quarta-feira, agosto 4, 2021

Saab RBS 70NG

Obama anuncia fim do embargo de venda de armas ao Vietnã

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Medida acaba com um dos últimos vestígios da guerra entre os dois países. Hanói teme avanço da China, mas EUA negam que essa seja a razão.

Barack Obama e o presidente do Vietnã Tran Dai Quang dão entrevista em Hanói em 23 de maio de 2015 - AFP

ClippingO presidente Barack Obama anunciou nesta segunda-feira (23) em Hanói o fim do embargo da venda de armas americanas ao Vietnã, um dos últimos vestígios da guerra entre os dois países, encerrada em 1975.

Os dois países observam com preocupação o aumento das capacidades militares da China no Mar da China Meridional, onde o gigante asiático mantém disputas territoriais com vários países.

Mas Obama destacou que esta não foi a motivação para o fim do embargo contra o Vietnã, que também é governado pelo Partido Comunista, mas que tem grande receio do crescente poderio de Pequim.

“A decisão de acabar com o embargo não está baseada na China (…) e sim no desejo de completar o que tem sido um longo processo de normalização com o Vietnã”, disse. “Na atual fase, desenvolvemos um nível de confiança e cooperação que inclui nossos militares”, completou.

Na mesma entrevista, Obama foi questionado sobre o Acordo Transpacífico de Cooperação Econômica (TPP) e reiterou a confiança de que o mesmo será ratificado nos Estados Unidos, apesar de provocar uma forte oposição política.

“Continuo confiante de que vamos fazer isto e a razão pela qual permaneço confiante é que é o correto”, disse Obama.

Os 12 países signatários do acordo são Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Peru, Cingapura, Estados Unidos e Vietnã. Representam 40% da economia mundial.

FONTE:France Press, via G1

- Advertisement -

35 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
35 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro Costa
Leandro Costa
5 anos atrás

Já era hora

Caio Romão
Caio Romão
5 anos atrás

É sempre assim quando o mandato de um presidente democrata está para acabar…
Clinton, numa canetada só, anistiou vários espiões chineses confessos que estavam presos nos EUA, Obama retirou o embargo à ditadura dos Castro e agora mais essa.
.
Mas o maior “legado” de Obama certamente é o I.S.I.S e um Vladmir Putin cada dias mais ameaçador.
Espero que os americanos não elejam um democrata novamente… O próximo “legado” pode ser uma Taiwan sob controle de Pequim e um Kim Jong Un bombardeando Seul pra testar a paciência do mundo livre.

Bosco
5 anos atrás

Os vietnamitas já viraram amigo dos americanos e por essa banda os nossos antiimperialistas de plantão ainda citam a Guerra do Vietnã pra demonstrar o quão ruim é o império do norte.

Farias Cardoso
5 anos atrás

LEIAM EM: http://www.brasil247.com/pt/colunistas/josecarlosdeassis/234117/Macri-abre-a-Argentina-para-duas-bases-dos-Estados-Unidos.htm

“O presidente argentino Mauricio Macri, como resultado da visita de Barak Obama a Buenos Aires em maio, acaba de abrir as fronteiras de seu país à entrada dos Estados Unidos mediante a instalação de duas bases norte-americanas, uma em Ushuaia, Terro do Fogo, e outra na Tríplice Fronteira.”

Os americanos bonzinhos estão cercando o Brasil igual fizeram com a Russia. Já tinham bases ao Norte e agora no Sul.

Bardini
5 anos atrás

brasil247… Quanta credibilidade…

donitz123
5 anos atrás

Já tem um bom tempo que se fala na aquisição de aeronaves de patrulha P-3 pelo Vietnã.

Trollbuster
Trollbuster
5 anos atrás

Quando eram as bases chinesas a PTzada estava aplaudindo de pé…

Vai pro Plano Brazil cara…

junior
junior
5 anos atrás

brasil247 o site que recebe propinas do PT… o único fato é que tem uma base chinesa na patagônia lá na Argentina, é como se fosse território chinês.

Caio Romão
Caio Romão
5 anos atrás

Lá vem o arlequim dizer que os “aericanu malvadu” querem invadir a Amazônia para roubar todas as nossas sementes de guaraná, todo nosso açaí e depois invadir o resto do território para levar as mulatas embora… rs

Caio Romão
Caio Romão
5 anos atrás

Só pra constar… Os americanos tem uma base em Cuba.

