Home Cavalaria Navegação fluvial com VBTP-MR Guarani

Navegação fluvial com VBTP-MR Guarani

7880
51

Guarani - navegacao fluvial

Amambai (MS) – No dia 29 de março, foi realizada, pela Seção de Instrução de Blindados do 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado, a instrução de navegação fluvial diurna e a primeira navegação fluvial noturna da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal – Média de Rodas (VBTP-MR), 6 x 6, Guarani.

A navegação noturna foi realizada em duas fases, sendo a primeira com a utilização dos faróis de navegação e a segunda em escurecimento total, utilizando, para tanto, o periscópio de visão noturna orgânico da viatura.

Participaram da atividade 36 militares matriculados no Estágio de Qualificação Operacional de Comandante de Carro e Treinamento Específico de Motorista da VBTP-MR, 6 x 6, Guarani; instrutores e monitores do Estágio; dois engenheiros da empresa IVECO Defense Vehicles, empresa responsável pelo projeto da Viatura Guarani; e o Comandante do Regimento.

Guarani - navegacao fluvial noturna

A atividade foi realizada na Fazenda Itamarati, município de Ponta Porã (MS), e contou com o apoio de uma equipe de militares da Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada, de Jardim (MS), que realizou o balizamento e a segurança durante o exercício.

FONTE: 17º RC Mec, via EB

COLABOROU: Odilson

51
Deixe um comentário

avatar
51 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
20 Comment authors
Reginaldo Jose da Silva BacchiMauricio VeigaOganzaDelfim SobreiraWellington Góes Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
wwolf22
Visitante
Member
wwolf22

o Guarani, armado com seu canhão de 30mm, consegue fazer disparos durante a “navegação” ???

Lyw
Visitante

Que estranhas as laterais desse Guarani da foto… Em todas as fotos que já ví são laterais completamente retas.

Alexandre Samir Maziz
Visitante

Caro wwolf22 esta ai uma pergunta que gostaria de saber ? se estiver alguém da cavalaria disposto a sanar essa nossa duvida , desde já agradeço , abraços !!!

Augusto
Visitante
Augusto

Lyw, também observei isso. Alguém aqui está por dentro dessa mudança?

EParro
Visitante
EParro

Lyw 5 de maio de 2016 at 12:03

A mim, parece que este aí está sem a proteção balística adicional.
Mas não sou conhecedor do assunto não.

Velame
Visitante
Velame

Até onde eu sei, Guarani com a torre UT 30BR não flutua. Abraços

Bueno
Visitante
Bueno

Viatura Guarani é avaliada pelo Centro de Avaliações do Exército
Configurada com a torre manual GPK modelo Exército Brasileiro – 01 (EB–01), fabricada pela empresa Plasan Sasa, de Israel.

exercito/-/asset_publisher/IZ4bX6gegOtX/content/viatura-guarani-e-avaliada-pelo-centro-de-avaliacoes-do-exercito?redirect=http%3A%2F%2Fwww.eb.mil.br%2Fweb%2Fmidia-impressa%2Fnoticiario-do-exercito%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_IZ4bX6gegOtX%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-1%26p_p_col_pos%3D2%26p_p_col_count%3D3
http://www.eb.mil.br/web/midia-impressa/noticiario-do-exercito/-/asset_publisher/IZ4bX6gegOtX/content/viatura-guarani-e-avaliada-pelo-centro-de-avaliacoes-do-exercito?redirect=http%3A%2F%2Fwww.eb.mil.br%2Fweb%2Fmidia-impressa%2Fnoticiario-do-exercito%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_IZ4bX6gegOtX%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-1%26p_p_col_pos%3D2%26p_p_col_count%3D3

erikson
Visitante

Lyw, se vc olhar bem o que parece ser uma lateral diferente, nada mais é do que a marca da água, ou seja, uma parte molhada e outra seca.

Lyw
Visitante

Mistério resolvido pelo colega Erikson! É apenas a marca da água… Heheheheheh!

WillHorv
Visitante
WillHorv

Olha….estas portas superiores parecem tão frágeis!! Não acham?
Agora …..este parabrisa é o melhor….
Parecem mais feios ainda….uma gambiarra colada no teto…..logicamente que tem a sua função.
Mas que é feio …… É!

