Home Blindados Exército Brasileiro encomenda mais blindados Guarani 6×6

Exército Brasileiro encomenda mais blindados Guarani 6×6

14957
86

Guarani

O Jane’s noticiou que o Comando de Logística do Exército Brasileiro (CoLog) concederá à Iveco Latin America um contrato para 1.580 veículos blindados anfíbios VBTP-MR Guarani 6×6 em 22 de novembro, informou o Serviço de Gerenciamento de Projetos.

A frota, a ser entregue entre os anos 2016-35, compreenderá as versões de transporte de tropas, comunicações, posto de comando, ambulância e de morteiro de 120 milímetros. O CoLog está comprando as plataformas em lotes de 723, 547, 275 e 35 veículos, bem como equipamentos e serviços associados, totalizando R$ 5,9 bilhões. Vários serão armados com estações de armas protegidas tripuladas UT-30BR e estações de armas remotas ARES Aeroespacial & Defesa REMAX e TORC30.

86
Deixe um comentário

avatar
86 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
35 Comment authors
Leo NevesLeandro Costasergio ribamar ferreiraRogério RufiniColombelli Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
olavo nunes
Visitante

Versão armada com canhão de 105 mm?

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Conforme a notícia, não, Olavo.
.
Ademais, os planos para um blindado com canhão estabelecem que ele seja 8×8.

Carlos Crispim
Visitante
Carlos Crispim

E aqueles 2000 e tantos que anunciaram anteriormente???? Brincadeirinha, pegadinha do malandro!!!!!!! Parece piada, e é, ou estamos na miséria absoluta, ou na megalomania total, já são mais de 3500 Guaranis anunciados, acredite quem quiser, se chegarmos a 100 acho que podemos rezar e levantar as mãos pro céu. O que me interessa realmente é a versão 8X8, que poderá trazer encomendas internacionais, o resto é o resto…

Clayton Kikugawa
Visitante
Clayton Kikugawa

Se eu não me engano não é até 2035, a quantidade total entregue.

Matheus Henrique
Visitante
Matheus Henrique

Prefiro VBTP 8X8. SDS!!

Guilherme
Visitante
Guilherme

Alguém sabe alguma coisa sobre o andamento da versão 8X8? Vai realmente ficar pronta ou só no papel?

Bardini
Visitante
Bardini

Carlos Crispim 21 de novembro de 2016 at 17:52
.
“já são mais de 3500 Guaranis anunciados”
.
??????
.
“se chegarmos a 100 acho que podemos rezar e levantar as mãos pro céu”
.
??????
.
“O que me interessa realmente é a versão 8X8, que poderá trazer encomendas internacionais, o resto é o resto…”
.
??????

Helio
Visitante
Helio

Rapaz, se a compra sai, é errada, se não sai, é errado. Se é 6×6 é errado. Se é 8×8 é errado…..

Roberto Bozzo
Visitante
Roberto Bozzo

No DOU aparece o valor unitário um pouco maior de R$3.600.000….

Roberto Bozzo
Visitante
Roberto Bozzo

Saberiam informar qual o prazo pra a conclusão das entregas ?

EduardoSP
Visitante
EduardoSP

Já vi um Guarani ao vivo e o blindado é muito alto. Com essa torreta ARES fica quase do tamanho de um prédio de 3 andares…rsrsrs, dá para ver de longe.

EduardoSP
Visitante
EduardoSP

Outra coisa, porque precisamos ler na Jane´s notícias do Exército Brasileiro?
Depois o pessoal reclama da má vontade da gente com as forças armadas. Nós somos os pagadores de impostos, somos nós a quem o Exército deve explicar o que faz. Como é difícil mudar a mentalidade das pessoas.

Rayr Guilherme
Visitante
Rayr Guilherme

Também já vi ao vivo, e é realmente alto, e tem um bom espaço interno tbm…

Jhenison Fernandez
Visitante
Jhenison Fernandez

Carlos Crispim 21 de novembro de 2016 at 17:52
Se não me engano a quantidade de guaranis no EB hj em dia esta na faixa dos 200…

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Já tem mais de 200 Guaranis entregues ao EB. . O Guarani 6×6 foi exportado para o Líbano (16 unidades). . Os pouco mais de 2000 eram apenas o plano. Isso agora é a dispensa de licitação e a assinatura de contrato. Agora só falta ir pagando os valores e recebendo as viaturas. Ou seja, as coisas voltaram a caminhar. . O preço do Guarani é de US$ 1 milhão. Nos outros contratos também. Houve apenas variação cambial. . Todos esses atos administrativos saíram no DOU. Jane´s pesquisou e foi atrás da notícia, como deve ser. Se outros não foram,… Read more »

Flávio Cardia
Visitante
Flávio Cardia

Rafael Oliveira, perfeito!!!

