Home Noticiário Internacional Estados Unidos devem deslocar 150 veículos blindados para a Europa visando a...

Estados Unidos devem deslocar 150 veículos blindados para a Europa visando a crise na Ucrânia

450
13

EAS M1A2 tanks arrive in Grafenwoehr

ClippingOs Estados Unidos planejam colocar até o fim do ano que vem cerca de 150 tanques e veículos blindados na Europa para uso de forças norte-americanas que treinam na Europa como parte da resposta do país à crise na Ucrânia, de acordo com um comandante do Exército norte-americano.

Alguns dos tanques e veículos –o suficiente para equipar uma brigada armada– poderiam ficar “pré-posicionados” na Polônia, na Romênia ou nos países bálticos, afirmou o comandante das Forças Armadas dos EUA na Europa, Ben Hodges, em uma entrevista por telefone à Reuters de Wiesbaden, na Alemanha.

Os Estados Unidos e seus aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) reforçaram o Leste Europeu e aumentaram os exercícios para tranquilizar novos membros da aliança que ficaram nervosos devido ao que enxergam como assertividade dos russos. A Rússia nega qualquer atividade agressiva.

Hodges espera que a contribuição dos EUA para a operação, conhecida como “Operation Atlantic Resolve”, continue durante 2015 e 2016.

Manter equipamentos suficientes na Europa para uma brigada blindada dos EUA evita que tropas norte-americanas tenham que levar seus próprios aparelhos e dispositivos quando forem fazer exercícios militares na região.

A iniciativa também significa que os equipamentos estarão disponíveis se os Estados Unidos precisarem reforçar o Leste Europeu rapidamente em caso de emergência.

“Até o fim de 2015 teremos todos os equipamentos para uma brigada pesada, isso significa três batalhões, um esquadrão de reconhecimento, quartéis de artilharia, engenheiros, e tudo ficará na Europa”, disse Hodges.

“Estamos falando de cerca de 150, talvez 160 tanques M1, veículos de combate M2 Bradley, 24 morteiros autopropulsionados”.

Nenhuma decisão foi tomada ainda sobre onde os veículos blindados serão mantidos.

Hodges espera que pelo menos um terço deles seja mantido em centros de treinamentos norte-americanos na Alemanha. Os EUA poderiam considerar distribuir alguns dos equipamentos a um país báltico, à Polônia ou à Romênia, se isso fizer sentido estratégico e se o país quiser.

Os EUA reduziram a presença de suas forças na Europa desde a Guerra Fria. Agora, cerca de 30.000 tropas estão lá, mais um pequeno número de membros da Força Aérea, do Exército e da Marinha, disse Hodges.

Apesar de pressões orçamentárias, Hodges espera que soldados norte-americanos em bases da Europa permaneçam em suas posições atuais no momento.

Hodges acredita que há um risco de que os separatistas russos no leste da Ucrânia, onde um acordo de cessar-fogo foi estabelecido, mas que tem sido quebrado regularmente, poderiam lançar uma nova ofensiva no primeiro semestre.

FONTE: Terra/Reuters

13
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
Carlos Alberto SoaresClaudio MorenoClaudio DonitzRequenaGBento Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Lá se foi o sonho de quem pensou um dia que Holanda Bélgica ou até mesmo a Suécia poderia vender ao EB os seus Leopard 2 estocados….

CM

Ivan
Membro
Member
Ivan

“–o suficiente para equipar uma brigada armada–” No original em inglês deve estar escrito ‘armored brigade’, fazendo referência a atual formação do US Army chamada Armored Brigade Combat Team (vamos chamar apenas de ABCT – os yankees adoram isso). Acredito que uma tradução menos literal, porém mais ajustada a realidade, seria ‘brigada blindada’. O exército americano andou fazendo uma nova reestruturação, de novo 🙂 . As ABCT substituem as HBCT, ou seja Heavy Brigade Combat Team, que eram um menores e mais dependentes. O organograma abaixo linkado pode ajudar: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/50/ABCT.png Alinham agora 3 (três) batalhões de armas combinadas, cada um… Read more »

Ivan
Membro
Member
Ivan

Eventuais erros de tradução certamente foram cometidos pelo Terra, que reproduziu o original em inglês da Reuters.

Ivan
Membro
Member
Ivan

Amigos, Encontrei uma interessante descrição de um ‘Combined Arms Battalion’: http://16thinfassn.org/wp-content/uploads/2014/03/20-Current-CAB.jpg Cada companhia de carros de combate é formada por 5 oficiais e 59 praças, montados em 14 M1A2 Abrams, certamente 3 pelotões de 4 ‘tanques’, mas um par para o comando da subunidade. Cada companhia de infantaria blindada é formada por 5 oficiais e 131 praças, montados em 14 M2A2 Bradleys, certamente 3 pelotões de 4 VBCIs, mas um par para o comando da subunidade. A companhia de comando (HQ & HQ Company) é formada por 28 oficiais e 201 praças, com 3 M3A2 Bradley e 5 LRAS3 para… Read more »

GBento
Visitante
GBento

Sendo leigo no assunto, não sei se é cabível, mas gostaria de ver uma comparação entre a relação de oficiais x praças numa cia infantaria blindada (não sei o nome exato no EB) do US Army e o EB.
E lógico, já me desculpo antecipadamente caso eu tenha falado uma grande besteira.

Ivan
Membro
Member
Ivan

Amigos editores,

O site do AEREO está com algum problema?

Sds.,
Ivan.

Requena
Visitante
Requena

Fato: A milicada dos países europeus tá feliz da vida com a volta do “fantasma russo”.

O que vai ter de governo revendo investimentos em defesa para os próximos anos…

Claudio Donitz
Visitante
Claudio Donitz

Existe uma solução para o Abrams.

Chama-se Kornet.

Fez um estrago com os Abrams iraquianos.

Carlos Alberto Soares
Visitante

Caro CM

Os Leo 2 estão reservados para retrofit, se forem para outro país, esse chama-se Polônia.

Poderíamos comprar com preços melhores o estoque de Leo 1 do Chile, manda-los para a Alemanha e retornar OK como os Leo 1A5, em nosso TO fronteiriço, grande ganho.

Abraços

Carlos Alberto Soares
Visitante

CM

Se tiverem mais Guepard que possam vir nas condições que nos entregaram, as Baa’s agradecem.

Além de poder dar certa proteção a coluna de tanques, no nosso TO fronteiriço, putz …………

Claudio Moreno
Visitante
Claudio Moreno

Bom dia a todos,

Carlos Alberto, eu concordo plenamente contigo em genero, numero e grau. Tanto no aspecto dos Leopard 1A5 e os Gepard.

CM

Carlos Alberto Soares
Visitante

Claudio Moreno

Caro colega, obrigado …….. Gepard !

Parece que tem ainda estocados, vou pesquisar.

Como esse equipo saiu do protocolo da OTAN, com certeza os Alemães farão bom negócio.

Acrescentando que tu sabes que o trabalho dos Alemães é grau máximo de eficiência e seriedade.

Que venham mais Leo 1A5 (Chile/todos) e todos Gepard.

Impõe respeito e assusta.

Lembrando que a KWU está se instalando no RS e a MTU já está aqui a dezenas de anos.

Abraços

Carlos Alberto Soares
Visitante

Amigos, sei que é tarde ……… da noite ……..

Mas o PA “está fora do ar” …………

Abraços