” onde pesam muito mais interesses pessoais do… Read more »

Renato Oliveira
Renato Oliveira
7 anos atrás

Prezado F-5, Creio que o texto que o Marcos postou, embora use palavras um tanto fortes (mas não de baixo calão), chama a atenção para um problema sério. Abrindo um parêntese: para aqueles que não sabem como funciona o meio acadêmico entre os pesquisadores, é mais ou menos assim. O pesquisador escreve um projeto de pesquisa, que deve passar pelo crivo de seus pares. Caso o projeto receba o ‘ok’ dos pares, aí segue para a execução. Essa ‘peer revision’ (revisão pelos pares) acontece, inevitavelmente, em algum momento antes do começo da pesquisa propriamente dita. Nenhuma instituição séria permite que… Read more »

Vader
7 anos atrás

Os amigos já disseram tudo.

Texto do post: LIXO!

Texto do Marcos: Perfeito.

Nada mais a dizer, a não ser que está surgindo no Brasil, depois de décadas de “vergonha velada”, um verdadeiro conservadorismo.

E o PT é diretamente responsável por isso, ao trair aquela classe média que votou nele na primeira eleição do Lula.

Novidades vem por aí. Não é para agora, mas a próxima década verá surgir a verdadeira direita brasileira. Aquela que nos salvará do comunismo bolivariano, e nos levará adiante.

Marcos
Marcos
7 anos atrás

Analisando a coisa do ponto de vista teórico: supondo um governo de esquerda ou de direita, em que ambos sejam idôneos, o segundo leva vantagem por ser mais eficiente. Há problemas no modelo capitalista? Sim, há! E ai entra o Estado regulando.

F - 5
F - 5
7 anos atrás

Renato Oliveira disse: 26 de setembro de 2013 às 9:54 Fazendo uma síntese do que você sabiamente falou e do que outros também falaram, na academia ser de direita é colocado de escanteio, reacionário, entre outros. Aqui no blog, ser de esquerda é motivo de esculhambações e outras ofensas. Eu sou de esquerda e prego um equilíbrio entre as duas forças. Não vejo a direita como demônios, satãns e outros. Apesar de hoje está levemente afastado da academia, sei que é verdade o que você falou. Caracas, essa ofensa mútua atrapalha tudo! Quando vejo falarem aqui em comunismo me sinto… Read more »

Vader
7 anos atrás

F – 5 disse: 26 de setembro de 2013 às 13:19 Caro F-5, o senhor é de esquerda e jamais foi desrespeitado aqui, até onde tenho recordação. Porque o senhor se dá ao respeito. Quanto a essa história de que não existe mais comunismo, tenha dó da minha inteligência, por gentileza? Porque ou você está de má-fé (quero crer que não), ou não conhece seus próprios “cumpanheiros” de esquerda. Detalhe: quem está a falar contigo sobre isso é um ex-comunista de carteirinha (fase mais tenebrosa da minha vida). Portanto, pare de tentar nos tapear com essa historinha de que “o… Read more »

F - 5
F - 5
Reply to  Vader
7 anos atrás

Vader disse: 26 de setembro de 2013 às 13:25 Nobre Lorde: Eu particularmente não fui ofendido diretamente, mas o que vejo é que, se a pessoa é de esquerda e posta aqui, alguns (não o senhor) descem a lenha. E, se um dia partirem com impropérios diretamente a minha pessoa, pode ter certeza que não responderei. Aqui é um ambiente democrático, cada um fala o que pensa. Creia-me: sinceramente (posso estar falando besteiras do tamanho do mundo) não acredito e não vejo a possibilidade de instalação do regime comunista no Brasil. Não vejo mesmo. Posso estar redondamente enganado, mas não… Read more »

Rafael M. F.
Rafael M. F.
7 anos atrás

Bom, temos uma imprensa e um judiciário atuantes o suficiente para inibir qualquer tentação ditatorial da esquerda aqui no Brasil. Nesse ponto estou tranquilo. Dificilmente viraremos uma Venezuela, ou uma Argentina, ou uma Bolívia. O que vemos é um partido de esquerda sofrendo um desgaste natural de poder e usando de todos os expedientes para nele se manter. E isso inclui largo uso do estado. E sim, a universidade é a última trincheira do que há de mais retrógrado em termos de ideologia. Isso é mais evidente nos cursos de ciências humanas. Justamente os que formam aqueles que irão nos… Read more »

giltiger
giltiger
7 anos atrás

Interessante descobri aqui que o Eixo Alemanha-Itália-Japão eram potências de esquerda e a segunda guerra mundial começou num quebra pau do eixo de esquerda com outra potência de esquerda a URSS… Os EUA só entraram na confusão depois da derrota dos croissants franceses e da ameaça aos ingleses… Tem cada uma… Nazismo é de esquerda e como tinha trabalhadores no nome do Partido do Füher o PT no Brasil também é um partido nazista… E o PDT, o PT do B e o Partido Trabalhista inglês ??? Direita no Brasil é DEMOCRATAS e a sigla está se desmantelando pelo peso… Read more »

