domingo, outubro 24, 2021

Saab RBS 70NG

Exército monta base atrás do Itaquerão

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

EB no Itaquerão
Oficiais do Exército trabalham em terreno ao lado do Itaquerão / Mauricio Maranhao/Diario SP

Por: Luciano Trindade
Especial para o DIÁRIO

ClippingSe você não conseguiu um ingresso para assistir a um jogo da Copa no Itaquerão, nem pense em alugar um helicóptero para ver a partida pelo alto. O DIÁRIO flagrou ontem o Exército brasileiro montando uma base para a defesa do espaço aéreo do estádio e de seu entorno.

Nenhuma aeronave não identificada poderá sobrevoar o perímetro a ser estabelecido pelo Exército. O esquema contará com uma bateria antiataques aéreos, armada com mísseis capazes de atingir um alvo a 5 Km de distância.

A base, que vem sendo construída por agentes do próprio Exército, fica bem ao lado da arena, atrás da arquibancada norte. Uma posição bastante privilegiada. Tanto que será usada também como heliponto para o desembarque das autoridades que frequentarão o Itaquerão durante a Copa.

O esquema de segurança aérea consta nos Boletins Informativos do Exército, que atestam a compra de equipamentos de defesa aérea da empresa sueca Saab. Os modelos fornecidos, denominados RBS 70, serão instalados em todas as 12 cidades-sede do evento.

Além disso, de acordo com funcionários que trabalham na segurança interna do Itaquerão, desde segunda-feira agentes de polícia de vários países estão estudando a região de Itaquera, na Zona Leste, a fim de planejar os esquemas de proteção ao local para o Mundial.

Em uma volta rápida no entorno do estádio, foi possível notar também um grande efetivo da Polícia Militar já fazendo a segurança do local, embora a Copa não tenha começado.

segurança bilionária/ De acordo com o governo federal, foi investido R$ 1,9 bilhão em segurança pública para a Copa do Mundo, incluindo a compra de equipamentos e o treinamento de oficiais.

Ao todo, um efetivo de 157 mil homens e mulheres das Forças Armadas brasileiras fará parte da segurança das cidades-sede durante a competição.

Segundo o Ministério da Defesa, serão mobilizados 24 aviões supertucanos, dez caças F5, três aviões-radares, 11 helicópteros e 29 aeronaves de apoio de operação. Eles vão ser utilizados na segurança do espaço aéreo brasileiro.

FONTEdiariosp.com.br

- Advertisement -

5 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bosco Jr
Bosco Jr
7 anos atrás

Toda a estrutura estatal de um país se mobilizar por conta de jogo de bola.

Tenha dó!

Aqui em Brasília amanheceu cheio de garotos de 17 anos magrelos dentro de uniformes e capacetes gigantes, segurando fuzis desproporcionais.
Obs: Nessas horas que acho que o fuzil ideal para nossas forças armadas seria o Tavor, ou melhor ainda, o FN2000.

Tomara que esses “garotos” armados não façam nenhuma besteira.

Leonardo Pessoa Dias
Leonardo Pessoa Dias
7 anos atrás

Bosco, pergunta de ignorante: o FN2000 não possui um alcance e precisão inferiores ao novo fuzil da Imbel?

Bosco Jr
Bosco Jr
7 anos atrás

Leo, Ambos possuem canos de diferentes comprimentos e o IA2 ainda tem a opção dos dois calibres (5,56 e 7,62 mm). Não acho que os dois fuzis (FN2000 e IA2) no calibre 5,56 tenham desempenho balístico diferentes não. Claro, na dependência de terem canos de comprimento similar. Vale salientar que embora seja mais curto, os fuzis “bullpups” são geralmente mais pesados. Na verdade o comentário que fiz foi mais de brincadeira. rsrsrsss Gosto do IA2! É que uma grande parte de nossos conscritos são meio que fracotes e o FAL fica meio que avantajado. rsrsss Hoje eu vi alguns que… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr
7 anos atrás

Agora, esteticamente, os bullpups são fantásticos. rsrsrsss
O FN2000 então…

Colombelli
Colombelli
7 anos atrás

Os bullpups enganam muito. Parecem ter cano mais curto mas não é assim. Acabam sendo de mesmo comprimento ou até maiores. Mais do que o comprimento do cano, o passo de raiamento é fator fundamental da precisão/alcance. A munição padrão da OTAN em calibre 5,56, tem melhor desempenho com passo de raiamento na faixa de 280mm. Desde que os canos sejam de mesmo tamanho, usando-se a mesma espécie de pólvora ( há pólvoras para cano mais longos e mais curtos) e com mesmo passo de raiamento, o mecanismo diverso de operação não interferirá. Bosco, o pior é que estes garotos… Read more »

Últimas Notícias

Recife (PE) sediará a nova Escola de Formação de Sargentos do Exército

O CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO INFORMA: Na 339ª Reunião do Alto Comando do Exército, realizada de 18 a...
- Advertisement -
- Advertisement -