Home Conflitos em andamento EUA e Rússia retomam conversas sobre Síria apesar de conflitos

EUA e Rússia retomam conversas sobre Síria apesar de conflitos

2399
62

Lavrov e Kerry

ClippingMOSCOU/BEIRUTE (Reuters) – O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, vai se reunir com o seu par russo na Suíça no sábado para conversar sobre a Síria, disseram autoridades nesta quarta-feira, após uma campanha intensificada de bombardeios devastadores na cidade de Aleppo.

O governo sírio lançou uma ofensiva para capturar áreas controladas pelos rebeldes de Aleppo, no mês passado, com apoio aéreo russo e de milícias apoiadas pelo Irã, apesar de cessar-fogo aprovado por Washington e Moscou.

Kerry havia interrompido as conversações com o ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, diante da ofensiva.

Os governos da Síria e da Rússia responsabilizaram seus adversários por violar o cessar-fogo.

A retomada das negociações, apesar da ofensiva, é um sinal da falta de opções que enfrentam as nações ocidentais sobre o conflito na Síria, onde há a preocupação de que fornecimentos de armas para os rebeldes poderiam acabar nas mãos de grupos jihadistas. (Por Vladimir Soldatkin and Tom Perry)

FONTE: Reuters

Subscribe
Notify of
guest
62 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Natã
Natã
3 anos atrás

É simplesmente uma questão de quem arrega primeiro, Obama ou Putin. Eu aposto no obama

Renato Vieira
3 anos atrás

2 c.gões na foto e mais 2 em cada palácio nos respectivos paises, enquanto os líderes dessas duas nações não chegarem a um acordo na prática a população civil na Síria padece e a Europa vai recebendo mais e mais refugiados….gente ta na hora não, ja passou da hora de olhar para a população Síria!

Eu sinceramente tenho dúvidas de quem seria pior para os EUA, se o louco das falências ou a Obama de salto mas sem o poder da oratória.

JB
JB
3 anos atrás

A eleição americana paralisou, aparentemente, as ações yakees. Os russos estão febrilmente posicionando equipamentos anti-aéreos e outros, como meios navais, na área do conflito. Apesar do que leio aqui, não creio que Trump seja melhor que Clinton. Trump é amador nesse meio, voluntarioso, e já se isolou no partido Republicano antes mesmo de acabar a eleição. Hillaty, ao contrário do que muitos pensam,por ser ela democrata, é na verdade um falcão. Jogará duro na arena internacional.Passadas as eleições americanas, apesar do imenso atraso, e perda de terreno, os EUA vão voltar com tudo.Não sozinhos, mas com França e Inglaterra. Apesar… Read more »

augusto
augusto
3 anos atrás

JB é por isso que o Putin sabota a Hillary porque sabe e apoia o trump.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Ilyushin IL-76T saindo de Damascus, proa do Irã.
Reabastecendo estoques etc

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

A Syria será dividida em três (3).

Ronilson
Ronilson
3 anos atrás

Eu não estou entendendo nada, o poder militar a economia e os aliados que os americanos possuem são muito maiores que os da russia.
É como comparar um Leão com um gato, e porque os americanos estão exitando contra á russia, será que eles sabem algo que não sabemos

Ronilson
Ronilson
3 anos atrás

Duvido muito que seja por causa das armas nucleares.

Ronilson
Ronilson
3 anos atrás

Talvez seja por causa da China.
Á destruição seria brutal na Europa e nos EUA e a China aproveitaria para se tornar a potência econômica e talvez militar do mundo

donitz123
3 anos atrás

Carlos Alberto Soares-Israel 13 de outubro de 2016 at 5:55
.
A Syria será dividida em três (3).
.
Em quatro pois Israel vai surrupiar Golan.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Ganhou na Guerra, é assim que funciona, são 2/3, 1/3 está com Assad.
Há uma faixa de segurança (para quem ?) rsrs.
Foram os Syrios que atacaram e não tiveram cojones para segurar a onda.
Jamais voltará a Syria, felizmente.
Nem os Syrios que moram do lado de cá querem,
os Drusos adoram a cidadania Israeli, os Hospitais, as escolas, a vida sem
perseguições sectárias ….
pesquise !

