Home Estratégia China vai aumentar orçamento de defesa em 8% neste ano, para US$...

China vai aumentar orçamento de defesa em 8% neste ano, para US$ 173 bi

2246
23

O país possui o segundo maior investimento militar do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos

PEQUIM – A China disse que seu orçamento para a defesa será elevado em 8% em 2018, para 1,1 trilhão de yuan (US$ 173 bilhões), na medida em que o país se prepara para lançar seu segundo porta-aviões, aprimorando assim sua força área e acoplando uma série de mísseis avançados capazes de atacar alvos aéreos e marítimos a grandes distâncias.

Anos seguidos de crescimentos acima de dois dígitos nos investimentos militares deram a China o segundo maior orçamento de defesa do mundo. O primeiro lugar é dos Estados Unidos, cujo investimento no setor deve alcançar os US$ 716 bilhões no próximo ano.

A China tem o maior exército do mundo em número de homens, mas o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, disse que o país “basicamente completou” o objetivo de reduzir o tamanho de suas tropas em 300 mil homens, para cerca de 2 milhões de soldados.

FONTE: Estadão/AP

23
Deixe um comentário

avatar
18 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
19 Comment authors
ZorannMaslowCaioRonaldo de souza gonçalvesVictor Moraes Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos10
Visitante
Marcos10

Quero ver é manter tudo isso operando e depois continuar desenvolvendo novos meios, até porque a população chinesa está envelhecendo e num futuro não tão longe ainda vão ter de pagar pelo custo do desenvolvimento sem proteger o meio ambiente: ar, água e terra altamente contaminados.

Blindmans Bluff
Visitante
Blindmans Bluff

A China, tendo um governo extremamente centralizado e autoritario, consegue se adaptar rapidamente aos tempos, diferente de uma democracia, que costuma emperrar em burocracias e ineficiencia generalizada do estado.

Enquanto tudo que consumimos continuar a ser produzido na China, eles continuarao crescendo e ignorando qualquer lei de mercado.

M.Silva
Visitante
M.Silva

Eles controlam a África e a começam a dominar a América.

Uma força com poder de projeção é necessária para manter os neo-colonizados no cabresto, inclusive nós, comprados pela black fraud temerária (liquidação do país, arrematada pela China).

Dranuits
Visitante
Dranuits

Isso tudo porque o Japão vai transformar um destroyer em porta aviões com o F35 B??

pangloss
Visitante
pangloss

Invertendo a premissa: o Japão vai “transformar um destroyer em porta aviões com o F35 B” por causa disso tudo.

Claudio
Visitante
Claudio

Só pra lembrar que a china gasta 1,9% do pib dele em defesa e o estados unidos gasta 3,5%, e a china faz com 173 Bilhões a mesma coisa que o estados unidos faz com 700 Bilhões.

Flanker
Visitante
Flanker

Claudio, a China não faz a mesma coisa que os EUA……ela está tentando, mas ainda vai ter que comer muito feijão e arroz para se igualar aos EUA. Os chineses são determinados e buscam o que pensam ser o ideal para eles, mas ainda estão longe das capacidades militares dos EUA. E quanto aos custos de produção entre China e EUA, começa pelos salários dos militares dos dois países. Com o soldo de um soldado dos EUA dá pra pagar vários soldados chineses. O mesmo vale para os trabalhadores das indústrias bélicas de ambos os países.

Control
Visitante

Srs
A simples comparação de valores totais entre o Tio Sam e a China não dá uma ideia quanto ao investimento real de cada um, pois uma parte é gasta com custeio, principalmente com pessoal (vide o orçamento de nosso MD).
Como bem citou o Jovem Flanker, há uma grade diferença entre os soldos dos americanos e dos chineses bem como entre os salários dos trabalhadores americanos e dos chineses.
Sds

wwolf22
Membro
Famed Member
wwolf22

Muito desse desenvolvimento militar da China se deve aos seus batalhões de hacker…

RICARDO BIGLIAZZI
Visitante
RICARDO BIGLIAZZI

Agora são os Russos a lidar com “duas frentes de combate”. O mundo é EUA, Russia e China acabaram se estranhando a lutar por suas “áreas de influencia”, não é a toa que o Trump acaba tomando medidas bem estranhas a fim de proteger o seu mercado interno, como deixar a porta de casa aberta para o “inimigo” se esta a “lutar contra o inimigo” em outras partes do mundo? Diante do monstro EUA (com o seu orçamento de defesa”bilhardário”) agora o Putin terá que “lutar” contra outro monstro, a China que não terá um comportamento de “vassalo lambe-botas” perante… Read more »

Maslow
Visitante
Maslow
Bruno w
Visitante

Se for olharmos em PPC o orçamento Chinês já possou o Americano….E provavelmente a China vai continuar a aumentar seu investimentos em forças armadas pois continuara a crescer , crescimento registrado ate agora..
CHINA= 6,5%
EUA= 2,3%
Rússia= 1,6%
Brasil= 1,5%
Impressionante como a China não para de crescer , desde os anos 80 tem uma taxa de crescimento até absurda…

RICARDO BIGLIAZZI
Visitante
RICARDO BIGLIAZZI

Isso é “% do PIB”? Qual o tamanho do PIB Chines, Russo e Americano? As analises percentuais fazem todo o nexo quanto os indicadores estão todos alinhados na mesma base.

