dinheiro-reais-real

Brasília, 30/12/2015 – O governo encaminhou nesta quarta-feira ao Congresso Nacional o Projeto de Lei que trata do reajuste salarial dos militares das Forças Armadas. A mensagem da Presidência da República foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União de hoje.

O Ministério da Defesa, desde o início do ano, estabeleceu uma série de diálogos com a equipe econômica do governo. Nos últimos dias, conseguiu elevar o índice de reajuste do soldo dos militares, que anteriormente estava em torno de 25,5%, para uma média de 27,9%.

“Conseguimos a garantia de que teremos os soldos reajustados dentro das possibilidades econômicas do país”, explica o secretário-geral do Ministério da Defesa, general Silva e Luna.

A expansão da folha de pagamento de militares será concedida ao longo dos próximos quatro anos, sendo 5,5% a partir de agosto de 2016.

O reajuste será escalonado, com maiores percentuais para as graduações do início de carreira e postos intermediários, indicados como prioritários pelos Comandos das três Forças. Os índices variam de 24,39% a 48,91%.

Esse reajuste incide sobre os soldos (veja a tabela). No entanto, como as gratificações são vinculadas a ele, também terão seus valores corrigidos na composição da remuneração bruta do militar.

Dessa forma, a remuneração bruta (com as gratificações) média dos oficiais generais, que atualmente varia de R$ 21.777 a R$ 25.433, será de R$ 27 mil a R$ 31.636, em 2019.

No caso dos oficiais superiores, que atualmente ganham, com gratificação, entre R$ 14.472 e R$ 17.068, ganharão, em 2019, entre R$ 18.212 a R$ 21.340, em média.

Os oficiais subalternos e intermediários, com remuneração bruta atual de R$ 8 mil a R$ 10.878, em média, passarão a receber valores que vão de R$ 9.990 a R$ 14.309.

Os praças, que ganham atualmente remunerações que variam de R$ 1.021 a R$ 7.463, em média, passarão a receber de R$ 1.270 a R$ 9.845 até o final do período de quatro anos.

As gratificações variam de acordo com a experiência, competência, local de trabalho do militar, por exemplo. Sobre essa remuneração bruta incidem os descontos obrigatórios, como o imposto de renda, contribuição para a pensão militar e para o fundo de saúde da Força.

Tabela de Soldos 2016

 

FONTE: Ministério da Defesa

22
Deixe um comentário

avatar
22 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
15 Comment authors
douglascigGulliverXOzorannn Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Pouco, muito pouco.

Zmun
Visitante
Zmun

#NãoVaiTerGolpe 😛

Fábio CDC
Visitante
Fábio CDC

Antes pouco que nada. Pior, muito pior seria se não viesse aumento algum frente as atuais circunstâncias econômicas. Além disso, a vida militar não é para quem almeja a riqueza.

Antonio
Visitante
Antonio

O que ajudará, substancialmente, a empurrar a economia do país cada vez mais e mais rápido ladeira abaixo…

Antonio
Visitante
Antonio

E Zmun, olha só, não vai ter ‘golpe’ mesmo não: vai ter IMPEACHMENT, dentro da Lei e dos dispositivos constitucionais, Golpe foi o que a tua turma deu neste país. Golpe foi ter destruído a economia, deixado o país na situação em que se encontra. Beleza?

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC….
.
…mas nem tanto!!!
.
Troca de comando na MONUSCO, sai o oficial brasileiro e entra o oficial sul africano:
.
“Widely regarded as one of the best senior officers in the South African National Defence Force (SANDF), Lt Gen Mgwebi is well-suited to the MONUSCO role as he previously commanded the African Union Mission in Burundi until 2004, when he took command of the UN mission in that country, serving in that capacity until 2007.
Since 2011, he has served as the chief of the SANDF’s Joint Operations”.
.
(http://www.janes.com/article/56954/south-african-general-takes-command-of-monusco)

.

Safe
Visitante
Safe

Ta na hora das reformas estruturais e até filosóficas das nossas forças militares.Diminuição dos oficiais superiores, gasto com pensões, construção e manutenção de estradas públicas, assistencialismo aos ribeirinhos e etc.Do jeito que está deveríamos mudar o nome para FDACM Força de Defesa e Ajuda Civil e às vezes Militar.

Marco
Visitante
Marco

Safe e Antonio, comentários irretocáveis.
Feliz ano novo para todos nós!

zorannn
Visitante

Vou repostar aqui meu comentário do Poder Naval, porque acho importante participar dos comentários aqui também e oque tenho a dizer aqui é o mesmo: Incrível!! E ainda tem gente que reclama do aumento que recebeu!! O país está na bost.., indo para o buraco e os caras só enxergam o próprio umbigo. Perdeu a oportunidade de ‘ficar calado’. Pára para pensar um pouquinho. São R$20 bilhões para pagar o pessoal da ativa, R$15 bilhões para pagar pensões (onde só metade deste valor é coberto pela contribuição paga pelos militares) e mais R$20 bilhões gastos com reservistas e reformados. Tudo… Read more »

Zmun
Visitante
Zmun

Pessoal é muito fraco, não conseguiu perceber minha denúncia ao quão estúpido é esse governo que agora tenta oferecer um cala boca aos militares e, de quebra, afundar ainda mais as contas públicas. Tentem ouvir Mozart, jazz, algo que refine a mente e permita perceber as sutilezas da vida. 😉

Nonato
Visitante
Nonato

Zmun. Vc está perdoado.
É que no meio de um governo populista e ligado ao autoritarismo não conseguimos ter essa sutileza. Eu fiquei na dúvida. Rs.
Estamos todos no mesmo barco. Vamos remar juntos.
É o quê falta ao povo brasileiro.
5% ao está é pouco. Deram 11% no salário mínimo como forma de calar o povão.
Vai gerar mais inflação e demissões. Tiro no pé…

