Rheinmetall MBT Revolution: o matador do Armata russo

155
17989

A Rheinmetall alemã divulgou um vídeo do seu novo carro de combate, o MBT Revolution. O demonstrador, baseado no Leopard 2A4, tem sido desenvolvido nos últimos 6 anos e é composto de upgrades modulares que aumentam o grau de sobrevivência no campo de batalha, especialmente contra IEDs, RPGs e mísseis armas anti-carro.

O MBT Revolution é um competidor direto do T-14 Armata russo.

Subscribe
Notify of
guest
155 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Reginaldo Jose da Silva Bacchi
Reginaldo Jose da Silva Bacchi
5 anos atrás

Não acho que seja a esperada resposta ao Armata. Quando muito uma versão mais moderna do Leopard 2.

kfir
kfir
5 anos atrás

Ele usa boron carbite nas placas ?

Bardini
Bardini
5 anos atrás

A Rheinmetall vai lançar um novo IFV na Eurosatory 2016. Esse Leopard ATD vai estar por lá também.

Antonio Carlos
Antonio Carlos
5 anos atrás

Será? Quem está contra os Russos rezam que sim!

Diego
Diego
5 anos atrás

Nem de longe um rival pro Armata.

kfir
kfir
5 anos atrás
ScudB
ScudB
5 anos atrás

Desde 2011 estão tentando e .. conseguindo 🙂 vender seus 2A4 para Ásia (Singapura, Indonésia, Turquia , etc) com esse ModPack . Detalhe : estão vendendo a frota ATIVA de Bundeswehr. Tendo como referencia 2012 ate agora acredito que ficou so com a metade dos 2A4 .E tem a mesma quantidade dos A5 e algumas dezenas de A6.Ja ficou praticamente sem Marders. E não tem ainda Puma em quantidade “razoável”. Agora , que tem poder comercial esse upgrade – sem duvida! Fica bem melhor que comprar “Bulat”,”Oplot” , T72xxx ,T80 ou Type 96. Mas chamar isso de “matador de T14”… Read more »

Bardini
Bardini
5 anos atrás

O Armata não é coisa de outro mundo.
.
https://4.bp.blogspot.com/-v1E39fHPqxA/VUqQXX0V-MI/AAAAAAAADhY/srlfhsHErLM/s1600/iAYbRYiZj2E.jpg
.
Se não mudarem a torre, até Leopard 1a5, com munição APFSDS pode colocar este MBT fora de combate.

Paulo VK
5 anos atrás

Acho um pouco de exagero seu mas n deixa de estar correto,porem,dependendo da distancia ate u, canhão de 105mm causa dano pesado em qualquer MBT,lembrando os danos de RPGs em merkavas e abrams,o Armata foi projetado para melhorar a capacidade de sobrevivencia da tripulação e do tanque a ataque de armas anti tanque(TOW,hellfire inclusive Javelin) são a maior ameaça hoje em dias aos blindados,outro ponto é a blindagem do armata….dizem que leva um novo tipo de blindagem reactiva em toda a estrutura da torre(mesmo que n acho que seja verdade). Sobre esse “Matador de Armata” creio que oque teve de… Read more »

ScudB
ScudB
5 anos atrás

O que exatamente faz Voce pensar assim?..Capa superior com propriedade anti-bala? Ou quantidade de elementos de Defesa Ativa?Radares?
Entendi nao..Aqui esta o modelo da torre (torre mesmo).Sem capa :
https://sg.uploads.ru/t/caY3t.jpg
Ou assim :
https://www.youtube.com/watch?v=DJuYss_Z88Q
Tem coisa que nao da para decifrar mas em geral – esta “comestível” 🙂 …

Um abraço!

_RR_
_RR_
5 anos atrás

Amigos…
.
Não há dúvidas de que o Armata é um carro moderno. Mas daí a ser o super tanque que tanto se fala, vai uma certa distância… Ainda há muito o que provar…
.
Por fim, que os fabricantes não se orgulhem tanto desses terrores tecnológicos que construíram, pois eles ainda não são páreo para… um IED… Qualquer sujeito mais esperto pode por o mais poderoso MBT fora de combate, se ele parar pra pensar.