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Caro Alexandre: o Urutu tem (tinha) uma limitação relativa ao disparo lateral com o canhão Bofors (30 mm), devido ao “balanço” em torno do eixo longitudinal na condição em que estivesse navegando. Algo similar ocorria com o Cascavel, sendo uma limitação para disparos laterais com o canhão 90mm se o CCR estivesse sobre um talude limite (dentro daquele estabelecido no conceito estipulado); essa instabilidade lateral foi suplantada na condição limite com implementando uma bitola maior ( aumento na distancia entre rodas ). Essa versão do CCR era inclusive conhecida como o CCR “gordo”. Voltando ao Urutu (CTRA), as versōes dos… Read more »

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Caro WWolf22: sua pergunta é muito pertinente. A analise de estabilidade dos blindados tem que obrigatoriamente considerar este parametro. Mas não so a estabilidade global do conjunto nas diversas condições de terreno (principalmente em planos inclinados). Por exemplo, os esforços decorrentes do recuo de prototipos de canhōes em torre considerada para o Osorio simplesmente destruia a engrenagem de giro.

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!!
.
Para aqueles que detestam o FAL, olha eles ai:
.
(http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2016/05/brazilian-jungle-training-why-isnt.html)
.
PS: Como diria o ex-técnico da Seleção, Zagalo: Vcs vão ter que me engolir!!! O fuzil FAL, bem entendido.

001augusto
Visitante

Sim, eu havia acessado de um celular. Agora, do computador, fica claro que é água kkkkk

Alexandre Samir Maziz
Visitante

Obrigado por responder nossas questões caro Rommelqe. Abraços !!!

wwolf22
Visitante
Member
wwolf22

Rommelqe,
fato pela resposta…
se o problema for recuo, seria possível instalar alguns mísseis anti tanque, iglas ou qq outro no topo ???

Bueno
Visitante
Bueno

Mauricio R. complementando seu OFF TOPIC vídeo teste da letalidade do IA2 – 5,56 e 7,62 , certamente você já viu este vídeo.

https://www.youtube.com/watch?v=Ky7Zb6inCEU

Alexandre Samir Maziz
Visitante

Amigo Mauro não detesto o FAL , o problema é o seguinte ele já se tornou bastante obsoleto ,uma arma se for para tu poder o chamado tiro limpo , deitado numa posição e acertando o alvo é perfeito cara , mas no combate a curta distância ele deixa a desejar ,principalmente que ele da alguns coices pois pelo fato dele ele ser muito grande tu não consegue fazer uma boa base de tiro no num ambiente fechado , como becos e ruas , no Haiti tivemos vários problemas para combater milícias na hora do combate aproximado , tiro no… Read more »

Bosco
Visitante

Pessoal,
A capacidade anfíbia desses veículos é só pra pequenos cursos d’água de modo a evitar o trabalho de instalar pontes. Essas travessias ocorrem quando há domínio da margem oposta e salvo situações raríssimas não há fogo inimigo e muito menos necessidade do veículo que estiver fazendo a travessia efetuar tiro defensivo, independente dele ter um canhão ou uma metralhadora.
Diferente de veículos de assalto anfíbio que são aptos a atacar praias contestadas e estes sim devem ser capazes de atirar dentro d’água.

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Caro Bosco, realmente é isso. A grande maioria dos Urutus e, certamente, os Guaranis, destinam-se apenas a atravessar pequenos cursos d’agua. Nos Urutus do exercito não havia sequer helices para propulsão nagua; o armamento instalado tambem era uma função da versão produzida, sendo o canhão de 30mm instalado apenas em algumas delas. Os Urutus dos fuzileiros inclusive possuiam, alem dos helices, anteparos para defletir ondas, bombas de drenagam, escotilhas superiores mais amplas e até um teto mais alto (porque os FN possuem equipamentos, armamentos e procedimentos especificados mais amplos e complexos, exigindo mais espaço, pois eles tem que considerar um… Read more »

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Caro Wwolf22 , nas versōes maritimas não creio que devam ser instalado misseis hellfire, por exemplo, fixos em suportes externos porque a linha dagua fica uns parcos 15~30 cm abaixo do teto. Acho que armamento externo ficaria muito exposto à água salgada, etc. Iglas anti aereos e outros anti- tanques podem ser levados no interior abrigados junto com a tripulação mas ocupam um espaço reduzindo o numero de soldados; me lembro do Colombini e do LM falando aqui na diferença entre um pelotão do FN e do EB, e a necessidade de mais espaço pela MB. Agora o disparo a… Read more »

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!
.
EB testa nova torreta tripulada, no blindado “Guaraní”:
.
“The Guarani IFV is moving forward toward its definitive production model and the Brazilian Army is testing this new PLASAN manned turret on the vehicle.”
.
(http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2016/05/brazilian-army-tests-new-manned-turret.html)

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Vejam que, na ultima foto do Snaflu que o Mauricio postou, o Guarani esta com um defletor hidrodinamico posicionado à frente. As faixas laranja sobre o teto parecem ser amarras provisorias, pois seria um teste específico. Com o artilheiro posicionado no interior do carro ( o que justifica a blindagem e as janelas laterais), haveria a formação de ondas que poderiam resultar em alagamento interno devido a nessa versão, a base do canhão ou .50, passar pelo “casco”.