_RR_
_RR_
3 anos atrás

JB, Ronilson, . O fato de não haverem tropas americanas na Síria se deve a uma mescla de fatores. . É certo que as eleições de 2012 também interferiram nas decisões nos EUA desde o período pré-eleitoral, junto ao processo de desocupação do Iraque e a redução do esforço no Afeganistão. Some a isso a opinião pública americana no período, receosa de ver seu país em outro conflito infrutífero… E a ascensão do ISIS foi bem nesse turbilhão… . E os americanos demoraram pra compreender a real gravidade da situação. Foi somente em 2014 que começaram a chover ‘Tomahawks’ no… Read more »

wwolf22
wwolf22
3 anos atrás

“os Drusos adoram a cidadania Israeli, os Hospitais, as escolas, a vida sem
perseguições sectárias ” diga isso ao palestinos e árabes que são expulsos de Jerusalem…

Agnelo Moreira
Agnelo Moreira
3 anos atrás

EUA e aliados gastaram muito nos últimos anos. Os bombardeios na Líbia tiveram de ser bancados pelos EUA, pq o estoque de seus aliados chegou no limite.
Os donos do Typhoon compraram 25% menos caças. 1 em cada 4 Esqd da USNavy está ECD ser empregado.
Acredito q EUA e aliados estão com o cobertor curto… Rússia está ocupando o vácuo, e já já chega a China…

Vader
3 anos atrás

Esse Obama é sem a menor sombra de dúvidas o presidente mais frouxo que os EUA tiveram em sua história…

Paddy Mayne
Paddy Mayne
3 anos atrás

A Hillary vai entrar na presidência estressadona e querendo mostrar serviço. As FA americanas irão mudar de postura ao ano que vem.

Paddy Mayne
Paddy Mayne
3 anos atrás

Concordo que Obama não tem uma grande pegada, mas obviamente falta aos americanos um aliado local forte e confiável o suficiente para manter a região estável após uma vitória militar. Ou seja, o mesmo que ocorreu nos dois teatros anteriores. Aí reside a maior limitação americana, e não vejo aqueles que criticam a atual postura de Obama apontarem uma solução para esta questão crucial.

Hawk
3 anos atrás

Falaram a mesma coisa do Ronald Reagan que era um ator medíocre que não sabia de política para governar os EUA e disseram que o Jimmy Carter era um dos presidente mais corajosos de todos os tempos.
Nada como a história para provar que certas previsões são sempre de 50% (de erro) e 50% (de acerto).

ScudB
ScudB
3 anos atrás

Amigo Carlos Alberto!
Existem diferentes tipo dos Drusos.Existem Drusos do tipo como Voce descreveu. Existem Drusos “neutros”(tenho um conhecido do tipo 🙂 ). E existem Drusos como Issam Zahreddin – comandante da Guarda Republicana da Síria e principal responsável pela defesa da Deir ez-Zor.
Um abraço!

Madmax
Madmax
3 anos atrás

Se Moshe Dayan fosse vivo metade da Síria era de Israel

donitz123
3 anos atrás

Carlos Alberto Soares-Israel 13 de outubro de 2016 at 11:40
.
Os Drusos adoram a cidadania Israeli, os Hospitais, as escolas, a vida sem
perseguições sectárias ….

Em primeiro lugar esta cidadania israelense dada aos drusos é uma farsa. Sabe-se bem que Israel só aceita imigração/naturalização de judeus pois querem um estado religiosamente puro. Esta é uma prática condenada pela ONU pois sabe-se que tem como fim a anexação (ilegal do território.
.
Se houver uma divisão territorial, Golan deveria ser entregue aos drusos, verdadeiros donos da terra e não Israel, uma força de ocupação hostil.

Predator
Predator
3 anos atrás

Depois que a Hitllary ganhar e resolver fazer uma demonstração de força para o Urso…os americanos vão tomar um susto como nunca tomaram antes…

JB
JB
3 anos atrás

Prezado RR, Concordo com suas colocações, mas tudo é uma questão de escolhas. E escolhas muito difíceis. Os Estados Unidos poderiam ter escolhido aguentar as consequências, e invadir a Síria. Poderia ter deixado os russos com a base de Tartus, como uma Guantánamo do Putin, ou mesmo ter tomado essa base. E se os Russos retaliassem, fazê-los refletir se a base na Síria valeria mesmo a aniquilação nuclear. Não creio que o Putin seja suicida. E no meu entender, os EUA e a UE devem, como melhor estratégia, levar até o fim o escudo antimísseis europeu, e a alternativa ao… Read more »

Ivan da Silveiraa
Ivan da Silveiraa
3 anos atrás

Boa noite

JB, excelente o seu comentário! Muito bom!