_RR_
_RR_
5 anos atrás

Bardini ( 27 de maio de 2016 at 19:02 ),
.
Só a munição exposta dentro da torre por conta do carregador automático já seria um perigo… Uma perfuração, por mínima que seja, apresenta um risco muito maior que em outros MBTs sem esse recurso, onde a munição pode ser estocada em compartimentos anti-fogo.
.
Também me incomoda toda a parafernalha automatizada. Não que não possa ser eficiente, mas quero ver quando precisar dar manutenção… Certamente vai fugir a “tradição russa”…

Bardini
Bardini
5 anos atrás

A torre do T-14, não tem como ser “muito” diferente da torre do protótipo do M1 TTB ( https://i.imgur.com/UsQ2aam.jpg ). Não tem pra onde correr. Tem que ter espaço pro canhão, o espaço para os sensores e sobra pouca coisa para alguma blindagem, se analisarem a imagem que postei as “19:02”.
.
Sendo cético, essa torre do T-14 me parece um prato cheio para uma munição APFSDS.

Ivan da Silveiraa
Ivan da Silveiraa
5 anos atrás

Lindo esse blindado! Não sei por que falam desse Armata com tanto fanatismo, sinceramente não vejo muita coisa nele, tem alguns diferenciais sim (como o casulo), mas nada que seja o ponto final em um combate, Muitas informações não são reveladas para o grande público, ficando restrito a engenheiros da empresa etc…vejo as pessoas falando desse tanque como se fossem engenheiro da empresa. O mesmo vale para o Leopard…com o diferencial que o caso do Leopard há muito material disponivel, fato que não acontece com o Armata. Pés no chão e menos fanatismo! Abraço!

Emerson R.B
5 anos atrás

“”Ivan da Silveiraa 27 de maio de 2016 at 21:32 “”
Com certeza Ivan.Esse pessoal que morre de elogios pra um tank que como todas as tecnologias e políticas de estado ideológica, sempre usou da melhor arma ja criada russa, a DESINFORMAÇÃO.
Confio mil vzs em tecnologia alemã,americana,Israelense,do que em russa.

BolsoJonson
BolsoJonson
5 anos atrás

Só consigo ver um “Leclerc” com blindagem adicional e o diferencial do casulo. Só.

Augusto
Augusto
5 anos atrás

O Armata é um merkeva iv russo um tanque feito pro seu 21, com grande possibilidade de combate urbano assimétrico e ponto, essa é a revolução do Armata no campo convencional qualquer CC moderno do ocidente Abrams , Leopard 2 , lecler ou challeger pode lutar de igual pra igual com o Armata só os russofilicos idiotas achai o Armata de outro mundo o que não é. Só relembrando a história 10 maio de 1940 batalha da França os alemanhaes não tinhao os melhores tanques já a França tinha o incrível Chard b-1 o enquanto a Alemanha só tinha pantera… Read more »

ScudB
ScudB
5 anos atrás

Nada de fanatismo.Pura empolgação de … fanáticos! kkk Falando serio. Tenho pratica e estatística. Atingir com um unico tiro uma torre numa parte “essencial” quase nula.Principalmente em combate “corpo a corpo”.Menos ainda em movimento.Menos ainda nas condições de frio, neve, madrugada, fumaça, relevo, neblina , etc…So vejo certa probabilidade numa emboscada.Nestas condições ate um T34-85 ou Isqueiro (também conhecido como Sherman) pode fazer estrago num tanque moderno.E dai?Coisa operacional! Uso de tanque sem cobertura de infantaria é crime! Agora sobre concorrentes : Concorrente numero 1 de sempre (alemão) : Leopard 3 tem previsão de entrar definitivamente em 2030. Concorrente de… Read more »

moises
moises
5 anos atrás

Um pequeno off-topic:
Vejam esse treinamento conjunto das forças especiais americanas da última semana.
http://www.liveleak.com/view?i=d40_1464226724

Os cenários treinados em Tampa parecem ser bem similares com os cenários possíveis de um atentado terrorista ao Rio de Janeiro, a movimentação pela costeira, hotéis próximos a praias sendo tomados, atentados em cruzeiros ancorados na baia. Participaram vários grupos de diversos países.

Provavelmente é coincidência mas até faria sentido estarem treinando suas forças pra ajudar a intervir num cenário fora do controle com autorização do governo brasileiro.

Mauricio Veiga
5 anos atrás

Curioso, todos comentam sobre a torre dos MBTs, mas poucos se lembram das “lagartas” (esteiras), extremamente vulneráveis em qualquer carro de combate …

Abraço.