PS. Os mais de 2000 contam com as versões 6×6 e 8×8, então as que faltam pra fechar essa conta podem ser as 8×8 que ainda são apenas projeto.

Abs

Carlos Alberto Soares-Israel
Visitante
Carlos Alberto Soares-Israel

UT-30BR é da AEL-BR, pelo que entendi no passado todas torretas contratadas seriam estas. ____________________________________ “….estações de armas remotas ARES Aeroespacial & Defesa REMAX ” Estas torretas estão em desenvolvimento. Estão devidamente homologadas ? “REMAX ESTÁ OFICIALMENTE ADOTADO PELO EXÉRCITO BRASILEIRO 17 de Março, 2016 De acordo com o último boletim divulgado, a Portaria Nº 065 EME, adota oficialmente o REMAX para o Exército Brasileiro. PORTARIA Nº 065-EME, DE 8 DE MARÇO DE 2016. Adota o Sistema de Armas Reparo de Metralhadora Automatizado X, versão 3 (REMAX 3), desenvolvido pelo Centro de Tecnologia do Exército e a empresa ARES Aeroespacial… Read more »

Carlos Alberto Soares-Israel
Visitante
Carlos Alberto Soares-Israel

Explicado, ufa …. muito bom:
“Desde 2010, a empresa é parte do grupo Elbit Systems – uma das líderes mundiais no fornecimento de sistemas de Defesa – passando a garantir o aumento da oferta de novas tecnologias para uso militar e, consequentemente, contribuindo para o desenvolvimento nacional.”
http://www.ares.ind.br/new/pt/ares-empresa.php

Carlos Alberto Soares-Israel
Visitante
Carlos Alberto Soares-Israel

Na sequência, tudo normal ….. continuidade e mesmo Grupo.
Estava desatualizado, tomei um susto.

Juarez
Visitante
Juarez

Não são 3500, este ato e a formalização do contrato previsto pelo EB de mais ou menos 2000 veículos, apenas o lote havia efetivamente contratado.

G abraco

paco
Visitante
paco

Quantos disparos de RPG-7 o Guarani aguenta? Será que não é um mal negócio aumentar a altura do Blindado para sobreviver a IEDs e assumir o colateral do aumento da assinatura e ficar vulnerável a Infantaria armada com foguetes anticarros?

Jhenison Fernandez
Visitante
Jhenison Fernandez

paco 22 de novembro de 2016 at 8:20
Do jeito que esta provavelmente nenhum, mas com blindagem adicionais talvez aguente.

joshua
Visitante
joshua

Esse 6×6 acho que é pior que o URUTU, 6×6 só no Brasil o resto do mundo tão todos errados. Brasil sempre na contra mão mesmo.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Eu, particularmente, sou crítico da opção 6×6, mas é inegável que na atual conjuntura econômica, esta aquisição (ou o planejamento dela) já é satisfatório. Acredito, então, que agora é esperar para ver o desenrolar da versão 8×8 para reconhecimento armado com canhão 105mm. De repente, até mesmo a substituição de algumas das futuras aquisições por blindados 8×8, especialmente para as forças expedicionárias que forem atuar em operações de imposição de paz da ONU.

Até mais!!! 😉

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

No mais, tantos as torres UT-30, quanto as REMAX .50/7,62mm serão adquiridas, cada uma será para funções específicas e úteis. Lógico, as REMAX serão em maiores quantidades e mais usadas no dia a dia da Força, especialmente nos partilhamentos fronteiriços.

Grande abraço a todos!!!

Felipe Silva
Visitante

paco 22 de novembro de 2016 at 8:20 Nenhum. Tal como os APC’s em geral que suportam no máximo projéteis de 14,5mm e estilhaços de artilharia 155mm, o guarani possui proteção equivalente. Talvez até menos que os demais. Não é um veículo que adentra profundamente no campo de batalha, na linha de frente, ao lado do CC. A técnica de baixa silhueta para aumentar a sobrevivência dos blindados é ultrapassada. Na verdade, a tendência agora é inversa: Os novos veículos são bem altos para resistirem à ondas de choque no assoalho. Exemplos: Guarani, Stryker, Boomerang, Patria AMV e Eitan. O… Read more »

Felipe Silva
Visitante

Quanto a ser um mau negócio, todas as forças que fizeram a aquisição de novos APC’s acham que não.

