Home História Rússia denuncia tentativa de revisar história da Segunda Guerra Mundial

Rússia denuncia tentativa de revisar história da Segunda Guerra Mundial

1136
28

red_army_soldiers_raising_the_soviet_flag_on_the_roof_of_the_reichstag_berlin_germany

Os intentos de reescrever a história da Segunda Guerra Mundial se tornam mais fortes hoje no mundo, denunciou o vice-ministro russo das Relações Exteriores Vassili Natenya depois de uma visita de dois dias a Cuba na última semana.

As manobras para revisar a história da segunda guerra mundial e seus resultados estão sendo feitas há muito tempo, declarou o vice-ministro à agência Prensa Latina.

Agora se busca tergiversar as decisões do Tribunal de Nuremberg que definiu claramente quem foram os libertadores quem foram os criminosos na conflagração mundial, destacou.
Uma das mentiras mais claras consiste em equiparar o nível de responsabilidade da Alemanha com o da União Soviética ao deflagrar a Segunda Guerra Mundial, sublinhou o diplomata, que viajou a Cuba para participar em consultas entre as duas chancelarias em formato ampliado.

Ademais, tenta-se diminuir o papel do povo soviético na vitória durante a Segunda Guerra Mundial, que deu aos povos da Europa a possibilidade de eliminar o horror fascista, afirmou.

Alguns políticos chegaram a afirmar que a citada vitória levou as nações europeias à subjugação, em vez de libertá-las, o que é uma barbaridade, expressou.

A correta educação das novas gerações não pode ser em absoluto subestimada, advertiu.

Nós e os países que compartilham nossas posições vamos fazer todo o possível para que o ocorrido na Grande Guerra Patriótica, seus heróis e mártires nunca sejam esquecidos, declarou Netenya.

Funcionários do governo polonês consideraram em um recente ato em homenagem às vítimas do Holacausto que os prisioneiros do campo de concentração de Auschwitz foram libertados pelo exército ucraniano.

Na realidade, o primeiro exército ucraniano era integrado por militares russos, bielorrussos, armênios, quirguises, tajiques e também ucranianos que faziam parte do Exército Vermelho soviético.

FONTE: Prensa Latina

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wagner
Wagner
5 anos atrás

Eu li que quase 80 % da Wermacht foi destruida pelo Exército Vermelho. Alguns historiadores dizem mesmo que a Segunda Guerra foi um Confronto Alemanha x URSS, sendo os demais cenários secundários, dada a ferocidade e a magnitude dos combates da frente oriental. Sendo assim, é ridiculo querer reescrever a historia e negar o papel da URSS noo conflito, deixando toda a glória para ” o soldado Ryan” . A onda histérica anti-russa que se alastra pelo ocidente, alimentada por Washington, é absurda e apenas tem o objetivo de justificar a política externa dantesca da Casa Branca. Agora Washington ja… Read more »

eparro
eparro
5 anos atrás

Olha lá quem reclama de “reescrever-se ” a história!

Pois é, como é que se questiona um especialista.

Bem, cada um lê o que quiser.

Vader
5 anos atrás

Ah claro, o Pacto Ribbentropp/Molotov é uma ficção jurídica. O massacre da Floresta de Katin também, é só uma lenda. A União Soviética foi o pior império do mal do séc. XX. Muito, mas muito pior que o nazismo. Aliá, se não fosse as tropas nazistas terem destruído a maior parte da infraestrutura soviética no começo da Operação Barbarrossa e estaríamos possivelmente até hoje na Guerra Fria. Reescrever a história? Reescrever a história é tentar colocar os russos como vítimas, quando de vítimas eles não tem é nada! Tiveram o que pediram para ter! Que o digam os poloneses… E… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr
5 anos atrás

