Home Blindados Projeto Guarani – Dez Anos

Projeto Guarani – Dez Anos

928
2

Guaranis

Brasília (DF) – O Projeto Guarani completa 10 anos. Para fazer um balanço desse período e apontar caminhos para o futuro, o Exército realizou, nos dias 13 e 14 de outubro, no Quartel-General (Brasília/DF), o Seminário de Lições Aprendidas do Projeto Guarani. Com a participação dos agentes e especialistas envolvidos na sua implementação, o evento foi uma oportunidade para a construção de um amplo diagnóstico da atual situação do Guarani, como forma de fundamentar as estratégias que deverão ser adotadas a partir de agora.

O Projeto Guarani, cujos objetivos incluem transformar as organizações militares de Infantaria Motorizada em Mecanizada e modernizar as de Cavalaria Mecanizada, é um dos grandes eixos norteadores do processo de Transformação do Exército Brasileiro. A nova família de viaturas blindadas de rodas dá, à Força Terrestre, mais capacidade operacional e dissuasória. São produtos que, além de incentivar o desenvolvimento tecnológico do País e incrementar a indústria nacional de defesa, já atestaram sua qualidade nas Operações Ágata e São Francisco (esta última no Complexo da Maré), na Copa do Mundo e têm emprego garantido nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

Essa qualidade também é assegurada pelo interesse de Forças Armadas de diferentes países em importar unidades do Guarani. O Comandante do Exército, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, presente na abertura do Seminário, disse que a crise econômica do País, que tem reflexos diretos sobre os Projetos Estratégicos da Instituição, exige que o Exército faça um esforço muito grande para que esse legado não seja perdido.

FONTE: EB

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lyw
Lyw
4 anos atrás

Quantas unidades do Guarani, nestes 10 anos, foram entregues ao EB?

Lyw
Lyw
4 anos atrás

Lembrando que a primeira unidade do Guarani foi entregue no final de 2012. Ou seja, na verdade são 3 anos de produção do veículo, os outros 7 anos anos foram de projeto.