Home Opinião Brasileiro é otário?

Brasileiro é otário?

641
37

Brasileiro palhaço

RODRIGO CONSTANTINO

ClippingSempre que vou aos Estados Unidos retorno com essa questão: somos um povo otário? Afinal, adoramos nos vangloriar de nossa “malandragem”, de nosso “jeitinho”, mas vivemos imersos em um mar de ineficiência, corrupção, carestia e criminalidade. Há malandro demais para otário de menos por aqui.

Os americanos são bobos, egoístas, uns capitalistas insensíveis. Mas vejam que coisa: os serviços básicos funcionam, as estradas são boas, quase todos possuem carros decentes, pelos quais pagaram um terço do valor que nós pagamos, e podem andar com vidros abertos e ter casas sem muros. Que otários!

Ainda bem que somos diferentes, desconfiamos do lucro, dos empresários, e delegamos ao papai Estado todo nosso destino. Temos agora até universidade marxista voltada exclusivamente para o trabalhador, para não deixá-lo “alienado”, e sim um camarada “politizado”, engajado na luta pela justiça social. Somos muito melhores!

Temos um governo metido nos piores escândalos de corrupção, mas ainda favorito para mais um mandato em 2014. A economia não cresce, paramos de gerar empregos, a inflação continua alta demais, cada vez mais gente depende de esmolas estatais, a carga tributária sobe sem parar, mas ninguém parece se importar. A Copa vem aí, e somos a pátria de chuteiras.

Após oito anos, os mensaleiros finalmente foram presos, mas ainda tentam vender a imagem de injustiçados. Um deles recebe amplo apoio dos artistas e “intelectuais” da esquerda caviar, pois teria um currículo louvável (comunista por acaso pode ter passado digno de aplausos?) e não teria roubado para si próprio. O outro se compara a Mandela.
E o PT faz evento oficial para defender os bandidos presos e atacar o STF, ao lado de uma presidente da República conivente, passiva, cúmplice. Alguém pode imaginar isso nos Estados Unidos? Claro que não. Eles não são tão compreensivos e cordiais como nós.

Estive em Miami e Orlando. Só brasileiro, nem preciso falar. Estamos por toda parte, comprando e comprando. “Consumistas burgueses”, diria um típico comuna. “Classe média fascista”, diria Marilena Chauí. Mas que mal há em desejar pagar um terço do preço que se paga no Brasil pelos mesmos produtos? Compram em Miami os que não são ricos a ponto de poder comprar no Brasil.

“Ah, mas é preciso financiar a justiça social”, alegam os esquerdistas. Ora, o governo americano é a polícia do mundo (felizmente), e nós precisamos de um governo ainda maior em termos relativos? Haja esmola, para pobre e para rico (BNDES).

Sem falar que, no Brasil, reina o culto do pobrismo. As esquerdas amam a miséria, não os pobres. E odeiam os ricos mais do que “amam” os necessitados. Não existem abutres sem carniça, não é mesmo?
O Brasil realmente testa nossa paciência. A impressão digital do governo inchado está em todas as cenas do crime, mas eis que boa parte da população pede, como solução para nossos males, mais governo! Seria cômico, não fosse trágico.

Mas é véspera de Natal, e não quero estragar a ocasião. Quero até aproveitar a oportunidade e fazer meus pedidos a Papai Noel. É verdade que ele tem toda pinta de marxista: usa roupa vermelha, distribui presentes pagos por terceiros, e coloca outros para fazer o trabalho pesado enquanto fica com a fama de bondoso. Não importa. Faço minha lista, na esperança de ser atendido:

1. Que o povo brasileiro possa acordar em 2014 e ter o bom senso de evitar um destino trágico como o da Argentina ou da Venezuela para nosso lindo país.
2. Que o funk não seja mais visto como “apenas” uma forma artística diferente, tão boa quanto música clássica ou ópera.
3. Que a doutrinação marxista nas nossas universidades chegue ao fim e que cada vez mais alunos e professores tenham a coragem de se rebelar contra tal covardia.
4. Que a hegemonia de esquerda na política nacional seja finalmente vencida e que algo NOVO possa surgir como alternativa.
5. Que esses ecochatos e politicamente corretos arrumem algum passatempo individual e nos deixem em paz para vivermos de acordo com nossas preferências pessoais.
6. Que todos aqueles que conseguem defender a ditadura cubana em pleno século 21 resolvam abandonar a hipocrisia e comprar uma passagem só de ida para a ilha-presídio caribenha.
7. Que os brasileiros passem a ler mais, de preferência bons livros.
8. Que todos aqueles que querem “salvar o mundo” antes arrumem o próprio quarto.
9. Que todos lembrem de que solidariedade é algo voluntário, não compulsório, via impostos dos outros.
10. Que nosso povo seja menos “malandro”, como os americanos.
Feliz Natal.