Observador
Observador
7 anos atrás

Rafael M. F. disse: 26 de setembro de 2013 às 14:07 Judiciário e Imprensa isentos?! Onde?! A imprensa chapa branca, a soldo pago pelas administrações petistas, está aí a todo o vapor, denegrindo a imagem de qualquer que tenha a ousadia de levantar a voz contra o governo mais negativo e deletério dos últimos sessenta anos da história do Brasil. Quanto ao Judiciário, eu inverto uma frase famosa e afirmo: “já não existem juízes em Berlim (Brasília)”. Naquele imenso forno de pizza na praça dos três poderes (tudo no diminutivo) chamado STF, já gestaram a forma de livrar a cara… Read more »

Observador
Observador
7 anos atrás

giltiger disse: 26 de setembro de 2013 às 19:16 Pois é. A história é uma coisa chata, não? Você pode não gostar, mas foi bem por aí. Fato: foi num partidinho dos trabalhadores que começou a maior guerra da história. Foi um partido dos trabalhadores que pariu o ovo da serpente. Não tente deturbar isto. Depois, do ovo nasceu o pesadelo nazista. É bom dizer que os nazistas que nunca tiveram ideologia de direita; aliás, não tinham era ideologia alguma. Não conseguiam sequer gerir as economias dos países conquistados. Não se preocupavam com estas bobagens de “economia de mercado”. O… Read more »

Sniper
Sniper
7 anos atrás

Kkkkkkkkkkkkk… O III reich era tao a direita que o homem mais rico da Alemanha fugiu de la com a ascençao de Hitler. o nazismo era tao de Direita que o próprio Stalin considerava-o, em suas próprias palavras, como “o navio quebra-gelo do comunismo”. Mas o tio falou na sala de aula que eram malvadinhos de Direita, entao tem que ser, ne? Ahahahahah

Rafael M. F.
Rafael M. F.
7 anos atrás

Observador disse: 26 de setembro de 2013 às 19:20 “A imprensa chapa branca, a soldo pago pelas administrações petistas, está aí a todo o vapor, denegrindo a imagem de qualquer que tenha a ousadia de levantar a voz contra o governo mais negativo e deletério dos últimos sessenta anos da história do Brasil.” Falou certo. A imprensa chapa-branca, do tipo IstoÉ, Carta Capital e quetais. Do tipo que coloca páginas e mais páginas de propaganda estatal. Mas ainda há gente séria no O Globo, Folha, Veja, Época. Ainda há gente trabalhando e investigando as falcatruas do governo. Não fosse isso… Read more »

Observador
Observador
7 anos atrás

Sniper disse: 27 de setembro de 2013 às 17:31 Eu acho que antes de rir você deveria saber que: – Hitler, após o armistício da primeira guerra integrou o USPD – Unabhängige Sozialdemokratische Partei Deutschlands, um partido COMUNISTA, de início como um infiltrado, mas depois ficou porque gostou da festa; – Hitler era um anticapitalista ferrenho; – Hitler desprezava profundamente a democracia; – Hitler mandou para os campos de concentração os principais apoiadores do capitalismo: 10.000 padres, 200.000 maçons, 6 milhões de judeus (a maioria de empreendedores, de pequenos comerciantes a grandes empresários e banqueiros); – Hitler considerava, ele próprio,… Read more »

Sniper
Sniper
7 anos atrás

Prezado observador:
Conhecia alguns fatos elencados por você e ao menos a mim, depois de tudo(ou do pouco) que já li, não resta a menor dúvida de que o nacional-socialismo e o internacional-socialismo era irmãos siameses. Só não entendi bem o sentido de sua advertência: “antes de rir…”. Ficou parecendo que assimilou minha colocação no sentido de que não considero essas duas pragas como farinha do mesmo saco de lixo tóxico.

Abraços

Observador
Observador
7 anos atrás

Sniper 28 de setembro de 2013 at 18:34 # Caro Sniper: Desculpe, não quis parecer indelicado. Entendi seu comentário, só queria ressaltar oque você falou com a minha “advertência”: queria na verdade mostrar que o comunismo não reconhece o filho deformado que pariu. Ele me lembra o bolivarianismo: um culto das massas a um “grande” líder, que mantém o domínio do povo jogando-o contra um inimigo externo (no caso venezuelano, contra os EUA) e contra um inimigo interno (em ambos os casos, qualquer um que pensasse diferente) e uma leitura distorcida do pensamento de Marx, de forma a atender os… Read more »

Observador
Observador
7 anos atrás

Sniper 28 de setembro de 2013 at 18:34 # Caro Sniper: Desculpe, não quis parecer indelicado. Entendi seu comentário, só queria ressaltar oque você falou com a minha “advertência”: queria na verdade mostrar que o comunismo não reconhece o filho deformado que pariu. Ele me lembra o bolivarianismo: um culto das massas a um “grande” líder, que mantém o domínio do povo jogando-o contra um inimigo externo (no caso venezuelano, contra os EUA) e contra um inimigo interno (em ambos os casos, qualquer um que pensasse diferente) e uma leitura distorcida do pensamento de Marx, de forma a atender os… Read more »

Sniper
Sniper
7 anos atrás

Tudo tranquilo, Observador!

Indelicado mesmo com minha higidez psíquica, foi o “intelequitual” em destaque sordidamente apresentar o tardio ressurgimento da Direita com uma mesa redonda chamada “direita volver?”. Isso sim, merece ser desmascarado.

Saudações

Últimas Notícias

Taiwan testará mísseis Patriot III nos EUA

TAIPEI (Taiwan News) - Os militares de Taiwan em breve testarão mísseis Patriot III no White Sands Missile Range...
- Advertisement -
- Advertisement -