Abraço!

_RR_
_RR_
3 anos atrás

Caro JB, . Putin certamente não é maluco, mas também está na “berlinda”… Perder o ultimo rincão de influência que resta aos russos no OM seria catastrófico no que diz respeito a manutenção de seu poder. E perder Tartus então… Seria a sua degola… . A questão síria, portanto, exigia uma ação da parte dele. Na verdade, pode-se dizer que ele correu sérios riscos. . E se os americanos desembarcassem na Síria, isso poderia ter consequências muito além daquele país, gerando uma crise talvez muito maior que a atual. Seja como for, era politicamente inviável… . O líder russo certamente… Read more »

kfir
kfir
3 anos atrás

aLGUÉM PODE OPINAR? . https://br.noticias.yahoo.com/televis%C3%A3o-russa-terceira-guerra-mundial-come%C3%A7ou-195817283.html . Para televisão russa, Terceira Guerra Mundial já começou . O cenário de uma Terceira Guerra Mundial é remoto, mas quem ligar a televisão na Rússia vai se surpreender ao saber que, na verdade, ela já começou. . Na principal emissora pública do país, o apresentador do programa estrela do domingo à noite anunciou que as baterias antiaéreas russas na Síria vão “derrubar” aviões americanos. . O canal de notícias 24 horas Rossia 24 exibiu uma reportagem sobre a preparação de abrigos antinucleares em Moscou. . Em São Petersburgo, o canal digital Fontanka diz saber… Read more »

Predator
Predator
3 anos atrás
Daniel Dutra
Daniel Dutra
3 anos atrás

off topic: texto meio sensacionalista porem interessante Para televisão russa, Terceira Guerra Mundial já começou http://istoe.com.br/para-televisao-russa-terceira-guerra-mundial-ja-comecou/ “O cenário de uma Terceira Guerra Mundial é remoto, mas quem ligar a televisão na Rússia vai se surpreender ao saber que, na verdade, ela já começou. Na principal emissora pública do país, o apresentador do programa estrela do domingo à noite anunciou que as baterias antiaéreas russas na Síria vão “derrubar” aviões americanos. O canal de notícias 24 horas Rossia 24 exibiu uma reportagem sobre a preparação de abrigos antinucleares em Moscou. Em São Petersburgo, o canal digital Fontanka diz saber que o… Read more »

Daniel Dutra
Daniel Dutra
3 anos atrás

rapaz fui ver agora que o kfir ja tinha postado rsrs

JB
JB
3 anos atrás

Caro RR,

A Rússia não tem lá muitas opções. Se os EUA invadissem eles iam fazer o que? Começar uma Guerra Nuclear? Ser riscados do mapa, eliminando também os EUA? Duvido muito. Quanto a “consequencias muito além daquele país”, a Síria, estas seriam enfraquecer e isolar o Irã, e debilitar muito o Hezbollah. Os EUA teriam , isso sim , que se preocupar em colocar um freio na Arábia Saudita, apertando a rédea. O mais desafiador seria o desenho que eles dariam ao novo OM.

JB
JB
3 anos atrás

Como curiosidade, numa hipótese, se considerarmos diversos fatores, quais seriam os melhores líderes do Império Americano? Em minha opinião, levanto dois nomes: o hoje democrata Michael Bloomberg, ex prefeito de NY por 3 mandatos, e o republicano David Petraeus, um general singular, ex comandante e que arrumou a bagunça no Afeganistão e Iraque, e com talento para a política.

