Home Artilharia Barreira do Inferno lança míssil AV-TM 300

Barreira do Inferno lança míssil AV-TM 300

18596
88

Centro de Lançamento Barreira do Inferno sedia Operação Astros do Exército Brasileiro.

AV-TM 300 lancamento na CLBI - foto FAB

O Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), localizado em Parnamirim (RN), sediou a segunda fase da Operação ASTROS 2020/2016, no período de 25 a 28 de abril. A operação está prevista no cronograma de desenvolvimento de sistemas e equipamentos em desenvolvimento da empresa brasileira AVIBRAS, dentro do Projeto Estratégico do Exército Brasileiro ASTROS 2020 (PEE ASTROS 2020).

O Centro Tecnológico do Exército Brasileiro (CTEX), responsável por buscar o domínio e o desenvolvimento de tecnologias de interesse da Defesa Nacional, acompanhou os ensaios e testes que permitem avaliar elevação de performance e desempenho do conjunto de equipamentos e sistemas que compõem os produtos de defesa sob execução da empresa contratada AVIBRAS. “O apoio e a capacidade operacional do CLBI são fatores importantes para que a empresa integradora do projeto possa, com segurança, dar prosseguimento às pesquisas e ao desenvolvimento tecnológico que possibilitará à Força Terrestre contribuir com a dissuasão extrarregional para a defesa do Brasil”, declarou o Gerente do Projeto Estratégico pelo Exército Brasileiro, General de Brigada José Júlio Dias Barreto.

Essa fase da operação contou com a participação da Marinha do Brasil, por mASTROS 2 AV-TMeio do 3° Distrito Naval, que levou os Navios Patrulha Goiana e Graúna, além do Rebocador de Alto Mar Triunfo, lotados na Base Naval de Natal. Eles auxiliaram na vigilância e remoção das embarcações nas proximidades dos possíveis impactos dos artefatos lançados, o que promoveu um desempenho diferenciado na cadência de lançamentos.

De acordo com o Vice-Presidente da AVIBRAS, Flávio Cunha, o CLBI é o cenário ideal para o exercício das equipagens do PEE ASTROS 2020. “O incondicional profissionalismo, amparado pela capacidade técnica dos servidores do CLBI, aliado às condições de segurança, facilidade logística e disponibilidade de meios operacionais são elementos balizadores para o sucesso da parceria bem como das operações”, avaliou.

A primeira fase foi realizada no período de 22 a 26 de fevereiro e há a previsão de mais duas fases ainda este ano. O Diretor do CLBI, Coronel Aviador Paulo Junzo Hirasawa, destacou a importância da parceria com a AVIBRAS. “Inserida no calendário operacional do CLBI, a Operação ASTROS 2020, que se encontra na décima terceira fase e com planejamento de operações até, no mínimo, dezembro de 2018, faz com que a cadência de atividades operacionais se torne mais elevada, proporcionando uma contínua e adequada capacitação de recursos humanos e materiais para campanhas de veículos espaciais, atividade-fim da unidade, pois são envolvidos todos os meios de preparação, lançamento e rastreio, similar a uma operação de lançamento de foguetes suborbitais”, afirmou.

Debriefing da Operação Astros CLBIAVIBRAS – Fundada em 1961 por um grupo de engenheiros do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), a Avibras é uma empresa privada de engenharia, genuinamente brasileira, com mais de 50 anos de atuação. Detentora de know-how consagrado, a empresa desenvolve tecnologia trazendo soluções inovadoras para as áreas de Defesa e Civil.

A organização ocupa um lugar de destaque na história do setor aeroespacial, como uma das pioneiras no Brasil em construção de aeronaves, desenvolvimento e fabricação de veículos espaciais para fins civis e militares. Também se destaca no desenvolvimento e na industrialização de diferentes motores foguetes para a Marinha do Brasil e para a Força Aérea Brasileira (FAB); sistemas fixos ou móveis de C4ISTAR (Comando, Controle, Comunicação, Computação, Inteligência, Vigilância, Aquisição de Alvo e Reconhecimento) e Aeronave Remotamente Pilotada (ARP).

FONTE: CLBI, via FAB

Subscribe
Notify of
guest
88 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lucas Lima
4 anos atrás

Lembrei do Centro de Lançamento de Alcântara.

