domingo, dezembro 5, 2021

Saab RBS 70NG

7° RC Mec – Operação Sentinela Avançada

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

7-rc-mec-3

Santana do Livramento (RS) – No período de 11 a 15 de novembro, o 7º Regimento de Cavalaria Mecanizado (7° RC Mec) esteve participando da Operação Sentinela Avançada, na região que compreende os municípios de São Gabriel e Bagé (ambos no Rio Grande do Sul).

A Operação foi desenvolvida pelo Comando da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, da qual o Regimento é peça de manobra. Do efetivo do 7º RC Mec, participaram da operação cerca de 170 militares e 40 viaturas, dentre leves e blindadas. A manobra foi concebida em um quadro tático fictício, no contexto das operações de amplo espectro, conforme se verifica na evolução dos conflitos ao redor do mundo.

O objetivo da atividade era adestrar a tropa em missões de segurança e reconhecimento, que são as atribuições específicas de um Regimento de Cavalaria Mecanizado.

7-rc-mec-1

7-rc-mec-2

7-rc-mec-4

FONTE: EB

- Advertisement -

8 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
5 anos atrás

Que decepção essas fotos não serem em alta resolução !!!!!
Pq TODAS as fotos que tem como fonte o EB, são de baixa resolução ?

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
5 anos atrás

Bom, mantem os músculos aquecidos e a ferrugem longe.
Devem ter motivos “alta resolução.” ?

Carvalho
Carvalho
5 anos atrás

Vejam as marcações nos carros Cascavel !!
>

Israel usava nos Centurion na guerra do Yom Kippur

Robosn
5 anos atrás

Essa doutrina e meio atrasada, fazer reconhecimento com jipes… porque não se usa um drone…?

DaGuerra
DaGuerra
5 anos atrás

Não entendo esses jipes nos RCMec. Uma unidade blindada com viaturas de combate orgânicas não blindadas.Serão substituidos pelo IVC da Iveco?

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
5 anos atrás

Um Cascavel não seria mais útil com uma peça de 30mm automática em vez da 90mm em funções de reconhecimento ?

Jorge Lee
Jorge Lee
5 anos atrás

Carvalho, Correto, mas essas marcações são vistas também nos CC M1A1/2 Abrams Exército Americano, tanto na Guerra do Iraque, quanto em manobras da OTAN. DaGuerra, A doutrina de reconhecimento utilizando viaturas leves não blindadas não é problema nenhum, considerando as hipóteses de emprego de nossas FFAA. Evidentemente, em cenários mais contestados ou de guerra urbana, é previsto a utilização de viatura mais protegida, como as VBM-LR LMV da Iveco. O uso de SANT não substitui o reconhecimento no terreno, Robosn. Delfim, O Cascavel como é hoje realmente é um viatura com sistemas obsoletos, mas a substituição do canhão de 90mm… Read more »

Últimas Notícias

23° Esquadrão de Cavalaria de Selva recebe instrução sobre simulador da Viatura Blindada Guarani

Tucuruí (PA) – Entre os dias 23 e 24 de novembro, o 23° Esquadrão de Cavalaria de Selva (23...
- Advertisement -
- Advertisement -