Home Armas Nucleares CIA: Coreia do Norte está perto de obter arma nuclear capaz de...

CIA: Coreia do Norte está perto de obter arma nuclear capaz de atingir EUA

2914
27

Serviço de inteligência recomendou que os EUA assumam a ameaça e comecem a trabalhar para evita-la, “se necessário, mediante força militar”

Washington — O diretor da CIA, Mike Pompeo, alertou nesta quinta-feira que a Coreia do Norte está prestes a obter um míssil nuclear com capacidade de atingir alvos em território americano. O serviço de inteligência recomendou que os Estados Unidos assumam essa possibilidade e comecem a trabalhar para evitar sua concretização.

Segundo Pompeo, o presidente americano Donald Trump, está determinado a evitar que a Coreia do Norte alcance este objetivo, “seja na terça-feira ou um mês depois”. Ele ainda afirmou que a casa Branca ainda prefere usar sanções e diplomacia para forçar Kim Jong-un a aceitar uma negociação de desarmamento.

Durante uma coletiva de imprensa em Washington, Pompeu declarou que os norte-coreanos “estão tão perto em sua capacidade que, da perspectiva da política americana, devemos agir como se estivesse à beira desse objetivo”. O titular da CIA ainda afirmou que os serviços americanos de inteligência acompanharam de perto o programas de mísseis de Pyoungyang no passado, mas sua perícia em matéria de mísseis aumentou muito rapidamente para se ter segurança de quando atingirão seus alvos. Trum “deixou muito claro que está preparado para garantir que Kim Jong-un não tenha capacidade de colocar os Estados Unidos em risco. Se necessário, mediante força militar”, disse Pompeo.

Esta semana, o representante adjunto da Coreia do Norte na ONU declarou que seu país não porá seu arsenal nuclear, nem seu programa de mísseis na mesa de negociações a menos que Washington abandone sua “política hostil”.

O assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, general Herbert McMaster, afirmou que não se permitirá ao governo norte-coreano desenvolver armas que possam ameaçar os Estados Unidos. “Não é que não tenhamos mais tempo, mas o tempo está acabando”, disse. Trump “não aceitará que este regime ameace os Estados Unidos com armas nucleares”, destacou.

FONTE: AFP

27
Deixe um comentário

avatar
27 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
18 Comment authors
JeffMauro MosczynskiRodrigo Martins FerreiraAntonio Renato Arantes CançadoIvanmc Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
pangloss
Visitante
pangloss

Muito curioso esse alardeado progresso recente da Coréia da Morte. Ou eles são muito bons ao desenvolver tecnologias autóctones, ou a China precisa explicar como foi que um país faminto deu um salto tão rápido.

Bruno Correia
Visitante
Bruno Correia

Pangloss.
Segundo alguns artigos que li. O impulso na tecnologia de foguetes intercontinentais foi feito com a ajuda de engenheiros ucranianos. Que por causa dos conflitos na região estavam com pouca demanda e carência de recursos e acabaram vendendo parte do conhecimento para o Eric Cartman, quero dizer Kim Jong Un.

https://www.nytimes.com/2017/08/14/world/asia/north-korea-missiles-ukraine-factory.html

Bruno Correia
Visitante
Bruno Correia

Aqui vai um vídeo que explica rapidamente e facilmente o porque da guerra entre as Coreias e o motivo das armas nucleares na do Norte.

https://www.youtube.com/watch?v=OP1lAV1ID8M

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Míssil balístico não é tecnologia autóctone.

Os engenheiros de Adolf Hitler desenvolveram essas tecnologias a 70 anos atrás. O resto é cópia com alguns ajustes.

Ainda vivemos na sombra tecnológica do III Reich.

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Se vc escravizar alguns alunos e professores do ITA, colocá-los para trabalhar dia e noite e prover recursos financeiros daqui uns anos vc tem um míssil balístico intercontinental.

Já viram onde os alemães fabricavam as V-2?

Eram galpões empoeirados cheios de escravos judeus. O combustível era álcool de batata. Fizeram milhares de V-2 e não tinham nem tornos automatizados ou computadores para fazer os cálculos.

Os americanos quase fizeram um foguete nuclear nos anos 50, tem testes com eles queimando limpinhos, sem fumaça, no you-tube. Isso sim seria algo novo

Daglian
Visitante
Daglian

sub-urbano 20 de outubro de 2017 at 17:44

Você está realmente querendo dizer que mísseis balísticos intercontinentais são apenas uma “cópia” das V2 com “alguns ajustes”?

Tomcat3.7
Visitante
Tomcat3.7

Com essa de “cópia com ajustes” ,kkk, chega de internet por hoje!!!

Doug385
Visitante
Doug385

Ele quis dizer que tudo evoluiu do V2, o que é correto considerando-se que muitos cientistas alemães foram tomados como espólio de guerra por americanos, russos e ingleses.
Há uma série da BBC que apresenta várias das armas (algumas secretas) nazistas. Há um episódio que trata dos V2 e sobre como a tecnologia evoluiu a partir dele.

