Home Artilharia Antiaérea 2º Grupo de Artilharia Antiaérea – Exercício de tiro Antiaéreo

2º Grupo de Artilharia Antiaérea – Exercício de tiro Antiaéreo

5917
49

2o-gac-1

Praia Grande (SP) – No dia 29 de setembro, o 2º Grupo de Artilharia Antiaérea realizou um exercício de tiro real com canhões antiaéreos calibre 40mm e metralhadoras .50. O exercício marca o fim do período de qualificação dos soldados incorporados no ano e aconteceu nas áreas da própria Organização Militar.

2o-gac-2

2o-gac-3

2o-gac-4

FONTE: 2º GAC

Subscribe
Notify of
guest
49 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
paco
paco
3 anos atrás

Obsolência total. Venezuela tem S-300.

Caio L
3 anos atrás

As vezes eu fico pensando: Se o Maduro perde o resto da sanidade e invade o Brasil usando os seus Sukhoys e F16, o que seria do Brasil? Não me venham com respostas do tipo > Ah, mas os caças não estão operacionais, não tem armamentos. Claro que eles tem. Se tem caça, tem armamento. O que seria do Brasil contra Su-30 e os F16? O Sistema Igla da conta do recado? Gepard da conta do recado? Seria possível o Brasil fazer uma incursão aérea na Venezuela sem ter os F5 abatidos pelo S300? Não estamos preparados Uma guerra não… Read more »

Celso
Celso
3 anos atrás

Pacos, o q tem a haver alhos c bugalhos……..cada armamento tem sua finalidade e um nao descarta o outro em nenhuma circunstacia. Cada qual tem seu alcance e sao defesas em camadas. Sds

Caio Romão
Caio Romão
3 anos atrás

paco 28 de outubro de 2016 at 15:02
—————
Infelizmente você está certo.
O EB, em termos de defesa antiaérea e em relação ao seu tamanho, economia de “putênfia” e pretensões da geo-política mundial, é simplesmente pífio.
O que temos de mais eficiente, hoje, são os 9K38 IGLA (equipamento que até as FARC tem e mesmo assim não consegue se livrar dos C-47 “fantasma” da FAC).
http://www.brasilemdefesa.com/2012/05/9k38-igla.html

Caio Romão
Caio Romão
3 anos atrás

É claro que os guerrilheiros os utilizam de forma bem menos “profissional” porque não tem o dinheiro que um exército convencional tem, o que afeta diretamente no nível de instrução. Mas na quantidade de equipamentos e munições (tá certo que quantidade não é qualidade mas admito que, se isso se confirmar, eles poderiam se dar “ao luxo” de arriscar e errar, mais que nós), talvez eles (as FARC) se equiparem a nós, no que tange a Iglas. . Observação: Alguém sabe se os SA-24 Igla-S das FARC (fornecidas, provavelmente pela Venezuela) são superiores à nossa versão ? . ps: De… Read more »

Caio Romão
Caio Romão
3 anos atrás

Errata: Este é um triste fato. rs

Caio Romão
Caio Romão
3 anos atrás

Caio L 28 de outubro de 2016 at 15:53 ————— Não se preocupe, meu caro. Sabemos que ditadores em desespero fazem esse tipo de coisa, como a junta militar argentina fez em 82, por exemplo. Mas… . 1- Para a nossa sorte, Maduro não goza do mínimo da popularidade que Galtieri ainda gozava, quando da aventura nas Falklands (não se deixe levar pelos mortadelas de lá, que ganham esmolas para se vestir de vermelho e sair na frente das câmeras, para fingir que Maduro ainda tem apoio popular – ele não tem nenhum). . 2- Conflitos para o cacife sul-americano… Read more »

Colombelli
Colombelli
3 anos atrás

Caio L, não viaja na maionese. mais uma vez é preciso repetir ter uma aeronave e misseis é so uma parte do que se precisa pra opera-las eficientemente. Recentemente a Venezuela teve de mandar um F16 para interceptar um aviãozinho de traficantes e não o fez por economia de meios, fez por inoperância dos SU. Quanto mais sofisticado é um meio, mais doutrina e treinamento precisa pra torna-lo eficaz. Isso eles não tem. E ainda que tivessem, nenhum alvo de vulto estratégico está ao alcance deles. Os nossos centros industriais e econômicos estão a milhares de quilômetros de lá. Quem… Read more »

Fernando
Fernando
3 anos atrás

Boa Caio hahahahah resumiu a ópera toda que aconteceria!