Engraçado que em relação aos revisionistas do Holocausto os russos se calaram. Não existe verdade absoluta! O que existe são pontos de vista, que é nada mais, nada menos, que a vista a partir de um ponto. Todo livro de história tinha que indicar o autor e deixar claro que é segundo a visão dele ou que reflete a versão de um determinado segmento da sociedade. Eles lá na Rússia que contem sua versão da história. De acordo com eles o imperialismo americano e o colonialismo inglês não foi absolutamente nocivo. Pois é direito dos americanos acharem que Stalin foi… Read more »

Oganza
Oganza
5 anos atrás

Wagner, pense no seguinte: As maiores batalhas da Wermacht assim como suas maiores derrotas(?) foram no front oriental, mas: Pq a Wermacht não conseguiu manter sua linha de suprimentos até lá? Pq os reforços, a aviação, o combustível, os tanks, a munição, roupas apropriadas não chegavam? – Simples, pq a Alemanha estava sobre uma Blitz de bombardeios aérios pelo front ocidental e não conseguia mais produzir e abastecer seus 3 fronts. – E sim, eram 3 fronts, pois temos que considerar que o Norte da África e a Itália eram o terceiro front de Hitler, que por sua vez tinha… Read more »

Oganza
Oganza
5 anos atrás

Lord Vader e Mestre Bosco, como de costume, perfeitos. É tudo uma questão de ponto de vista e talvez o melhor seja o das populações que ficaram no meio de tudo… esses são os melhores relatos do que cada lado fez ou deixou de fazer. E quando quizerem analizar por um viez político, seria muito salutar encherga-lo pelo ponto de vista dos ditos “Neutros” da época, pois eles viviam “avaliando” como se portar em caso de um ou outro lado sair vencedor, e são quem mais possuem uma visão externa mais acurada dos eventos. Os relatos Suíços, Suécos, Finlandeses, Gregos… Read more »

Kojak
Kojak
5 anos atrás

A culpa é dos Judeus, como sempre.

eparro
eparro
5 anos atrás

Só mais umas coisinhas sobre a WW II:
– Comboios de Murmansk;
– o Corredor Persa e
– a Rota do Pacífico

Para quem gosta de ler e de pensar, vale a pena conhecer.

PS: Para os “russófilos” Реквием каравану PQ-17 de Valentin Pikul.

edcarlos prudente
edcarlos prudente
5 anos atrás

Sabem o motivo do campo de concentração de Auschwitz esta tão bem conservado até hoje? A resposta é simples, a URSS tratou de limpar o campo e deixa-lo operacional imediatamente. Este campo ficou funcionando por anos, mesmo após o fim da segunda guerra. De santo a URSS não teve nada no início, meio, ou no fim da segunda guerra. O grande herói da segunda guerra na Europa não foi o saldado ‘Ryan’, foi o soldado do exercito vermelho. As grandes batalhas no leste foram decisivas para acabar com o ímpeto ofensivo dos nazistas. Foi nas grandes batalhas em Moscou, Stalingrado… Read more »

Gardusi
Gardusi
5 anos atrás

Essa posição russa por si só já mostra a realidade dos fatos. Eles querem continuar obrigando as pessoas a aceitarem somente a versão deles.

Vader
5 anos atrás

O mais curioso de tudo é que se Hitler não tivesse sido militarmente estúpido de atacar a URSS teria um aliado fiel na figura de Stálin, que acreditava piamente que o nazismo era só uma corrente do socialismo. E aí? Será que os russos de hoje pensam no que poderia ter sido a luta aliada com uma Alemanha Nazista abastecida pela matéria-prima soviética? Será que eles imaginam uma vitória aliada se não houvesse um front leste para desviar as tropas da Wermacht do desembarque no dia D e os meios da campanha de bombardeios aéreos. Isso se os russos não… Read more »

Khan
Khan
Reply to  Vader
5 dias atrás

Stalin era um genocida, paranóico, autoritário e cercado de bajuladores. Esse era seu único ponto em comum com Hitler dirigir um Estado totalitário. Vc foi absolutamente infeliz ao colocar o nazismo como uma corrente no socialismo, crê na terra plana tbem?