Tulio762
Visitante
Tulio762

Tecnologia chinesa e russa, obvio, mas o objetivo acredito, seja criar um PEM e desabilitar tudo.

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

Do V-2 ao Saturno 5, todos, direta ou indiretamente tem o dedo de Werner von Braun.
.
Pelo mapa só escapam do México para baixo e metade da Africa. Adeus civilização ocidental.
.
Os chineses por trás de tudo e dando risada.

sergio ribamar ferreira
Visitante
sergio ribamar ferreira

Os mísseis Scud (década de 50) derivados dos V2. Aqueles mísseis possuem variantes A, B,C D,E sendo este último salvo ledo engano podem carregar artefato nuclear. Sr. Doug 385 está certo. Tudo evoluiu do V2. Sr. Delfin Sobreira realmente do V2 ao Saturno 5…Concordo com este parágrafo, entretanto toda ação gera uma reação. Não acredito que os norte-coreanos utilizarão estes meios sem levar em conta que serão aniquilados sistematicamente, pois mesmo a China será eventual inimigo no futuro. Resumindo: barganha para se ganhar algo em troca de alguns produtos, como sempre foi…Abraços a todos.

camargoer
Visitante

Olá Colegas. Quando a CIA diz que alguém tem armas de destruição em massa, eu lembro do Gen. Pawell com um vidrinho de talco no Conselho de Segurança da ONU (ou alguém acha que ele levaria um vidrinho de Antrax no bolso?) ou dos tubos de alumínio abandonados em algum galpão no Iraque. (nem vou falar do Cel.North na conexão Irã-contras). Provavelmente, a CIA saiba informar seu presidente das coisas que acontecem no mundo, mas “quando ouço falar da CIA nos jornais eu saco da pistola”. (riso) Segue um link da Folha de SP sobre credibilidade das noticias da CIA… Read more »

Marcelo
Visitante
Marcelo

Será mesmo que o gordinho teria coragem de atacar primeiro ? Ele sabe que os americanos vão retaliar e bombardear a Coreia do Norte e consequentemente o governo dele vai cair. Que vantagem ele levaria nisso ? Acredito que ele quer esse arsenal nuclear todo não para atacar primeiro mas para dizer aos americanos “ei, não mexam comigo que eu também tenho nukes”. O gordinho quer chegar, pelo menos em parte, ao ponto de MAD – Mutual Assured Destruction. Digo em parte porque a CN teria que ter centenas de mísseis com ogivas nucleares. Mas mesmo a pequena quantidade que… Read more »

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Solução:
Varredura.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Bosco, cadê você ?

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

Sergio R. Ferreira
.
Sempre achei o método norte-coreano de obter produtos mediante “chantagem atômica” meio estranho, além de parecer titulo de filme de 007.
Sei que abertura comercial não é o forte de governos comunistas, mas poderiam ao menos importar da China, que já exporta para o mundo mesmo.
E uma coisa é o BR com seu poder econômico se concentrar e criar termonukes e mísseis em poucos anos, outra é um país pequeno e agrário obter tal resultado. Não vejo como a China não possa fazer parte da equação.

JR
Visitante
JR

Míssil nuclear? Não seria um míssil que transporta ogiva nuclear?

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Acho que o gordinho Fogueteiro irá vingar as bombas de Hiroshima e Nagasaki. Quem com ferro fere, com ferro será ferido. Os EUA mexeram tanto com todos que um dia ele achou uma encrenca verdadeira. A justiça universal é retrebutiva e existe desde sempre. Lance as ações no universo que mais tarde ele retribui da mesma forma. Acredito que mais cedo ou mais tarde isso deve acabar, creio e faço votos para que seja uma solução diplomática. Os povos Americanos e Norte coreanos não tem culpa dos desmandos dos seus líderes. Espero que tudo acabe para ambos os lados porque… Read more »

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Até faço um meaculpa do início do meu comentário: “21 de outubro de 2017 at 11:18”
“Acho que o gordinho Fogueteiro irá vingar as bombas de Hiroshima e Nagasaki.”
.
Essa brincadeira não tem nada a ver.

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Os EUA JÁ TÊM armas nucleares capazes de atingir e ANIQUILAR a Coréia do Norte.
MUITAS, aliás.

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

JR

Foguetes à propulsão nuclear.

Os americanos começaram a fazer na década de 50 e haviam 3 protótipos. Eram lindos

Procure por Project NERVA no you-tube.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Queria saber o que vocês iam achar bonito e “revolucionário” quando um Governo instável como este tiver uma arma nuclear com alcance para atingir o Brasil.

Mauro Mosczynski
Visitante
Mauro Mosczynski

A inexpressividade brasileira no campo geopolítico tem suas vantagens, nunca seremos ameaçados diretamente por ataques terroristas ou pela Coreia. No máximo que o Foguetinho sabe do Brasil talvez seja caipirinha, isso se ele beber…

Jeff
Visitante
Jeff

Brasil é uma grande potência de irrelevância nesse mundo, duvido muito qualquer um sequer pensar em nos atacar. Triste verdade.