E com certeza falta ao EB um investimento mais profundo nas defesas AA.

Caio Romão
Caio Romão
3 anos atrás

Só pra lembrar ao pessoal, que é quase impossível que a Venezuela se aventure contra o Brasil, sendo que é muito mais fácil para o idólatra de “pajarito”, tentar fazer uma covardia com a Guiana. Fora que os venezuelanos não tem a operatividade desejada, Et Cetera e tal… . Mas, porém, contudo, entretanto, todavia… Isso não exclui o fato de, o Brasil ter um sistema de defesa anti-aéreo pífio para a posição econômica que ocupa, para as dimensões continentais de seus território e tudo mais (fora as pretensões à uma maior importância no quebra-cabeças internacional, como uma vaguinha no conselho… Read more »

Caio Romão
Caio Romão
3 anos atrás

Comentário retido. Desde já, agradeço!
Abraço!

Jean Carlos
3 anos atrás

que vergonha !

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
3 anos atrás

Muito bom esse treinamento,perto dos prédios,asfalto,carros e principalmente para o nosso povo sem cultura militar, admirar o exercício.

Colombelli
Colombelli
3 anos atrás

Prezados, e como estarão o sistemas Venezuelanos sem manutenção? Semi novos ainda vai, mas os mais antigos ja era. E so pra lembrar o S-300 não é eficiente contra alvos em baixa altitude. Se limita pelo horizonte radar. Pra defende-lo foi criado do Pantsyr justamente por causa disso.

Alex.
Alex.
3 anos atrás

O povo viaja com Mauro…

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
3 anos atrás

Não os vejo como agressor,ter os equipamentos quê a Venezuela tem não os credencia, a sair por ai em blitzkrieg. Até porque esse trampo é para cachorro grande.

Agnelo Moreira
Agnelo Moreira
3 anos atrás

Sem dúvida, estamos mal de Def AAe, mas deve-se lembrar do q foi dito: a Def AAe é feita por camadas, onde um armamento “cobre” o outro.
Temos pouca defesa para baixa altura. Para além disso, estamos sem…
Todas as Forças estão sensíveis a isto, mas para termos estas capacidades, o que temos de aceitar em contratos? É muita sensibilidade estratégica com condicionantes que, definitivamente, não se tem acesso.
Mas repito, não só o EB, FAB e MB estão atentos ao problema, mas também o EMCFA e o próprio MD.

Luciano
Luciano
3 anos atrás

A guarnição desse Bofors é de quantos homens? Neste exercício teve alvos rebocados?

bosco123
3 anos atrás

Colombelli,
Você citou dois bons alvos de alto valor que os venezuelanos podem alcançar. rsrsss

Space Jockey
3 anos atrás

Realmente é uma cena assustadora ! Tenho inclusive dificuldade para me expressar vendo tal acervo histórico sendo utilizado em instrução nos dias atuais. M2 HB ? Boffors ? Que deus nos ajude.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Colombelli
Assino junto nos dois comentários.
________________________________

Na última foto, quando muito pequeno meu finado Pai me levava para passear ali, era pura natureza, meio século …. quase.

bosco123
3 anos atrás

O 40L70 ainda é uma arma válida mas se associado a um sistema de alerta de ameaças e de controle de tiro avançado e à munição 3P.
Na base da busca de ameaças e da pontaria por “zoião” (Eyeball Mk-1) e com munição de impacto aí realmente é o fim da picada para um país que quer ter assento no CS e se autodenomina “potência regional” e a oitava economia do mundo.
Em sendo assim realmente melhor desmantelar esses canhões e se valer só dos mísseis (Igla e RBS-70).

Mike
Mike
3 anos atrás

E pensar que o sistema ASTROS era o armamento padrão dessa Unidade Militar, esta “bem protegido” o porto de Santos!!!

Gabriel
Gabriel
3 anos atrás

Caio L, quanto ao sistema anti aéreo brasileiro não existe! Existe um controle de trafego aéreo quando se identifica uma aeronave pode enviar aviões para “intercepta – lo” desde ( desde A29 / AMX / F5 ) depende do lugar e da disponibilidade de recursos, Nossa AAe é apenas de ponto ultrapassada, não serve nem para defender uma guarnição militar, um próprio AMX faria um estrago! Com a vinda das olimpíadas fizemos essa compra dos RBS70 de caráter emergencial e como citado em um post anterior talvez mesmo até para não sermos processados contra a copia do ALAC, Uma batalha… Read more »

Osvaldo Marcilio Junior
Osvaldo Marcilio Junior
3 anos atrás

Com esse sistema de “Defesa Antiaérea” estamos pronto para a “SEGUNDA GUERRA MUNDIAL”!!!