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Nas fotos do meio tanto do Snafu quanto do Forte, da pra ver nitidamente o nicho lateral no qual fica posicionado o trocador de calor do motor; notar que quando navegando o Urutu possuia uma valvula de tresvias que comutava ocircuito fechado de agua de resfriamento do motor do “radiador normal ar – agua” para a opçào agua-agua do rio ( ou mar). Creio que a Columbus manteve o mesmo conceito no Guarani. Na foto do Snsfu as tiras laranjas seriam defletores inflaveis com agua para. Ajudarna dispersão da agua que “sobe” no teto quando navegando. Na foto do Forte… Read more »

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Mo, não fique com inveja. O exercito tambemnavega…..kkkkkkkkk

Bardini
Visitante

Será que com a blindagem adicional o bicho ainda flutuaria?

kfir
Visitante
kfir

CONSTRUINDO A TESE DO GOLPE…
http://www.oantagonista.com/posts/movimento-ocupa-senado-antecipado

MOVIMENTO ‘OCUPA SENADO’ ANTECIPADO
Brasil 08.05.16 23:33

Como O Antagonista alertou mais cedo, Paulo Paim organizou uma audiência pública sobre “democracia” com a participação dos baderneiros do MST, da CUT e da UNE para a terça-feira 10.

O evento seria usado como cobertura para a ocupação das dependências do Senado, com o objetivo de inviabilizar a votação do impeachment de Dilma.

Paim acaba de divulgar em seu perfil no Twitter que o evento começa amanhã às 9h, com uma mesa de debates com “juristas internacionais”.

kfir
Visitante
kfir

O BRASIL É UMA DITADURA SOCIALISTA
É FATO CONSUMADO!

Juarez
Visitante
Juarez

O Sr. “Maranhão” acaba de cancelar o impedimento da anta……..como eu venho dizendo só saem a bala.

G abraço

Wellington Góes
Visitante

Amigos, o Guarani 6×6 é um blindado anfíbio limitado, isto já foi extensamente debatido aqui. Conforme descrito pelo Rommelqe, ele foi “projetado” para transpor apenas cursos d’água. Diferentemente do seu irmão europeu (inclusive selecionado para os testes finais dos Marines, em substituição aos Piranhas locais), o Guarani não pode nem ouvir falar em mar. Talvez (e muito talvez nisto), a sua versão 8×8 terá melhores condições. Esperamos para ver o desenrolar disso.

Até mais!!! 😉

Wellington Góes
Visitante

Quanto a tal “comparação” do FAL 7,62 com o IA2 5,56 (a despeito das suas deficiências), é sem propósito, desculpe, mas não vale de nada que tão somente evidenciar a diferença nos resultados dos impactos dos projéteis.

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!
.
Depois do Caesar, se essa moda pega…
.
“BAE Systems confirmed on 5 May that it is working with Emirates Defense Technology (EDT) to develop a self-propelled version of its 155 mm M777 howitzer for the United Arab Emirates (UAE) Armed Forces.”
.
“The M777 model suggested the gun is lowered from its travelling position on top of the crew compartment so that it can be fired in the opposite direction from the one the vehicle is facing.”
.
(http://www.janes.com/article/60097/bae-systems-looks-to-sell-m777s-to-the-uae)

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!
.
Programa de extensão da vida operacional do carro de combate M-60:
.
(http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2016/05/m60-tank-service-life-extension-program.html)

kfir
Visitante
kfir

Poxa projétil de 150 mm auto propulsionado não é algo tão difícil, ai projetinho bom para a indústria nacional!

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

OFF
Renan deu a punhalada final pelas costas.
Maranhão deu pra trás.
Ontem teve grandes emoções… sorry !!!
https://youtu.be/zt-BuXPVDZw

Mauricio R.
Visitante

Para a BAe deve ser fácil, são os fabricantes do M777.

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Esses testes e esse vídeos lançados a conta gotas parecem piada: “– Ai cambada, tamo indo lá no rio pra testar o nado do Guarani… quem quer ir?” – Ok que não temos(sic) nenhuma OM full operacional com o nosso “novo blindado”, mas eu queria ver a ação com as outras coisas que “temos” operacional… Cadê a engenharia, o logística/suporte indo pra campo junto… – E por falar em engenharia: https://www.youtube.com/watch?v=hbkA_aZlf-A – Quando vamos ver o EB promovendo algo parecido com os meios que possui? – Ps.: Colegas de Pé-Preto… Os 2 Bradley que passam primeiro sem a ponte flutuante… Read more »

Oganza
Visitante
Member
Oganza

…ESTAR COMPLETAMENTE… e não “está”.
Grande Abraço.

