Home Sem categoria 4ª Bda C Mec realiza Operação Guaicurus

4ª Bda C Mec realiza Operação Guaicurus

813
60

4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada realiza Operação Guaicurus - FOTO EB1

A Operação teve por objetivo realizar a avaliação operacional da estrutura organizacional da Brigada, com a dotação dos meios tecnológicos do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON), no cumprimento de missões no amplo espectro dos conflitos, considerando as funções de combate movimento e manobra, inteligência, comando e controle, fogos, proteção e logística.

Participaram da operação nove Unidades subordinadas à 4ª Bda C Mec, totalizando 723 militares e 123 viaturas. Além disso, uma comitiva de quarenta capitães-alunos da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército do Paraguai acompanhou toda a Operação.

Durante a atividade, também foi realizado o tiro das armas coletivas, com o Carro de Combate M60 A3 TTS e com obuseiros, morteiro pesado e Metralhadoras MAG e .50.

Os resultados obtidos com a atividade servirão de subsídios para propostas de revisão de manuais de campanha, cadernos de instrução e outras publicações doutrinárias do Estado-Maior do Exército.

FONTE/FOTOS: 4ª Bda C Mec

60
Deixe um comentário

avatar
60 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
14 Comment authors
Claudio MorenoJuarezWellington GóesMauricio R.Vader Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Lyw
Visitante
Member
Lyw

Off Topic:

Armata na linha de montagem

https://www.youtube.com/watch?v=pzZOTsLbYM4

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Pra quem tiver tempo, creio que é a mais completa matéria feita sobre a família Armata, pena estar em Russo, mas dá pra ver bastante coisas interessantes.

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

Lyw,
Já instalaram o radar com 98 km de alcance, o canhão de 30 mm e o canhão de 152 mm?
rrsrsssss

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Bosco, essa informação eu deixo com os moradores do Mundo Mágico da Rustlântida.

Eu, que vivo na terra, nada sei a respeito.

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

Quando alguém (eu, inclusive) alegava que um MBT não podia ter um radar antiaéreo com 100 km de alcance (e nem precisa de um) e que a informação não passava de uma dentre muitas sputinices, era praticamente apedrejado. Já faz 6 meses e até agora estou esperando o radar com 98 km de alcance e mais outras cositas. Pra variar os russófilos fingem que não defenderam com unhas e dentes essa imbecilidade de radar em um MBT e como não é de praxe dessa turma amalucada, eles não se retratam e nem se desculpam. Conversar com um russófilo é como… Read more »

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

O Armata se mostrou uma família de veículos de combate em sintonia com o que há de melhor no mundo e como é de praxe dos russos em relação aos carros de combate, recheados de sistemas sofisticados, mas está longe de ser o que os fãs mais exaltados (russófilos??? rsrss) tanto aguardaram, que era um veículo que simplesmente iria redefinir o conceito de carro de combate e iria colocar o Ocidente de joelhos. rsrrss O T-14 é só um avançado MBT e nada mais. Como característica inovadora só a “cabine” separada do canhão (o que nem é uma característica tão… Read more »

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

são = seus.

cvn76
Membro
Famed Member
cvn76

Algumas informações sobre o vídeo postado pelo amigo Lyw. Depois de alguns copos de vódka, segue algumas informações úteis. Em geral são informações bem vagas, mais feitas para o publico leigo…..coise importande não é publicada por motivos obvios. O principal: 1. Em teste, o tanque atingiu 100km/h descendo uma ladeira no asfalto. 2. Um recruta só precisa de um mês para aprender a dirigir o tanque. 3. O tanque mesmo sendo automatico, possui 8 niveis de marcha para a frente e 8 de ré. 4. O tanque possui 4 sistema de proteção A. Material e cor da pintura impede de… Read more »

cvn76
Membro
Famed Member
cvn76

Esquecí de falar:

No T-15 (BMP) a porta foi feita mais larga para que 2 soldados possam sair juntos ao mesmo tempo em vêz de um de cada vêz.

edcarlos prudente
Visitante
edcarlos prudente

“cvn76

18 de outubro de 2015 at 8:03

….o motorista estava tão emocionado em participar da parada que se atrapalhou todo com os comandos do tanque; para evitar um acidente o comandante resolveu frear o veiculo.”

Falha humana outra vez! Bem que poderia ser assim: o motorista estava tão bêbado que se atrapalhou todo com os comandos do tanque.

Saudações!