Carlos Campos
Carlos Campos
5 anos atrás

não acho que o Armata tudo isso não, pq ele vai parar no primeiro tiro APFSDS de 120mm, a única novidade dele é o alto grau de sobrevivência da tripulação, ser leve, recarga automática (não tem nada de mais aí), um sistema melhorado do ARENA (sistema ante mísseis, igual o TROPHY israelense). enfim não vejo nada demais nesse tanque

Carlos Campos
Carlos Campos
5 anos atrás

Bom o T90 continua ótimo também até mais barato, com o petroleo barato dá até para pechinchar.
Mas os alemães continuam sendo meus fabricantes favoritos. Ele só o monstro no cinema
https://www.youtube.com/watch?v=L8vFGQ0uJQc

ScudB
ScudB
5 anos atrás

Ai nao .. Fury ?Logo?Essa histeria dos yankees no estilo Star Wars!?Fala serio..Isqueiro contra Tiger?! Rs e gargalhadas. Amigo Carlos! Tem Arena nao. Tem Afganit e é beeem diferente do Trophy. E como falei , vai ser difícil parar essa coisa com um tiro.So se for de MUUUUITO perto e com direito a único tiro so (ai ja vem a tática). Em relação de recarga sugiro tentar numa velocidade de (pelo menos) 50 km/h colocar projetil de quase 20 quilos e carga (uns 10) dentro de câmara de canhão de 120 (ou mais) mm.Faz assim: pegue um botijão de gás… Read more »

junior
junior
5 anos atrás

Esse Armata mal consegue andar
https://youtu.be/5kWrx9Ce9ic

SHTF and Preparation
5 anos atrás

Caso as defesas ativas do armata não sejam retiradas daquele lugar, e também a torre não seja totalmente reforçada, até um guarani com um 30 mm ou mesmo com .50 destrói um armata.

Até porque as defesas ativas são programadas para ignorar projéteis pequenos que se aproximam, de tal forma que seriam atingidas em cheio, explodindo a centímetros de um monte de rolamentos e borrachas isolances.

SHTF and Preparation
5 anos atrás

Isolantes, de vedação.
.

É difícil compreender porque o armata foi feito assim. Todo tank faz a torre rebaixar ali naquela área, procurando cobrir aquele lugar, a junção entre torre e carroceria, exatamente para que nenhum explosivo se enfie por ali , porque ali é, depois das esteiras, o ponto mais fraco do veículo. Só o que existe ali são rolamentos delicados. Enquanto isso os russos resolveram colocar uma dezena de explosivos exatamente entre a torre e a carroceria.

ScudB
ScudB
5 anos atrás

Amigo Junior! Isso ocorreu sim num ensaio de Parada de 2015 e passou como vexame e etc.. Na realidade foi uma falta de experiencia de tripulação (que passou um instrução rápida) e nervosismo.Depois o cara da fabrica entrou na maquina , deu partida e saiu sem problema algum.Ja foi comentado ,discutido e .. esquecido. Amigo SHTF! Torre (esquece a capa!) tem bastante proteção na forma de combinação de aço, cerâmica, composite e elementos de defesa dinâmica Malahit. A capa feita assim para diminuir visibilidade dentro da banda RF e cria uma especie de Gaiola de Faraday contra IEM. E (dentro… Read more »

paco
paco
5 anos atrás

A diferença é que o Armata é um tanque inteiramente novo, de um conceito novo e esse aí éum upgrade do Leopard, pode ser comparado ao T-90, mas o Armata é algo único no mundo por enquanto. É o primeiro de uma nova geração de tanques.

paco
paco
5 anos atrás

Fora que o Armata tem defesa antiaerea baseada em um mini radar AESA. É uma coisa nova, não tem comparação. Tem uma defesa ativa até contra um Hellfire ou um Brimstone. Isso é unico, pq o Trophy israelense é um cartucho de calibre 12, o alcance é muito pequeno, o russo é bem maior. Esse Armata é outro naipe.

Gustavo
Gustavo
5 anos atrás

Que título tendencioso, o leopard 2A4 que não apresentou nenhuma grande inovação parecendo mais um facelift de carro popular.