XO
XO
3 anos atrás

Caio… guerra não se faz com treinamento e sim com armamento ? Rapaz, reveja seus conceitos… se a US Navy doasse 2 Ticonderoga e 5 Arleigh Burke issa faria da MB uma força poderosa ? Sim… mas somente depois de soubermos operá-los adequadamente, explorando todas as suas capacidades… e isso, meu caro, só é possível com treinamento… a vida real é diferente do jogo Super Trunfo… abraço…

XO
XO
3 anos atrás

Ops, comentário baseado no Caio L… esqueci…

horatio nelson T.R.U.M.P
horatio nelson T.R.U.M.P
3 anos atrás

faltou só as bandeirinhas como se fazia antigamente para direcionar o fogo rsrs isso não tem mais espaço na artilharia anti aerea…agora pode ser bem eficiente contra pessoas,veiculos e estruturas como vem sendo feito na siria;axo q o eb talvez tenha isso em mente neste exercicio caso contrario estamos em maus lençóis.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
3 anos atrás

É uma imagem miserável, imagino como os países de 1º mundo reagem ao ver isso, devem rir muito, ou então nem se incomodam de olhar de pena.

Colombelli
Colombelli
3 anos atrás

Bosco, bombardear a zona franca e deixar Manaus e Boa Vista sem energia não vai por o Brasil de joelhos. Já umas três ou quatro refinarias venezuelanas em chamas………

Matheus
Matheus
3 anos atrás

Voces realmente acham que todo o efetivo é apenas isso?

Sei que precisam de melhorias, mas car@lho, gente.

Tambem tem que parar com esse mito de que Venezuela vai atacar. Eles não tem dinheiro pra alimentar seu próprio povo.

Rogério Melo
Rogério Melo
3 anos atrás

É Matheus, tenho que concordar com você, essa “invasão” da Venezuela beira a paranoia. Um país que não tem papel higiênico e alimentos básicos para a população, vai conseguir invadir o quê? O país tem a suposta maior reserva de petróleo do mundo (é muito, mas reservas não certificadas não dá para confiar no número) e sofre racionamento de energia. Antes de armas e equipamentos, a tropa precisaria comer para continuar em combate, e até isso está difícil por lá.

Lucas Schmitt
3 anos atrás

E pensar que a nona economia do mundo só possue CANHÕES para defesa AA.

Lucas Schmitt
3 anos atrás

Isso claro sem considerar os mísseis de curto alcance, que só são capazes de abater helicópteros.

bosco123
3 anos atrás

Lucas, Os mísseis portáteis podem abater aviões sim. A zona letal de um Igla corresponde a um círculo de uns 5 a 6 km de raio. Um caça a baixa altitude a 300 m/s pode levar mais de 40 segundos para atravessá-la. A distância de trancamento em tempo bom geralmente é maior que o alcance nominal e em tese a ameaça em aproximação frontal pode ser interceptada no limite do alcance cinético (5 a 6 km). Isso é mais comum se o míssil está associado a um sistema de mira sofisticado que não somente o olho humano, mas é plenamente… Read more »

Juarez
Juarez
3 anos atrás

Existe a real possibilidade de termos uma novidade no campo da AA no primeiro semestre de 2017, nada de ultra mega exterminator, mas usado, “de garagem”, nunca “bateu”, será um passa a frente do que temos hoje em termos de alcance. Vamos torcer para o negócio afiar dar certo.

Ahhh, não é russo, graças a Deus.

G abraço

Bardini
3 anos atrás

Se não é russo…
Bamse ou cataram algum Aspide dando sopa? rsrsrs….

Juarez
Juarez
3 anos atrás

Bardini, não posso falar mais nada, porque qualquer coisa que anuncie neste campo a ptralhada agora sai gritando que estão tirando dinheiro dos pobres para gastar armas, vamos deixar acontecer.