Ivan
Membro
Member
Ivan

Sugestão:
Deixar os comentários sobre os Armata para uma matéria sobre os Armata.
Sds.,
Ivan, o ‘chato’.

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Ivan, meu conterrâneo!

Eu até procurei uma matéria do Armata, mas faz tempo que saiu a última sobre ele(s), então escolhi uma matéria que ninguém ainda tinha comentado.

Ivan
Membro
Member
Ivan

Lyw,
Tudo bem.

Apenas acredito que o vídeo que vc indicou poderia ser o “moti” para uma nova matéria. Mas aí é com nossos amigos editores.

Nesta matéria há questões interessantes a tratar, como a participação de 40 capitães-alunos do Exército Paraguaio.

Abç.,
Ivan, o “chato”. 🙂

joao.filho
Visitante
Member
joao.filho

Rsrsrs!!! Adoro ver a rapaziada aqui, ridicularizando ao maximo blindados russos state of the art, novinhos de fabrica, enquanto nao temos capacidade de nem sequer produzir sequer um MBT leve. Ainda andamos nas peças de museu M-113 e M-60, e quando aponto para isso, ficam aqui argumentando do alto patamar nosso… Muito bem, Russia!!! La sim, se pesquisa, projeta e depois fabricam centenas, milhares de unidades, formando divisoes blindadas de verdade, somadas a helicopteros de ataque, S-300, indantaria mecanizada em vehiculos modernos. Enfim, grupos de batalha de verdade. Mas ja sei, por falar a dura verdade, serei taxado de russofilo.… Read more »

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

Não sei se você é russófilo ou não, mas um requisito essencial para sê-lo você parece que tem, que é não conseguir interpretar corretamente ou honestamente o que lê, e não de modo a melhor decodificar o que o interlocutor quis dizer.
Onde alguém aqui “ridicularizou blindados russo”?
Se se referi ao meu comentário, eu ridicularizei as fontes que diziam inverdades e absurdos sobre os blindados russos e até pode dizer que eu ridicularizei aqueles que cegamente acreditam nessas fontes.

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

referi = refere.

Ivan
Membro
Member
Ivan

Há muito o que escrever sobre os ARMATA. Mas não aqui, em uma matéria sobre o EB, sua cavalaria mecanizada e blindada, bem como o intercâmbio com paraguaios, nossos vizinhos de fronteiras abertas. O conceito da Brigada Mecanizada no EB é singular. Consegue combinar blindados sobre lagarta e blindados sobre rodas em uma grande unidade coerente, mantendo a homogeneidade de meios dentro das unidades. É uma grande unidade, Brigada, adequada a guarnecer largas frentes (ou fronteiras) pela velocidade e mobilidade estratégia dos seus meios mecanizados, preservando o poder de impacto (ação de choque, bem como mobilidade tática da sua unidade… Read more »

Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Boa noite Senhores!

Usando a “giria” das moçada:

_ Pô na boa, vamos falar do tópico!

Armata o “crlh”!

Muitos reclamam da falta de matéiras e exposições das atividades a fim de nossas FFAA.
Quando acontece uma de boa envergadura…sai das ” trevas do teclado” um para desviar o foco do tema e as demais “Marias vão com as outras” engolem o caldo!

Porra aí é de foller!

CM

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Claudio Moreno e Ivan, Tudo que fiz foi postar um vídeo, informado de antemão que o conteúdo não tinha relação com o tópico. Algo que é praticado pelos mais diversos leitores, a muito tempo e que é uma forma muito interessante de compartilhar informações que compreensivelmente o sítio ainda não pôde publicar. Este é um espaço onde normalmente me sinto à vontade, tirando uma vez ou outra quando uns e outros dão chiliques. De qualquer modo, acredito que vocês têm todo o direito no protesto, inclusive total liberdade de fazerem os comentários pertinentes ao tema que consideram adequados. Para finalizar… Read more »

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Continuando…

(…) Possam fazê-lo.

Faltou esse pedacinho hehehehe…

Saudações.

Ivan
Membro
Member
Ivan

Lyw,

Primeiramente o vídeo é ótimo.
Apenas meu ‘russo’ está meio enferrujado… ka ka ka. 😉

‘Segundamente’ foi ótima sua iniciativa de publicar o vídeo sobre um tema que é instigante hoje em dia.

‘Terceiramente’ apoio sua sugestão de publicar o vídeo como matéria própria para discussão sobre os Armata.

Finalmente peço desculpas se fui grosseiro, mas minha intenção era trazer o debate para o eixo do tema da matéria que tem informações importantes.

