Home Blindados 15ª Bda Inf Mec realiza navegação fluvial com Viatura Guarani

15ª Bda Inf Mec realiza navegação fluvial com Viatura Guarani

2775
11

Rosário do Sul (RS) – No dia 2 de novembro, a 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada – Brigada Guarani – realizou, pela primeira vez, a navegação fluvial com uma viatura blindada de fabricação nacional, utilizando o sistema de armas UT30-BR.

Juntos, a moderna Viatura Blindada de Transporte de Pessoal Média Sobre Rodas (VBTP-MSR) Guarani e o Sistema UT30-BR pesam 18 toneladas.

A atividade, ocorrida no açude Tuiuti, fez parte do processo de experimentação doutrinária da Infantaria Mecanizada, em curso de 29 de outubro a 10 de novembro, no Campo de Instrução Barão de São Borja, em Rosário do Sul (RS).

FONTE: Agência Verde-Oliva/Exército Brasileiro

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Juliano Bitencourt
Juliano Bitencourt
2 anos atrás

Fantástico!

Juliano Bitencourt
Juliano Bitencourt
2 anos atrás

Imagens realmente muito boas.

Aldo Ghisolfi
2 anos atrás

Muito bom.

JOEL EDUARDO SOARES
JOEL EDUARDO SOARES
2 anos atrás

Algum exercício de tiro real com ele em navegação fluvial? Isto é possível?

Johan
Johan
2 anos atrás

Alguém entendido do assunto sabe informar se os flutuadores laterais utilizados tem dupla função incluindo blindagem extra?

Osvaldo Marcilio Junior
Osvaldo Marcilio Junior
2 anos atrás

Porque o Corpo de Fuzileiros Navais não compram alguns Guaranis para o seu inventário de armamentos??

Billy
Billy
2 anos atrás

Nem mais precisa da MB!! Será que ventava muito no momento da transposição?

Zé
2 anos atrás

Pode atirar enquanto navega??

Carvalho
Carvalho
2 anos atrás

Bom dia Zé e Joel
Acredito não haver impedimentos para atirar em condição de flutuação.
Mas dificilmente (salvo situação desesperadora) um comandante exporia seus blindados em uma travessia que exigisse apoio de fogo, pois este é um momento onde os carros estão muito limitados em sua mobilidade.
De qualquer maneira, em uma situação mais favorável, o apoio de fogo deve ser previsto por elementos que não estejam envolvidos na travessia, ancorados na margem oposta.

saudações

JOEL EDUARDO SOARES
JOEL EDUARDO SOARES
2 anos atrás

GRATO PELAS RESPOSTAS!