Sera que algum dia veremos um veiculo nacional, sendo lançando com satélites de produção

nacional da base de Alcântara ?

E a Ucrânia foi pro ralo….

Flamenguista
4 anos atrás

Acho que para que isso ocorra, somente com a cooperaçao russa…Mas acho tambem que isso deveria ser um projeto de estado e nao de governo.

Bueno
Bueno
4 anos atrás

Noticia maravilhosa, o programa está avançando.
Pelas fotos, o míssil lançado agora esta diferente do outro lançado em 2014? Parece sem as “aletas” da parte superior do míssil ou é sombra da foto.

foto do site AFB

https://www.fab.mil.br/sis/enoticias/imagens/pub/29035/i16528565253916.jpg

Fotos matéria do Forte

http://www.forte.jor.br/2014/04/21/o-missil-tatico-de-cruzeiro-mtc-300/

Wellington Góes
4 anos atrás

E o projeto avança.

EDurval
EDurval
4 anos atrás

Flamenguista 4 de maio de 2016 at 12:26 Meu caro o problema é que nos Estados unidos da banania do sul não existe o conceito de “Estado” somente o conceito de “guverno” aqui entra e sai partido e nenhum apresenta um projeto de estado, ninguém mostra uma direção a ser seguida, basta ver a comparação do Brasil com a Índia pra verificar como a falta de um projeto aeroespacial nos faz falta. Enquanto sonhamos com um satélite eles chegaram a Marte e olha que praticamente começamos a corrida espacial juntos com o Brasil um pouco a frente. E senhores pelo… Read more »

Farias Cardoso
4 anos atrás

Entra governo e sai governo e sempre piorando. Noticia de jornais informam que o Temer vai nomear um “pastor” para o Ministério da Ciência e Tecnologia. Nada contra os evangélicos, mas é sabido que ciência e religião estão sempre do lado oposto. Não vai dar certo.

Wellington Góes
4 anos atrás

Ao que parece, este míssil lançado, está equipado com asas de planeio (ou voo ultra baixo como dito pelo Bosco em outra oportunidade). Diferente do lançamento anterior, então equipado com asas para voos tipo sea skimming (rente ao mar).

Até mais!!! 😉

Nonato
Nonato
4 anos atrás

É a composição do governo é algo complexo.
Vi meu colega Carlos Siqueira presidente do PSB no jornal da Globo.
Não sei se deveria haver tanta preocupação com isso.
Nem sei porque o pastor é cotado. Temer sequer sabe se vai assumir. Diferente de quem é eleito e tem um tempo para formar a equipe.

Gustavo Borges
4 anos atrás

Gostaria de ver também o Brasil desenvolvendo também misseis balísticos. Infelizmente nós até hoje não conseguimos dar o primeiro passo, que seria colocar um satélite em órbita. Também não vejo a menor intenção em políticos ou em militares para desenvolver esse tipo de arma.

CARLOS
CARLOS
4 anos atrás

Para que uma ETERNA COLONIA ANGLO SAXONICA precisa de um míssil AV-TM 300? Só se for para lançar sobre os sem casa, os sem alimentação, os sem estudo, os sem esperanças.

Bosco
4 anos atrás

Será que lançaram um míssil AV-TM 300 de verdade ou só testaram o booster? Houve ignição do turbojato? Se lançaram o míssil qual foi sua rota? Atingiu algum alvo?

Wellington,
Essa foto é promocional do tempo do ronca. rsrssss

Guatavo
Guatavo
4 anos atrás

será que o alcance do referido missil chega até aquela base da petrobraz que foi tomada na Bolivia?

Bosco
4 anos atrás

Gustavo,
Podemos muito bem desenvolver mísseis balísticos sem termos tecnologia para colocar cargas em órbita. Nem todo míssil balístico é de alcance intercontinental.
Vale salientar que mísseis cruise subsônicos são bem mais eficientes que mísseis balísticos convencionais, de mesmo alcance/carga útil.
A vantagem dos mísseis balísticos só é incontestável em relação à entrega de armas nucleares onde o tempo é fator crítico e onde há possibilidade de dotar os mísseis de MIRVs (ogivas múltiplas de alvos independentes) e “iscas”, que somado à grande velocidade dos mísseis ICBM, dificulta a defesa.
Um abraço.