FONTE: O Globo – 24/12/2013

Subscribe
Notify of
guest
37 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
fabioCrescenti
fabioCrescenti
6 anos atrás

Excelente!!!

Compartilhado.

Blind Man's Bluff
Blind Man's Bluff
6 anos atrás

Feliz Natal!

pco-andrade
pco-andrade
6 anos atrás

onde há malandragem em dizer que existem armas químicas e invadir um país soberano? por exercer direitos, prerrogativas? Isso não é malandragem, é maldade.

Sou brasileiro, nem otário, nem malandro.

Sou honesto, trabalhador, funcionário público, e quero ver um país melhor para meus filhos, família e amigos. E todo o povo.

Que há coisas que devem ser mudadas neste país não há dúvidas, não fecho os olhos pra isso não, mas nem tudo que há lá fora é melhor que aqui…

Feliz Natal à todos que fazem a trilogia! Tanto de um como do outro lado do computador.

Observador
Observador
6 anos atrás

E vai piorar muito antes de melhorar.

O “Efeito Orloff” está de volta. E com força total.

ernaniborges
ernaniborges
6 anos atrás

pco-andrade 25 de dezembro de 2013 at 10:55 # “Sou honesto, trabalhador, funcionário público, e quero ver um país melhor para meus filhos, família e amigos. E todo o povo.” Concordo e acrescento: Trabalho desde os 16 anos (hoje estou com 49), só de caserna tenho 22 anos de bons serviços prestados, com uma ficha disciplinar imaculada. Mesmo estando de férias, preocupei-me em ir ao quartel para auxiliar meu substituto, menos experiente, na execução de rotinas administrativas. Não furo filas, respeito as Leis, normas e regulamentos, devolvo troco recebido a mais (mesmo quando sou confundido como um otário). Enfim, educo… Read more »

nunes neto
nunes neto
6 anos atrás

Concordo com quase tudo que esta escrito, esse país é muito injusto, com que trabalha, e estuda anos para conseguir coisas melhores!Me sinto roubado quando vejo os valores dos carros e demais bens de consumo em outros paises, me sinto roubado todo mês quando vejo quanto o imposto de renda desconta em meu cotra cheque, e quanto recebo em troca….têm algo errado com esse país, pela quantidade de impostos que pagamos,deveriamos ter serviços de primeiro mundo e NÃO temos, porquê TUDO é mais caro no Brasil?

Marcos
Marcos
6 anos atrás

1) Não há qualquer correlação entre impostos e riqueza. Há países que pagam poucos impostos e são ricos. Há países que pagam muitos impostos e são ricos. E há o reverso para ambos os casos. O problema é que aqui não pagamos tão poucos impostos e não há retorno algum. E já que o articulista tocou no assunto dos carros: sim, eles pagam 1/3 do que pagamos por carros de melhor qualidade. Mas alguns detalhes: a renda deles é muito maior; e eles trocam de carro em média a cada oito anos, enquanto nós a cada quatro, tudo por conta… Read more »

Marcos
Marcos
6 anos atrás

2) Há excesso de pessoal dentro do setor público. Em 2003 havia perto de 830 mil funcionários no serviço público federal, hoje há 1,24 milhão, ou seja, 400 mil pessoas a mais para fazer a mesma coisa. Tem Ministério com gente se acotovelando. Tudo para fazer a mesma coisa. Idem nas FFAA.

Leonardo Crestani
Leonardo Crestani
6 anos atrás

Problema é que não existe mais no Brasil partidos comprometidos com o Brasil, e sim com os bolsos, sinceramente não tenho esperança em PT, PSDB e outros, só tenho saudades do governo militar onde o governo amava a pátria!

Feliz Natal

Marcos
Marcos
6 anos atrás

“Verás que um filho teu não foge à luta…”

Menos, menos, bem menos.
Por que você acha que o Brasil mandou apenas uma Força Expedicionária à Itália durante a Segunda Grande Guerra?
Respondo: Teve muito filho que fugiu à luta!

Marcos
Marcos
6 anos atrás

Leonardo Crestani

Acho que nunca tivemos paridos comprometidos com o Brasil. E o problema é esse. É tudo uma questão cultural.

