Home Sem categoria Exército sírio inicia grande operação terrestre com apoio aéreo russo

Exército sírio inicia grande operação terrestre com apoio aéreo russo

732
3

000_nic6308112

O exército sírio e as forças aliadas iniciaram uma grande operação terrestre nesta quarta-feira, na província de Hama (centro), com o apoio aéreo da Rússia, anunciou uma fonte militar à AFP.
“O exército sírio e forças aliadas iniciaram uma operação terrestre em áreas do norte da província província de Hama com cobertura da Força Aérea russa”, afirmou a fonte.

Exército quer conter revoltas em cidade síria
Exército quer conter revoltas em cidade síria

FONTE: AFP

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
PanglossReinaldo Deprerawwolf22 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
wwolf22
Visitante
Member
wwolf22

Então aquele boato de que a China “despachou” alguns navios com tropas e equipamentos para se juntar a aliança entre Russia, Siria e Iraque eh boato mesmo heh ?!?!

Reinaldo Deprera
Visitante
Member
Reinaldo Deprera

Uma coisa que me chama a atenção no exército Sírio é seu profissionalismo. Há naquele exército muitos familiares de combatentes rebeldes; há também um grande contingente de militares que não se identificam religiosamente e politicamente com o status quo.

No entanto, sem deserções. Extremamente profissionais.
Sem dúvida essa demonstração de profissionalismo do seu Exército é que provê ao Governo atual o seu maior capital político. Na minha opinião, não haveria mais Assad naquele governo se não fosse esse profissionalismo.

Save Ferris!

Pangloss
Visitante
Pangloss

Reinaldo,

Estou completamente de acordo com seu comentário.

Veja o contraponto com a situação iraquiana, que, com apoio massivo dos EUA, fogem do EI como a polícia corria dos cangaceiros.

Na Síria, estão lutando contra todas as circunstâncias, sem que Moscou fizesse por merecer o status de aliado – a não ser pelos fatos mais recentes.

Ressalvo, contudo, a atuação contra a população civil síria.