Home Guerrilha As FARC: Guerrilha colombiana iniciou hoje cessar-fogo unilateral e ilimitado

As FARC: Guerrilha colombiana iniciou hoje cessar-fogo unilateral e ilimitado

657
7

farc

ClippingO movimento de guerrilha colombiana FARC iniciou hoje um cessar-fogo unilateral, considerado um passo fundamental nas negociações de Paz com o governo, mas rodeado de incertezas, com a guerrilha a ameaçar quebrá-lo caso seja atacada pelo exército.
“Hoje, o cessar-fogo unilateral e ilimitado das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) começou. Espero que se torne bilateral e definitivo, para assim podermos por fim a uma guerra que dura há mais de 50 anos”, afirmou o presidente colombiano Juan Manuel Santos, numa cerimónia em La Guajira, no nordeste do país.

Juan Manuel Santos, que em declarações anteriores qualificou o cessar-fogo como “um gesto positivo na direção certa”, acrescentou ter esperança que o gesto possa facilitar as negociações de Paz que decorrem em Havana, Cuba.

Numa mensagem divulgada antes de o cessar-fogo começar, as FARC saudaram a postura de Juan Manuel Santos, e pediram-lhe que “não se atravesse no desejo das pessoas em conhecerem o seu país sem o barulho de bombas e de armas de fogo”.

As FARC fizeram saber que, sob cessar-fogo, só irão combater, se forem atacados primeiro.

O movimento de guerrilha FARC declararam cessar-fogos no Natal nos últimos dois anos, mas este é o primeiro sem data de término.

As conversações de paz, que decorrem desde final de 2012 em Havana, já permitiram acordos parciais sobre desenvolvimento rural, combate ao tráfico de droga e participação da guerrilha na vida política após um acordo geral.

Após a conclusão do capítulo sobre as compensações às vítimas, permanecem por abordar o fim efetivo do conflito e as modalidades de ratificação de um eventual acordo de paz global.

O conflito na Colômbia, que envolveu o exército, as guerrilhas marxistas das FARC-EP e do guevarista Exército de Libertação Nacional (ELN), paramilitares de extrema-direita e bandos criminais com ligações ao narcotráfico provocou nos últimos 50 anos, segundo os números oficiais, mais de 220.000 mortos e cinco milhões de deslocados.

Fundadas na década de 1960 na sequência de uma rebelião camponesa contra a contínua repressão governamental, as FARC permanecem a mais importante força de guerrilha em atividade, com pelo menos 8.000 combatentes sobretudo disseminados nas áreas rurais.

FONTE: www.rtp.pt/Lusa

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
tadeumar
tadeumar
5 anos atrás

Conversa para boi dormir.

Essa “guerrilha” nao passa de uma organizacao criminosa, que sobrevive com o dinheiro do narcotrafico.

A idelogia que os motivou a formar as FARC (treinada pelos comunistas de Cuba), se evaparou nos anos 70/80.

A solucao para o problema se chama Napalm.

Blackhawk
Blackhawk
5 anos atrás

Não vai ser feito post sobre o acontecimento histórico da semana passada, com o levantamento dos embargos à Cuba??

Blind Man's Bluff
Blind Man's Bluff
5 anos atrás

“O senhor acha a Polícia Civil eficiente? O modelo de segurança pública hoje no Brasil é arcaico e ultrapassado. Devemos seguir o exemplo de outros países. Não interessa se a polícia é civil ou militar. Ela deve ter um contingente que faça o ostensivo e outro que faça a investigação, uma polícia única. Essa divisão que temos no Brasil é prejudicial e danosa à sociedade. A integração que todo mundo almeja só acontece nos escalões superiores.” Interessante entrevista com Coronel Meira: http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,o-estado-nao-controla-os-presos-e-fracassa-no-combate-as-drogas,1610226 É o que sempre dissemos e a maioria discordou. Não importa se a Policia é Militar ou Civil,… Read more »

Vader
5 anos atrás

Ou seja: pediram arrêgo.

Cana pros bandidos pés de chinelo. Vala pros líderes.

Sem mais.

Vader
5 anos atrás

Blackhawk, embargo algum foi levantado: o que houve foi o restabelecimento de relações diplomáticas, algo natural entre nações que não estão tecnicamente em guerra. Só o Congresso Americano tem poder para derrogar os atos de Kennedy. Barack Obama não tem poder para tanto. E num Congresso em que seu partido é minoria e num tema que é tabú até entre democratas, é altamente improvável que consiga “desembargar” a ilha-prisão dos genocidas Castro. Cuba continua embargada comercialmente pelos EUA (o que também significa pouca coisa, dado que o mundo tem quase 200 países além da América pra Cuba vender seus charutos);… Read more »

Leonardo Pessoa Dias
Leonardo Pessoa Dias
5 anos atrás

Copo meio vazio, né Vader?

😉

tadeumar
tadeumar
5 anos atrás

O Raul Castro ja advertiu ao Obama que nao intefiram com o seu regime.

Essa latrina chamada Cuba e uma pedra no sapato. Eles foram os responsaveis por incitar e treinar todos os movimentos subversivos e guerrilheiros na America Latina.

Deveriam deixar de existir…..