Ricardo
Ricardo
3 anos atrás

A questão é muito simples, os EUA vão bater de frente com um gigante militar como a Rússia por conta de meia dúzia de rebeldes e terroristas? Claro que não, óbvio que não. O que eles podem fazer e esbravejar ou incitar a mídia a fazer isso. A tentativa do Obama de isolar a Rússia provou-se um verdadeiro fiasco. Ah a economia russa está sofrendo com sanções. Bom, mesmo com o barril a 100 dólares a economia já dava sinais de cansaço. A dívida pública russa é menor que de qualquer país ocidental, o desemprego está em 5,4% (bem menor… Read more »

JB
JB
3 anos atrás

Caro Ricardo, Os EUA não vão bater de frente com a Rússia por meia dúzia de rebeldes, mas pela configuração do OM nas próximas décadas. Dívida pública e reservas internacionais não interessam à América, que imprime a única moeda que é reserva de valor mundial, sem riscos inflacionários. Ninguém mais pode se dar a esse tremendo luxo. Nada indica que a economia russa vai crescer em 2017, muito pelo contrário. A Rússia vai gastar bilhões e bilhões na Síria, dinheiro que faz tremenda falta na recessiva economia russa, que é por demais pequena para as megalomaníacas pretensões globais russas. Qualquer… Read more »

Professor
Professor
3 anos atrás

Vão fechar mais um acordo…e os EUA mais uma vez não vai cumprir sua parte. Vimos essa mesma atitude dos EUA durante o genocídio dos índios nativos norte-americanos.

kfir
kfir
3 anos atrás

Professor
no fórum o objetivo é debater o que pode acontecer, opiniões de esquerda radical não colaboram… a urss matou 60 milhões de pessoas do seu próprio povo… com o socialismo que mata mais eficientemente que qualquer outra coisa que tenha existido, nunca nada matou tanto em tão pouco tempo 160 milhões até o fim da urss;.
.
Portanto sua opinião é no mínimo ingênua;;; socialismo é tão perigoso que deveria ser crime aqui no Brasil
.

Daniel Dutra
Daniel Dutra
3 anos atrás

Aliado ultranacionalista de Putin diz aos EUA: elejam Trump ou se preparem para uma guerra nuclear
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/5637909/aliado-ultranacionalista-putin-diz-aos-eua-elejam-trump-preparem-para

mais uma pessoal..

Claudiney Martins
3 anos atrás

Boa notícia. Não há fim do conflito a curto prazo a não ser com negociações. Para os EUA e aliados é importante que se chegue a uma solução negociada antes que Aleppo caia, pois seria uma forte queda no poder de barganha. Para os russos, quanto antes o conflito acabar melhor. Menos gastos. Há ainda o fator de que com o próximo governo americano será mais difícil de conversar. . Devemos ver a partir de sábado a diminuição dos bombardeios e provavelmente dos avanços do exército sírio a partir de domingo ou segunda. Um novo armistício deve ser negociado e… Read more »

Ricardo
Ricardo
3 anos atrás

JB Segundo FMI e Banco Mundial (relatórios públicos, basta pesquisar) a economia russa já crescerá em 2017. Para os russos dívida baixa e reservas são muito importantes, ou você viu Moscou atrás do FMI com pires na mão?! NÃO! Devido a essas reservas e dívida pública muito baixa. Gastar bilhões na Síria a aonde? Ela gasta no máximo centenas de milhões por mês, preço muito baixo, nem se quer faz cocegas no orçamento. Os próprios estrategistas em Washington dizem que nesse ritmo de gastos a Rússia pode ficar pode décadas na Síria sem problema algum. E buraco no orçamento ande?… Read more »

ScudB
ScudB
3 anos atrás

Amigo kfir!
Tem algum link ou a fonte desses números?..60 mi , 160 mi ..
Um abraço!

Jacinto Fernandes
Jacinto Fernandes
3 anos atrás

Scub – a literatura sobre os mortos em decorrência do socialismo: o Livro Negro do Comunismo, Mao: A história desconhecida e Um século de violência na Rússia Soviética. Há outros, mas em todos os casos, embora os autores queiram sustentar suas teses com documentos, o que há é chute mesmo. Poder ser no máximo o que se chama de “educated guess”. Por outro lado, na Rússia atual – que odeia o comunismo mais do que qualquer coisa – os números estão sempre na casa das dezenas de milhões, que eles jogam na conta do Stalin (que não era russo, mas… Read more »

Pangloss
Pangloss
3 anos atrás

Parafraseando Henrique IV, Rei da França, eu diria que “Damasco não vale uma missa”.
Ninguém vai provocar uma guerra em escala mundial por causa da Síria.
Os pobres sírios continuarão a se matar entre si, em nome de interesses que eles nem desconfiam quais são. E o mundo vai continuar a se escandalizar com a matança, e só.