Victor Moraes
Victor Moraes
5 anos atrás

Meus Deus, Faria Cardoso, os EUA estão demorando muito para invadir o Brasil! Imagine: salário mínimo de 2000 dólares, cerveja a menos de 1 dólar! A questão é que os EUA não precisam invadir o Brasil. Na história dos EUA nunca existiu, exceto pelo México, há mais de cem anos atrás, uma guerra em que os EUA tenha anexado território. E eles nem precisam porque eles tem o domínio econômico. Para que eles vão invadir a Amazônia se lá tem muito paraíba ( perdoem-me os paraibanos) capaz de cortar madeira e escavar o chão igual tatu para minerar e vender… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
5 anos atrás

farias cardoso
vá dormir, larga de ser histérico, aqui ninguém liga para teoria doida… se eles quisessem invadir pq deixaram Jordania vender F5 pra nós? pra que eles deixam a gente vender A29? pq nós vencemos o LAS?

Bosco
5 anos atrás

2 + 4 + 7 = 13

Ednardo Sombra So
5 anos atrás

Só uma coisa me deixa com a pulga atrás da orelha em relação possível conflito envolvendo o Brasil, Nióbio.

Trollbuster
Trollbuster
5 anos atrás

P q ?

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
5 anos atrás

Nióbio ?! Isso de novo não !https://youtu.be/RqohMBQfWvk

Mauricio R.
5 anos atrás

Farias Cardoso!!!!
Pare de implicar com os americanos imediatamente, quer que eles retalhem, não comprando mais aviões da Embraer????
Não que eu vá realmente ficar triste, se acontecer, mas haverá muita gente que vai.
Ou vc torce p/ que russos e chineses garfem a Petrobrás, qndo o presidente interino privatiza-la????
(Calma pessoal, neste momento é somente uma brincadeirinha, mas no futuro vai saber….)

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
5 anos atrás

Depois de uns governos malucos aqui, e nas nossas redondezas,eu parei de olhar os EUA como mal.

Alexandre Samir Maziz
5 anos atrás

Enfim “trocentos” anos depois com a suspensão do embargo da venda de armas Vietnã oficialmente acabou a “treta” entre eles .Essa guerra de uma particularidade oficialmente os EUA nunca declararam guerra ao Vietnã , como os países geralmente fazem em conflitos , só foram mandando tropas e mais tropas , e não conseguiram conquistar seus objetivos que era para a expansão comunista no sudeste asiático , e os vietcongs ( ou Victor Charlie) como os soldados americamos chamavam eles conseguiram ganhar pois tinham como aliado a floresta onde maioria dos combates eram travados , e a antiga URSS e China… Read more »

dieter91360
dieter91360
5 anos atrás

Haha!!! Quanto amadorismo. O Brasil esta tão capenga, com seus poucos F-5 e uma marinha que disso so tem nome, que se realmente os Estados Unidos em uma realidade alternativa tivesse o minimo interesse em invadir, nem de base precisaria. É so mandar uma força tarefa da Florida, e em 5 minutos a FAB desaparece, e 10 minutos depois, a MB. A unica opção restante do exercito da republica das bananas seria fugir pro mato…
Melhor nem pensar nisso.

donitz123
5 anos atrás

Meu Deus! Este tópico está totalmente off-topic. Retornando ao tópico. Os EUA já haviam relaxado as restrições aos vietnamitas. Me lembro ter lido que os blindados M113 que sobraram da Guerra do Vietnã foram modernizados pela Coréia do Sul certamente com aval americano e que mesmo a venda do Casa C-295 não teria saído sem a mesma.

Junior Marchi
Junior Marchi
5 anos atrás

Como Victor disse acima, seria uma maravilha receber em Dólar, ter uma educação de qualidade, um bom sistema de saúde, e por ai vai. A ladainha dos Vermelhos é sempre a mesmas “osmalvaudusmarikanoscomedordecriancinha”. Niguém fala da miséria que vive hoje a Venezuela após anos de desmando dos bolivarianos, a potência econômica que é a Coreia do Norte ou a grandeza de Cuba depois do golpe. Vamos apenas lembrar de paises que se alinharam aos EUA, Australia, um pais com boa FFAA e nivel cultural muito bom, Japão que de inimigo se tornou aliado e hj desfruta de um desenvolvimento que… Read more »

paco
paco
5 anos atrás

Famílias de políticos, ricos e burocratas já passeiam em Miami todo ano para gastar o dinheiro que nós trabalhamos para produzir.
.
Sou a favor do Brasil se tornar um protetorado dos USA e ter esse direito extendido a todos.