Felipe Silva
Visitante

*Lança-granadas

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Exato, Flavio.
.
Até porque a ideia é que o número de 8×8 fique entre 300 e 400 viaturas.
.
Com a parceria fechada entre e a Ares e a Oto Melara, o canhão 105mm desta desponta como favorito.
.
Joshua o Guarani é muito melhor que o Urutu, simplesmente porque é um projeto atual, que incorpora avanços tecnológicos das últimas décadas. E a versão 6×6 é mais barata é o que tem para hoje.

Adam
Visitante

Offtopic: alguém sabe se algum lugar tem estatísticas de perdas de blindados nos conflitos no afeganistão e no iraque (pós 2001) por tipo de ameaça?

Tiago R
Visitante

Esse da foto está show…

Bueno
Visitante
Bueno

EB Fechando o ano com chave de Ouro, muitas notícias boas em 2016 aqui no Forte.jor Uma retro 2016 das boas noticias que o Forte.jor nos brindou!! 1- Viatura Blindada Cascavel modernizada http://www.forte.jor.br/2016/10/27/tiro-tecnico-com-viatura-blindada-cascavel-modernizada/ 2- 150 unidades do ALAC ao Exército Brasileiro http://www.forte.jor.br/2016/10/25/gespi-vende-150-unidades-do-alac-ao-exercito-brasileiro/ 3- Recebimento de 52 viaturas blindadas em estado de pronto emprego. http://www.forte.jor.br/2016/10/24/cms-acompanha-recebimento-de-52-viaturas-blindadas/ 4- Sistema de Posicionamento e Pontaria -novo material da Artilharia Brasileira http://www.forte.jor.br/2016/10/24/3o-gac-ap-exercicio-com-novo-material-da-artilharia-brasileira/ 5 – Artilharia do Pantanal testa a busca a alvos com drone Horus FT-100 http://www.forte.jor.br/2016/08/26/artilharia-do-pantanal-testa-busca-alvos-com-drone-horus-ft-100/ 6 – Astros 2020 míssil MTC-300 – Em testes http://www.forte.jor.br/2016/05/04/barreira-do-inferno-lanca-missil-av-tm-300/ http://www.forte.jor.br/2016/07/27/iv-workshop-do-sistema-astros-edicao-2016/ 7 – Recebimento das Viaturas astro MK-6 pelo… Read more »

Matheus
Visitante
Matheus

TORC-30

Já desenvolveram? Quem é a fabricante?

Agnelo Moreira
Visitante
Agnelo Moreira

Boa tarde
Estive no 36 BIMtz. Já receberam 20 Guaranis. A 3a Bda Inf Mtz deverá ser a próxima a ser Mecanizada.
Há muito suporte logístico da IVECO também, diretamente à unidade.
Preço da Vtr é de aprox 3 milhões. A torre manual vale 800 mil. A REMAX .50 vale 2,7 milhões e a torre com 30 mm vale 3,5 milhões.
Abc

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Sem dizer que a CBC já produz a munição de 30 mm destas Torres!!!!

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Gente, das três Forças, parece, pelo menos pelas notícias, que o EB tem conseguido avançar aos poucos com seus planos de reequipamento e vem fazendo vários exercícios nestes últimos meses. isto não é mole e o custo logístico e temendo!! Quanto ao Sisfron, parece que passará por uma reformulação!! A FAB vem depois , tentando fazer uma reorganização, apesar da alta indisponibilidade de sua frota. Agora, a MB, essa vai de mal a pior, mesmo com muito esforço ( a CV Júlio de Noronha voltou para a parte operativa depois de um longo PMG) , mas , tirando o Prosub,… Read more »

Carvalho
Visitante
Carvalho

O Guarani irá dotar os BIMtz?
O M113 ficará nos BIBld?
E Urutu no RCMec?

Essa é a lógica?

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

EduardoSP 21 de novembro de 2016 at 20:08
.
Concordo, mas a questão é que a Jane’s é uma publicação especializada, enquanto aqui no Brasil a grande mídia nem aí pro assunto defesa, quando o faz geralmente é critica, tipo “gastos desnecessários”.
E a Jane’s foca nos fabricantes, que anunciam seus produtos e vendas. Compradores gostam de sigilo, por seu lado.