JB
JB
3 anos atrás

Ricardo Putin disse que a Rússia gastou 480 milhões de dólares até agora na Síria. Dando credibilidade à palavra de um ditador, você está correto. O PIB russo deverá encolher 1.2% em 2016, e devido a certa retomada do preço do petróleo, prevê-se que cresça 1% em 17. Ou seja, sequer recupera o que encolheu. Mas isso é previsão levando-se em conta o cenário atual. Como as nuvens, este cenário pode se alterar. A única coisa que você conseguiu citar como alternativa econômica para exportação foi trigo. A Rússia produz e exporta trigo desde sempre. Commodities, commodities, commodities. Na área… Read more »

kfir
kfir
3 anos atrás

A Russia pode ter criado uma ilusão de guerra, para vencer algo que só existe na tv… uma falsa guerra nada mais que propaganda, devem vender uma vitória para o público interno…
,
propaganda…
.
no entanto se os EUA poderiam jogar bomba na cabeça de ASad e seus generais.. quem iria comandar? Não fizeram… pq não querem…

_RR_
_RR_
3 anos atrás

Caro JB, . Você está certo. A Rússia não seria capaz de deter os americanos. E concordo com relação a AS ( esse sim o verdadeiro problema, haja visto haver simpatia em alguns altos círculos pelos grupos anti-Assad; incluindo o EI ). Mas o amigo ainda desconsidera certos aspectos referentes a uma ação americana. . Com Assad sendo diretamente abastecido por Putin, haveria o risco de ocorrer um atrito entre os meios logísticos russos e as forças americanas, o que poderia precipitar uma reação russa em outro campo ( a rigor, sempre existem meios de se abastecer grupos insurgentes ).… Read more »

Soldat
Soldat
3 anos atrás

Palhaçada..essa historia de entendimento é só ilusão!

Os Âmis junto com o Reino Saudita já entraram em acordo para transferir 9.000 mil combatentes moderados(cortadores de cabeça e vendedores de mulheres e crianças para escravidão fora o comercio de órgãos) de Mossul para a frente de Deir Ezzor .

Enfim é tudo hipocrisia da parte dos Âmis. acho até que para acabar de vez com essa loucura perpetrados pelos Âmis seria uma guerra nuclear mesmo?!..

Que venha a maldita Hillary.

Pobre mundo……..

Madmax
Madmax
3 anos atrás

Os Yankees deviam se impirulitar da síria e armar um plano ocidental para receber os refugiados em algum lugar e deixar os russos se virarem com o EI sozinhos.

JB
JB
3 anos atrás

Caro RR, Concordo com o que diz. Mas os EUA não serão a mega potência pra sempre. Ou eles usam o poder deles agora, ou aceitam que um pais vinte vezes menos potente que eles mande no lugar deles. Não se engane, o que a Rússia quer é mandar. Desde a era Czarista a Rússia é brutal. Todos vimos o que eles fizeram com os aliados do leste europeu na era soviética. Massacre. Levantou a cabeça,porrete. E a China não é melhor, Uma civilização que em 5 mil anos foi os 5 mil anos autoritária. O Ocidente tem o histórico… Read more »

JB
JB
3 anos atrás

Quanto à Russia, tem que ter certo cuidado. O arsenal nuclear russo tem que estar sob mãos firmes e confiáveis. No futuro, a Rússia sofrerá para manter esse arsenal. E talvez o mais preocupante seja o conhecimento nuclear russo. Não digo que a Rússia venha a ser estado falido, longe mesmo disso, mas ela não é mais a União Soviética, que tinha sob sua jurisdição mais da metade da Alemanha. O peso da estrutura herdada da URSS está além das possibilidades russas.”Ajuda China!!!”

Professor
Professor
3 anos atrás

Predator 13 de outubro de 2016 at 17:23

Favor escrever o nome da próxima presidenta dos EUA corretamente. Não é Hitllary, é Killery…ou melhor, Hitllery….ou Hitllary mesmo? agora fiquei na dúvida.

Essa bruxa velha e loira escreveu uma carta secreta a investidores israelenses prometendo matar 200.000 palestinos, se fosse eleita.

Mas 200.000 palestinos é café com leite, comparado com a guerra que ela vai arranjar com Rússia e China.

https://panoramalivre.wordpress.com/2016/03/03/se-precisar-matar-200-mil-em-gaza-que-seja-assim-diz-carta-de-hillary-clinton-a-magnata-judeu/