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
5 anos atrás

Wagner, se não fosse o capital economico e industrial do ocidente, principalmente dos EUA e Inglaterra, a princípio, o exército vermelho não teria meios logísticos para se defender. Depois, morreria de fome, logo após boa parte da população “soviética”. A maior colaboração da antiga URSS foi na contagem dos mortos, no capital humano. Porque a URSS não tinha dinheiro para uma guerra contra a Finlândia, que dirá a Alemanha. E só para finalizar, a URSS desviou muito do dinheiro vindo do ocidente para realizar “seus feitos” tecnológicos no fim da guerra. Além de usar esse dinheiro para reconstruir o país… Read more »

Vader
5 anos atrás

Bem lembrada a invasão soviética à Finlândia neutra, sem falar nos países bálticos. Deve ser outra lenda “ocidental”…

Pangloss
Pangloss
5 anos atrás

Wagner, você ainda nos escreve do Brasil, ou já está cerrando fileiras no exército russo, a 430 dólares por mês?

Kojak
Kojak
5 anos atrás

“Vader
10 de fevereiro de 2015 at 20:28 #”

Caro Lord

E os USA ? Combinaram com ele ?

Esse desenho iria ficar recortado …………. de Bomb’s Nuc, certo ?

Com a ajuda da GB certamente.

Wellington Góes
Wellington Góes
5 anos atrás

A Rússia deveria se envergonhar dos dirigentes que teve na época da 2a Guerra Mundial, não a toa os nazistas foram saudados como libertadores quando a Polônia (se não me falha a memória) foi invadida pela Alemanha de Hitler Uma coisa é defender a história da Rússia como um todo, o sacrifício de seu povo contra atrocidades como a de Hitler, outra coisa é ainda cutuar os atos atroz dos líderes da antiga União Soviética, em especial às atrocidades feitas por Lenin e Stalin. Todo regime ditatorial, seja de direita ou esquerda, facista, nazista ou comunista, são prejudiciais para o… Read more »

tadeumar
tadeumar
5 anos atrás

Se Hitler tivesse esperado uns 2 anos antes de iniciar a invasao da Polonia, a Alemanha teria sido completamente vitoriosa. Eles (nazistas), estavam cozinhando a bomba atomica, desenvolvendo misseis balisticos, e comecando a produzir os jatos de combate. Hitler cometeu enormes erros estrategicos por nao escutar a opniao e o os conselhos de seus generais. O erro mais estupido da historia militar germanica, foi Hitler nao permitir que o General Von Paulus recuasse o VI Exercito e a 4 Divisao Panzer durante o inverno, e voltar na primavera para liquidar com o exercito vermelho. A Alemanha era tecnologicamennte mais avancada,… Read more »

Luis
Luis
5 anos atrás

Wagner 10 de fevereiro de 2015 at 12:40 “Eu li que quase 80 % da Wermacht foi destruida pelo Exército Vermelho. Alguns historiadores dizem mesmo que a Segunda Guerra foi um Confronto Alemanha x URSS, sendo os demais cenários secundários, dada a ferocidade e a magnitude dos combates da frente oriental. Sendo assim, é ridiculo querer reescrever a historia e negar o papel da URSS no conflito, deixando toda a glória para ” o soldado Ryan.” Sim, a URSS destruiu cerca de 80% da Wehrmacht, mas não foi a única participante, os EUA e a GB lutavam na Europa, norte… Read more »

Oganza
Oganza
5 anos atrás

tadeumar,

As estupidês de Hitler…

Amém todos os dias ha elas. 🙂

Grande Abraço.