Marcos
Marcos
6 anos atrás

Observador

“E vai piorar muito antes de melhorar.
“O “Efeito Orloff” está de volta. E com força total.”


Em 1994, aquela famosa dívida externa brasileira foi renegociada por vinte anos, sendo os papéis posteriormente substituídos e renegociados, renegociados, mas aqueles vinte anos acabam justamente o ano que vem, ou seja, a partir do ano que vem, apesar das re, re, re, renegociações, eles começam a se acumular e vencer.
Orloff? Acho que vai ser cachaça a 99,99º!

aldoghisolfi
aldoghisolfi
6 anos atrás

E complemento o artigo: além de malandros, somos engraçadinhos, somos muito ‘dados’ pois costumamos, por exemplo, bater pandeiro e zabumba quando entramos nos aviões para vôo internacional. É que temos certeza de que as pessoas ficam adorando o jeitinho brasileiro de ser. Nunca vão pensar que somos mal-educados. Mais, os americanos não nos vêem como otários, não… ficam impressionados com a nossa cultura e o ‘nosso’ sonho de consumo de ir até Austin para cultuar a tradição, voltando com mais um canivete pendurado no cinto. O europeu nos vê bem direitinho, como nós somos queridos e integrados, até mesmo quando… Read more »

Oganza
Oganza
6 anos atrás

Respondendo a pergunta: Brasileiro é otário? Sim. Somos culturalmente OTÁRIOS, somos tão otários que nos vestimos na pele de esperto, de malandro, complacente, tolerante, etc … etc … para “tapar” o sol com a peneira e esconder de nós mesmos nossa condição de BEÓCIOS. O pior mesmo é quando vejo brasileiros depois de artigos como o do post, dando exemplos de que o “resto” pode ser assim, mas “EU NÃO”, fiz ou faço isso e aquilo, educo meus filhos para assim, assado e cozido…. afff. ESSA sim é a postura do BEÓCIO clássico, é postura do BEÓCIO OBTUSO como o… Read more »

pedro oliveira
pedro oliveira
6 anos atrás

Excelente!
E vai uma pedrada da minha indignação. Brasileiro é otário mesmo. Pelo menos grande parte.

ernaniborges
ernaniborges
6 anos atrás

Quem faz da pátria o que ela é, somos todos nós. Vivemos num universo multifacetado e cada um veste a carapuça que lhe servir… Da minha parte, não me julgo otário e nem tampouco “ESPERTO”. Tenho porte de arma e por ofício, a porto, estando sempre pronto a me defender e a meu próximo. O poder não me transformou num bípede ruminante que só enxerga o próprio umbigo. A palavra menos importante numa coletividade é “EU”. Quando pararmos de pensar e agir apenas para satisfazermos o nosso “EU” para pensarmos e agirmos como uma “NAÇÃO”, então seremos fortes. Seremos inteligentes… Read more »

Sniper
Sniper
6 anos atrás

Parabéns pela precisão cirúrgica, Oganza!
Só aproveitando o mote: brasileiro não foge somente à luta. cuida logo de fugir ao tema mesmo.

pco-andrade
pco-andrade
6 anos atrás

Então caro Oganza, utilizando sua definição de mundo, em branco, preto e cinza, como é o mundo do autor do artigo aí em cima?

Branco? Em outros lugares é preto no branco? Aqui é cinza.

É assim que funciona?

Abs.

pco-andrade
pco-andrade
6 anos atrás

Só um link que trata da qualidade quanto ao tipo de jornalista com o qual estamos perdendo tempo debatendo:

http://revistaforum.com.br/blog/2013/11/miriam-leitao-rodrigo-constantino-e-reinaldo-azevedo-emburrecem-o-pais/

Sniper
Sniper
6 anos atrás

Pco andrade,

Ainda não encontrei a parte desse texto postado por voce em que a “Verdade revelada ao mundo” pelo Criador consegue banir Rodrigo Constantino dos quadros da carreira jornalística, eventualmente por algum crime hediondo cometido com seu teclado.
Nao observei qualquer mençao no texto que possibilite sua autoconsagraçao como “última palavra no assunto”, de forma a sentenciar o jornalista em apreço – com essa autoridade pretoriana que voce julga possuir qualquer detrator virtual.