Acredito que a Russia está atras dessa analise quando analisamos os números na “mesma base”, porém acredito que a China ainda continua atrás dos Americanos em matéria de grana investida.

Já o Brasil… bem deixa para lá.

Aldo Ghisolfi
Visitante

Bom dia.
Penso que estas comparações são meramente acadêmicas, pq as nuances culturais de educação e doutrinas são muito diferentes e afastadas.
A China, dentro do seu pensamento geopolítico, está expandindo suas áreas de influência ocidental (costa atlântica africana p.ex.), está faturando muito e isso incomoda muito o Tio Sam, que não consegue reverter a situação; imagina só qdo ela conseguir vender seus produtos militares por aqui.

M.Silva
Visitante
M.Silva

A Rússia também acabará se dando mal com a China. Criou cobra e os EUA a engordaram com a política imbecil de promover a industrialização da China ao invés de espalhar suas fábricas pelo mundo afora.

Enquanto isso, limitamo-nos a pensar a quem entregaremos nossa soberania e nossos recursos: se para a China (sugadora de commodities), EUA, países europeus bancadores de ONGs subversivas, Cuba (e seus militares travestidos de médicos), ONU (e suas subversões globalistas),etc ou se decidimos virar adultos e assumir nosso próprio destino para o bem comum da nação.

nigo
Visitante
nigo
Willhorv
Visitante
Willhorv

% do PIB….
Há muito comentado e definido como o ideal.
Se há PIB alto…investimento pesado. Se PIB mediano, manutenção dos recursos.
% do PIB traria planejamento e prazos críveis!
Agora do jeito que está? A Pasta das FAAs são recursos móveis para tapa buraco.
Enquanto falarmos amém para este ralo enorme que temos nesta burrocracia brasileira, com índices absurdos de corrupção, isto nunca vai mudar.
Lembram da cena do político amarrado em uma guilhotina que saiu estes dias no jornal de um país sul americano? Pois é….aqui tínhamos que começar a usá-la!

Victor Moraes
Visitante
Victor Moraes

Eu não sei, parece um ensaio. A diferença básica entre os EUA e a China é a experiência de guerra. Sem falar da invasão do Tibet, que experiência tem os Chineses em batalhas modernas? Eu quero dizer, tudo novinho, brilhando, soldados bem treinados, à exaustão, mas, bem, se quando por ventura os Chineses tiverem que colocar soldados fora de seu território (se pretende projetar poder) para uma guerra real, e algo sair fora do “script”? Terão os chineses real capacidade militar ou apenas é um adereço de exército bonito nos desfiles mas que foi salvo pelos ingleses contra os Japoneses… Read more »

Ronaldo de souza gonçalves
Visitante
Ronaldo de souza gonçalves

Os srs lembraram bem o custo de construir qualquer coisa na china e bem mais em conta,esses 173 bi eles conseguem fazer mais aviões,mais fragatas,mais misseis pois a mão de obra é mais barata,o soldado ganha menos eles podem ter tropas maiores é mais bem treinadas,além deles copiarem bastante que economizam em desenvolvimento.Primeiro em vão superar a Rússia em armamento convencional é aqui a poucas décadas vão superar o EUA.O EUA tem que recordar da segunda guerra aonde eles fabricaram armamentos bons em boas qualidades,em grande quantidade, é por preço menor que os alemães conseguiam fazer,foi por isto que a… Read more »

Caio
Visitante
Caio

E pensar que a China cresceu com dinheiro das potencias capitalistas, doidas para parar um urso ,desenfrearam o dragao.

Control
Visitante

Srs
Jovem M.Silva
Segundo alguns, já está escrito nas estrelas.
A Amazônia irá para a administração da ONU e as terras passíveis de produção agrícola irão para os chineses. O que sobrar, será o Brasil nas próximas décadas.
Sds

Control
Visitante

Srs
Jovem M.Silva
Um adendo
O NE poderá dar sorte, pois deverá receber a imigração de velhos europeus fugindo dos muçulmanos.
Sds

Zorann
Visitante
Zorann

A questão não é o tamanho do orçamento chinês em dólares e sim seu poder de compra lá na China.