Forte abraço,
Ivan Ivanovich.

Vader
Membro
Trusted Member

É, de fato, o M-60 é um carro tão ruim que o Exército de Israel utiliza até hoje quase um milhar deles… Deve ser porque ele é um artigo de “museu”… Parabéns ao EB por botar os M-60 para ralar. Doutrina se constrói assim, não com desfile de carros. Bem que o Exército poderia atualizar os M-60 A3TTS que estão em reserva e montar uma Bda Cav Bld em Roraima, pra dar um calor no Pajarito. Quanto à presença dos paraguaios, não gosto desse tipo de exibição. Mas no caso em particular estamos tão à frente deles em matéria de… Read more »

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Sem prblemas Ivanovich, o Russo 😀

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Vader 19 de outubro de 2015 at 9:51

Concordo com você Lord, só coloco um porém, o M-60 foi um excelente Carro de Combate, hoje tudo depende muito do cenário de emprego que se tenha em mente.

Em tempo segue o link do vídeo de parte de um regimento de M-60 sauditas destruídos (massacrados) na fronteira com o Iemen, as cenas são de dar dó (espero que esse vídeo cause menos polêmica que o anterior heheheh):

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ePib-l8Tdes

Ivan
Membro
Member
Ivan

Carros de combate no fundo de um vale, cotas mais altas para montar emboscadas, não há viaturas de infantaria, portanto não havia infantaria escoltando blindados…

Tudo indica que um esquadrão de tanques M60 Patton entrou em uma ravina sem reconhecimento anterior, sem infantaria e sem cobertura de artilharia.
Caiu em uma emboscada.

Aí, meu velho, tanto faz Patton ou Abrams,
vira tudo sucata.

Em tempo.
Como confirmamos que esta cena é no Iemen.

Abç.,
Ivan.

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Ivan,

Pelo menos o título em Árabe (com uma ajudinha do google tradutor) fala de um combate contra os Houthis em Ma’rib, no Yemen.

Sem sombra de dúvidas houve algum erro enorme por parte dos sauditas.

Aos 0,30s dá pra notar um blindado de transporte sobre rodas destruído, como o vídeo tem alguns cortes, provavelmente quem filmou e/ou editou, deu preferência em mostrar os M-60 destruídos. Assim acredito que tinha alguma infantaria acompanhando o esquadrão.

Isto não muda o fato de provavelmente ter sido uma emboscada que massacrou o esquadrão.

Saudações.

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Cont.

O blindado a que me referi parece ser um TPZ Fuchs.

https://en.wikipedia.org/wiki/TPz_Fuchs

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Os sauditas/GCC tem se mostrado absolutamente incompetentes em combater os rebeldes Houthis, no Iemen.

Vader
Membro
Trusted Member

É amigos, por mais bem armada e apoiada que seja uma tropa há algumas coisas que apenas a infantaria resolve.

Me parece ser o caso do vídeo do Lyw.

Lyw: o M-60 ainda é um grande carro de combate. E particularmente para a nossa realidade de país pobre, falido e fud. é uma excelente arma.

Claro que eu preferia um Merkava IV, ou um M1. Mas já ficaria extremamente contente se o EB fizesse uma visitinha ao Tio Jacó e atualizasse seus M-60 para o padrão Sabra III:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sabra_(tanque)

Ivan
Membro
Member
Ivan

Ou então uma olhada no M60-2000 Main Battle Tank da General Dynamics Land Systems (GDLS), que tem financiamento do FMS.
https://en.wikipedia.org/wiki/M60-2000_Main_Battle_Tank

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Qualquer o upgrade escolhido removam a torreta do comandante, segundo a Wikipedia (em inglês) sob certas condições de combate ela “pula fora” de seu lugar e é difícil de ser fechada com rapidez.
Além do que a sua remoção, ajudaria na redução da alta silhueta deste veículo.