Bardini
Bardini
5 anos atrás

“pq o Trophy israelense é um cartucho de calibre 12”
.
comment image

_RR_
_RR_
5 anos atrás

ScudB (28 de maio de 2016 at 1:01 )… . Em qualquer carro de combate, a torre é a parte que fica mais exposta, em qualquer situação… Justamente por isso se faz todo o possível para reduzir seu perfil e blinda-la ao máximo… . E mesmo que a torre não seja atingida, se a munição estiver exposta dentro do veículo, a chance do CC ser destruído caso seja atingido é muito maior… . Não subestime os sistemas de tiro computadorizado que existem hoje, além dos sistemas de visão noturna/termal. Qualquer carro de combate dotado disso é uma ameaça, em qualquer… Read more »

Bardini
Bardini
5 anos atrás

A versão mais atual do Abrams é a M1A2 SEP V3 que ainda usa o M256 carregado manualmente.
.
O M1A3 ainda é uma incógnita. Mas, talvez possa vir a receber um “autoloader”. Mesmo assim, aparentemente, usará o conceito de armazenagem existente: https://www.youtube.com/watch?v=8rsML92PLbU

_RR_
_RR_
5 anos atrás

ScudB ( 28 de maio de 2016 at 2:35 ), . Haviam Shermans e Shermans… O Sherman ‘Firefly’ e o M4A3E2 estavam longe de serem esses “isqueiros”… . Um IED enterrado no meio da estrada. O malandro fica a distância e espera o “pato”. Na hora que ele passa, aperta o botão… Mesmo que o carro ainda possa ser tecnicamente recuperado, a concussão pode vitimar a tripulação… No mínimo do mínimo, há o risco de destruir as esteiras… E há ainda o problema de se mover um carro de 45 toneladas ou mais do lugar. E aí lá se vai… Read more »

_RR_
_RR_
5 anos atrás

Bardini,
.
Desconhecia essa iniciativa. Muito bacana.

SHTF and Preparation
5 anos atrás

Eu já estava pensando sobre este negócio de carregamento automático ou manual e achava que o melhor, principalmente para o Brasil, era o manual. E após ver estes comentários fiquei em dúvida mas acabei consolidando minha posição de que o manual é o melhor. . Primeiro pelo preço do tank que fica sensivelmente bem mais barato e segundo por ser menos um treco que pode quebrar. No meu entender um bom tank deve ter carregamento manual e motor a diesel, e não por turbina a jato. Fico imaginando um tank, ou tanque, ou como os puristas gostam de chamar, carro… Read more »

SHTF and Preparation
5 anos atrás

Terraplanagem do quarteirão.

.

https://youtu.be/iiPd1xMSlC0

SHTF and Preparation
5 anos atrás

Vídeo de ontem. Treinamento de Abrams. Grandes cortinas de poeira a frente, de tal forma que não é possível disparar imediatamente depois. Posição confortável do remuniciador, canhão recarregado em segundos. O conceito do tanque atingiu o seu pico, tal qual um revólver. Não há mais muito o que se possa mudar para melhor.

.

https://youtu.be/UTB9z-G9VvA

Augusto
Augusto
5 anos atrás

O Armata não tem blindagem maior ou melhor que a do Abrams e challeger 1250 mim na frente isso para um kornet, os russos não tem a blindagem chobam e ponto, o Armata deve ter no mínimo uns 1000mm na frente a torrer é frágil apesar do governo russo falar que o tanque tá pronto varios analistas ocidentais falam que a torrer é fraca e não passa de um protótipo por isso o ceticismo ocidental em torno do Armata, agr voltando na blindagem nas laterais pelo que eu procurei na internet tem proteção de 150mm o que é mt fraco… Read more »

Augusto
Augusto
5 anos atrás

O Leo Revolution não foi feito pra bater de frente com Armata os Leopards 2a6 do heer já batem de igual pra igual, mas não lutam numa guerra urbana assimétrica o Revolution sim e é pra isso que ele foi feito

Augusto
Augusto
5 anos atrás

Não se esquecem que numa guerra quem vence não é quem tem o melhor blindado ou quantidade mas sim a tática empregada Ex: batalha da França , os aliados tinham os melhores blindados como o char-b1 e Matilda e em maior quantidade e ainda perderam pros alemães que só tinham blindados leve panzer i,ii e 38

Carlos Campos
Carlos Campos
5 anos atrás

ScudB as vantagens de carregador automático, são poucas. e sobre o que falei que um único tiro para um MBT vale para todo mundo. e até agora não me convenceram que o T14 é algo muito além do T90. E o T14 não tem um mini radar, pelo menos até agora.

paco
paco
5 anos atrás

Augusto . Mas em um conflito convencional os russos empurrariam a OTAN até as portas da Alemanha, pois a OTAN é uma sopa de letrinhas no leste com muitas unidades armadas com antigos equipamentos soviéticos obsoletos. . Os americanos não tem forças relevantes de prontidão ali. Seria a alemanha lutando sozinha e os franceses se entrincheirando debaixo do seu guarda chuva nuclear. . Isso em uma perspectiva exagerada. . Pois sabemos que a expansão russa com o mínimo de apoio étnico seria até os países bálticos onde 40% da população é russa. . Fora as duvidas sobre a credibilidade da… Read more »