Adriano Madureira
4 anos atrás
Trollbuster
Trollbuster
4 anos atrás

Farias Cardoso 4 de maio de 2016 at 14:37

São poucas as pessoas que não tem fé alguma, o problema será ele deixar a sua fé interferir no trabalho dentro do Ministério.

Tem algum projeto do Ministério da Ciência e Tecnologia que vá de encontro a fé cristã ?

Guatavo
Guatavo
4 anos atrás

será que esta arma terá alcance até aquela base da petrobras que foi tomada na Bolívia?

camargoer
4 anos atrás

Caro trolbuster. A lista é longa. Queimaram G.Bruno por dizer que as estrelas eram outros sistemas solares. Galileo morreu na prisão por provar o sistema heliocentrico. Esquizofrenia é cosa do diabo. Religiões afro ou orientais é coisa do diabo. Ateu é coisa do diabo. Estudar células tronco é pecado. Aborto de feto anencéfalo é pecado. Aborto depois de estupro é pecado. Evolução é apenas uma opinião.

camargoer
4 anos atrás

ahhh… a opus-dei acha que financiar sociologia é jogar dinheiro fora.

Bosco
4 anos atrás

A verdade está lá fora! Isso é inequívoco!
Ter fé é achar que descobriu essa “verdade”.
A maioria realmente tem fé porque é doutrinado desde criança a achar que quem pensa que sabe qual essa tal “verdade” é um ser melhor do que quem humildemente se declara um ignorante.

camargoer
4 anos atrás

Caro Bosco. Muito bem colocado. Gostaria ainda de acrescentar que ter fé é a garantia de insistir no erro. Achar que pode estar errado dá a abertura para aprimorar o conhecimento. O método científico funciona não pela fé, mas por meio do questionamento sistemático. Quando à verdade, pode haver alguma lá fora, mas o que funciona mesmo é o trabalho dentro do laboratório.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
4 anos atrás

Camargoer, so um acerto: Galileu morreu de velhice, em sua casa, e não na prisão!!!

camargoer
4 anos atrás

Olá Marcelo… Era prisão domiciliar. Condenado pela inquisição.

Juliano M
Juliano M
4 anos atrás

Diante do quadro nacional tão desalentador, faz-se necessário atenção pra não criarmos mais problemas ao confundir critica política com atuação/preconceito religioso, fontes de tantos desentendimentos e desastres. Sou contra a eventual nomeação do político, citado nos comentários, ao Ministério de Ciência e Tecnologia por este não possuir as qualificações mínimas que julgo adequadas para a pasta. Não por sua crença, o que por sinal seria crime. Considerar a opção religiosa como um atributo qualitativo de alguém viola a liberdade religiosa a que todos em território nacional tem direito garantido por cláusula pétrea da Constituição Federal. . . . ——————————————————————— .… Read more »

camargoer
4 anos atrás

Olá Juliano. Não vou entrar nessa discussão. Basta ler Dawkins ou Segan para enteder que essa retórica de colocar o ateu como um religioso não cola. Daqui a pouco alguém vem dizer que o design inteligente é científico. Se eu aceitar essa discussão significa colocar a ciência e a religião no mesmo nível. Isso eu não faço.

johnatan warp drive
4 anos atrás

Uma grande curiosidade que sempre tive desde quando começei a frequentar a triologia, Bosco, voce é fisico ou engenheiro mecanico/aeronautico/aeroespacial/eletricista ?

Bosco
4 anos atrás

Juliano,
Se ler com atenção eu não disse exatamente o que você disse que eu disse. rsrsrss
Mas também não quero entrar nessa discussão tendo em vista que esse não é o local adequado.

Johnatan,
Minha formação acadêmica é na área de saúde. Sou só um entusiasta leigo mesmo.

Um abraço aos dois.

Alfa BR
4 anos atrás

Bosco, mas mísseis balísticos de curto alcance (TBM e até os SRBM) não são efetivos (pelo menor tempo de reação)?

Juliano M
Juliano M
4 anos atrás

Bosco e camargoer,
.
Fico feliz por finalmente concordarmos que este não é o fórum adequado para, como disseram, “discussão” sobre esse tema.
.
Que os inúmeros posts passados (em especial no Forte) tal como o corrente não se transformem mais em meios de manifestação de conceitos e preconceitos religiosos que agridem e ofendem gratuitamente inúmeros leitores e tanto perturba aos demais pelo desvio de assunto.
.
Abraço.

