Home Análise Paralisação parcial do governo já afeta setor de defesa

Paralisação parcial do governo já afeta setor de defesa

69
1

James R. Hagerty, Doug Cameron e John W. Miller

The Wall Street Journal

A paralisação parcial do governo americano está causando demissões e afetando a produção de fornecedores da área de defesa e alguns fabricantes.

A United Technologies afirmou ontem que está se preparando para colocar de licença 2.000 trabalhadores de sua unidade Sikorsky, que faz os helicópteros Black Hawk para o Departamento de Defesa, e pode deixar ociosos mais alguns milhares de trabalhadores em suas unidades Pratt & Whitney e UTC Aerospace se a paralisação parcial se prolongar por semanas.

Os funcionários públicos considerados não essenciais começaram a ser licenciados a partir de terça-feira, depois que o Congresso não conseguiu aumentar o limite dos gastos do governo antes do prazo de 30 de setembro. Agora, os cortes estão atingindo os fornecedores do governo e as empresas que prestam serviço para eles.

O impasse piora a situação de fabricantes americanos, já nervosos com a nova lei do sistema de saúde e com a economia vacilante. Depois de atingir um mínimo de cerca de 11,5 milhões de postos de trabalho no início de 2010, o emprego nas indústrias dos Estados Unidos se recuperou para quase 12 milhões em meados de 2012, mas desde então estagnou.

“Todo mundo está numa grande área nebulosa”, disse Lisa Goldenberg, presidente da Delaware Steel, distribuidora de metais sediada no Estado da Pensilvânia. “O que a paralisação parcial está fazendo é diminuir a marcha de uma máquina que já é lenta.”

Na semana passada, sua empresa concordou em vender cerca de US$ 150 mil em bobinas de aço laminado a quente a uma fabricante de contêineres e caixas que tinha contrato com o governo, disse Goldenberg. Mas a ordem de compra foi cancelada nesta semana porque o comprador não conseguiu obter os documentos necessários do governo, disse ela.

A BAE Systems estima que a paralisação parcial do governo pode afetar de 10% a 15% de seus 34.500 funcionários nos EUA. A empresa está pagando-os até o fim de sua jornada de trabalho na semana, mesmo que o contrato de trabalho deles não seja renovado. Ela também se comprometeu a pagar benefícios por até 90 dias a funcionários não sindicalizados atingidos pela paralisação. A empresa disse ter visto um “um impacto muito pequeno” no trabalho supervisionado por inspetores federais.

A fabricante de caminhões e motores Navistar International informou que a paralisação parcial do governo havia interrompido todo trabalho ligado a novos contratos com o Departamento de Defesa e atrasado pagamentos para o trabalho já realizado. À semelhança de outros fornecedores do setor, o negócio de defesa da Navistar tem desacelerado neste ano em resposta à queda das encomendas das Forças Armadas dos EUA. A fábrica de caminhões militares da empresa no Mississippi já está com capacidade ociosa.

A Huntington Ingalls, maior empresa de construção naval da Marinha, está monitorando o impacto potencial sobre seus planos de lançar o porta-aviões Gerald R. Ford em 9 de novembro, assim como os próximos testes no mar de outro navio da Marinha, monitorados por inspetores civis. “Nosso pessoal está lá [trabalhando normalmente]”, disse Mike Petters, diretor-presidente da Huntington Ingalls, que ainda não observou nenhuma ausência dos inspetores. Mas ele alertou que os atrasos podem começar como uma “bola de neve”, se o impasse orçamento continuar por muito tempo.

Na Hamill Manufacturing, de Trafford, Pensilvânia, que fabrica peças metálicas para uma variedade de equipamentos industriais e de defesa, a paralisação parcial do governo está causando atrasos nas embarque de alguns produtos finais, disse o diretor-presidente, Jeff Kelly. Ele acrescentou que o representante do Departamento de Defesa que normalmente autoriza os produtos de uso militar está sem trabalhar por causa da paralisação.

“Temos alguns itens parados no porto neste momento” que não podem ser embarcados até o retorno do inspetor, disse Kelly. A falta de um inspetor pode também atrasar a conclusão de algumas peças. Por enquanto, disse, a Hamill está trabalhando em produtos não militares para manter seus funcionários ocupados.

Apesar das interrupções, Kelly disse que apoiou os esforços de republicanos para usar o impasse do Orçamento como uma forma de tentar forçar mudanças na nova lei de saúde pública do governo de Barack Obama. Ele descreveu essa lei como “um desastre” que já havia aumentado os custos dos seguros de saúde na Hamill.

A Boeing alertou que as entregas do 787 Dreamliner, construídos em sua fábrica na Carolina do Sul, podem sofrer atrasos. Os aviões já concluídos exigem uma autorização final da Administração Federal de Aviação (FAA, em inglês), e os funcionários que a fornecem na fábrica da Carolina do Sul foram licenciados, disse um porta-voz da Boeing.

Sediada em St. Louis, a Arch Coal mudou o treinamento anual de segurança, que ocorreu terça e quarta-feira, da academia da Administração de Segurança de Minas e Saúde, em Beckley, na Virgínia do Oeste, que encontrava-se fechada, para uma de suas próprias minas.

Kim Link, porta-voz da Arch Coal, disse que as empresas de carvão geralmente têm várias licenças de mineração no âmbito estadual e federal. Embora não se espere que licenças estaduais sejam afetadas pela paralisação parcial do governo, as que estão no nível federal podem ser atrasadas, disse.

Na Superior Products, em Cleveland, o vice-presidente executivo Greg Gens disse que estava preocupado com o impacto da paralisação parcial do governo nos portos. A empresa exporta de 30% a 40% de seus produtos, incluindo acessórios e sistemas para transporte de gás natural liquefeito para os tanques de combustível de caminhões e outros veículos.

“Se a nossa capacidade de exportar for afetada por pendências de documentação e inspeções, vamos sofrer um bocado”, disse ele. “Não vai demorar muito para os nossos clientes no exterior começarem a procurar outras pessoas para abastecê-los.”

Muitas empresas disseram que era muito cedo para avaliar o dano potencial. “Ainda não vejo nada”, disse Patrick Gallagher, diretor-presidente da PGT Trucking, uma empresa de transporte de aço sediada em Monaca, Pensilvânia. “Tudo parece estar caminhando. Mas até o final da semana pode acontecer alguma coisa.”

FONTE: Valor Econômico via resenha do Exército

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Wagner Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Wagner
Visitante
Member
Wagner

Existem outras maneiras de se discutir o Obamacare. Aliás, este plano foi aprovado de maneira legal e legítima segundo as regras deles mesmos. Que absurdo é esse agora de chantagear o Obama, e o país inteiro, por causa disso ?? é uma vergonha que um país que se intitule uma democracia, passe por isso : na democracia as vezes se ganham, as vezes se perde. Faz parte. Agora pq os republicanos macarthistas não gostaram da lei, resolveram parar o país ?? Não sabem admitir que perderam ?? Tem que fazer birrinha de criança mimada e ferrar o país deles ??… Read more »