G abraço

horatio nelson T.R.U.M.P
horatio nelson T.R.U.M.P
3 anos atrás

deve ser o BAMSE da saab…

Gen. Escobar
Gen. Escobar
3 anos atrás

Nós temos que parabenizar nossos bravos soldados porque eles usariam armas da WWII para abater aviões e tropas inimigas! Precisa ter coragem! Já comentei em vários outros posts…não é falta de $$ e sim de planejamento financeiro! Temos mta sorte de termos vizinhos que acreditam que somos uma potência militar e não fazem nada para “testar” isso. Na verdade a Venezuela “testou e atestou” que pode chegar com um esquadrão inteiro de caças até Boa Vista se quiserem sem ao menos ser incomodados. Essa é a nossa realidade..pena que só nós – deste fórum – sabemos disso! Lá em Brasilía… Read more »

Jodreski
Jodreski
3 anos atrás

O problema não é o Brasil operar esses canhões, o problema é o Brasil praticamente só operar esses canhões. Sistema Anti aéreo BR é bem eficiente contra aeronaves com padrão de voo igual ao do narcotráfico e olhe lá.

Caio Romão
Caio Romão
3 anos atrás

A questão não é se a Venezuela vai se aventurar contra nós ou não…
A situação é a seguinte: nós somos a oitava economia do mundo, pretendemos ser o país mais forte do atlântico sul e a uma vaga do CS da ONU. E não temos uma defesa antiaérea decente.
E como se a vergonha não estivesse de bom tamanho, temos dois vizinhos sul-americanos (bem mais pobres) que tem sistemas de defesa antiaérea muito mais organizados (e isso inclui o Chile com os NASAMS).
.
Isso já é absurdo o bastante!

Celso
Celso
3 anos atrás

Ruim com e pior sem…ok, mas o maximo mesmo da baboseira neste momento eh sequer cogitar ou acreditar q a Venezuela podera ou ira tentar qualquer tipo de agressao a qualquer lugar no Brasil…..a tal advogada pra comecar ja esta viajando na maionese e muitos aqui ainda estao dando milho pra bode…………me poupem, muitos aqui estao se esquecendo de como a coisa toda funciona (AA) no terreno da realidade. Como ja comentei, existem as tais camadas de atuacao , quer na vertical e na horizontal. O q e como poderao ser utilizados estes armamentos depende e muito do momento (tatica… Read more »

Bardini
3 anos atrás

Não duvido que seja algum Hawk que esteja sobrando por ai…

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
3 anos atrás
Maurilio
Maurilio
3 anos atrás

Na minha epoca o 2gae utilizava canhões oerlikon 35 , porque agora os 40mm

Lucas Schmitt
3 anos atrás

Realmente é triste olhar pro Brasil e não achar um ponto positivo. No aspecto militar não temos nada de ponta, só o “básico” em todas as forças. No social temos sindicatos e movimentos as centenas que só olham pro próprio umbigo e quando contrariados fecham os olhos pros fatos e argumentos e esperneiam xingamentos. A política brasileira chega a ser uma piada, a cada 100 políticos, 1 tem a cabeça pensante, isso sem levar em conta o fato de NÃO termos direita no nosso país. No empresarial outra tristeza, sem estaleiros com cacife nem para fazer uma mera corveta, a… Read more »

Caio Romão
Caio Romão
3 anos atrás

Lucas Schmitt 2 de novembro de 2016 at 18:53
—————————–
Você tem toda a razão, meu caro.
Infelizmente, a grande ralidade é que esse país só vai se desenvolver se as autoridades constituídas fizerem o que os japoneses fizeram na reforma Meiji.
Traduzindo: acaba com essa p… toda e tragam meia centena de tecnocratas do mundo civilizado para nos ensinar a ser um país.
.
Medidas radicais para situações dramáticas.

marcio
marcio
2 anos atrás

Os Can AAe 35mm Oerlikon foram aposentados….simples assim…e junto com eles foram as Centrais de Direção de Tiro (CDT) Contraves apelidadas de “morcegões”…
O Sistema Astros II tinha seu lugar na defesa do litoral…e particularmente na minha opinião ainda tem…
Os Can Au AAAe 40 C/70, apesar de possuírem um alcance limitado, são confiáveis e a espoleta de proximidade 3P de suas granadas são eficientes…afinal para varar uma cabine o capacete do piloto, basta apenas um balim de tungstênio…dos cerca de 300 que cada munição espalha ao explodir.