Wellington Góes
Wellington Góes
5 anos atrás

Luiz, obrigado pela correção. 😉

tadeumar
tadeumar
5 anos atrás

Caro Luis, Eu disse que os alemaes estavam cozinhando a bomba atomica, justamente por isso. Voce esta certo no que diz respeito a massa critica. Eles so nao chegaram a desenvolver sua arma nuclear, porque a Fisica naquela epoca era um patrimonio intelectual dos judeus, ou seja; os arquitetos das armas atomicas eram predominantemente judeus. Se Hitler tivesse se aliado aos judeus, ao inves de persegui-los, a Alemanha nazista, teria sido a primeira a possuir armas nucleares. Einstein escreveu uma carta a Roosevelt a respeito do perigo dos nazistas desenvolverem sua bomba A, Os EUA foram beneficiados neste campo, porque… Read more »

_RR_
_RR_
5 anos atrás

tadeumar ( 11 de fevereiro de 2015 at 17:53 ), Tivesse Hitler esperado dois anos, é provavel que a SGM não tivesse acontecido, posto que ele poderia perder a oportunidade de lançar-se antes que as defesas européias estivessem consolidadas. Hitler temia que, caso os aliados resolvessem mobilizar os recursos estacionados em suas colônias, suas pretenções se tornassem impossíveis, o que poderia ocorrer a qualquer momento… Os soviéticos, apesar de suas deficiências, também estavam se lançando em um programa de produção massivo que, se fosse efetivamente consolidado, colocaria os alemães em cheque em duas frentes ( afinal de contas, Stalin tinha… Read more »

_RR_
_RR_
5 anos atrás

edcarlos prudente ( 10 de fevereiro de 2015 at 19:38 ), Caro edcarlos, Os soldados aliados também tem a sua parcela de heroísmo, representada realmente em ações dignas do termo… Muitas batalhas que se desenrolaram no oeste foram praticamente tão cruentas quanto as da frente leste. A série de engajamentos nas Ardenas, por exemplo, foram tão intensas quanto as grandes batalhas no front russo. E os alemães cobraram caro pelos caminhos até o seu país, dispondo diante dos aliados algumas de suas forças de elite… Salvo engano, na segunda metade de 1944, cerca de 1/4 do efetivo alemão estava de… Read more »

Delfim
Delfim
5 anos atrás

Não vou entrar em considerações da 2WW pra não desviar do tópico e me tornar prolixo. Vou me ater ao tema do tópico.

Pra mim a questão é que a URSS, depois Rússia, nunca admitiu que necessitou da ajuda aliada. Não se trata tanto do orgulho nacional, mas de propaganda política-ídeológica, a grande Mãe-Rússia depender do capitalismo ???

Mas dependeu, embora admitamos pelo nosso lado, que o material era inadequado e/ou obsoleto : tanques Matilda, caças P-40, por aí… a única coisa que os russos adoravam eram os caminhões e o spam, que realmente não tinham.

Bispo
Bispo
5 anos atrás

Não analisando o fator “nazistas” … incrivel como um único país conseguiu lutar por tanto tempo contra o mundo…

como diz o ditado… “o diabo esta nos detalhes”….

Andre
Andre
5 anos atrás

os EUA lutaram em 3 frentes…supriram 3 frentes!
Apos o DIa D, a Marinha americana fez um desembarque monstruoso no pacifico!
a URSS deu uma sorte fora do comum, quando Hitler mudou as diretrizes da barborssa…..o que deu tempo de stalin recuar!
Se seguisse as normas iniciais da operação, tinha vencido pela desorganização Russa !
Porem, realmente apos 42 Stalin moeu as forças alemas…sem duvidas!

Will
Will
4 anos atrás

Só filhote do tio San aqui. É só ver quantos soviéticos foram vitimas dos nazifascistas, 20 milhões de soviéticos mortos, fora as mulheres estupradas. A frente oriental foi muito mais cruel os soviéticos lutaram sozinhos contra a maior ofensiva da história. Por anos o ocidente nem ligou pra URSS queriam que a Alemanha derrubasse Stalin, só depois que o exercito vermelho começou a vencer as batalhas ai viram uma vantagem em ajudar, como dizia Che não se deve confiar no imperialismo, mais nem um pouquinho. Os americanos depois praticamente imploraram pra ajuda-los na guerra na Ásia. Se os comunistas precisaram… Read more »