Bosco
5 anos atrás

Igual a tal história da “nova ordem mundial”. Todo mundo acha a atual desordem uma porcaria mas ficam tremendo por conta de uma nova ordem. Vai que é melhor. rsrssss

Ocidental Sincero
Ocidental Sincero
5 anos atrás

Na verdade os Estados Unidos apenas autorizaram agora o Vietnam comprar equipamentos da França, Alemanha e Inglaterra. Exemplo recente, foi a venda dos Super Tucanos da “100% Brasileira”. Embraer. Até aqui ele mandam e desmandam. Quem não estiver satisfeito, sofre duras sanções e principalmente invasões, vide Vietnam do Sul, Coréia do Sul, Panamá, Iraque, Israel . No mundo Ocidental não sai um parafuso sem o aval do Tio Sam. Mas como o povo não vive sem roupa da Nike, Iphone, carros americanos e Mc Donald´s, difícil aceitarem que eles são uma versão moderna do Império Romano. Com muitas invasões, pilhagem… Read more »

Hawk
Hawk
5 anos atrás

Faz tempo que EUA e Vietnam fazem negócios. Só anunciaram um etapa. Mesmo que o Trump ganhe a eleição duvido que ele desfaça os negócios do Obama. Ele irá só desfazer o que não gera lucro pro país, uma coisa que o nosso governo devia aprender.

Bosco
5 anos atrás

Sincerinho, Aqui na nossa “realidade” os EUA nunca invadiu esses países não. Salvo o Iraque. Acho que você vive em outra realidade dimensional do “Multiverso” e caiu na nossa realidade por algum portal dimensional e não se deu conta disso. rsrsss Outra coisa, na nossa realidade os aviões da Embraer utilizam motores e aviônica americanos, diferente do que ocorre no seu universo local, onde tudo é fabricado pela Embraer. rrsss Aí os americanos não pitaco por pura ingerência nas empresas alheias, aqui é porque de a Embraer não “obedecer” ou vai ter que escolher outros fornecedores ou vai ter que… Read more »

Gustavo
Gustavo
5 anos atrás

Eu sou muito mais fazer parcerias com Estados Unidos do que com Russos ou pior Chineses apesar de gostar muito da cutura asiatica. Mais uma parceria bi lateral com os norte americanos dava mais futuro… e sem essa de entreguismo viu. Esse papo de esquerda e coisa do passado. Eu acho!

Ricardo
Ricardo
5 anos atrás

Vietnã precisa de toda ajuda que puder para suportar a pressão chinesa e os EUA precisam do máximo de amigos que puder naquela área pelo mesmo motivo. Mas, daí a vender alguma coisa de valor para Hanói é outros 500, congresso está cheio de falcões que detestam o regime vietnamita a começar pelo MacCain.

Mauricio R.
5 anos atrás

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!!
.
O Vietnã está interessado em aeronaves F-16 e P-3 excedentes:
.
(http://www.defensenews.com/story/defense/international/asia-pacific/2016/05/25/vietnam-may-request-f-16s-p-3-orions-us/84904786/)
.
O senador John McCain Presidente do Comitê das Forças Armadas no Senado, já foi “hóspede” do governo vietnamita, no famigerado “Hanoi Hilton”.

Ednardo Sombra So
5 anos atrás

Melky Cavalcante 24 de maio de 2016 at 23:17
Nióbio ?! Isso de novo não !https://youtu.be/RqohMBQfWvk

Obrigado pelo esclarecimento.

ronaldo de souza gonçalves
ronaldo de souza gonçalves
5 anos atrás

è preocupante essas Bases não importa se é chinesa,russa ou Americana,OBrasil não deixou eles implantarem bem que eles queriam,claro que as Bases não são para invasão são mais para espionagem,quanto uma invasão na amazonas lembrem que o exercito e muito forte lá. os americanos não gostam de selva não,os chineses não tem experiencia e nem a russia a tecnologia não funciona com a umidade da selva.O Brasil nesta aproximação que vai ter com EUA não deve ceder muito. Essa paranoia de invasão é também dos Militares pelo menos hipotética

Bosco
5 anos atrás

Vamos continuar sendo do Terceiro Mundo e reclamando da globalização e dos imperialistas malvados enquanto o Vietnã que foi completamente destruído deverá ser o novo tigre da Ásia.
Como já disse algum filósofo, não perdemos a oportunidade de perdermos as oportunidades.

Bosco
5 anos atrás

Interessante que os comunistas (assumidos e disfarçados) apesar de serem “internacionalistas” são os que mais reclamam da globalização. Tá certo que coerência nunca foi o forte dessa turma. rsrss Ou seja, pra eles se for pra unir e ficar rico não presta, só é bom se for pra unir e todo mundo ser proletário. Ficam doidos com a possibilidade de uma “nova ordem mundial” mas se animam com a hipótese do partidão mandar no mundo todo.Claro, desde que eles façam parte do Comité Central e continuem a ter as regalias que só o bom e velho capitalismo pode prover. O… Read more »

Últimas Notícias

Assessor de segurança nacional dos EUA viaja ao Brasil

Esta semana, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, viajará para o Brasil e Argentina, acompanhado...
- Advertisement -
- Advertisement -