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
5 anos atrás

O T-14 pra mim é o IS-2 atual, veio trazer equilíbrio no campo de batalha para os russos em um eventual conflito, ao invés de mandar ondas e ondas de tanks T-72/80/90, como era feito com os T-34, tentando superar a qualidade pela qualidade, agora pode usar um tank moderno, equivalente aos utilizados pelo inimigo, para atacar a parte mais forte do inimigo, ou se opor a ela com eficácia, enquanto os tanques mais obsoletos guarnecem os flancos ou flanqueiam o inimigo, como os alemães começaram a fazer com o advento do Tiger H1 no campo de batalha.

ScudB
ScudB
5 anos atrás

Amigo _RR_! So comentando alguns momentos.Nada muito radical 🙂 .. 1. Dependendo do tipo de projetil/cartucho 120-122mm pode pesar ate bem mais que isso (o próprio M829A3 pesa acima de 22 quilos).Ja carreguei alguns de 30 quilos ate (observando que foram projeteis de obus). 2. Apelido Isqueiro os Shermann’s ganharam entre Alemães graças ao motor a gasolina e armazenagem especifica de munição ,E mesmo com entrada dos novos modelos (pelo Land-Lease, por exemplo) ele continuou com esse apelido ate o fim de guerra..Sei disso.Mas … Gosto desse apelido , tenho esse pecado. 3. Fury é sobre algum tipo especial de… Read more »

Augusto
Augusto
5 anos atrás

Paço engano seu primeiro teriam de passar pela Ucrânia o que já demoraria o que 2 semanas belarus é aliada russa deixaria os tanques chegarem até a Polônia que tem um componente blindado excelente inclusive com Leopards 2 atrás dela tem a Alemanha que pode muito bem deslocar suas unidades blindadas para Polônia não posso esquece os britânicos que tem uma divisão blindada estacionada na alamanha tbm, no Báltico a ofensiva principal russa viria de Kaliningrado são 800 tamanqueiras estacionados lá vale lembrar que os EUA já estacionaram blindados nos países balticos. A otan é melhor treinada e tem as… Read more »

Augusto
Augusto
5 anos atrás

ScudB não penso que os alemães pensavam assim do sherman até porque no fronte ocidental não era muito comum campos de batalha de 1000m a maioria dos encontros foi em distâncias de 500m aonde um sherman podia destruí qualquer phanter e tiger o primeiro se mostrou uma caca no terreno francês. Uma prova disso foi o avanço colossal do 3 exército de patton só parou por causa de montegomery que queria atacar a Bélgica e a Holanda primeiro

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
5 anos atrás

Não se pode considerar o avanço aliado na Europa apenas no quesito Tank x Tank, a superioridade dos aliados no céu europeu foi decisiva, não apenas no ataque em si, mas também direcionado a artilharia, também devemos levar em conta que o foco do empenho nazista era o front oriental, inde a Alemanha viria a perder 75% da sua força de combate. Os alemães tiveram uma vantagem de 12×1 contra os aliados, no front ocidental em combates de tanks, mas não tinham mais a superioridade aérea, nem a capacidade industrial (que engloba vários fatores)de construir seus tanks (muito mais caros… Read more »

Augusto
Augusto
5 anos atrás

Melky no ano de 1944 ano do dia D 45 % do exército nazista estava no front ocidental e o resto ou seja 55 % no leste sendo que a campanha dinamarquesa era considerada parte da frente oriental então o mesmo número que os aliados enfrentaram no oeste os russos enfrentaram no leste a partir de 1944, esse número de 75% que citaste é em referencia a toda guerra, os russos enfrentarão os alemães desde de 41 enquanto os americanos só foram pra Europa em 43 na Itália e pra vale em 44 na França, no mais nas duas frentes… Read more »

Augusto
Augusto
5 anos atrás

Só completando na defensiva a doutrina soviética consistia que as partes fixas ficassem fixas atrasando o avanço inimigo para que a parte móvel contra-ataque. Já na blitz é totalmente diferente da doutrina de batalha profunda soviética, na blitz o mais importante é a velocidade>força,velocidade>tempo então vc ataca na parte mais fraca abrindo uma brecha pra ceifa o exército inimigo ao meio usando toda a velocidade, no qual os tanques são só a ponta e o infante, a artilharia e a aviação seus apoios