Wellington Góes
4 anos atrás

Bosco, a última foto sim (do início dos anos 2000), mas não é desta que me refiro, em outros sítios aparecem as fotos referentes a este lançamento em si e percebesse as aletas traseiras (do booster e dos direcionadores traseiros), bem como da ausência das asas tipo sea skimming, ai é uma presunção de que se elas não estão presentes é porque as usas usadas são as asas de planeio. – Aliás, se olhar direito perceberá na primeira imagem apenas as aletas traseiras e a ausência das asas sea skimming a que me refiro, se perceber melhor da para ver… Read more »

Bosco
4 anos atrás

Alfa, O menor tempo de reação não costuma ser essencial na maioria dos alvos que podem ser cobertos por mísseis balísticos. Os alvos preferenciais por mísseis balísticos táticos convencionais (até 300 km) são logicamente móveis, e aí o menor tempo de reação é importante, mas somente nesses casos. Também esses mísseis podem lidar com alvos de tempo crítico (um lançador de Scud prestes a lançar) ou de tempo limitado (um chefe terrorista num determinado prédio) e aí novamente a velocidade é interessante. Exemplos desses mísseis é o ATACMS e o Iskander (que são mísseis semi-balísticos e não realmente mísseis balísticos).… Read more »

Bosco
4 anos atrás

Juliano, Sem querer me alongar no assunto, mas “esse” é o problema. Os crentes (e não me refiro aos evangélicos) se sentem ofendidos quando suas crenças são colocadas em discussão. Isso impede que a sociedade faça uma análise da questão religiosa e de quão ela é importante (benéfica? maléfica? indiferente?) de fato para o indivíduo e para a sociedade como um todo. Por conta dessa intocabilidade e da sacralidade do assunto grassa no país e no mundo aproveitadores da miséria da condição humana, nas mais diversas formas, que vão desde o líder radical muçulmano que manda uma criança se explodir… Read more »

Luiz
Luiz
4 anos atrás

Aldo rebelo era ateu (comunista) e era contra o desenvolvimento, pois cortava empregos. O fato de ser evangélico, católico, muçulmano, kardecista, ou qualquer outra coisa, não faz com que ele seja retrógrado. Se fosse assim, na NASA só teria ateu. As crenças religiosas, são convicções que podem, ou não, influenciar julgamentos, mas que também, sem sombra de dúvidas, são referência de moral, mesmo para os ateus.

Bardini
4 anos atrás

Pela descrição da matéria estão atirando em direção ao atlântico, será que já testaram o alcace máximo nestas oportunidades?

Wellington Góes
4 anos atrás

Gente, por favor, vamos focar no tópico da matéria?!?!

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
4 anos atrás

como todos os Senhores sabem, este é um ótimo Exemplo de que investir em tecnologia traz benefícios a curto, médio e longo prazo, um projeto original da década de 80 que já trouxe dividendos e uma nova capacidade estratégica em batalha, hoje 33 anos depois de entrar em serviço, traz mais desenvolvimento e capacidade ao Exército com esse programa Astros 2020 e até uma possível aplicação nas outras forças,

Wellington Góes
4 anos atrás

Voltando ao assunto…….. – Com relação à efetividade do lançamento (se foi apenas para acionamento do booster, asas, alcance, etc e tal) em outro sítio, informam que houve a participação da MB para “limpar a área” do tráfego marítimo. Dentre outras imagens divulgadas dos controles do CLBI, aparece uma com três telas na parte superior e uma no console central, aonde na tela superior central aparece o que deve ser a trajetória, o pretenso ponto de impacto e/ou seu raio de provável impacto/queda. Na tela no centro da imagem, no console, aparece o mapa do Estado do Rio Grande do… Read more »

FighterBR
FighterBR
4 anos atrás

O Brasil irá sim desenvolver um míssil balístico. Será baseado no VLS-BETA e com ogiva termobárica… Terá alcance de 2.000km

Bosco
4 anos atrás

Alfa,
Esse artigo sobre as características e a defesa contra mísseis de cruzeiro é bem interessante, apesar de antigo.
http://fas.org/spp/aircraft/part05.htm
Um abraço.