Agnelo Moreira
Visitante
Agnelo Moreira

Bom dia carvalho
BIB com M-113.
BIMtz serão transformados em BIL ou BIMec. Os BIMec serão dotados de Guarani.
Os RCMec ficarão com Cascavel, até sua substituição pelo Guarani com canhão, e os urutu serão substituidos pelo Guarani também.
As Bda Inf Mtz (15a sede em Cascavel, a 3a sede em Cristalina, a 9a sede no RJ) serão Mecanizadas. Talvez a 8a sede em Pelotas e a 11a sede em Campinas também.
As outras Bda Inf Mtz serão transformadas em Leve. Sendo q a só a 12a sede em Caçapava será prioritariamente Aeromóvel.
Abc

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Agnelo, Quando saiu no DOU a compra da UT30BR, o valor era de R$ 2,15 milhões ou US$ 1,3 milhão na cotação de 31/12/2010. Hoje sairia R$ 4,346 na cotação atual. Que eu me lembre, foram compradas apenas 10 UT30BR. Não sei se foi assinado algum contrato recentemente para ver o valor exato, se está mais barato como você aponta (o que é possível, pois parte do custo dela é em reais). De qualquer forma, é uma arma bem cara, custando mais que o blindado. Compensa comprar o Gepard usado e tirar o canhão dele para por no Guarani rsrs.… Read more »

paco
Visitante
paco

Bueno ironico sobre os ALACs é que em um conflito como na Síria a quantidade que o EB dispõe deve ser utilizada em 1 dia de conflito.

a quantidade de material q o EB possui beira a ridicularidade

Bardini
Visitante
Bardini

Rafael Oliveira 23 de novembro de 2016 at 8:57
.
Creio que o preço citado da UT30Br não seja muito caro não, se você considerar todos os sistemas.
Pode ser é que o Guarani é que é “barato”, afinal é um blindado de ~U$ 1,1 Milhão…

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Pode ser Bardini, pois, bem lembrado, não é apenas um canhão.
Qualquer dia que eu tiver insônia vou dar uma boa pesquisada nos preços das torres de operação remota rsrsrs. Só não vale comprar as de Cingapura.

Bardini
Visitante
Bardini

Rafael Oliveira, se você levar em conta o preço de uma Remax já da pra perceber que a UT30Br não é muito cara rsrsrs…
Aliás, se esses preço citados anteriormete estão corretos, mais vale colocar uma UT30Br do que uma Remax!

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Bardini, mas a ideia é comparar com produtos de outras empresas. Comparar produtos da Ares entre si não ajuda a esclarecer o ponto.
Mas concordo que, com esses preços, o EB deveria comprar a UT30BR em vez da Remax.

Carvalho
Visitante
Carvalho

Boa tarde Agnelo,

Obrigado pelo esclarecimento. A lógica é bastante razoável.

Dentro deste quadro, os BI (como Florianópolis e Joinville) serão transformados em BIL ou Mec?
Nunca entendi corretamente a posição dos BI dentro do quadro operacional do EB…

Abç

Fernando
Visitante
Fernando

É impressão minha ou o Exército é a força que mais investe em equipamentos? Até em criar uma ala aérea de asa fixa eles estão pensando! enquanto isso… a FAB e a MB ficam sempre sem ter orçamento pra se renovar.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Fernando, é impressão sua.
PROSUB, NDM Bahia, Gripen e KC-390 são investimentos em andamento e muito mais caros do que os programas do EB.

Bardini
Visitante
Bardini

Esse é um ponto muito interessante. O custo dos investimentos. O EB parece ser a força que melhor se equipa e que melhor mantém a casa em ordem, mas quando se analisa os montantes envolvidos, se percebe que eles não investem é nada…
.
A MB é a força mais cara de se mobiliar e operar, o resultado é a situação atual, posteriormente temos a FAB e o no final da lista o EB.

Agnelo Moreira
Visitante
Agnelo Moreira

Boa noite Rafael e Carvalho Rafael Não sei o q está por trás do desenvolvimento, troca de conhecimentos e por ai vai pra q esses meios fossem selecionados. Ainda está em estudo qual tipo de Armt será de qual fração. A última, q me falaram, é q os Pel Fuz teriam com remax e a Cia Fuz teria dois com 30 mm no Pel Ap. O carro com a 30mm não dá para os Pel Fuz pq nao cabe um GC completo. O pessoal q falei do CIBld, Uberlandia e Cascavel gostaram muito do carro. Carvalho A Bda de Floripa,… Read more »