Oganza
Oganza
6 anos atrás

Caro pco-andrade, Como é o mundo do altor eu não faço a menor idéia rsrs, mas com certeza não é cinza, e se vc percebeu, não concordei nem discordei dele, me ative a responder a pergunta do post, por uma ótica mais libertária por assim dizer. E por falar em responder a pergunta, ele não o fez, pelo menos não da forma contundente com que intitulou o seu texto, o que talvez fosse o mais honesto de sua parte. O dito autor não disse nada de novo meu caro, falou, comparou e finalizou com com sua tentativa de “humor ácido”.… Read more »

Wagner
Wagner
6 anos atrás

KKKKKKKK daí caserna, já encerraram a sessão de informática hoje ?? Então beleza, digam aos superiores que vc já fizeram sua parte em admirar os USA e o Regime Militar por hoje, agora, que tal um bolinha no campo ??? Choora Direita, choora…. E antes que me digam que eu sou um esquerdista… Eu só sou contra o uso deste blog para a divulgação de neuras políticas, e discordo totalmente dos Editores : o Terrestre não anuncia ser um blog político de Direita, não seria mais sábio anunciar que é de Direita ?? Ou que tal criar um quarto blog… Read more »

Sniper
Sniper
6 anos atrás

É… Se havia alguma dúvida de que brasileiro é OTÁRIO, esta ja foi definitivamente dirimida…rsrs

Sniper
Sniper
6 anos atrás

É… Se havia alguma dúvida de que brasileiro é OTÁRIO, esta ja foi definitivamente dirimida…rsrs

giltiger
giltiger
6 anos atrás

Caro OTÁRIO Rodrigo Constantino que tal na PRÓXIMA vez que fores aos EUA não consideres deixar de ser otário e fiques por lá mesmo. Se o teu discurso PIG é para justificar a necessidade urgente de derrubar a “quadrilha petralha” e colocar o Aécio Never e o Joaquim Braboza no poder… Sinto muito mas parece que o serviço móvel marítimo já anunciou que um TSUNAMI de votos em áreas antigamente SEM MÉDICOS do país onde a direita brasileira e seus diletos filhos DOUTORES não queriam ir e nem trabalhar está se levantando no horizonte para afogar todas as pretensões PIG… Read more »

ernaniborges
ernaniborges
6 anos atrás

“Marcos 26 de dezembro de 2013 at 15:22 # “Verás que um filho teu não foge à luta…” Menos, menos, bem menos. Por que você acha que o Brasil mandou apenas uma Força Expedicionária à Itália durante a Segunda Grande Guerra? Respondo: Teve muito filho que fugiu à luta!” Sim. Claro que nenhuma Nação é constituída somente de heróis. Há covardes aqui também. Mas o problema que houve é o mesmo de sempre. O Brasil não estava preparado para enviar à Europa sequer um pelotão para o combate. Se não fosse a ajuda dos EUA, nem Força Aérea teríamos. Não… Read more »

aldoghisolfi
aldoghisolfi
6 anos atrás

WAGNER: quantos anos tens?

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

A contra-prova, começamos a olhar para baixo da lamina d’água do iceberg:

http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,contas-e-ajustes-no-mane-garrincha-vao-consumir-r-1507-milhoes,1112971,0.htm

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

Contra prova II:

Dinheiro para o SUS, hospitais, remunerar e requalificar professores, ter escolas decentes não tem, mas:

http://www.valor.com.br/financas/3381358/bc-perde-quase-r-8-bi-com-operacoes-de-swap-em-novembro

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

Tem que ler os textos, não vale só os títulos, tem que ler tudo ….

Renato.B
Renato.B
6 anos atrás

Não nego os problemas e concordo que temos muito a aprender com eles: gosto do cientificismo, adoram medir, testar e se preparar, enquanto gostamos de chutar; um sistema de governo mais descentralizado e centrado na responsabiidade do indivíduo também faria maravilhas por aqui.

Mas não somos americanos e se fosse para seguir um modelo acho os canadenses bem mais legais.

Mas se vamos nos tornar um povo melhor o essencial será descobrirmos nosso próprio caminho. Na boa, essa dor de cotovelo do autor em não ser americano enche o saco e pode ser resolvida por imigração.

Baschera
Baschera
6 anos atrás

Se os brasileiros tivessem muita grana… ricos mesmo…. a metade iria embora e deixariam de ser otários !

A outra metade já foi….. deixando de ser otário.

Ficaria só o Gilberto ……

Sds.

Oganza
Oganza
6 anos atrás

Baschera

Ficaria só o Gilberto ……

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Sniper
Sniper
6 anos atrás

Baschera ainda me mata! Huahuahuahuah
uahuahuahuahuahuahua