Bueno
Bueno
4 anos atrás

Guilherme Poggio, bom dia! O texto da matéria no site da FAB não descreve que foi testado o míssil AV-TM 300 mas a legenda da quarta imagem que é a mesma da capa desta postagem descreve que é a câmera acoplada no Míssil AV TM300, estão podemos deduzir que ele foi testado.
Sugiro colocar esta no descritiva na imagem da postagem.

http://www.fab.mil.br/noticias/mostra/25625/OPERACIONAL%20-%20Centro%20de%20Lançamento%20Barreira%20do%20Inferno%20sedia%20Operação%20Astros%20do%20Exército%20Brasileiro

Grande abraço,

Trollbuster
Trollbuster
4 anos atrás

O Brasil desde FHC é governado ou influenciado por sociólogos, normalmente todos de esquerda.. Aliás nunca vi um sociólogo de direita.

Se o Brasil hoje está na merda devemos a esta raça imunda, que vive trancada nas USPs da vida com os seus salários altos, desapego a realidade e aversão a quem produz.

Não sabia que a Opus Dei era contra, já vi algo de positivo nela..

Bueno
Bueno
4 anos atrás

Não entrando do tema teológico mas citando algumas curiosidades em relação a religião,estado e defesa. – EUA Religião predominante Cristianismo / Potencia militar – Nobel de Ciência – Reino Unido – Religião predominante Cristianismo /Potencia militar – Nobel de Ciência – Rússia Ortodoxa/Cristão / Potencia militar – Nobel de Ciência – China Agnosticismo e ateísmo /Potencia militar – Nobel de Ciência – Itália Cristianismo /Potencia militar – Nobel de Ciência – Alemanha – Cristianismo / Potencia militar – Nobel de Ciência – França – Cristianismo / Potencia militar – Nobel de Ciência – Israel – Religião predominante – Judaísmo /… Read more »

Bueno
Bueno
4 anos atrás

Perdão! A fonte referente as religiões predominantes em cada pais e referente a prêmio Nobel : wikipedia.org. Quando disse Nobel ciências referi a todas áreas : Matemática/Física /Literatura… As citações 2º Crônicas 26:11- 15 2º Crônicas 32:1-8 são da Tanakh ou Tanach para os Judeus e Bíblia antigo testamento para os Cristãos.
O Brasil tem o Nobel da malandragem e da falcatrua rsrs, não desmerecendo meu Brasil! pra descontrair na triste realidade.

EParro
EParro
4 anos atrás

A meu ver, são dois novos alentos! A Barreira do Inferno ainda opera e a AVIBRAS continua ativa.
Ora viva!

Hawk
Hawk
4 anos atrás

Por isso Trollbuster o Brasil parece sempre um grande projeto Social! Enquanto tudo funciona de forma simples aqui sempre funciona de forma complicada, sempre tem um culpado sendo que o maior culpado e a gente mesmo.

Danton
Danton
4 anos atrás

O Brasil tem de ter uma politica externa de ESTADO! O Brasil precisa ter Forças Armadas amparadas em politicas de ESTADO! O Brasil precisa ter Receita Federal/Alfandega com politicas de ESTADO. O Brasil precisa ter uma politica Fiscal de ESTADO! Ponto Final! Estado necessário, pequeno, eficiente e blindado com uma politica de ESTADO que evite aventureiros e demagogos…. só assim romperemos o circulo vicioso da mediocridade.

Wellington Góes
4 anos atrás

Putz!!! Uma ótima oportunidade para debatermos sobre o MT-300 e o pessoal desperdiçando massa cefálica, a ponta dos dedos e franquia de internet para discutir teologia, sociologia e antropologia?!?! Afff :/

camargoer
4 anos atrás

Olá Wellington; acho que o problema não é teologia, mas politica. O MCT é um ministério estratégico demais para servir de barganha.

Bueno
Bueno
4 anos atrás

Wellington Góes você esta certíssimo

Johan
Johan
4 anos atrás

Caro Wellington,

Infelizmente temos poucas notícias positivas na área de defesa, porém sempre os assuntos muda de foco.

Quanto ao MT-300 foram divulgadas fotos no site da Avibrás mostrando não só este míssil (com asas dobráveis, mas outro com com o perfil aerodinâmico sea skimming, por isso acho que o desenvolvimento destas duas versões ou destes dois mísseis seguem paralelamente.
Há a data na foto retirada do vídeo que mostra trata-se da primeira fase de testes deste ano.