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Investir milhões em um carro para ser destruído por um missil chinelo de US$ 200.000,00? No video acima, se fosse qualquer carro o resultado não seria muito diverso. Prefiro quantidade e simplicidade, pois o que se faz com um M-60 um M1 ou um Armata não faz muita coisa mais em campo de batalha, ainda mais quando o adversário não usa carros de alto desempenho. Com o preço de um M1 novo eu mobilio um esquadrão com M60 A3 TTS. Os russos estão fazendo uma enorme burrada abrindo mão do conceito que sempre usaram da simplicidade e quantidade em detrimento… Read more »

Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Boa tarde Senhores, Inicialmente desejo seguir o mesmo caminho do colega Ivan. Claro que fui mais ácido mas ainda assim não foi minha intenção ofender ou tolir a liberdade dos amigos em temas adicionais e que tem a ver com o que discutimos: “tecnologia e emprego de material de defesa”. Meus mais sinceros pedidos de deculpas! Bem os senhores já comentaram praticamente tudo o que penso e que muitos cavalarianos também compartilham como pensamento: O CC M-60A3TTS é um carro útil para nosso TO, podendo fazer frente a quase qualquer ameça do continente, excetuando-se os Leo2 do Chile. A recente… Read more »

BrancoF-16
Visitante
BrancoF-16

dentre as forças armadas o EB pelo menos no que desrespeita aos meios blindados e em relação ao nosso T.O me parece a força mais equilibrada da 3 posso estar engano mais é o que me parece.

Quanto ao M60 e ao Leopard me agrada ambos.

Rafael M. F.
Visitante
Member
Rafael M. F.

Fecho com a rapaziada, e trago uma anedota do tempo da IIGM.

Os alemães capturaram um T-34 intacto – que era a espinha dorsal do exército russo – e enviaram para Berlim para análise. Após terem desmontado e analisado cada parafuso do tanque russo, os alemães concluíram que jamais seriam capazes de construir algo paecido…

…porque jamais passaria no teste de qualidade!

Os russos produziram 75.000 T-34 de 1941 até 1945.

Como comparativo, os alemães produziram 1.355 Tiger I, 6.000 Panther e 983 Tiger II

A lição disso tudo: aparelhos simples e fáceis de manter.

Tô junto com o M-60!

cvn76
Membro
Famed Member
cvn76

@Claudio

O problema da Venezuela é com a Guiana Inglesa.

Vader
Membro
Trusted Member

Exatamente.

Cláudio, se o homem do “Pajarito” se engraçar na Guiana Francesa, que ao contrário da Guiana (Inglesa), que é um país independente (embora pertença à Commonwealth), é território ultramarino da França, toma uma bomba atômica na cabeça.

Sds.

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Vader 21 de outubro de 2015 at 8:56

Hahahahahaha…

Ele verá pajaritos delta-canards espalhando pedacinhos de pajaritos sukhois.

Sobre os M-60, o EB fez sua opção por investir nos Leopards 1A5, que é superior ao velho guerreiro Patton. Diante das muitas necessidades dessa força, acho muito difícil o EB investir em unidades extras do M-60. Toda a sua estrutura logística foi montada para atender os tanques de origem alemã.
Vamos usar os que temos até o osso e depois aposentá-los.

Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Bom dia Senhores! Bem vamos por partes como diria Jack Estripador: CVN76: Hummmm acho que o Maduro está com penimba também com os franceses… Lyw, você tem razão em partes…de fato o EB priorizou o CC Leopard1A5 como MBT de nossas fileiras. Já quanto a afirmação de o CC Leopard1A5 ser superior ao CC M-60A3TTS ela dever ser reavaliada, pois ambos são praticamente iguais em termos técnicos. Como ex-cavalariano e cavalariano de coração eternamente, entendo que o CC Leopard1A5Br tem vantagens tais como ser mais baixo, termos um parque montado pelo fabricante no País e serem infinitamente menos rodados que… Read more »

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Claudio Moreno 21 de outubro de 2015 at 11:20 Concordo com você quanto à disponibilidade de M-60 no mercado, embora dificilmente se encontrem atualmente unidades em boas condições como as compradas no final dos anos 1990. Quando falo de superiodade do Leopard 1A5 sobre o M-60A3TTS me apoio em três aspectos: 1 – O Leopard 1A5 tem melhor blindagem; 2 – O Leopard 1A5 tem melhor mobilidade (relação peso – potência); 3 – O Leopard 1A5 tem um moderno sistema de controle de fogo, o EMES 18, derivado do EMES 15 do Leopard 2. Estes 3 aspectos, em minha opinião,… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

“3 – O Leopard 1A5 tem um moderno sistema de controle de fogo, o EMES 18, derivado do EMES 15 do Leopard 2.” Não vejo aonde isto indique uma clara vantagem do blindado alemão. O controle de tiro do M60A-3TTS é estabilizado, tem sensor de vento, computador balístico em estado sólido, telêmetro laser e qndo introduzido o sistema de imageamento termal era superior ao do M1 da época. Já a presença da KMW no Brasil, mais me parece uma prevenção por parte dos alemães, de que o EB não vá repetir o episódio do sistema antiaéreo “Roland”, não vá tentar… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

O EB está em um “bico de sinuca” porquê necessita de mais CC porém não existem mais CC Leopard1A5 disponíveis na Alemanha, pode

Os Leo 1A1A1A adquiridos á Bélgica antes dos A5 alemães não poderiam ser elevados ao mesmo padrão???
Não que eu seja lá mto fã de arrumar serviço p/ a operação brasileira da KMW fazer, mas é melhor eles trabalhando em algo do nosso interesse; do que bancando o “pastor alemão” dos veículos no inventário do EB.

Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Boa tarde Maurício,

Muito boa a sua pergunta!

Os CC Leopard1A1 Belgas em operação poderiam sim ser elevados ao padrão A5BR, masssssssssss os alemães donos do projeto precisariam aprovar o Upgrade e eles não estão dispostos à fazê-lo. Apontaram a alternativa de adquirirmos CC Leopard’s 2A5 da Bundswher que seriam atualizados na unidade de SM/RS. Não são nada bobos né!

Quanto a equivalência dos CC mencionado, eu já indiquei e volto a fazê-lo, abaixo segue artigo sobre ambos CC e assim nós derimimos as dúvidas do “achismo”.

http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/M60LEO1.pdf

Um forte abraço a você MR

CM

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Obrigado, Claudio!!!

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Disponibilidades dos Leo 1A5: Turquia e Grécia.

Claudio, como o M-60 foi imposto? ao que me consta nunca pretendemos adquirir dos EUA qualquer outro tipo de carro.

Ja os belgas foi compra de oportunidade.

E podem prestar os 1A1 ainda bons serviços nos RCB desde que sejam disponibilizados em quantidades corretas e não so os 45 disponiveis ( seriam necessários 84 carros). Nem há necessidade de up grade

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

“…como o M-60 foi imposto? ao que me consta nunca pretendemos adquirir dos EUA qualquer outro tipo de carro.”

Imposto no sentido de barrar mais compras de material excedente europeu, diminuindo a influência americana no EB.

Existe um caso clássico disso, mas entre franceses e americanos.
A AA pretendia adquirir 350 jatos Sud-Aviation Vautour, os americanos aproximaram-se do governo francês e lhes ofereceram 210 F-84, capazes de executarem quase que as mesmas funções que a aeronave francesa, através do MAP.
Resultado, a indústria francesa forneceu a AA somente 140 aeronaves das 350 pretendidas.

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Maurício, mas tinha outros excedentes europeus na época disponíveis?

Que vantagem teriamos ter adquirido mais material europeu ao invés do M-60? Material por material o M-60 é superior ao Leo 1A1 e não teria os problemas logisticos que este teve.

Que vantagem teria o governo dos EUA se o material é de segunda mão?

Se isso ocorreu na época, por que não se repetiu com o Leo 1A5?

Juarez
Visitante
Juarez

Eu fico realmente impressionado com o discuros que “uzamericanu nusimpuseru”. Pelo amor de Deus,quando é que vocês para com esta blenorragia ideológica. Se não fosse pela boa vontade do Tio Sam nós estaríamos de Sherman e M 41B ainda, ou vocês na época não lembram que estavmos recem saindo do caos econômico e eram os primeiros tempos do plano real e este blindados vieram via FMS quase de “grátiz”… OS Leo 1A1 Belgas tem sistemas de tiro de origem Belga e foram modificados por lá e segundo eu fiquei sabendo os demais veículos que estão na reseva estão bastante comprometidos… Read more »

Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Senhores bom dia! Colombelli: Bem vamos lá ver se consigo me fazer entender quando disse “imposto pelos EUA a compra do CC M-60A3TTS… O governo FHC desejando melhorar suas relações com o Washington aceitou a compra via FMS do lote do referido carro. Na época não foi somente o EB quem teve que engolir o material americano a contra gosto (já explico o termo contra gosto), digo isto porque a MB também precisou aceitar New Port, quem conhece meu amigo Marcelo “Ostra” MO, pode perguntar a ele lá no PN. Porquê digo contra gosto: O EB já vinha estudando a… Read more »

Wellington Góes
Visitante
Member
Wellington Góes

Meio Off Topic

Lembram do exercício logístico que o EB fez para levar um M60 A3TTS à Roraima? Pois bem, agora foi a vez de trazer ao Amapá o Astros 2020.

http://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2015/10/grupamento-do-exercito-brasileiro-faz-treinamento-na-fronteira-do-amapa.html