William Duarte
Visitante
William Duarte

Boa tarde, acho que é merecido um soldo digno aos militares brasileiros,pois não é uma profissão qualquer, ela é a que garante ao nosso país a sua integridade, em caso de uma ameaça interna ou externa são eles que deverão lutar inicialmente para a nossa existência, mas aumento neste momento os quase 30% é contra prudente, se pegarmos o reajuste do salário minimo para quase R$900,00, reajuste do Bolsa-família, bolsa não sei o quê e etc, aumento desprovido de assistidos pelo LOAS (pessoas que nunca contribuíram com a Previdência Social e que rebebem um salário mínimo mensal), aumento para os… Read more »

Celso
Visitante
Celso

Zorann e Safe………nem precisa estar nesta ordem seus comentarios…….mas estes questionamentos estao e sempre estarao na berlinda aqui e deveriam ser feitos todos os dias, ate q alguem la de cima prestasse informacoes criveis e honestas acabando de vez c certos papos pra boi dormir (segredo de estado, sigilo, seguranca, e outras tolices)……..a essencia de tudo comeca pela GESTAO……e concluindo…pqe tantos Generais, Pqe tantos AlmiranteS e contra sei la o que, Pqe tantos Brigadeiros….e estes degraus vao descendo. Se analisarmos os salarios acima a partir de Tenentes, chegaremos a conclusao q nao estao ganhando pouco nao…estas faixas de soldos correspondem… Read more »

zorannn
Visitante

Olá Celso! Este assunto tem sido meu preferido ultimamente. E isto por um motivo bem simples: ninguém se interessa em discutir este assunto. Todos dizem estar interessados em um Brasil melhor, mas isto desde que não mexam em seus bolsos. Qualquer assunto mais polêmico ninguém discute. Será que ainda não perceberam que somente com algumas reformas que reduzam gastos, poderemos seguir em frente? Não há como sustentar esta máquina ineficiente e enorme que tornou-se todo o setor público. E as Forças Armadas não ficam atrás. O aumento do efetivo da Marinha foi ‘aprovado’ no congresso, mas para que aumentar o… Read more »

Zmun
Visitante
Zmun

Ser militar não é profissão, é missão. Apesar disso, ouvi dizer que os homens das estrelas no ombro receberão novas fardas com aberturas especiais para que possam acariciar os próprias umbigos com mais conforto.

Safe
Visitante
Safe

Zorannn e Celso concordo plenamente com vcs, o problema é o pensamento altamente utópico, egoísta e mesquinho das nossas forças principalmente dos oficiais. Temos não só que mudar a estrutura da organização militar mais tbm o pensamento deles, como Zorannn citou qual a necessidade de fuzileiros em brasilia e digo mais pq Pqds aqui no RJ ainda?Para fornecer treinamento militar aos futuros traficantes? Temos que ser realistas parar de fazer gastos militares desnecessários,para totalmente com gastos com capital humano e monetario em problemas civis(salvo casos de necessidades de urgencia como ocorre em qualquer país sério). Complicado qnd vc tem uma… Read more »

zorannn
Visitante

Oque me assusta Safe é ninguém propor mudanças!! Todos sabemos que entre alguém propor uma mudança e ela ser aprovada, há um longo caminho. Mas se ninguém nem propõe, como algo pode mudar? A função de qualquer gerente é administrar problemas. Quando você acaba de resolver um, aparecem outros. Mas que raio de governos são estes que não administram nada? Vão empurrando tudo com a barriga e no fim nada muda. Os problemas vão ficando cada vez mais insustentáveis e ninguém propõe nada!! Ninguém faz nada!! Se o governo pelo menos propusesse alguma reforma, já seria um passo enorme. A… Read more »

XO
Visitante
XO

Sobre o fomentario do Celso no Forcas Terrestres: Quando os comentarios giram nos topicos reducao de efetivo e OM, melhorias de gestao etc, coloco o caxanga na mao e concordo… agora, algumas coisas precisam ser esclarecidas: – assistencia medica integral – ja foi ao Marcilio Dias, amigo ? Bem, so pra vc perceber, eu (CF da ativa) minhas filhas temos plano de saude… – residencia paga ou auxilio – nem o PNR eh de graca, existe cobranca pela ocupacao e condomino… auxilio moradia, somente no exterior… – outras vantagens – amigo, nao quero parecer injusto ou arrogante, mas a unica… Read more »

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares
Gulliver
Visitante
Gulliver

Ta certo… por que de todos os profissionais mal pagos no país, aumentar o salário de quem ja ganha mais de 7, 10 mil é o melhor a se fazer…

cig
Visitante
cig

xo tem razão …. vivemos somente do soldo, pago aluguel, muitas vezes consultas particulares não existe mais auxílio nenhum!!!!!!!

douglas
Visitante
douglas

Bom nao importa o que pagam nem o quanto pagam. Somos pagos pra trabalhar 24h por dia em qualquer lugar, em qualquer condição, com ou sem equipamento ou armamento adequado. Sabiam que era Pau! Vieram por que quiseram. Nao é uma vida de esbanjar conforto, mas cada um arruma seu conforto. Falo como praça que sou. Tratar o militar como um trabalhador comum, seria um erro muito grande, quem ja serviu ja ouviu muitas vezes: ” aqui nao é casa de querer, é casa de cumprir. Isso aqui nao é democracia, por isso que aqui da certo”. Nós somos diferentes,… Read more »