Velame
Visitante
Velame

Oganza. Não sou “beiçudo” sou infante, mas acredito que seja Rec do E Prog com vistas a segurança da cabeça de ponte. Abraços.

Bueno
Visitante
Bueno

Capacitação dos Instrutores e Monitores no Reparo de Metralhadora Automatizado X (REMAX) CIBld

http://www.cibld.ensino.eb.br/index.php/177-cibld-realiza-capacitacao-dos-instrutores-e-monitores-no-reparo-de-metralhadora-automatizado-x-remax

Tem os vídeo ai no Site do CIBId

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!!
.
EUA entregam viaturas blindadas MRAP aos militares egípcios:
.
“Today’s delivery is the first batch of a total of 762 MRAP vehicles that the United States is transferring to Egypt. This new capability will be used to combat terrorism and promote stability in the region.”
.
“This delivery of MRAPs is part of the U.S. Department of Defense’s Excess Defense Articles grant program, in which the vehicles are transferred at no-cost to the Government of Egypt.”
.
(http://www.defense-aerospace.com/articles-view/release/3/173808/us-hands-over-first-of-762-mrap-vehicles-to-egypt.html)
.
PS: É o tipo de auxílio que em certos países, pode até acabar com a industria de material bélico local.

Reginaldo Jose da Silva Bacchi
Visitante
Reginaldo Jose da Silva Bacchi

Sr. Rommelqe, gostaria de saber; o senhor trabalhou na ENGESA?

Reginaldo Jose da Silva Bacchi
Visitante
Reginaldo Jose da Silva Bacchi

Sr. Rommelqe, gostaria de saber: o senhor trabalhou na ENGESA?

Mauricio Veiga
Visitante

Alexandre Samir, desenvolvi estudos de uma versão na configuração Bullpup para o FAL, ou seja sem a coronha, seria ideal para combates urbanos e tropas aerotransportadas, entrei em contato com a Imbel (fabricante) fui atendido por um militar (alto escalão) enviei a ele uma montagem fotográfica de como seria a arma após as adaptações, ele ficou admirado com o projeto, porém não demosntrou interesse no mesmo, alegando que o FAL era produzido a décadas e possuía desempenho satisfatório, um detalhe, me comprometi a pagar o desenvolvimento do projeto que seria simples, barato e eficiente, sem maiores adaptações …

Abraço.

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!!
.
Veículos táticos leves aerotransportáveis ou carregados internamente…A discreta mecanização da infantaria…
.
Há um vídeo e fotos de diversos modelos de veículos táticos leves aerotransportados são exibidos.
O veículo “Gaucho” desenvolvido conjuntamente entre Argentina e Brasil, é citado:
.
“But perhaps the most impressive Light Weight Tactical Vehicle is the Argentine/Brazilian Gaucho…”
.
(http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2016/05/air-transportableinternally-carried.html)

Mauricio Veiga
Visitante

Mauricio R, bom tópico, o Gaúcho é realmente um veículo notável, gostaria de saber se ele será adotado pelas nossas FAs ?

Abraço.

Mauricio R.
Visitante

Mauricio Veiga,
.
Não creio, penso que este veículo tem maior aceitação na Argentina.

Alexandre Samir Maziz
Visitante

Caraca Mauro Veiga, Li seu comentário sobre FAL agora , poderiam ao menos deixar tu desenvolver e testar , mas enfim tem coisas que acontece dentro do EB que nunca vamos entender .

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!!
.
Carros de combate “Leopard”, de 3 países diferentes, batem os americanos no Tank Challenge:
.
“GRAFENWOEHR, Germany — The German platoon took top honors in the Strong Europe Tank Challenge, a three-day competition that tested offensive and defensive operations and mounted orienteering, with Denmark and Poland placing second and third, May 13, 2016.”
.
“Seven platoons from six NATO nations took part in the U.S. Army Europe and German Bundeswehr-sponsored competition that was hosted by 7th Army Joint Multinational Training Command, May 10-12, here.”
.
(http://www.defense-aerospace.com/articles-view/release/3/173905/leopard-2-tanks-beat-us-army-m_1-into-fourth-place.html)

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!
.
Função expandida para o sistema anti-blindados jordaniano Nash-Shab
.
(http://www.janes.com/article/60500/expanded-role-for-jordanian-nash-shab-anti-armour-system)
.
PS: E o que será que a Avibrás, que dizem por ai fabrica esse RPG-32 sob licença, está fazendo????